Avançar para o conteúdo principal

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)



Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :)

Começo pelas informações básicas:

Locais de Compra

Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com. A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país.

Se optarem por encomendar pelo Auchan, os portes ficam a 5,90€; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis).
No site da Primebody os portes ficam a 3,99€, e são grátis para encomendas a partir de 39€.

Tirando isto, ocasionalmente aparecem no Pingo Doce, mas não são um artigo permanente - apenas surgem no folheto de vez em quando. Um dos motivos pelos quais decidi fazer este post foi que estão presentes no folheto atual (até dia 28/10).

Aviso ainda que apenas a Auchan disponibiliza os quatro sabores (caramelo, baunilha, chocolate e chocolate-coco); na Primebody e no Pingo Doce apenas há baunilha e chocolate.

Edição (Novembro/2019): agora a Primebody também vende não só o de caramelo, como ainda um novo sabor - café!

Preço

Em geral o preço dos pudins é 1,49€ por unidade (200g). Este é o preço praticado pela Auchan e pela Primebody, embora ocasionalmente o primeiro tenha promoções (já cheguei a comprá-los a 1€). 

No Pingo Doce atualmente estão a 1,29€, sendo que supostamente estão em promoção e o preço normal é 1,69€. Digo 'supostamente' porque, como disse, eles apenas aparecem nos supermercados desta cadeia quando estão no folheto - e nestas alturas estão sempre com o preço que referi. Nunca os vi lá fora destas campanhas, nem a outro preço.

Quanto ao valor, vejo muita gente a dizer que é exagerado, mas para um produto rico em proteína, baixo em açúcar e gordura, com bastante volume e com o sabor e textura que tem, não acho que o preço seja acima do que seria de esperar. A maior parte das barras proteicas custa 2-3€ e não é tão boa a nível nutricional (aliás, não é tão boa, ponto :P), por isso pessoalmente acho o preço mais que justo :)

Conservação

Este pode parecer um tópico estranho, mas recebo muitas dúvidas. Penso que é porque a Primebody não faz envios de produtos refrigerados, mas quando estes pudins estão à venda nos supermercados encontram-se sempre nos frigoríficos. A verdade é que os pudins não precisam de ser conservados no frio, podem ser mantidos à temperatura ambiente (esta informação é dada no próprio rótulo).


Ingredientes e Informação Nutricional

Abaixo vou deixar fotos dos rótulos de cada um dos sabores, mas fica aqui um resumo.

A nível de macronutrientes os pudins são mesmo muito bons - uma unidade (bem grande) tem perto de 150kcal, 20g de proteína, 11g de hidratos de carbono (8g de açúcar naturalmente presente) e 3g de gordura. Comparando-os novamente com uma barra proteica, que costuma ter 200-250kcal e mais hidratos de carbono e gordura pela mesma quantidade de proteína, os pudins saem claramente vencedores. E não ficam muito atrás da maioria dos iogurtes proteicos disponíveis no mercado.

Quanto aos ingredientes, não têm açúcar nem gordura adicionados. Fora disso, a lista não é super curtinha, mas também não é nada de especial; inclui alguns espessantes e adoçantes, o normal neste tipo de produtos. Pessoalmente não tenho grandes problemas em consumir - as percentagens são pequenas, os aditivos são seguros, não sou intolerante a nenhum deles e de resto a minha alimentação baseia-se maioritariamente em produtos não processados. E novamente, os pudins saem a ganhar se compararmos a lista de ingredientes com a da maioria das barrinhas proteicas. Ao contrário destas, também não têm quantidades astronómicas de fibra, que podem causar desconforto intestinal a algumas pessoas.

Assim sendo, a minha opinião é que, pelo perfil nutricional, este é um produto interessante para fazer parte de um lanche (ou o que seja), sendo rico em proteína de elevada qualidade e tendo um valor energético moderado por um volume considerável.

Sabor e Textura

Esta é mesmo a melhor parte. Os pudins são incríveis, e não estou a exagerar - na generalidade, melhores do que quaisquer sobremesas de supermercado que já tenha provado, 'saudáveis' ou não.

A textura é super cremosa, se não soubesse diria que tinha um teor de gordura substancial - e os sabores estão muito bem executados. Abaixo deixo fotos, para ver se conseguem ficar com uma pequena ideia do quão escandalosamente bons são :P

Ranking

Como já é costume, deixo uma opinião mais detalhada sobre cada sabor, começando pelo meu preferido:

1º - Caramelo




Este sabor foi o motivo pelo qual encomendei os pudins pelo Jumbo pela primeira vez. Tinha comprado alguns no Pingo Doce quando eles apareceram num folheto pela primeira vez, mas como disse lá só há de baunilha e chocolate. Na altura recebi imensas mensagens a dizer que o de caramelo era ainda melhor, e como não tenho nenhuma loja Jumbo muito perto lá tive de fazer uma encomenda online :P

Mas só vos digo, valeu totalmente a pena! Para mim, este é, não só o melhor pudim da gama, como possivelmente o melhor produto proteico que alguma vez provei. E acreditem, produtos proteicos é comigo, podem considerar-me expert no assunto.

A textura é um pouco densa mas muito cremosa, e o sabor é perfeito - parece uma versão menos forte de doce de leite! Lembra um pouco baba de camelo, por exemplo, ou aqueles caramelos da Werther's que toda a gente conhece. Em suma, é mesmo bom. Acreditem, e experimentem. Aliás, experimentem primeiro, e acreditem depois. A seguir certifiquem-se de que arranjam um tempinho para me agradecer pela descoberta das vossas vidas. ;)


*baba*
2º - Chocolate



Se conhecem minimamente os meus gostos por aquilo que partilho nas redes sociais, talvez estejam surpreendidos por este sabor vir em segundo lugar - afinal, eu sou aquela pessoa obcecada por baunilha que choramingou todas as santas semanas em que o quark de baunilha do Lidl esteve desaparecido. 

Mas não é engano - apesar de preferir baunilha a chocolate 99% do tempo, para mim nesta gama chocolate vence. Acho que o de baunilha, apesar de não chegar a ser mau, não está tão bem executado.

O de chocolate tem uma textura muito parecida à do de caramelo: consistente e super cremosa, parece ser feito à base de natas. O sabor é agradável e intenso sem ser demasiado doce. Vale muito a pena também!



3º - Baunilha



Como já disse, este não caiu tanto nas minhas graças. Não é que seja mau, nenhum pudim desta gama é - mas pessoalmente não acho a textura tão boa como a dos dois anteriores. Não me parece tão satisfatória, é um pouco mais 'dura' e menos cremosa. Continua a ser suave, mas não lembra tanto uma sobremesa à base de natas, parece que tem algum gelificante.

O sabor é agradável, embora também fique um pouco aquém dos outros: acho-o menos intenso e parece que falta qualquer coisa. No geral não deixa de estar aprovado, mas comparando este com o pudim de baunilha da EU Nutrition, por exemplo, acho que este fica um pouco aquém.



O que vale é que canela melhora tudo :P
 4º - Chocolate e Coco



Este é o sabor mais recente. Quando comecei a ver reviews a aparecer nas redes sociais percebi logo que não era tão consensual como os outros, com muita gente a dizer que não era nada de especial.

Eu por acaso não achei mau, mas também não é o meu preferido - talvez por não ser assim tão fã de coco. No entanto, penso que também pode não agradar tanto quanto isso a quem adora o sabor, porque o aroma não é muito forte. Aliás, diria que é forte o suficiente para não agradar a quem não gosta, mas não tanto que agrade a quem gosta. Talvez por isso não tenha feito grande sucesso :P

A verdade é que o sabor a coco é um pouco artificial - ligeiramente 'químico', não aquele associado a coco ralado sem aditivos. De resto o sabor é semelhante ao de chocolate, talvez um pouco mais intenso (parece ter mais cacau). A textura é muito boa, semelhante à dos de caramelo e de chocolate.


Por fim, deixo ainda um curto feedback sobre as bebidas proteicas da mesma marca:


Estas apenas estão disponíveis nas lojas Auchan (físicas ou online). Há de caramelo, de café e de chocolate; eu apenas provei a de caramelo. Cada unidade (250ml) custa 1,30€. Deixo o rótulo:



Como podem ver, o perfil não é muito diferente da versão sólida. A principal diferença é que estes têm um pouco menos de gordura e consequentemente menos calorias, mas nada de muito relevante.

Quanto ao sabor, achei muito parecido ao do pudim de caramelo, ou seja, maravilhoso :P A textura também é agradável, cremosa mas não tão densa como a da maior parte dos iogurtes líquidos proteicos (que conseguem ser um pouco exagerados). 

Mas já sabem que costumo preferir as versões sólidas, e este caso não é exceção - acho muito mais aprazível comer um pudim do que beber um batido :P Têm a vantagem de ser práticos, o que pode ser um grande ponto a favor para quem precisa de snacks fáceis de transportar. Fiquei curiosa com as outras versões, especialmente a de café :)

E pronto, era isto que tinha para partilhar. Espero que tenha esclarecido todas as vossas dúvidas sobre os produtos! 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark, as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback.
Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio.
Mesmo as panquecas de abóbora, uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião).
E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas.
Apenas as fiz hoje, mas tive de publicar rapidamen…

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito. Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Por muito…

Pudim Flan Proteico (Saudável, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Se antes tinha um ódio de estimação por gelatina, de tal forma que o cheiro me deixava enjoada (especialmente quando quente), num passado recente os meus gostos nesse campo deram uma volta de 180 graus. Isto ocorreu em grande parte devido às gomas de fruta caseiras, que faço várias vezes por semana e consumo diariamente. Até acertar com a receita tive algumas 'fornadas' sofríveis que, confesso, custaram a acabar - mas depois de chegar à fórmula ideal nunca mais olhei para trás, e ando há meses viciada nas minhas gominhas, sem sinal de mudança à vista :)  Desta forma, não é de estranhar que me veja encorajada a fazer mais experiências com gelatina entre os ingredientes. Ultimamente, e em particular depois do sucesso do leite creme proteico, andava com a ideia de fazer uma espécie de pudim flan instantâneo mesmo simples: apenas leite, whey e gelatina para solidificar. Se por um lado me parecia que uma ideia tão simples estava a pedir para ser testada, por outro custava-me acre…