Avançar para o conteúdo principal

Croissants Integrais de Alfarroba com Quark (Saudável, Integral, Sem Açúcar Adicionado, Sem Lactose)


Quando vi esta receita de croissants no blog Simply by Cristina guardei-a logo - além de não ter açúcar quase nenhum a receita incluía unicamente farinhas integrais, qualidade pouco frequente nos croissants do mundo moderno.
Pouco tempo depois decidi-me a fazê-la. Adaptei-a um bocadinho, usando óleo de coco em vez de azeite, quark em vez de iogurte e menos farinha de alfarroba e omitindo o bicarbonato (estas duas últimas alterações podem ou não ter-se devido a os produtos terem acabado e eu estar sem paciência para ir comprar mais).
A massa começou a ficar fantástica desde o início - com uma cor linda e uma textura ótima, surpreendentemente fácil de trabalhar.
A experiência tinha tudo para correr mal, dada a minha falta de jeito para massas lêvedas, mas não - consegui fazer os croissants até bonitinhos, coloquei-os no tabuleiro e coloquei-os a levedar no forno, onde finalmente descansaram sãos e salvos... Ou não.
Depois de colocar o tabuleiro no forno fui  lavar a loiça que tinha sujado (toneladas dela, não sou boa a economizar loiça quando faço sobremesas). A meio comecei a reparar que cheirava imenso a alfarroba. Por momentos fiquei contente (o cheirinho era mesmo agradável e sugeria uns futuros bolos deliciosos), mas demorei pouco tempo a analisar aquela importante informação olfativa devidamente - cheirava imenso a alfarroba. Como é que uns croissants que apenas estavam a levedar podiam deixar um cheiro tão intenso por toda a cozinha?
Claro que fui logo espreitar o forno, e só então reparei no meu erro absurdo - tinha pré-aquecido o forno a 200 graus. É claro que os bolos cheiravam bem: não estavam a levedar, estavam a cozer.
Corrigi o erro tão cedo quanto pude, mas com aquela pré-cozidela incompetente os croissants tinham começado a ficar tostados por fora e por isso não cresceram quase nada.
Estava praticamente a dar a fornada como perdida, mas quando os experimentei surpreenderam-me - estavam muito fofinhos e com um sabor agradável.
Assim sendo, assim fica a receita, juntamente com a promessa de que irá ser repetida - desta vez com a parte de levedar feita como deve ser. ;)





Croissants Integrais de Alfarroba (Saudável, Integral, Sem Açúcar Adicionado, Sem Lactose)
Adaptado daqui
Para 16 croissants

Ingredientes:
[  250ml de leite (sem lactose para a versão sem lactose)
[  450g de farinha de trigo integral
[  50g de farinha de alfarroba
[  10g de fermento de padeiro seco
[  1 pitada generosa de sal
[  1 colher de chá de mel
[  1 ovo
[  125g de queijo quark (ou outro iogurte bem espesso; sem lactose para a versão sem lactose)
[  Óleo de coco para pincelar (cerca de 20ml)

Preparação:
| Aquecer o leite até ficar quente ao toque (sem queimar). Num recipiente grande, misturar as farinhas, o fermento, o sal, o mel, o ovo, o quark e o leite aquecido e misturar bem.
| Transferir a massa para uma superfície polvilhada com farinha integral e cortá-la em oito partes.
| Estender (com as mãos ou com o rolo da massa) uma das oito partes de forma a que fique redonda (e mais ou menos do tamanho de um prato de sobremesa). Pincelar o topo com óleo de coco derretido, cobrir com outra parte depois de lhe dar o mesmo formato circular e repetir o processo até utilizar toda a massa - a camada de cima não deve ser pincelada com óleo de coco.
| Com o rolo da massa, estender o conjunto de todas as camadas para que fique mais fino e com maior diâmetro (mantendo a forma circular).
| Cortar o círculo em 16 fatias do mesmo tamanho (cortando primeiro em metades, depois em quartos,...). Enrolar cada uma das fatias de fora para dentro (dando-lhes o formato de um croissant).
| Colocar os croissants num tabuleiro forrado com papel vegetal e deixá-los a levedar num sítio quente (por exemplo, no forno pré-aquecido a 50 graus (temperatura correta e deveras importante) e desligado) durante cerca de uma hora.
| Levar o tabuleiro ao forno pré-aquecido a 180 graus até que os croissants estejam cozidos (cerca de 20 minutos).



