domingo, 17 de março de 2019

Preparação de Refeições #28 - Pota à Lagareiro com Batatas a Murro e Grelos



A sugestão de preparação de refeições desta semana é mais um prato bastante tradicional e fácil de fazer. Prometo que esta semana faço algo mais original, até porque é a vez de a comida ser vegan (já se sabe que não posso quebrar o padrão carne-peixe-vegan :P).

Ainda assim, clássicos são sempre uma boa aposta :)
 Já publiquei a receita da pota durante a semana, está aqui

Comida tostadinha e com imenso alho = amor
Usei estas batatas pequeninas porque tenho um monte delas caseiras, e ficaram ótimas! Acho sempre mais piada a vegetais em formato mini :P

Antes de cozer
E depois. Exatamente iguais, mas pronto, fotos de batatas adoravelmente pequenas nunca são demais :P
Se não me engano, foi a primeira vez que usei batatas nestas refeições. Isto porque não sou a maior fã de batata branca - prefiro o sabor da batata-doce ou mesmo de outros acompanhamentos como arroz não sei se já se aperceberam mas adoro arroz

Mas gostei muito das batatas feitas a murro, e acho que vou começar a usar batatas mais vezes - até porque a minha missão é não repetir refeições semanais e as ideias começam a esgotar :P

Quanto à pota, também nunca tinha usado, mas adoro! Vejo-a muitas vezes em promoção a 3€ e tal o quilo, um preço bastante interessante para moluscos que normalmente custam os olhos da cara. Se calhar é porque não tenho o palato suficientemente refinado, mas não noto diferença nenhuma entre pota e polvo - o que de qualquer forma agradeço, sinceramente :P

Costumo comprá-la congelada, e descongelo de um dia para o outro. Dá jeito ter em casa porque é uma coisa que se prepara rápido, por isso vou abastecendo quando há promoções :)

A pota só tem direito a foto já cozida, porque para ver o quão triste esta quantidade é comparada com a que estava antes de cozer chego eu :P

Por fim: tudo no tabuleiro e pronto para ir ao forno :)
Quanto aos vegetais, optei por grelos. Usei também congelados:

Comprados no E. Leclerc, mas penso que há em praticamente qualquer supermercado
Dão muito menos trabalho do que os frescos, pelo que são ótimos quando a falta de tempo é um problema. Para os preparar apenas cozi em água com sal e escorri bem; depois salteei num pouco de azeite com alho picado e pronto :)

Já cozidos
Depois de saltear :)
Acho que era capaz de comer isto todos os dias sem enjoar. Adoro couves com alho e azeite, que fazer :P

O prato da praxe, para finalizar o post :D
Para variar, estava tudo muito bom. Se gostam tanto de pota e de grelos como eu, experimentem - e se não, experimentem também porque de certeza que só ainda não os comeram preparados da forma certa :P

sábado, 16 de março de 2019

Creme de Caseína (Saudável, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)


Há algum tempo encomendei caseína com o objetivo de fazer gelado triturando-a com gelo e leite, porque vi receitas desse género em blogs estrangeiros.
A primeira experiência não correu nada bem - o resultado parecia literalmente gelo triturado com caseína, não alguma coisa remotamente parecida com gelado. Tanto que voltei para o conforto e segurança do gelado de banana, que parece tudo menos banana congelada e triturada (nomeadamente, um gelado soft-serve maravilhoso).
Isto já foi há algum tempo - entretanto decidi dar uma nova oportunidade à caseína, desta vez fazendo uma espécie de pudding basicamente só com caseína e água de que tinha ouvido falar.
O resultado compensou sem dúvida o falhanço anterior - este definitivamente não parece caseína em pó misturada com água, mas sim uma mousse cremosa com um sabor ótimo.
Acho que o meu pote de caseína não vai durar muito tempo :P






Creme de Caseína (Saudável, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)
Para cerca de 1 dose

Preparação:
[  1 scoop de caseína micelar de chocolate (uso a da EU nutrition; podem comprar com 15% de desconto + ofertas se usarem o cupão euavela15)
[  Cacau em pó (a gosto, opcional)
[  Café ou descafeinado em pó (a gosto, opcional)
[  1 scoop de água fria
[  Água quente (apenas a suficiente para dissolver o café)

Ingredientes:
| Colocar a caseína e o cacau  numa malga. Adicionar a água aos poucos e misturar bem.
| À parte, dissolver o café (ou descafeinado) num pouco de água quente. Adicionar à mistura anterior e misturar novamente.
| Refrigerar durante umas horas (podem comer de imediato, mas se for ao frigorífico a textura melhora e fica fresquinho).

Nota: Também podem usar café líquido, claro; nesse caso juntem-no diretamente aos outros ingredientes, e reduzam um bocadinho a água fria se necessário.



Eu não costumo gostar muito de receitas tão concentradas em proteína em pó, porque normalmente acho-as demasiado doces/artificiais/enjoativas, mas neste caso fiquei mesmo fã. Nota-se algum aftertaste da caseína, mas não é desagradável - até acho que resulta bem, por muito estranho que pareça :P Apesar de serem opcionais, recomendo o cacau e o café, dão um toque ótimo ao sabor :)
A textura é mesmo perfeita, cremosa mas leve ao mesmo tempo. Algumas pessoas perguntaram-me se poderiam fazer com whey, mas não é a mesma coisa; se costumam beber batidos com ela saberão que a textura fica bastante mais líquida. Para whey com água ficar tão consistente seria preciso juntar muito pouca água, o que provavelmente ia resultar num creme demasiado doce - e provavelmente ainda assim a textura não seria tão boa.
Deixo a informação nutricional para o post estar completo, mas é basicamente a da caseína. Caso tenham dificuldades em atingir as vossas necessidades a nível de proteína, é uma ceia interessante (por exemplo) :)
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por uma dose)
Energia: 94kcal 
Proteínas: 20.0g 
Hidratos de Carbono: 1.6g 
-       Dos quais açúcares: 0.5g 
Lípidos: 0.8g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 0.3g 
Fibra:  0.0g 

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 dose ou a totalidade da receita). Visto que as quantidades são variáveis, não estão incluídos ingredientes opcionais. Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. As doses consideradas são meramente exemplificativas; as porções reais devem ser adaptadas por cada um às suas necessidades pessoais.
____________________________________________________________________________

sexta-feira, 15 de março de 2019

Pota à Lagareiro com Batatas a Murro (Saudável, Sem Glúten/Lactose)


Esta semana como tinha algumas batatas caseiras para gastar fiz pela primeira vez pota à lagareiro - e foi uma estreia em grande, porque fiz logo várias refeições para comer durante a semana.
Talvez não seja a melhor ideia preparar logo um prato 'novo' numa quantidade tão grande, mas pensei que havendo alho e pota ao barulho a experiência não podia correr assim tão mal. E claro que estava certa :)





Pota à Lagareiro com Batatas a Murro (Saudável, Sem Glúten/Lactose)
Para cerca de 4 doses

Ingredientes:
[  Água
[  1 cebola
[  2 folhas de loureiro
[  Sumo de limão (a gosto)
[  800g de tentáculos de pota (usei congelada e descongelei de um dia para o outro)
[  500g de batatas
[  Sal (a gosto)
[  Azeite (a gosto)
[  Salsa (a gosto)

Ingredientes:
| Colocar num tacho água, a cebola (inteira, limpa e com casca), o loureiro e um pouco de sumo de limão*. Levar ao fogão a lume médio até ferver.
| Assim que a água começar a ferver, juntar os tentáculos de pota. Quando estiver cozida (no meu caso demorou uns 20 minutos, mas depende do tamanho; podem testar com um garfo), retirar o tacho do lume e escorrer a água.
| À parte, cozer as batatas (também inteiras, limpas e com casca). Escorrê-las quando estiverem cozidas (novamente, podem testar com um garfo).
| Dar um murro a cada batata (podem colocá-las entre dois pedaços de papel vegetal para não se sujarem) e dispô-las num tabuleiro forrado com papel vegetal. Temperar com sal.
| Por cima das batatas, colocar a pota cozida.
| Cortar os dentes de alho às rodelas e distribuir pelo tabuleiro. Adicionar também um fio de azeite e um pouco de salsa.
| Levar ao forno pré-aquecido a 200 graus para tostar (até verem que está ao vosso gosto; sugiro cerca de meia hora).

*Em princípio não será preciso sal; se for, juntem só no fim da cozedura, para que a pota não fique dura.



Eu já sou fã de moluscos em geral, mas assim preparada a pota ficou ainda melhor do que o costume: tenrinha, crocante e com um sabor maravilhoso a alho e salsa!
Também adorei as batatas. Não costumo comer batatas a murro (nem batatas em geral, sou mais de arroz :P), mas acho que vou repetir a experiência, porque ficaram maravilhosas  :)
Além de ser deliciosa, é uma comida bastante prática e rápida de fazer. Experimentem :D
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por uma dose)
Energia: 288kcal 
Proteínas: 32.1g 
Hidratos de Carbono: 21.6g 
-       Dos quais açúcares: 1.4g 
Lípidos: 6.8g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 0.7g 
Fibra:  3.0g 

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 dose ou 1/4 da receita). Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. As doses consideradas são meramente exemplificativas; as porções reais devem ser adaptadas por cada um às suas necessidades pessoais.
____________________________________________________________________________

segunda-feira, 11 de março de 2019

Torta de Cacau e Avelãs (Saudável, Sem Glúten/Lactose, Sem Gordura Adicionada)


Hoje trago a receita de uma torta bem fofinha e saborosa que fiz recentemente. Já publiquei a receita no meu recém-formado grupo de Facebook - estão todos convidados a entrar, o grupo é fechado mas basta enviar pedido que eu aceito :)
O grupo surgiu na sequência de as minhas publicações na página chegarem a cada vez menos gente. Num grupo os membros vêem mais frequentemente as publicações, e o ambiente é mais propício a trocas de ideias, coisa que me agrada - não acho piada nenhuma a estar sempre a fazer monólogos na página, que é o que tem acontecido :P
De qualquer modo, deixo também aqui a receita, para quem não quer juntar-se ao grupo ou não tem conta no Facebook. Aproveito para deixar as medidas em colheres além de peso/volume, penso que algumas pessoas não têm balanças e pode ser útil - e fica também a informação nutricional, que não publiquei no grupo mas já é hábito por aqui :)






Torta de Cacau e Avelãs (Saudável, Sem Glúten/Lactose, Sem Gordura Adicionada)
Adaptado daqui
Para uma torta média (cerca de 12 fatias)

Ingredientes:

Para a torta
[  250ml de claras de ovo (cerca de 8 claras)
[  10g de farinha de avelã (cerca de 1 colher de sopa)
[  10g de polvilho doce ou azedo (cerca de 1 colher de sopa)
[  20g de cacau em pó (cerca de 2 colheres de sopa bem cheias)
[  30g de açúcar de coco (cerca de 3 colheres de sopa)

Para o recheio 
[  2 ovos
[  10g de mel (cerca de 1 colher de chá; podem omitir se gostarem de um sabor menos doce)
[  50g de chocolate negro (optar por um isento de glúten ou lactose para estas versões)

Preparação:

Para a torta
| Num recipiente grande, bater as claras em castelo.
| Parar de bater e adicionar a farinha de avelã, o polvilho, o cacau e o açúcar de coco. Envolver bem com uma espátula.
| Transferir o preparado para um tabuleiro forrado com papel vegetal (deve ser grande, pois se a torta for demasiado grossa quebra mais facilmente ao enrolar). Levar ao forno pré-aquecido a 180 graus durante cerca de 10 minutos, ou até que esteja cozida.

Para o recheio (fazer enquanto a torta está no forno)
| Separar as gemas das claras dos dois ovos. Bater as claras em castelo e reservar.
| Adicionar o mel às gemas e misturar bem com um garfo.
| Partir o chocolate em pedaços e colocá-lo numa malga. Levar ao microondas a potência média para que derreta, retirando para mexer com frequência (também podem derreter ao lume, em banho-maria).
| Adicionar o chocolate à mistura das gemas aos poucos, mexendo bem para este não solidificar em fios (para que isto não aconteça também é importante que o chocolate não esteja demasiado quente; se tiverem aquecido demais podem deixar arrefecer um pouco, mexendo de vez em quando para que não solidifique).
| Utilizando uma espátula, envolver as claras na mistura de gemas e chocolate, também aos poucos e cuidadosamente para estas não perderem muito ar.

Para a montagem
| Quando a torta sair do forno, virá-la ao contrário sobre uma folha de papel vegetal. Cuidadosamente, retirar a outra folha de papel vegetal (a que foi ao forno e estará agora por cima).
| Cobrir a superfície da torta com o recheio preparado, espalhando-o bem com uma espátula. Com a ajuda do papel vegetal, enrolar a torta.



Em termos de sabor e textura a torta ficou mesmo incrível. A parte do 'bolo' é surpreendentemente fofinha - sendo a base claras em castelo, fica a parecer uma nuvem e derrete-se na boca. O recheio é basicamente uma mousse de chocolate negro, com uma textura super cremosa!
As duas coisas combinadas resultam numa sobremesa maravilhosa, como podem imaginar. A nível de sabor até me lembrou um pouco de Nutella, devido à farinha de avelã :)
Quanto à parte de enrolar, ocorreu mais uma vez sem percalços (sendo a massa húmida foi relativamente fácil!). Fiquei bastante orgulhosa do aspeto final, quase já esqueci os meus traumas passados em relação a tortas :P
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por uma fatia)
Energia: 72kcal 
Proteínas: 4.1g 
Hidratos de Carbono: 6.4g 
-       Dos quais açúcares: 4.6g 
Lípidos: 3.2g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 1.4g 
Fibra:  0.5g 

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 fatia ou 1/12 da receita). Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real.
____________________________________________________________________________

domingo, 10 de março de 2019

Preparação de Refeições #27 - Feijoada de Feijão Vermelho com Arroz Basmati



Aqui estou eu, para partilhar como de costume as refeições que preparei na segunda-feira passada para comer durante a semana. Desta vez consistiram num prato mais tradicional - feijoada com arroz seco. 

Acho que por ser um prato mais clássico há alguma tendência para achar que não será tão saudável como outras opções, mas na verdade é bastante interessante a esse nível - por norma é uma refeição que tem quantidades equilibradas de proteína e hidratos de carbono, com alguma gordura e uma porção generosa de vegetais (pelo menos se forem tão fãs de couves como eu :P).

Os tachos. Não é o tacho do arroz que é pequeno, é o da feijoada que é grande - um 32, para referência :P

A receita da feijoada está aqui

O arroz :)
Pessoalmente, acho que o arroz basmati é o tipo perfeito para acompanhar a feijoada, porque fica sempre bem sequinho! Além disso, é bastante saboroso, especialmente se juntarem alguns ingredientes para dar sabor :)

Neste usei 1/4 de colher de chá de sal, 2 folhas de louro, 9 dentes de alho picados e o sumo de 1/2 limão pequeno. O procedimento foi o do costume: coloquei água + estes 4 ingredientes num tacho e levei a lume médio. Quando a água ferveu juntei o arroz, tampei e baixei o lume para o mínimo. Neste caso usei 700ml de água para cerca de 300g de arroz, mas podem sempre guiar-se pelo clássico 'uma medida de arroz, duas medidas de água'.

Após cerca de 10 minutos desliguei o lume, e deixei o arroz repousar tampado durante uns 5 minutos extra para acabar de cozer com o vapor. 

Nada de novo, portanto - mas sai sempre bem, e em equipa vencedora não se mexe :D

*O prato*
Ficou tudo ótimo, e tirei a barriga de misérias quanto a couves esta semana (se bem que hoje já não comi e estou pronta para outra) :P Não sei quanto a vocês, mas eu sou obcecada por couves neste tipo de pratos. Não sou esquisita - pode ser penca, repolho, couve-lombarda, espinafres, grelos, couve-galega... Gosto de tudo :P

O único defeito desta comida é que o arroz aquece muito mais rápido que a feijoada - quem costuma aquecer a comida no microondas saberá do que falo. Não queimar a língua com esta dupla exige muito cuidado :P
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...