Avançar para o conteúdo principal

Whole30 - Pré-Treinos


No programa oficial do Whole30 o pré-treino recomendado não está cheio de hidratos de carbono. Podem ver as recomendações aqui; essencialmente, sugere-se uma pequena-refeição contendo proteína e gordura (ambos em metade da quantidade usual às refeições), 15 a 75 minutos antes do treino
No início para ser sincera vi-me um bocado reticente, estava habituada a comer hidratos de alto índice glicémico antes de fazer exercício, particularmente antes de correr, e por isso não passei a fazer o pré-treino recomendado logo desde o início.

Pré-treino de covarde.
Depois lá me comecei a mentalizar (ao menos se te sentires como um elefante a correr uns míseros 5km tentaste!) e até fui a tempo de reunir umas fotografiazinhas para mostrar. No geral, correr «on fat» baixa o desempenho até que uma pessoa se habitue, mas depois até dá mais energia e de forma mais duradoura. 
Então aqui vão as minhas sugestões, alguns pré-treinos que já fiz (e comi!):

1 ovo e creme de coco, com uma espécie de ciclo da lua versão ovo

Panados com farinha de amêndoa. Que. Delícia.

Peixe (o tal que tem um fiinho) e coco (que adoro!)

Eus, nozes e presunto a parecer um bico de pato

Pasta de atum e abacate, que, apesar do seu aspeto de pêlo de cão molhado, é deliciosa.
Acabei por me habituar a isto - não me sinto com pouca energia nem nada. Nem senti um grande solavanco no início, mas de qualquer das maneiras não costumo ser a pessoa mais cuidadosa do mundo a nível de nutrição pré e pós-treino. Experimentem, há grandes entusiastas deste «combustível» diferente!

Comentários

  1. Ai esses panados com farinha de amêndoa! Fiquei com vontade de me atirar a eles! Gostei de todas as sugestões!

    ResponderEliminar
  2. "ciclo da lua versão ovo"
    "seu aspeto de pêlo de cão molhado" xD Eu digo...

    Bom, meu """pré-treino""" geralmente é banana, pra não dar cãibra. Ou qualquer outra coisa mesmo. xD (Sou ótima!)

    Eu amo tuas fotos de comida, especialmente essas do Whole30, nunca vou me cansar de dizer.

    ResponderEliminar
  3. Óptimas ideias! Realmente é estranho, enquanto estamos no programa paleo, pensar nos pré-treinos adequados mas obrigada por estas ideias! E para pós-treino, o que comes?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, o hábito é mesmo ir para os cereais e isso :P
      Alguma coisa como batata doce/abóbora/inhame/mandioca e uma fonte de proteína :) daqui a algum tempo devo postar algumas sugestões também :D

      Eliminar
  4. Adorei a apresentação e a apresentação / sugestão é maravilhosa. Nham nham

    ResponderEliminar
  5. Adorei as fotos e as combinações de ingredientes! Pré-treinos mais do que aprovados! rsrsrs
    Beijinhos
    Vanda

    ResponderEliminar
  6. esses panados fiquei super curioso e também essa pasta de atum com abacate sao os que comia de muito muito boa vontade :D


    O Cantinho dos Gulosos

    ResponderEliminar
  7. Olá avelã...

    Quando vi o título 'pré-treino' arregalei logo os olhos!!! Quero devorar este texto e aprender tudinho :-)
    Eu nunca sei o que devo comer antes de fazer o meu treino e o que eu costumo fazer é o que dizes logo no início... Comer alguma coisa com alto IG que é para ver se eu tenho energia e não me dá o badagaio (as minhas tensões são assim normais/baixas) e não posso sequer deixar-me chegar a começar a ficar tonta... Já me conheço bem e sei que tenho de comer bem antes e neste treino de trail que fiz no fim-de-semana, durante fui hidratando-me e comendo umas coisas docinhas (e isso é que não sei até que ponto está correcto)!!!
    Sem dúvida que as tuas sugestões são diferentes, eu não como nada do género e confesso que ando um bocadinho à toa com o que devo comer antes e depois!!!
    Ainda ontem no 'depois' comi brócolos cozidos e 1 bife... Mas ainda não sei bem até que ponto estará correcto ou não a nível nutricional depois de ter feito uma corrida!!! Ando a pesquisar...
    Gostei muito deste cheirinho de refeições que nos mostraste!!!
    E já agora, pós-treino existem sugestões???

    Beijinhos***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Normalmente come-se coisas tipo marmelada, banana ou gel (entre outros) no meio dos trails (e coisas do género), é o costume :) claro que depois há sempre aquelas variações tipo bancas com isotónicos (para disfarçar :P), bolas de berlim, broa e chouriço (que apetece imenso quando se está a correr há hora e meia e se tem mais pela frente, OBVIAMENTE :P).
      Normalmente no pós-treino come-se proteína e HC de alto IG. No Whole30 recomendam proteína e HC complexos :) também estou a planear fazer um post com sugestões para pós :D
      Obrigada :D

      Eliminar
  8. Tudo TÃO giro.....
    e os comentários das fotos? Que giros....

    ResponderEliminar
  9. Tenho mesmo que experimentar fazer panados com farinha de amêndoa.
    Deve dar um gosto interessante à coisa!

    E os teus comentário "p~elo de cão molhado..." lool

    Beijocas

    ResponderEliminar
  10. Adorei o ovo com creme de coco!

    beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Bolo de Spéculoos

  Com quase dois meses de atraso, venho deixar a receita do bolo que fiz para o meu aniversário. Mais pequeno que o habitual, tendo em conta a situação pandémica na altura (nos últimos dois anos não tive muita sorte com o timing do meu dia de anos). Para compensar, fi-lo em modo *overdose de spéculoos*: spéculoos  alegram qualquer situação :D O recheio foi improvisado à última da hora: tinha planeado fazê-lo com natas batidas e creme de spéculoos, mas aqueci o creme para ficar mais fluido e a temperatura fez com que as natas coalhassem. Fiquei sem o único pacote de natas que tinha, mas felizmente sou  exagerada  precavida e tinha meia dúzia de frascos do creme de barrar.  Acabei por desenrascar um recheio misturando-o com o pudim de caramelo da Ehrmann como base, o que de resto prova a minha tese de que há poucas coisas que não se resolvam com um pudim de caramelo da Ehrmann :P Foi tudo pelo melhor, porque ficou delicioso! Deixo a receita para que possam experimentar :)  Bolo de Spécul

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát