Avançar para o conteúdo principal

Pepitas de Manteiga de Amendoim (Vegan, Sem Lactose)


Há todo o tipo de viciados em fãs incondicionais de chocolate, o que se nota bastante em Portugal, onde a manteiga de amendoim é extremamente subvalorizada.
Particularmente, nunca fui grande fã de chocolate, apesar de não dizer que não gosto ou que é sobrevalorizado, mas é.
Além disso, há que relembrar que o chocolate 99% cacau, ainda que frágil, anda numa luta corpo-a-corpo renhida com a manteiga de amendoim (e estes dois anormais andam a sujar-me a cozinha toda com esta idiotice, que irritante).
De vez em quando até se conciliam e fazem uns peanut butter cups ou peanut butter chocolate [inserir nome aqui], mas até ganharem totalmente a minha atenção continuam a guerrilhar como duas criancinhas.
E de vez em quando, na eventualidade de uma vitória da manteiga de amendoim, é bom relembrar as caraterísticas deliciosas do chocolate 99% cacau.
Podes ter ganhado uma batalha, manteiga de amendoim.
Mas não ganhaste a guerra.

(Fria. Senão o chocolate derrete.)





Pepitas de Manteiga de Amendoim (Vegan, Sem Lactose)
Adaptado daqui
Para cerca de 125 pepitas grandes

Ingredientes:

[  2 colheres de sopa de manteiga de amendoim cremosa
[  3 colheres de chá de açúcar em pó (ou conforme necessário)
[  1 colher de chá de leite (vegetal ou não) (ou conforme necessário)
[  ½ colher de chá de extrato de baunilha

Preparação:

| Misturar bem todos os ingredientes.
| Uma pasta cremosa mas moldável deve ser obtida. Se estiver demasiado granulosa/sólida, juntar um pouco mais de leite, mas não mais de 1 colher de chá de cada vez, misturando e verificando a consistência antes de qualquer adição. Se estiver demasiado líquida, fazer o mesmo com o açúcar mas em doses menores (cerca de 1 colher de café).
| Formar bolinhas pequenas e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal. Também se pode usar uma boca de pasteleiro para tentar fazer pepitas mais tradicionais (ler fim do post).
| Levar ao congelador pelo menos até que estejam completamente sólidas e firmes.

| Transferir para um recipiente aermético e guardar no congelador.




A minha vontade repentina de fazer peanut butter chips foi um bocadinho forçada porque a loja que as vendia fechou (acontecimento traumático que também influenciou a criação dos peanut butter cups).
A receita é extremamente simples e até rende bastante, para além de que é uma experiência gira e não usa metade do frasco de manteiga de amendoim (requisito esssencial). 
Eu não tinha um saco de pasteleiro portanto fiz estas bolinhas totalmente apresentáveis. De qualquer das maneiras acho que nunca iriam ficar como as de compra ou bonitas o suficiente para pôr no topo de qualquer coisa. Podem ser usadas só no interior de doces/..., e a minha escolha até seria fazer isso mesmo e, só por cima, pôr as pepitas de compra - assim ficaria mais económico, mas igualmente bonito e bom.
Quanto ao sabor achei-as excelentes e muito semelhantes às industrializadas. Já experimentei pôr em scones e nuns muffins e posso dizer que fica mesmo, mesmo bom! Se estiverem quentinhos (saídos do forno ou até descongelados) as pepitas estão semi-derretidas (apesar de manterem a forma) e  também quentinhas... São grandes o suficiente para fazer mini explosões de sabor intenso a manteiga de amendoim (esta parte compensa o design tosco) que são reconfortantes e transformam completamente qualquer bolinho. 
(E comidas sem nada, diretamente do congelador, também são muuito boas. Propósitos de investigação...)

Nota: para alguns vegans o açúcar poderá não se enquadrar nos padrões alimentares auto-estabelecidos. A manteiga de amendoim contém açúcar, portanto pode estar igualmente excluída da dieta.

Comentários

  1. hmmm baba! Eu amo manteiga de amendoim, como às colheres e como muitas - acho que temos isso em comum! Ainda ontem fiz uns brownies de chocolate (sem manteiga, assim tudo saudável e coiso) e rematei-os com umas pepitas de manteiga de amendoim. Que decadência! Agora que tenho feito manteiga de amendoim em casa vou fazer pepitas também - isto se não desatar a comer a manteiga à parva :D

    ResponderEliminar
  2. Que sugestão tão original!

    Eu sou uma viciada assumida de chocolate e descobri a manteiga de amendoim recentemente.

    Penas as calorias.

    Haverá chocolate sem açucar?

    Beijos


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :)
      Chocolate sem açúcar adicionado (é isso que queres dizer, certo?) há :) Até há chocolate adoçado com edulcorantes/... para substituir o açúcar. Geralmente é chocolate negro, mas também há do normal. Existe de algumas marcas comuns (Nestlé), de marcas "brancas" (Continente - área viva -, Pingo Doce,...), da marca "Valor" e até da Canderel :) Também tens alguns de culinária, que costumam ter menos açúcar (acho que até há um da Pantagruel sem adição de açúcar) e são mais baratos (os que estão divididos em barras é que não são muito práticos! Eu não gosto :P).
      Há alguns que dizem simplesmente "sem adição de açúcar" e outros que especificam que são adoçados com stevia, por exemplo... Também há alguns com frutose, mas isso continua a ser açúcar :P
      Também podes apostar nos com maior percentagem de cacau, que normalmente acabam por ter menos açúcar. O de que eu falei com 99% é muitoo bom e só tem 1g de açúcar (mascavado, acho eu) adicionado por cada 100g (é o único ingrediente para além do cacau).
      Não sei se quando falaste das calorias te referias ao chocolate ou à manteiga de amendoim. As da manteiga de amendoim são incontornáveis (a não ser que seja um produto sintético e cheio de químicos), mas se ela for natural até é saudável. As do chocolate não diminuem muito por ser sem açúcar, até porque muitos têm mais gordura para "compensar". As calorias acabam por ser praticamente as mesmas, mas se a percentagem de cacau for maior é melhor (benefícios e sabor :P). O valor energético também varia conforme a marca... E o tamanho dos quadradinhos :P acho que já vi alguns com 20 calorias/quadrado, mas isso é por serem pequenitos. De qualquer das maneiras um bocadinho de chocolate não tem assim tantas, até faz bem :D
      Beijinhos :)

      Eliminar
  3. Acho quer estão muito fofas mesmo sem o saco de pasteleiro.
    Devem ser verdadeiramente gulosas e viciantes.
    Eu gosto e muito de chocolate:)

    beijos

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito de manteiga de amendoim e nunca tinha pensado em fazer pepitas ( felizmente a nossa loja americana ainda não fechou). Achei interessante esta tua receita e pode dar sempre jeito . Vou anotar, pois são bem fáceis de se fazer.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  5. Estas tuas pepitas devem ser bem gulosas ;)
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  6. Pepitas caseiras :-)
    Ora aqui está uma coisa com muita utilidade, digo eu...
    E pelo que percebi rendem imenso!
    E já agora gostei muito do texto :-) Da guerra do chocolate e da manteiga de amendoim eheheheheheheh!
    Beijinhos e boa semana avelã***

    ResponderEliminar
  7. euuuu amooooo manteiga de amendoim descubria-a apenas a uns 2 anos ou menos,mas só gosto daquela que leva só amendoim e sal, ou só amendoim portanto opto muitas vezes por fazer em casa, quando lhe juntam açúcar detestoooo! :s não gosto nadaaaaaaaa do sabor!!
    Lembro-me que quando vi os peanut butter a venda fiqueii super feliz do tipo: YEHEIII VOU PROVAR, toda gente fala bem disto, vou provar e detestei :x

