Avançar para o conteúdo principal

Bolo de Laranja com Cenoura e Courgette (Saudável, Integral, Sem Glúten, Sem Lactose, Sem Açúcar Adicionado, Sem Gordura Adicionada)



Muitos dos utensílios de cozinha que tenho não foram comprados por mim, mas fornecidos por uma família próxima que não acha que fazer bolos é divertido (idiotas).
A minha batedeira tem 50 anos, veio da Alemanha (não é preciso fazerem os cálculos, juro que não tenho na família antigos chefes nazi) e ainda funciona perfeitamente bem (tirando os sons de porco moribundo na 1ª velocidade, que são obviamente desprezáveis). Tenho umas 50 formas de bolos e outras tantas de pudim. Tenho um queimador de leite creme apodrecido que nunca foi usado porque, na opinião dos meus queridos parentes, «o leite creme é bom assim»*. Tenho uns 50 rolos de película aderente que são de uma promoção que houve uma vez no Feira Nova (!).
E tinha um lindo e velho moinho de café da Moulinex, que usava para tudo menos moer café: fazia farinha de aveia e de frutos secos, açúcar em pó, no período pós falecimento do meu processador triturava meio quilo de bolacha digestiva para cheesecake (que saudades destes momentos divertidos) e fazia manteiga de amendoim (é tudo verdade menos a parte da manteiga de amendoim, fazer manteiga de amendoim num moinho de café seria estúpido).
Eu e o meu moinho corríamos juntos pelos campos verdejantes a cantar «olaré hi ho», fazíamos scones de aveia e muitos, muitos cheesecakes deliciosos.
Até que, num triste dia cinzento, o moinho, sentindo-se a fraquejar, começou a segregar uma pasta negra puré-de-resíduos-nucleares e a fazer sons de porco moribundo (padrão não muito encorajador).
RIP, moinho de café.
Espero que vás para o inferno por falhares a meio deste bolo e me obrigares a fazer 200g de farinha de aveia com a varinha mágica.

*Eu sou do contra, portanto esperem uma receita de crème brûlée brevemente.






Bolo de Laranja com Cenoura e Courgette (NÃO bolo de vegetais. Nem de sopa.)
Para 1 bolo grande
Adaptado daqui

Ingredientes:
[  200g de courgette descascada e ralada
[  100g de cenoura ralada
[  Raspa de 2 laranjas (2 colheres de sopa)
[  Sumo de 2 laranjas (300ml)
[  80g de mel
[  3 ovos M
[  200g de farinha de aveia
[  1 pitada de sal
[  1 colher de chá de canela (ou a gosto)
[  1/4 colher de chá de cravinho (ou a gosto)
[  1/2 colher de chá de noz moscada (ou a gosto)
[  2 colheres de chá de fermento em pó

Preparação:
| Colocar num recipiente a courgette e cenoura raladas, a raspa e o sumo de laranja e o mel.
| Separar as claras das gemas. Colocar as claras no recipiente de uma batedeira elétrica e as gemas no recipiente com courgette, mexendo bem.
| Colocar num outro recipiente grande a farinha de aveia, o sal, as especiarias e o fermento. Adicionar o preparado líquido e misturar.
| Bater as claras em castelo com uma batedeira elétrica e envolver, cuidadosamente e aos poucos, na mistura anterior.
| Colocar numa forma antiaderente e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 30 minutos.





