Avançar para o conteúdo principal

Produtos #33 - Skyr do Pingo Doce


Esta semana ouvi falar do skyr mais recente (pelo menos acho que sim - tem sido difícil acompanhar as novidades no que a skyr diz respeito #poppinguplikepopcorn), o do Pingo Doce. Por alguma razão não tem sido muito publicitado : não sei se estão à espera de o ter em stock em todas as lojas para partilhar a novidade, porque as pessoas tendem a ficar bastante furiosas quando vão comprar skyr e não há (não sei se já repararam :P), mas a verdade é que não vi nenhum 'anúncio' na página ou no site do Pingo Doce, apenas soube porque vi algumas pessoas a comprar e partilhar no Instagram. 


De qualquer modo, ontem passei lá perto e aproveitei para ver se havia, e por acaso encontrei. Só havia naturais, não sei se vão eventualmente ter também alguns de sabores. De qualquer modo, estes naturais são para mim os melhores concorrentes aos 'originais' até agora: o preço é igual (0,59€ por pote) e a lista de ingredientes é ótima, assim como a informação nutricional. O preço dos do Lidl já não é baixo, por isso os 0,89€ do skyr natural do Continente, por exemplo, roçam o absurdo - o mesmo para os Fage que o Pingo Doce também teve em jeito de aquecimento para a competição, ainda mais caros. Por isso é bom haver finalmente uma alternativa com preço igual aos skyr original, se não dá mesmo para haver uma com um preço mais baixo :P

Em termos de ingredientes, melhor é impossível: apenas têm leite magro e fermentos lácteos, como podem conferir pela imagem abaixo.


A informação nutricional é também muito semelhante à dos skyr naturais do Lidl; este tem menos 4kcal e 0.3g de os hidratos, sendo que a quantidade de lípidos é praticamente a mesma. O macronutriente em que se nota maior diferença é a proteína (por 100g este tem 10g de proteína, e o do Lidl tem 11.8g), mas mesmo neste caso não é nada de considerável. 


Também estão aprovados no que toca a textura e sabor. Têm aquele gostinho azedo dos iogurtes naturais que me agrada muito - já sabem que, não tendo açúcar nem adoçantes adicionados, se preferem iogurtes doces estes não são os melhores para vocês (a menos que juntem alguma coisa).


Não são tão densos como os do Lidl, são mais leves. Eu sou assumidamente fã de iogurtes bem consistentes, mas mesmo assim gostei muito destes - continuam a ser mais espessos que os iogurtes 'normais' e são muito cremosos.


De resto apenas tenho a dizer que vêm em paletes, por isso confirma-se que são skyr verdadeiros (ao contrário dos pseudo-skyr do Intermarché, que não se chamam skyr e, pior, não vêm em paletes, e mesmo assim nos tentam vender como skyr). ;)


Era só isto que queria comentar sobre os skyr - tenho ainda experimentado os do Continente e qualquer dia faço um post sobre esses, fiquem atentos :)

Comentários

  1. Serei eu a única que ainda não se rendeu aos skyr? =p

    ResponderEliminar
  2. Não sabia que o Pingo Doce tinha,...tenho que ver,...obrigada pela partilha!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  3. O meu namorado anda viciado nisto e agora só come isto e eu que não gosto nada =P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Olá,

    Em relação aos do intermarché, referes te a estes?
    http://www.hipersuper.pt/2017/06/07/intermarche-traz-iogurtes-en-k-da-paturages-portugal/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!

      Peço desculpa pela demora na resposta, não tenho tido acesso à internet... Mas sim, são mesmo esses :)

      Beijinhos!

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát

Bolo de Spéculoos

  Com quase dois meses de atraso, venho deixar a receita do bolo que fiz para o meu aniversário. Mais pequeno que o habitual, tendo em conta a situação pandémica na altura (nos últimos dois anos não tive muita sorte com o timing do meu dia de anos). Para compensar, fi-lo em modo *overdose de spéculoos*: spéculoos  alegram qualquer situação :D O recheio foi improvisado à última da hora: tinha planeado fazê-lo com natas batidas e creme de spéculoos, mas aqueci o creme para ficar mais fluido e a temperatura fez com que as natas coalhassem. Fiquei sem o único pacote de natas que tinha, mas felizmente sou  exagerada  precavida e tinha meia dúzia de frascos do creme de barrar.  Acabei por desenrascar um recheio misturando-o com o pudim de caramelo da Ehrmann como base, o que de resto prova a minha tese de que há poucas coisas que não se resolvam com um pudim de caramelo da Ehrmann :P Foi tudo pelo melhor, porque ficou delicioso! Deixo a receita para que possam experimentar :)  Bolo de Spécul