    ResponderEliminar
  8. Gosto dessas investigações, que te fazem provar essas mini directamente do congelador! hehe
    Acho que foi uma boa ideia, e eu adoro tanto chocolate como manteiga de amendoim, se bem que esta segunda prefiro nem a ter por casa. Mas adorava ter essas pepitas, para por numas cookies ou nuns muffins, que alegria.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  9. Não sou mesmo nada fã de manteiga de amendoim mas o homem aqui de casa é completamente louco por ela (não por uma qualquer entenda-se, pela manteiga de amendoim, claro está hehe)! Mas devo confessar que adorei esta ideia de fazer pepitas com a manteiga de amendoim que aqui anda por casa, guardá-las no congelador e ter algo sempre à mão para dar um toque diferente a bolos, cupcakes e afins :)
    Olha sim senhor, gostei mesmo! :) Vou experimentar :)
    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  10. Adoro manteiga de amendoim e adorei esta ideia :)

    http://fromportugaltonyc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Oiiiiiiii, eu não sei se já disse isso antes, mas aqui no Brasil a pasta de amendoim está mais em alta agora. Antes eu mal via nas prateleiras. Eu amo amendoim, então, qualquer coisa feita com ele para mim é o máximo. Admiro suas descobertas e feitos!!! Ficou show!!! Um beijão

    ResponderEliminar
  12. OMG!!!! SERIO??? eu se visse essa travessa comia tudo o que está ai ihihih.
    Tens de vir morar comigo, ando aqui a fazer zoom nas tuas imagens e ja estou c fome. Eu nao sabia da existencia de chips de manteiga de amendoim.

    ResponderEliminar
  13. Já eu sou (demasiado) fã de chocolate! Antes adorava chocolate branco mas o meu gosto foi mudando e agora quanto mais amargo for o chocolate melhor.
    Falámos há uns tempos sobre as pepitas de chocolate, queria imenso comprar mas o preço fazia-me recuar sempre. Ainda pensei faze-las em casa, raspando o chocolate, se bem que não iam ficam pepitas nenhuma :p Entretanto a preguiça bateu e com o tempo esqueci-me completamente de tal coisa.
    Agora, pepitas de manteiga de amendoim.. É outra historia :p Visto que agora tenho mais tempo, tenho de experimentar estas pepitas..Ja as estou a imaginar nas minhas panquecas, bolinhos ou ate em papas de aveia e iogurte. De facto, pode-se usar em imensa coisa!
    Obrigada pela sugestão, adorei :D
    Beijinho

    ResponderEliminar
  14. Muito apetitoso, como sempre!
    Ando com vontade de comprar manteiga de amendoim, aconselhas alguma em especial?
    E esse chocolate 99% onde é que se pode encontrar?

    www.dietaparatotos.wordpress.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      A manteiga de amendoim que usei nestas pepitas foi da Skippy. Desta marca na maioria dos supermercados há crocante e cremosa, eu prefiro a cremosa (que, adivinha, é super cremosa ;)), mas a crocante também é boa, tem pedacinhos de amendoim . É muito boa, acho que é a minha preferida, mas tem gordura trans, por isso não compro regularmente. Se quiseres experimentar, acho que esta é a melhor :) Ainda assim, há outras marcas, como a Monarch, que também vendem manteiga de amendoim semelhante, ainda que ache que a da Skippy é melhor.
      No celeiro e em alguns sites de encomendas online vende-se manteiga de amendoim 100% amendoins (ou quase) - sabe mais a amendoim, é menos cremosa e, claro, menos processada. Quando é 100% amendoim, não tem gordura trans nem sal. As «quase» normalmente têm só sal. A do celeiro é bastante cara.
      Se tiveres um processador podes sempre fazer tu, é só tostar os amendoins e processá-los :)
      O chocolate 99% comprei pela primeira vez no Super Cor, mas foi em Espanha, não sei se nos portugueses existe. Aqui em Portugal só tenho a certeza que exista no Continente, da marca Lindt. Compraa! É super bom :D
      Desculpa o testamento, mas manteiga de amendoim e chocolate 99% são a minha área ;)

      Eliminar
  15. Receio que comece a engordar só de ver o teu blog!! hihihi As receitas são de dar água na boca... ´Da próxima vez que fizer manteiga de amendoim vou experimentar!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito . Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Po