Este bolo é delicioso! Já o tinha feito várias vezes há imenso tempo, mas seguindo a receita normal. Desta vez tentei fazê-lo mais saudável, sem farinha refinada nem açúcar, alterando mais algumas coisas. Até estava um bocado receosa, mas ficou fantástico! 
É extremamente aromático. A textura é muito fofa e húmida... A minha mãe adora, é dos bolos preferidos dela. 
Tanto como sobremesa como como bolo de pequeno-almoço (conceito que acho reconfortante MAS um bocado estranho. Normalmente não se come bolos ao pequeno-almoço. Quem comer bolos ao pequeno-almoço tem de tentar adequar a essência do alimento à altura do dia?) funciona muito bem, especialmente com iogurte em cima. Com chá torna-se numa 'comida' muito confortável!
Os vegetais não se sentem de todo; conferem só uma textura deliciosa. 
_________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por 1 fatia em 15)
Energia: 95kcal 
Proteínas: 3.2g
Hidratos de Carbono: 17.1g
-       Dos quais açúcares: 6.9g
Lípidos: 1.8g
-          Dos quais hidrogenados0g
Fibra: 1.8g
Sódio: 32mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 fatia, aproximadamente 76g ou 1/15 da receita). Está sujeita a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverá apresentar valores próximos do valor real. 
_________________________________________________________________________

Comentários

  1. Oh Deus eu tinha moinho desses - a minha irmã partiu-o :(
    Eu faço a farinha de aveia com um acessório da varinha mágica - é de facto uma outra experiência; mas pensa assim, estão a criar laços ahah
    E sim, isto não é mesmo um bolo sopa! Sabes que detesto esta coisa dos vegetais verdes em coisas doce. Opá, pronto, é como os sumos detox- aipo e maçã? Aipo só no bloody Mary. Ai!

    ResponderEliminar
  2. também nunca tinha visto o teu blog mas adorei vou seguir! Não tenho lá muito jeito para bolo já o teu ficou delicioso.

    ResponderEliminar
  3. Tens a certeza que na tua família não há antecedentes nazis?

    ResponderEliminar
  4. Que bolinho tão saudável, adorei a sugestão e apresentação ;)
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Eu adoro usar aveia em bolos, fica deliciosa! Ficam mais densos, mas alimentam imenso. Costumo fazer em queques e fazem a vez de uma sandes!
    Nunca fiz um bolo sem açúcar... mas com umas colheres de mel, acho que fica no ponto para o nosso gosto! :)
    Adorei esse interior :)

    ResponderEliminar
  6. O bolo está com óptimo aspecto!!!!
    Obg pela visita e por ficares por lá :)
    Gostei muito do teu cantinho ;) vou ficar por cá ;)
    Bjs :)

    ResponderEliminar
  7. Avelã, tenho de experimentar esta receita. Acho que vou gostar imenso. Tem um aspecto delicioso. Também gosto de utilizar alguns legumes em bolos. Ficam bastante enriquecidos e com uma óptima textura. E assim evitam-se as gorduras... Muito bom!

    ResponderEliminar
  8. Olá Avelã: como sempre adorei ler o texto Pré-receita. O máximo!! Precisas de uma Bimby, definitivamente. Assim já não te aborrecias com as outras maquinetas que não se aguentam com as tuas aventuras culinárias.
    Gostei imenso deste bolo. Penso que ,em quadrados, também irá ficar muito bom. Gosto destas texturas densas e compactas e gosto dos ingredientes que usaste.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  9. Olá Avelã!!!
    Nem preciso repetir o quanto sou fã dos seus textos!
    Dou muito valor à "herança de antigos utensílios", até porque são de uma época em que as coisas realmente eram feitas para durar! Hoje em dia, basta chegar o final da garantia e já podemos ir nos despedindo aos poucos deles...rsrsrs
    Por aqui, estarei de férias até Março para recarregar as baterias!!! Beijos mil e até a volta!!! Fique com Deus!!! =)

    ResponderEliminar
  10. Ahhhhh...esqueci de falar do bolo!!!!! rsrsrs
    Eu queria uma fatia agora mesmo para acompanhar meu café! Bjo!!!! =)

    ResponderEliminar
  11. Olá Avelã,
    Primeiramente quero te agradecer a visita ao meu cantinho! :)
    Acreditas que já te seguia no facebook mas ainda não no Blog? Não sei como é que isto aconteceu, mas já remendei o "erro" ;)
    Quero também te dar os parabéns pelo teu espaço. Que receitas deliciosas já vi por aqui e este bolo é mesmo o tipo de bolo que me agrada, pois também eu procuro dar twists mais saudáveis às receitas (nem sempre o faço atenção! Mas a verdade é que assim a vozinha da consciência que costumo ouvir quando como um doce, praticamente fala num sussurro... :) )
    Tens uma forma muito engraçada de enquadrares as tuas receitas, toda uma história envolvente e tal! Gosto disso, é uma lufada de ar fresco ;)
    Vou voltar com toda a certeza! Beijinhos e bom domingo*

    http://petiscana.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. Olá, vim retribuir a visita e adorei! É bom saber que há por aqui blogs saudaveis com receitas alternativas!! Este bolo parece-me mt bem!!

    ResponderEliminar
  13. Mas que bom aspecto! =))

    Beijinho e boa semana.

    http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Que bom aspecto! =)

    E obrigada pelos comentários.

    Tens aqui umas belas receitas!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  15. Que deliciosa sugestão. Como é que possível "sem nada" fazer um bolo com este aspeto?
    :-)

    ResponderEliminar
  16. Achei graça ao teu comentário =)
    Eu pessoalmente também ao acordar tarde, prefiro não almoçar, mas o namorado é comilão e tem mesmo que ser lol

    Beijocas

    ResponderEliminar
  17. O moinho falhou, mas o resultado final está deliciosamente tentador!
    Um aspecto muito bom!
    Bela receita e partilha.
    Gostei muito.
    Grata.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  18. YES! Depois de me teres torturado com os éclairs foste minha amiga e publicaste uma receita amiga da minha barriga :p
    Este vou definitivamente fazer até porque já andava há que séculos para fazer um bolo assim, e convenientemente tenho demasiadas laranjas em casa :p
    300g de farinha com a varinha mágica? Corajosa!!! Acho que tinha desistido do bolo :p
    Parece daqueles bolos mesmo húmidos, perfeito!! São os melhores, não é verdade? :D
    Não ser o típico bolo doce de sobremesa é bom para mim, um bolo assim torna-se mais versátil para comer!
    A-DO-RO ♥

    ResponderEliminar
  19. Olá avelã,

    O bolo esquecendo a receita e olhando apenas para as fotos é apetecível :-)
    Depois lendo a tua dissertação sobre todos os detalhes ainda abre mais o apetite... E isso é bom!!! Muito bom!!!
    Paz ao teu moinho e dá-me impressão que tu serias uma excelente candidata a ter uma bimby ou uma cooki ou uma qualquer daquelas maquinetas que a mim me metem um pouquinho de confusão porque eu sou mais de tachos... Mas tu és muito criativa e acho que uma máquina dessas ao teu lado ía fazer sobressair mais ainda o teu lado criativo e íam sair receitas originais :-)
    Realmente quando uma pessoa descreve algum tipo de comida como sendo saudável, pensam logo que sabe a borracha ou por aí fora... Por isso é engraçado descreveres a consistência com que o bolo fica porque isso ajuda-nos abrir mais o apetite e a cativar-nos para experimentar!

    Beijinhos grandes***
    Boa semana!

    ResponderEliminar
  20. Como me divirto com teus posts bem humorados! xD Adoro todos.

    ResponderEliminar
  21. Oh minha querida, olha que eu vou mesmo experimentar esse bolito, ainda esta semana e se sair bem...caso seja mesmo o que dizes...estará na festa de 2 aos do Edu aqui em UK (olha só o peso da responsabilidade, hehe).
    Um beijooooo. Joana (Edu`s Pantry)

    ResponderEliminar
  22. Vou experimentar de certeza! :D
    Os meus sentimentos pelo moinho de café. A sua falta será sentida. RIP.

    ResponderEliminar
  23. Mesmo sem o moinho o bolo ficou fantástico... Vou fazer hoje o seu bolo ;) Obrigada pela partilha <3

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito . Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Po