Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2015

Ghee (Manteiga Clarificada*) (Saudável, Paleo, Whole30-Approved, Sem Glúten, Sem Lactose**)

*Ghee não é sinónimo de manteiga clarificada; é um «subtipo». Ao fazer ghee deixa-se aquecer durante mais tempo, para remover o conteúdo em água e tostar os sólidos do leite (acumulados no fundo da panela), o que não acontece necessariamente na manteiga clarificada, pelo que o ghee tem um cheiro diferente (a caramelo) e uma cor mais escura. **A manteiga contém já de si pouca lactose, e o processo que produz ghee elimina a maior parte dela, por isso  no geral quem é intolerante à lactose podem consumir ghee . No entanto, e apesar de as quantidades de lactose nesta serem mínimas, se forem fortemente intolerantes podem desenvolver alguma reação. Apesar de não ser intolerante à lactose, nunca consumi muitos produtos lácteos. Não gosto leite e acho que tem um cheiro desagradável, e já passei inclusivé por uma altura em que praticamente só comia iogurtes de soja. Ainda assim antes de começar o whole30 consumia ainda alguns derivados: queijo fresco, delicioso com a crepioca , queijo

Whole30 - Sugestões de Refeições + Estrutura de Refeições Aconselhada

Geralmente os pratos que faço estão divididos de forma clara e seguem determinada «estrutura»: proteína, vegetais crus, vegetais cozinhados, gordura e hidratos de carbono (fruta, geralmente). «Construo» as refeições segundo as regras do whole30, que podem consultar n este pdf . Vou mostrar alguns exemplos disto através de... mais fotos das minhas refeições! Eu sei , é um prazer da vossa parte. Começando pelo pequeno-almoço de hoje (reparem na qualidade, isto é quase na hora): Pequeno-Almoço da Avelã no presente Domingo Fruta : Kiwi, laranja  Proteína : Hambúrguer de frango + hambúrguer de vitela. Foi a primeira vez que usei um hambúrguer de frango assim... Pedi no talho (100% carne) e já tenho alguns no congelador. Dá imenso jeito, é só aquecer o grelhador e colocar lá o hambúrguer (congelado ainda) temperado com sal... Mais prático não há.  Vegetais crus : Salada e tomate cherry (que é mais uma fruta, mas passemos à frente). Gordura : Coco Vegetais cozinhado

Patê de Atum e Abacate (2 ingredientes) (Paleo, Whole30-Approved, Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose)

Acho que já toda a gente em algum ponto da sua vida chegou a pensar alguma coisa como: «Olha, tenho de almoçar no centro comercial... Mas quero alguma coisa saudável e leve. Vou ali à Casa das Sandes comer uma baguete de meio metro com atum e (2 quilos de) maionese. Mas peço pão de sementes, que faz bem à saúde.» (Nota: se pedirem pão de sementes, e como é rejeitado pela maioria das pessoas, eles põe-no no forno na hora e daí a 10 minutos têm uma sandes com pão quente delicioso.  Just saying. ) Quando era mais pequena ainda jantei algumas vezes nesse tipo de cadeias, e devo dizer que gostava bastante das sandes incluídas numa vasta variedade que costumava pedir (frango com maionese ou atum com maionese. Não se espantem com a minha capacidade de inovação.).  Agora que, obviamente, não posso comer sandes quando vou ao centro comercial, o meu novo melhor amigo é o Vitaminas. Este não tem taaantas opções de ingredientes que sejam whole30 compliant quanto isso, mas é o melhor que

Whole30 - Review dos 10 dias

Hoje é o 12º dia do meu Whole30, mas ignoremos a parte do 2 porque 10 é um número muito mais giro. Para corresponder à imensa demanda pelo que eu acho do Whole30 (olá mamã!), acho que vou fazer um post em jeito de review a cada 10 dias (eu disse), qual consulta de bebé. Eu ia fazer isto em forma de entrevista mas é constrangedor, portanto vou fazer um mui apelativo texto corrido. Eu sinto-me bem. Não noto uma abismal diferença em termos de energia, isto não é uma publicidade a baba de caracol, mas estou a gostar. Também foi um processo de habituação gradual, porque comecei a seguir mais ou menos algum tempo antes de começar. A regra das 3 refeições não é nada difícil; ao contrário do que possa parecer, não se morre à fome. Fazendo um prato equilibrado com vegetais, fruta, uma fonte de proteína e outra de gordura é perfeitamente possível ficar-se saciado, sem problemas nenhuns. Uma coisa que eu gosto de ver nas fotos de refeições à Whole30 é o quão completas são; acho que se

Cebola Caramelizada (Paleo, Whole30-Approved, Saudável, Sem Glúten, Vegan, Vegetariano, Sem Açúcar Adiciondado, Sem Lactose)

Hoje vou tocar num assunto que tudo tem de imprescindível e incrivelmente necessário a toda a humanidade: os bifes de cebolada da minha avó. A minha avó ingressou recentemente na arte dos bifes de coração (NÃO confundir com fígado. Fígado é horrível.). E, não chegando o seu natural talento culinário decorrente do título de avó, ainda meteu cebola ao barulho. E o resultado é... Indescritível.  Visto que está longe de mim desafiar as leis que regem o universo, não vou tentar explicar-vos a grandeza e maravilha desta receita. Só digo que é deliciosa. E, sendo a minha avó uma avó, é óbvio que começou subtilmente a aumentar a quantidade de cebola e bifes que fazia de cada vez, até que chegou a um ponto exagerado e eu lhe pedi com jeitinho para parar de fazer isso. E ela parou... Quanto aos bifes, mas continuou a aumentar a quantidade de cebola.  E esta é a história de como os bifes de cebolada da minha avó levam 2kg de cebola (literalmente), e de como quase nem é possível ver os

Ovo «Estrelado» em água (sem gordura) (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose, Sem Gordura Adicionada, Paleo, Whole30-Approved)

Os ovos são um ingrediente extremamente diversificável. Podem ser escalfados, mexidos, cozidos, estrelados ou usados numa enorme variedade de pratos, e é difícil encontrar alguém que não goste de nenhum. Pessoalmente gosto de vários, de uns mais do que de outros. Gosto imenso de ovos (principalmente de claras) cozidos com sal, de omeletes fininhas e de ovos estrelados. E a cada um associo alguma coisa em particular. Associo as omeletes às que comia quando era pequena, quando a minha avó não tinha paciência para bater os ovos e fazia umas omeletes com pedaços de clara e pedaços de gema a boiar numa massa amorfa.  Associo os ovos cozidos ao Natal, que é quando parece que têm um gosto diferente, como as batatas (e, lamento desiludir-vos, não necessariamente para melhor. Sabem a horríveis e desesperantes horas de espera D:). E associo os ovos estrelados à falta de jeito da minha avó (que pelos vistos não é boa com ovos), que a fazer 10 rebentava 7 (tanta gema deliciosa a escorr

Pescada à Brás (Com Alho Francês) (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose, Paleo, Whole 30-Approved)

Acho que toda gente conhece a piada da pescada, que «antes de o ser já o era» (uau, à primeira vista isto até parece filosófico). A verdade é que isto é só uma pequena divulgação de um nome já de si hilariante:  «Pescada».  Pensem só na quantidade de anedotas que estão à espera de ser feitas, trocadilhos idiotas à espera de ser ditos, tudo sem uma pontinha de piada mas que, para o bem da humanidade, é preciso ser mencionado... É simplesmente um mundo de possibilidades. E não podemos ignorá-lo. E é por isso que eu adoro pescada. Principalmente cozida, naqueles medalhões da pescanova que parece que têm um fio atado mas, surpresa das surpresas, é comestível (espero, ou vou ter de tirar uma bola de fios do estômago em breve). Pronto, acho que já expressei o meu grande amor por pescada. Passado, amor passado. Porquê, perguntam? Porque depois chegou, qual S. Martinho com capa enorme que dá suficientemente para duas pessoas depois de cortada a meio num dia de vento, qual D. Sebas

Whole30 - Sugestões de Refeições

Não podia deixar de fazer alguns posts com fotos de pratos, portanto aqui vai o primeiro: Bife do lombo, ovo, manga (em batatata frita :P), nozes e cenoura crua. Adoro cenoura crua :D Ah, e chá. Que é agora a única maneira de distinguir os meus pequenos-almoços dos almoços e jantares. (Itálico é taanto indicador de legenda profissional.) Morangos com creme de coco (melhor combinação de sempre! Morangos com natas o quê?...), tomate cherry, coco fresco em lascas e frango com cogumelos, alho francês, cebola e repolho . E chá.  Banana com creme de coco (ou a saga do creme de coco ), sardinhas enlatadas com molho picante (os ingredientes são todos aceitáveis e são em azeite, são deliciosas!), espinafres crus (que sabem a noz), abacate (do qual gosto cada vez mais) e   ovos mexidos com repolho (sim, eu adoro esta couve do fundo do meu coração. De boi.). (Não acredito que acabei de fazer uma piada sobre repolho. Isto é falta de chocolate.) (Ou de repolho.) V

Vitela com Repolho (... que sabe a recheio de crepe chinês) (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose, Paleo, Whole 30-Approved)

Poderia contar-vos toda a minha vida através das transições de pequenos almoços. Quando era (muito) pequena comia Cerelac, e talvez seja por isso que ainda hoje lhe associo um sabor tão agradável. Depois comecei a tomar leite com café e hermesetas com cereais fitness, andava já na primária, e ainda me lembro do sabor adocicado estranho do leite com o artificial do adoçante (já não gosto). A coisa passou pelo pão torrado com manteiga, mas talvez uma das torradeiras que passou por casa temporariamente, esperando que a minha mãe a estragasse com a faca nas suas tentativas desajeitadas de tirar o pão, não fosse tão boa, porque foi uma adoração passageira. Provavelmente depois de alguns solavancos, apareceram as papas de aveia, que me fizeram jurar que nunca ia deixar de comer aquela papa divina ao pequeno-almoço. Ainda assim, eventualmente deixei de estar ofuscada pela paixão das papas de aveia e entrei no mundo dos parfaits  (basicamente iogurte natural com granola e fruta).

Whole30

Apesar de sensivelmente metade das receitas existentes no blog até agora serem de bolos e sobremesas não-saudáveis, apontei sempre nesse sentido com o blog, por isso achei que devia incluir esta pequena explicação num post. Entããão, basicamente este é um aviso de como as coisas vão ser aqui no blog durante os próximos 30 dias (não exatamente "os próximos", só a partir do dia 16).  Do dia 16 de Março ao dia 14 de Abril vou fazer uma espécie de desafio alimentar, o "Whole30".  O Whole30 demora, como o nome indica, cerca de um mês, em que é suposto uma pessoa seguir o programa à regra. Não comer alimentos excluídos, não inventar com os incluídos e fazer 3 refeições por dia, alterando esta última regra se necessário - em dias de treino, por exemplo. Estão excluídos todos os alimentos processados, obviamente: bolos de pacote, barras de cereais, tostas, óleos ou azeites refinados, pastilhas elásticas, a maior parte das conservas, enchidos (com exceçã