Avançar para o conteúdo principal

Preparação de Refeições #37 - Bacalhau Assado com Batatas e Espinafres Salteados em Alho



As refeições desta semana foram bem tradicionais: fiz um tabuleiro de bacalhau no forno e uma frigideira de espinafres em alho e azeite :)

Estado pré-tupperwares :P

Close-up do bacalhau :D
Esta era a semana de fazer peixe e lembrei-me de usar bacalhau, visto que já não o fazia há bastante tempo. Decidi que ia fazer um prato simples para variar, uma vez que por norma só faço coisas com bacalhau desfiado - que me lembre já fiz refeições semanais com pataniscas e bolinhos de bacalhau, mas nunca com bacalhau em posta.

Isto também se deve a eu não ser a maior fã deste peixe; apesar de gostar, não morro de amores, especialmente se for cozido, grelhado ou assado. Maaas (claro que havia um mas :P) este assado ficou ótimo e convenceu-me completamente! Acho que vou começar a fazer mais vezes, é uma refeição bem prática e fica deliciosa :) 

Não publiquei a receita porque (para variar) é super simples, mas visto que costuma haver gente interessada aproveito este post para dizer como fiz, começando por mostrar alguns dos ingredientes que usei.

O bacalhau foi este, congelado (já demolhado)
Eu optei pelo bacalhau já demolhado porque não sou a maior fã da tarefa de demolhar, e como não tenho grande prática com essas coisas preferi não arriscar sob pena de comer bacalhau salgado/insosso a semana toda :P

Comprei-o no E. Leclerc. Estava com uma pequena promoção, a 9,99€/kg. Não sendo um preço fantástico, também não é assim tão exagerado, especialmente tendo em conta os preços habituais do peixe :)

Quanto ao azeite, que é sempre importante num assado típico português, usei este:

Foi-me oferecido pelo Continente :) 
Não conhecia, mas fiquei fã! Não sou grande especialista no que toca a azeite, por isso não tenho grande descrição para dar além de 'é bom' - mas que é bom é :P

As batatas foram umas caseiras, pequeninas:


Adoráveis, certo? < 3
Foram a primeira coisa que preparei: no dia anterior lavei-as bem e cozi-as em água com sal. 

Na hora de preparar o assado coloquei-as numa taça, juntei azeite, alho em pó, manjericão, salsa e orégãos e misturei bem. 

Já com o azeite e os temperos. Aviso que neste ponto começam a cheirar mesmo bem e apetece logo comê-las :P
Depois de as batatas estarem temperadas cortei uma cebola e um pimento vermelho em tiras e piquei alguns dentes de alho.

A seguir foi só colocar tudo no tabuleiro (forrei-o com papel vegetal para não colar). No fundo coloquei parte do alho picado e das tiras de cebola e pimentos, por cima dos quais distribuí as postas de bacalhau (já descongeladas, claro). Coloquei um fio de azeite no bacalhau e depois cobri com as batatas, as azeitonas e o resto da cebola, dos pimentos e do alho :)

Usei estas azeitonas, sem caroço e às rodelas

O tabuleiro preparado para ir ao forno

Já pronto :)
Usei um tabuleiro enorme porque eram imensas postas de bacalhau, e mesmo assim ficou tudo empilhado :P Mas pronto, o que importa é que ficou delicioso. ;)

Agora sobre o acompanhamento: espinafres salteados < 3
Esta parte é ainda mais básica: apenas cozi os espinafres em água com sal, e depois escorri-os e salteei-os em azeite e (muito) alho picado.

Usei estes, congelados

Depois de cozer e escorrer

Depois de saltear
 Esta é uma das minhas formas preferidas de preparar vegetais. A única parte má é que não rende nada - na frigideira da foto estão 2kg (!) de espinafres congelados. A vida é triste :P

Pelo lado positivo, estava tudo delicioso :)
O bacalhau ficou mesmo bom com as azeitonas, a cebola e os pimentos! Além disso, não exige muita atenção na preparação, pelo que é uma boa opção para quem não tem muito tempo - enquanto o assado está no forno dá para fazer outras coisas :)

As batatas também ficaram incríveis, super crocantes e com um sabor fantástico a alho e ervas. Não sei o que me deu ultimamente para viciar em batatas, antes não ligava nada e agora ando obcecada com elas :P 

Aqui fica mais uma sugestão para preparação de refeições. Espero que tenham achado útil :)

Comentários

  1. Que maravilha,...tudo com tão bom aspecto!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  2. Estas comidas só faço mesmo para o marido comer :P

    Beijocas

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát

Bolo de Spéculoos

  Com quase dois meses de atraso, venho deixar a receita do bolo que fiz para o meu aniversário. Mais pequeno que o habitual, tendo em conta a situação pandémica na altura (nos últimos dois anos não tive muita sorte com o timing do meu dia de anos). Para compensar, fi-lo em modo *overdose de spéculoos*: spéculoos  alegram qualquer situação :D O recheio foi improvisado à última da hora: tinha planeado fazê-lo com natas batidas e creme de spéculoos, mas aqueci o creme para ficar mais fluido e a temperatura fez com que as natas coalhassem. Fiquei sem o único pacote de natas que tinha, mas felizmente sou  exagerada  precavida e tinha meia dúzia de frascos do creme de barrar.  Acabei por desenrascar um recheio misturando-o com o pudim de caramelo da Ehrmann como base, o que de resto prova a minha tese de que há poucas coisas que não se resolvam com um pudim de caramelo da Ehrmann :P Foi tudo pelo melhor, porque ficou delicioso! Deixo a receita para que possam experimentar :)  Bolo de Spécul