Avançar para o conteúdo principal

Cannelloni (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose)

Vi há uns tempos, a propósito do 'experiment ensam', o vídeo em que um fanboy que morre de amores pelo Bob Dylan presencia sozinho um concerto seu. Após ter os expectáveis mini-ataques cardíacos de um ser humano em delírio, que no cúmulo fazem o indivíduo apontar para o próprio nariz ('I did keep a clean nose!'), este pôde assistir ao maior sonho de qualquer pessoa que vai ver um espetáculo privado de um ícone mundial: um monte de covers.
Logo a seguir a sobreviver ao mais constrangedor e solitário aplauso de sempre, quase a desfalecer de tanta emoção, ele diz coisas brilhantes, desde 'as minhas bochechas estão exaustas' a, logo quando uma pessoa pensava que não era possível, ainda melhor - 'encontrei um lugarzinho reconfortante dentro de mim que é o meu espaço Bob'. 
Note-se: as expectativas seriam muito altas depois de ditos antecedentes como 'sou um tipo passivo que, estando num navio a naufragar, morreria por me deitar no chão sem fazer nada' (?!), mas... espaço Bob. Uma afirmação que chega ao ponto de rivalizar com o Ricardo Araújo Pereira a comer pudins - e todos sabemos que isto é dizer muito. 
Obviamente, temos de reconhecer que deve ser difícil raciocinar quando se está a ter espasmos mentais (ou 'ele tem de ter finalmente reconhecido a minha existência! *histeria cerebral*') e a ser o foco das atenções de um mini documentário - porque na realidade o centro disto tudo é averiguar se as experiências são mais agradáveis quando desfrutadas individualmente ou partilhadas com outras pessoas.
É verdade - desembolsaram de uns milhões e provavelmente um chapéu de cowboy em ouro com o objetivo de chegar a uma conclusão quanto à influência de pares. Envolveram-se na  complicada investigação da realidade de situações rotineiras, quando o melhor é uma pessoa dedicar-se a coisas que possibilitam a clareza do espírito - como estes cannelonni, palavra que aqui apenas existe no plural. Erradicam qualquer dúvida quanto a experiências a solo... E são deliciosos.






Cannelloni (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose)
Para 15 cannelloni

Ingredientes:

Para os crepes (que servirão de cannelloni):
[  5 ovos
[  3 claras de ovo
[  10 colheres de sopa de polvilho doce (cerca de 100g)
[  5 colheres de sopa de água
[  2 colheres de sopa de iogurte (ou quark, ou iogurte de soja/sem lactose para a versão sem lactose)

Para o molho:
[  3 dentes de alho
[  1 colher de sopa de azeite
[  165g de couve-flor cozida
[  50ml de leite (pode ser magro ou vegetal, mas não adoçado; usar sem lactose para a versão sem lactose)
[  35g de queijo (pode ser queijo de barrar ou ralado, sem lactose para uma versão sem lactose)
[  1 colher de sopa de sumo de limão (opcional)
[  Sal (a gosto)
[  Pimenta branca (a gosto)
[  Orégãos (a gosto)

Para o recheio de carne:
[  Azeite
[  500g de peito de frango (ou peru) picado
[  Sal (a gosto)
[  Orégãos (a gosto)
[  Pimentão doce (a gosto)
[  Paprika (a gosto)
[  1 cebola
[  3 dentes de alho
[  100ml de molho de tomate

Para a 'montagem':
[  Queijo ralado (a gosto, opcional; omitir para a versão sem lactose)

Preparação:

Para os crepes:
| Bater todos os ingredientes (ovos, claras, polvilho doce, água e iogurte) com a varinha mágica (ou numa liquidificadora/à mão).
| Aquecer uma frigideira pequena no fogão e fazer crepes não muito finos. Deverão ser por volta de 15 no total.

Para o molho:
| Picar os dentes de alho.
| Dourar o alho no azeite, numa frigideira pequena a lume baixo.
| Triturar até que fique cremosa (com varinha mágica/processador/liquidificadora) a couve-flor cozida com o refogado de alho, leite, queijo, sumo de limão, sal, pimenta e orégãos. 

Para o recheio de carne:
| Numa frigideira antiaderente ou wok em lume baixo, colocar um pouco de azeite e cozinhar o frango picado. Temperar com sal, orégãos, pimentão doce e paprika e escorrer qualquer líquido. Reservar.
| Na mesma frigideira/wok (sem o frango), colocar um fio de azeite juntamente com a cebola e 3 dentes de alho previamente picados.
| Assim que a cebola estiver translúcida, adicionar a carne anteriormente cozinhada (podem cozinhar a carne só neste passo, mas eu prefiro assim) e o molho de tomate, misturando.

Montagem:
| Rechear cada crepe com carne, enrolar e dispor num tabuleiro.
| Cobrir tudo com o molho de couve-flor e o queijo e levar ao forno pré-aquecido a 200ºC durante 15 minutos ou até que o queijo esteja tostado.



