quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Feijoada de Feijão Azuki Vegan (Saudável, Sem Lactose)


Esta semana optei por fazer uma feijoada vegetariana na segunda-feira, para comer durante a semana.
A minha ideia era principalmente tirar a teima com os feijões azuki - tinha pensado usá-los na lasanha vegetariana de há duas semanas, mas depois ficaram todos queimados ao serem cozidos na panela de pressão. