Avançar para o conteúdo principal

Produtos #62 - Quark de Sabores da Milbona (Lidl)



Já sabem que ando sempre a par das novidades dos iogurtes, por isso tinha de comprar estes novos 'quarks' de sabor da Milbona para experimentar. E claro, não podia deixar de partilhar a minha opinião com vocês :)

(Não me venham dizer que não é iogurte, para mim vai dar ao mesmo :P)

Para quem não conhece ainda, são versões com sabor do famoso 'quark' ou queijo fresco batido e encontram-se no Lidl (a marca é exclusiva de lá). A consistência é, de forma idêntica, bastante espessa; a nível nutricional até são um pouco melhores que o quark normal, com muita proteína e pouca gordura e açúcar. Ao contrário dos skyr, não têm calda, são completamente uniformes.

Estão disponíveis nos sabores baunilha, morango, framboesa e pêssego e maracujá. As embalagens são individuais (mas bastante generosas; têm 180g e uma quantidade mais do que simpática de proteína) e cada uma custa 0,89€.

Não sendo um preço baixíssimo, está dentro do comum para 'iogurtes proteicos' deste género. Se compararmos meramente quantidades o quark normal ganha, visto que a embalagem de 500g fica pelo mesmo preço, mas é um produto bastante diferente - além de estes serem mais ricos em proteína, o sabor não tem nada a ver. Eu pessoalmente gosto do quark natural, mas de um modo diferente. Estes novos parecem mais sobremesas, o que é incrível para o perfil de macronutrientes que têm.

Claro que, se o vosso principal objetivo for poupar, o quark natural é melhor opção (além do mais, não tem os aditivos que estes têm). No entanto, também é importante incluir na alimentação alimentos de que se goste (dentro do possível), e não me parece absurdo pagar um pouco mais por esta versão se gostarem e estiverem dispostos a isso :)

Deixo já a foto de um dos rótulos, para quem está interessado:

Perfil de macronutrientes
Como podem ver, a tabela é até surpreendente. Cada embalagem tem cerca de 22,5g de proteína - penso que nunca tinha visto um iogurte tão rico em proteína e, além disso, baixo em hidratos de carbono e açúcar. Supera inclusivamente os skyr :P

Perguntam-me muitas vezes porque é que iogurtes deste género continuam a ter açúcar/hidratos se não são adicionados; estes provêm do leite, são naturalmente presentes. É muito difícil encontrar um iogurte com menos do que isto, a maior parte até tem mais (~5g/100g de produto). Os iogurtes já têm menos lactose (açúcar) do que o leite, devido à fermentação, mas esta não é completamente eliminada. A título de curiosidade, mesmo os iogurtes sem lactose têm açúcar naturalmente presente, porque a lactose não é 'retirada', está simplesmente dividida em glucose + galactose.

Continuando, depois do momento informativo do post :P O iogurte também não tem quase nenhuma gordura, visto que é desnatado. Concluindo: a nível de macronutrientes, melhor é difícil.

Lista de ingredientes
Quanto aos ingredientes, é claro que não são 'tão bons' quanto os do quark normal, uma vez que estes são de sabores. No entanto, também não incluem nada de dramático; sei que há uma tendência a demonizar os adoçantes, e eu também já cheguei a evitá-los a todo o custo, mas atualmente acho que o ódio contra estes é exagerado. Esta é só a minha opinião, mas acho que podem ser uma boa opção para reduzir o consumo de açúcar e calorias sem comer coisas de que não se gosta, como para muita gente é o caso dos iogurtes naturais. Eu pessoalmente adoro iogurtes naturais, mas também gosto de variar :) Claro que é preciso moderação, como em tudo, mas quando virem manchetes a dizer que 'adoçantes causam cancro'... Leiam com sentido crítico :P

As fotos do rótulo que mostrei pertecem ao de baunilha, mas os dos restantes sabores são muito semelhantes. De qualquer forma, deixo abaixo as tabelas / listas de ingredientes que faltam para quem estiver interessado. Agora segue-se o ranking do costume, com a minha opinião acerca de cada um dos sabores :)

1º - Baunilha



Quando soube que havia versão de baunilha fiquei logo entusiasmada, adoro iogurtes de baunilha :P Claro que foi o meu preferido, não desiludiu nem um bocadinho. Tem uma textura densa (mas ao mesmo tempo menos 'pastosa' que a dos skyr, por exemplo) e um sabor leve mas agradável a baunilha. Parece quase um pudim refrigerado ou qualquer coisa do género!


2º - Morango





Sim, é verdade, eu - que deixo sempre as coisas com sabor a morango em último lugar nos rankings - achei o de morango o segundo melhor sabor :P Mas este é realmente muito bom! Embora não tenha propriamente pedaços, tem alguns bocadinhos de morango que ficam agradáveis, e o sabor lembra iogurtes tipo danoninho. Em suma, é delicioso :)


3º - Framboesa





O de framboesa acaba por ser semelhante ao de morango. Também tem algumas sementes caraterísticas do fruto, e um sabor leve mas agradável que combina bem com a textura.


4º - Pêssego e Maracujá





Este acabou por ficar para último. É um pouco menos 'impressionante', na minha opinião - até porque acho que este tipo de textura densa combina melhor com o sabor dos frutos vermelhos, não sei porquê!
No entanto, não é mau de todo - é também bastante agradável. Como sempre, sabe praticamente só a pêssego, ainda estou para provar um iogurte de pêssego e maracujá em que se note o sabor do maracujá :P


São estes os 4 sabores disponíveis - e ainda bem que são só 4, porque o post já ficou com um exagero de fotos :P Em resumo, ficaram mais do que aprovados! Embora seja difícil avaliar imparcialmente por serem novidade, diria que os prefiro ao skyr de sabores; embora também seja fã, prefiro a textura e sabor destes. Acho que não tendo calda se tornam menos enjoativos, e o sabor parece-me mais 'natural'! O facto de não existir versão de baunilha também não abona nada em favor da team skyr... ;)

Espero que tenham achado a informação útil, e se provarem digam-me o que acham! Fui só eu que gostei tanto, ou é geral? :P

Comentários

  1. Olha, lamento mas isso é queijo hahah =P
    O meu marido provou o de morango e eu quando vi disse mesmo "olha, queijo de morango? que estranho"...

    Mas ele também comeu isso tipo iogurte O.o???

    Beijocas

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát

Bolo de Spéculoos

  Com quase dois meses de atraso, venho deixar a receita do bolo que fiz para o meu aniversário. Mais pequeno que o habitual, tendo em conta a situação pandémica na altura (nos últimos dois anos não tive muita sorte com o timing do meu dia de anos). Para compensar, fi-lo em modo *overdose de spéculoos*: spéculoos  alegram qualquer situação :D O recheio foi improvisado à última da hora: tinha planeado fazê-lo com natas batidas e creme de spéculoos, mas aqueci o creme para ficar mais fluido e a temperatura fez com que as natas coalhassem. Fiquei sem o único pacote de natas que tinha, mas felizmente sou  exagerada  precavida e tinha meia dúzia de frascos do creme de barrar.  Acabei por desenrascar um recheio misturando-o com o pudim de caramelo da Ehrmann como base, o que de resto prova a minha tese de que há poucas coisas que não se resolvam com um pudim de caramelo da Ehrmann :P Foi tudo pelo melhor, porque ficou delicioso! Deixo a receita para que possam experimentar :)  Bolo de Spécul