Eu sei que a extensão da receita a faz parecer complicada, mas não o é de todo - eu demorei uns 30/40 minutos a fazer tudo. Basicamente são crepes com um recheio de carne e molho de couve-flor, é muito simples! Ainda por cima pode ser tudo feito com avanço, bastando na hora enrolar os crepes com a carne, colocar o molho e o queijo e levar ao forno. 
Quanto ao resultado, ficou muito melhor do que estava à espera! Quando tive a ideia de usar crepiocas como 'massa' achei que podia ficar estranho ou soggy e que o molho ao ir ao forno se tornaria menos cremoso, mas não. É mesmo parecido aos cannelloni tradicionais, com a textura dos crepes a resultar mesmo bem e o molho por cima cremoso e com um sabor fantástico. Recomendo imenso, até porque feito em doses maiores se torna numa comida muito prática para comer aquecida ou até descongelada.
Fica mesmo um óptimo jantar equilibrado diferente, para variar dentro de ingredientes ainda assim saudáveis. Ascendeu ao topo do meu ranking de refeições (até porque se publico alguma coisa 'salgada' aqui já sabem que é muito boa)! 
_________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por 1 cannelloni)
Energia: 128kcal
Proteínas: 9.5g
Hidratos de Carbono: 8.3g
-       Dos quais açúcares: 1.3g
Lípidos: 6.4g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 1.7g
Fibra:  0.6g
Sódio: 160mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a cerca de 100g, 1 cannelloni ou 1/15 da receita). Não inclui ingredientes opcionais. Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. 
______________________________________________________________________

Comentários

  1. Uau esta receita está de dar água na boca só de olhar, que tentação! :D
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  2. Uau, que aspeto tentador, adorei a tua sugestão. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Que bela refeição! Há muito que não faço canelloni! Aliás, já nem me lembro da última vez! Receita a experimentar! beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Nunca comi...tenho que experimentar..

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Uma maneira bem diferente de comer cannelloni! Tem muito bom aspecto :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Adorei a sugestão e vou experimentar!

    Beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Só de olhar, já me deu água na boca,....adorei,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  8. Bela sugestão. Adorei!!! :)
    Beijinhos!!

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Ora aqui estão uns canellonis que aprecio mais que os normais... Aliás, cá em casa não somos nada fãs de canellonis e da última vez que fiz uns, não me calharam bem... Andei doente 3 dias, não sei se das natas, se do meu organismo :-( Sei que me pôs de rastos e desde aí nunca mais quis ouvi falar de canellonis na minha rica vidinha! Mas heis que tu fazes uma versão saudável, sem molhos de natas e essas coisas. À primeira vista parecem complexos, verdade, e tu sabes como sou apreciadora de coisas simples e rápidas, mas olhando a fundo ganha pelo aspecto e por saber que é uma refeição saudável. Muito boa esta tua sugestão avelã :-) Parabéns!

    ResponderEliminar
  10. Olá Avelã!!
    Nossa, que idéia genial!! Ficou super apetitoso!
    Beijos mil e ótima semana pra ti! =)
    www.deliciasdavodeo.com.br

    ResponderEliminar
  11. Adoro! E adorei mais a tua receita!
    Que maravilhosos que ficaram!!
    Ahh e já agora muitos parabéns pela nomeação no Myprotein Fitness Blogger Awards 2016 na categoria de Melhor Blog de Receitas Saudáveis :D
    Fiquei mesmo contente de te ver lá!!!
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  12. Adorei! Sem restrições. Adorei, repito. Vou mesmo experimentar.
    Thank you!

    ResponderEliminar
  13. Mais uma receita saudável, o aspecto ficou tudo de bom, obrigada
    por mais essa partilha!

    Bjs, ótima semana! ♥

    ResponderEliminar
  14. Que ideia original, não me tinha ainda passado pela cabeça fazer assim mas também cannellonis não costumam passar muito por aqui :)
    Beijinhos, se quiseres vem visitar-me em
    Gulosoqb.blogspot.pt
    Facebook.com/gulosoqb

    ResponderEliminar
  15. Oi amiga!
    Nunca preparei crepes com polvilho doce, mas quero experimentar. Os seus parecem saborosos!
    Bjsss e uma semana abençoada p/vcs

    ResponderEliminar
  16. Uma receita bem diferente e bastante original.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  17. Tenho um aspecto maravilhoso! :)

    MORNING DREAMS

    Sofia Silva, Beijos*

    ResponderEliminar
  18. Bom dia, Avelã!
    A cara está maravilhosa e o recheio só não usaria carne, mas acho que ficaria delicioso com abobrinha... hummm....
    Abração esmagador e lindo dia.

    ResponderEliminar
  19. Adorei a receita!
    Parece-me perfeita!!!
    O molho deixou-me curiosa :)
    Vou guardar e vou fazer!!
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  20. Que ótimo aspeto! :) Parece delicioso!
    Beijinho**

    http://anagalhano.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  21. Uma receita muito boa, adoro os canelonis feitos com crepes e adorei esse molho de couve flor, deve ficar delicioso!
    E quando é a tua maratona? Força nisso!!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  22. Bem a sério, para além do aspecto delicioso ficaram bem bonitos.
    Os meus ficam com um ar mais trapalhão =P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  23. Fiquei com fome!!! :D
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark , as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback . Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio . Mesmo as panquecas de abóbora , uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião). E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas. Apenas as fiz hoje, mas tive de p

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito . Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Po

Pudim Flan Proteico (Saudável, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Se antes tinha um ódio de estimação por gelatina, de tal forma que o cheiro me deixava enjoada (especialmente quando quente), num passado recente os meus gostos nesse campo deram uma volta de 180 graus. Isto ocorreu em grande parte devido às gomas de fruta caseiras , que faço várias vezes por semana e consumo diariamente. Até acertar com a receita tive algumas 'fornadas' sofríveis que, confesso, custaram a acabar - mas depois de chegar à fórmula ideal nunca mais olhei para trás, e ando há meses viciada nas minhas gominhas, sem sinal de mudança à vista :)  Desta forma, não é de estranhar que me veja encorajada a fazer mais experiências com gelatina entre os ingredientes. Ultimamente, e em particular depois do sucesso do leite creme proteico , andava com a ideia de fazer uma espécie de pudim flan instantâneo mesmo simples: apenas leite, whey e gelatina para solidificar. Se por um lado me parecia que uma ideia tão simples estava a pedir para ser testada, por outro custa