Apesar do pequeno incidente que teve lugar, conforme disse, os croissants ficaram deliciosos - e surpreendentemente fofinhos :D
Para mais, o aroma delicioso a alfarroba e a croissant que fez a casa toda cheirar a pastelaria manteve-se, o que sempre é um ponto positivo. Acreditem, se mesmo após o erro que fiz publico estes croissants é porque o resultado foi magnífico na mesma (e porque, considerando o número de pedidos de receita que recebi pelo facebook/instagram, se não a publicasse ficaria a temer pela minha própria vida) ;) 
_________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por uma unidade)
Energia:129kcal
Proteínas: 5.5g
Hidratos de Carbono: 23.6g 
-       Dos quais açúcares: 2.1g
Lípidos: 2.2g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 1.2g
Fibra:  4.0g
Sódio: 21mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 croissant ou 1/16 da receita). O leite considerado é o de soja sem açúcar da Alpro. Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. 
______________________________________________________________________

Comentários

  1. Olha, mas ficaram com muito bom aspecto, sinceramente! (=

    ResponderEliminar
  2. Aconteceu-me isso um dia destes mas com uns donuts! Consegui salvar uns, mas outros acabaram mesmo no lixo para minha infelicidade! Ficaram muito bem os teus croissants! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Podem ter ficado um pouco sumidos mas o aspecto até está bom! :) E se deixou a casa a cheirar a pastelaria definitivamente tinham que ser bons! :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  4. Estes croissants têm um aspecto maravilhoso! Mas infelizmente não vou poder por esta receita em prática :( Beijinho*
    http://adiaryb.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Que croissants giros e aposto que ficaram deliciosos!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  6. Nunca provei croissants integrais, mas como gosto de tudo integral, com certeza aprovaria.
    Ficaram bonitinhos assim pequenos e eu já fiquei aqui imaginando recheios... hummmm....

    Obrigada pelo carinho com a hortinha da Caverna Real. Realmente é muito bom ter tudo à mão e ainda poder compartilhar com outros.

    Abraços esmagadores e feliz semana.

    ResponderEliminar
  7. Têm um óptimo aspecto e vêm mesmo a calhar porque tenho aqui farinha de alfarroba para acabar :-)

    http://6800milhas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. Ai Avelã: já me fizeste rir com este engano do forno , o máximo!!!!!!! Adorei esta receita e vou testá-la já amanhã, já que tenho todos os ingredientes em casa.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  9. Eu provei alfarroba uma vez e jurei para nunca mais =/
    O sabor... nem sei explicar, só não gostei mesmo.

    Mas tu tens um dom e fazes parecer tudo muito bom =P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  10. Ai, como te compreendo... sou perita em ver mal as receitas, ou troco quantidades ou esqueço ingredientes... No teu caso o erro não foi bem erro ;)
    Quanto aos croissants, quero! :D
    Vou guardar a receita e prometo fazer em breve... tipo já (vá, no fim de semana).

    ResponderEliminar
  11. Confesso que nunca comi alfarroba!! Esses croissants ficaram com um aspecto bem guloso!
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. Obrigada, de coração cheio te dirijo estas palavras de agradecimento!
    É isto que me move para continuar e melhorar a cada dia o meu blog.
    É bom ver, ler e apreciar cada palavra e constatar que existem pessoas nobres que usam as minhas receitas e agradecem com a partilha.
    Um grande beijinho
    Cristina

    ResponderEliminar
  13. que aspecto delicioso que têm
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Que maravilha. Adoro!!! A experimentar...

    Beijinho
    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
  15. Ficaram tão perfeitinhos! Por vezes costumo comer os de massa folhada: sabem tão bem quanto fazem mal, eu sei! :)

    ResponderEliminar
  16. Estão espetaculares, com um aspecto de crecser água na boca! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Que aspecto delicioso! Fiquei com tanta vontade de experimentar =)

    ResponderEliminar
  18. São só assim a coisa mais fofinha do mundo!! <3

    PRINT! ;)

    Um beijinho dourado

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito . Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Po