segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Chili (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose)

Sempre gostei mais de fazer sobremesas do que de fazer comida (é melhor avisar, já que não se nota pelas receitas que ponho...).
Sobremesas são, no geral, mais surpreendentes e é bastante mais difícil de inovar quando se trata de pratos de comida. Talvez seja também porque não ligo tanto a refeições como a lanches ou coisas doces...
Ainda assim, há pratos que até gosto de fazer, mais simples e deliciosos que faço em quantidades industriais para não ter de cozinhar tanto
O chili, por exemplo, é para mim um desses pratos; é relativamente rápido, é possível fazê-lo em grandes quantidades e é muito bom. Os pimentos e a cebola dão imenso volume (e sabor) e por isso rende bastante. Uma dose é bastante generosa. No geral, acho que toda a gente gosta, além de que se pode adaptar conforme o gosto as especiarias e o molho picante que se usa.
Ainda assim, das bastantes vezes em que fiz chili, houve duas vezes em que calhou pior; a primeira vez foi exatamente a primeira vez que fiz, em que ficou muito picante. A segunda vez ocorreu quando usei uns pimentos biológicos que não deitaram sumo nenhum, o que fez com que o chili ficasse muito seco e a saber a molho de tomate. Talvez estivesse relacionado também com  tê-los posto no processador para não ter de picar finamente 15 pimentos.

E, ainda assim, foi aprovado pelo meu cão...









Chili (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose)
Adaptado daqui
 Para 5 doses de 270g

Ingredientes:
[  1 ½ cebola
[  5 dentes de alho grandes
[  1 fio de azeite
[  Sal (a gosto)
[  3 pimentos vermelhos (ou verdes ou ambos)
[  500g de peito de frango ou peru picado
[  1 ramo grande de salsa fresca
[  Molho de tomate (a gosto)
[  Paprika em pó (a gosto)
[ Óregãos «frescos» secos (daqueles que se vendem em pacotes grandes, em folhinhas, não em frascos ou saquinhos.)
[  Pimentão-doce moído (a gosto)
[  Cominhos moídos (a gosto)
[  Coentros moídos (a gosto)
[  Molho picante (a gosto)
[  Feijão vermelho cozido (a gosto; uso aproximadamente uma chávena) 

Preparação:
| Picar a cebola e o alho e colocar num tacho com o azeite. Refogar lentamente a lume baixo.
|  Acrescentar uma pitada de sal e mexer.
| Quando a cebola estiver translúcida, acrescentar os pimentos picados, mexer bem e tapar a panela para deixar amolecer.
| Juntar a carne picada e misturar bem com o refogado (se preferirem ou quiserem que seja mais rápido podem adicionar a carne já cozida).
| Picar a salsa e juntar ao chili, juntamente com o molho de tomate, a paprika, o pimentão doce, os cominhos, os coentros, os oregãos, o molho picante e um pouco mais de sal. Ajustar conforme o gosto.
| Tapar e deixar ao lume durante alguns minutos.
| Acrescentar o feijão, incorporar apenas (para não se desfazer) e servir. Se estiver muito seco, podem juntar água da cozedura do feijão (ou da lata) ou ainda água a ferver.





Já fiz chili umas 10 vezes, sempre inspirada pelo blog Palavras que Enchem a Barriga. É tão prático que é absurdo, nunca pensaria em fazer esta receita por mim (e admito que pensava que o chili era aquela mistela vermelha que queimava as línguas em concursos mexicanos do chili mais picante. Os desenhos animados não uma fonte inegável de sabedoria).
Quando o faço como-o bastantes vezes aquecido e de cada vez penso que é a minha comida favorita. Esta foi a última vez que fiz, mas não vou postar a receita que costumava fazer porque esta é A receita. É perfeita, ficou com um sabor fantástico! Fi-la em maiores quantidades que dividi para ser mais prático. Foi aprovado por 10 pessoas :D


_________________________________________________________________________
Informação Nutricional por 1 dose (271g)
Energia: 239 kcal
Proteínas: 23.1g
Hidratos de Carbono: 11.7g
-       Dos quais açúcares: 6.0g
Lípidos: 11.1g
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
Fibra: 9.5g
Sódio: 304mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde uma dose de 270g).Os ingredientes da receita, para esta não ter glúten, devem ser certificados sem glúten, pois podem ser contaminados. Está sujeita a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverá apresentar valores próximos do valor real.
_________________________________________________________________________

1 comentário:

  1. rsrs realmente os desenhos animados são fontes de sabedoria e para mim, segundo esses desenhos, é um prato que queima até a alma rsrs. Nunca provei.
    Fiquei com pena do seu cãozinho que teve que comer - geralmente os peludos não podem comer todo o tipo de comida e até acaba fazendo mal...

    Vou visitar o blog que serviu de inspiração pra você.

    Abraços e feliz semana.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...