Avançar para o conteúdo principal

Mel Aromatizado Com Citrinos e Canela


Eu não gosto nada de mel.
Claro que ponho em receitas em que não se note o sabor (praticamente todas), mas de resto acho o mel muito enjoativo, com um sabor estranho e manhoso e com uma doçura esquisita.
Quando estou com problemas de garganta ou algo do género, os médicos aconselham beber chá ou leite com mel.
Eu tenho um trauma com xaropes brancos de quando era pequena, porque são mesmo horríveis (sem exceção), mas acho que beber chá/leite com mel ainda é pior.
O leite/chá fica a saber imenso a mel, adquire um gosto demasiado forte que eu sinceramente odeio.
E, no entanto, uma conjugação que considero perfeita é o grupo nozes, mel e canela (mesmo quando não podíamos estar mais longe do Natal...).
Porque, além de saber a Natal, os bolos com essa conjugação não sabem a mel.
E eu não podia pedir nada melhor.







Mel Aromatizado com Citrinos e Canela
Adaptado daqui
Para 500ml

Ingredientes:

[  500ml de mel
[  2 paus de canela (ou um por garrafa/frasco)
[  1/2 colher de sopa de raspa fina de limão
[  1/2 colher de sopa de raspa fina de laranja
[  Nozes a gosto (opcional)

Preparação:

| Levar ao lume o mel até aquecer.
| Juntar o pau de canela e as raspas. Misturar bem. 
| Mexer durante 3/4 minutos
| Juntar as nozes, se utilizadas.
| Dividir por 2 recipientes de vidro, ou pelo número desejado.
| Esperar que arrefeça completamente antes de tapar e deixar a temperatura ambiente durante pelo menos 2 dias para ganhar sabor.



Eu não experimentei mas cheirava mesmo bem :) Deve ser bom para fazer bolachas, queques, bolos, barras de cereais,... Basicamente tudo o que possa levar mel, para ficar com um gosto a citrinos e a canela :)

Comentários

  1. Boa ideia! Olha, em relação ao puré de abóbora, podes fazê-lo em casa. Até é mais saboroso do que o enlatado. Uma receita vegan é esta: http://cozinharsemlactose.blogspot.pt/2013/10/mini-tartes-de-abobora-e-tofu.html

    ResponderEliminar
  2. Também não me agrada mel mas, isto com a idade o gosto vai mudando, adoro mel em cozinhados.

    ______________________
    Ana Teles | Telita
    blog: Telita na Cozinha

    ResponderEliminar
  3. Ao contrário eu adoro mel. Atá à colher eu como. Mas gostei muito da tua sugestão.

    Beijinhos
    http://www.pratocaseiro.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Eu gosto e muito de mel, desde miúda! :)
    Achei esta tua sugestão uma delicia...já a estou a imaginar a barrar umas torradinhas!! :)

    ResponderEliminar
  5. Eu antes também não gostava nadinha de mel mas no ano passado decidi comprar para por nas papas de aveia e nos iogurtes naturais.. quando dei por mim já estava a por também na fruta e a comer às colherzinhas (ups!). Não sei como tal aconteceu mas acabei por me tornar uma apreciadora de mel!
    Gostei da sugestão, o aroma a canela deve tornar ainda melhor :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Ao ver os ingredientes,veio logo a cabeça uma receita que a minha mae faz p as constipações.
    Eu amoooooo mel! C aveia é um mimo eheheh

    ResponderEliminar
  7. Olá Avelã...

    Há imensas pessoas que não gostam de mel e olha que faz muito bem :-)
    Eu por acaso não tenho esse problema, porque adoro mel e no Inverno consumo muito no leite e também para a rouquidão tomo uma colher de mel e umas gotas de limão... Mas a mim não me custa nada, mas olha que está aqui uma boa opção para quem como tu não gosta de mel :-)

    Beijinhos*
    joana

    ResponderEliminar
  8. Eu gosto do mel e amo mais ainda a canela!
    Essa combinação deve ter ficado maravilhosa para se utilizar em vários quitutes. Estou levando a receita, obrigada!

    Abração esmagador e feliz dia.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát

Bolo de Spéculoos

  Com quase dois meses de atraso, venho deixar a receita do bolo que fiz para o meu aniversário. Mais pequeno que o habitual, tendo em conta a situação pandémica na altura (nos últimos dois anos não tive muita sorte com o timing do meu dia de anos). Para compensar, fi-lo em modo *overdose de spéculoos*: spéculoos  alegram qualquer situação :D O recheio foi improvisado à última da hora: tinha planeado fazê-lo com natas batidas e creme de spéculoos, mas aqueci o creme para ficar mais fluido e a temperatura fez com que as natas coalhassem. Fiquei sem o único pacote de natas que tinha, mas felizmente sou  exagerada  precavida e tinha meia dúzia de frascos do creme de barrar.  Acabei por desenrascar um recheio misturando-o com o pudim de caramelo da Ehrmann como base, o que de resto prova a minha tese de que há poucas coisas que não se resolvam com um pudim de caramelo da Ehrmann :P Foi tudo pelo melhor, porque ficou delicioso! Deixo a receita para que possam experimentar :)  Bolo de Spécul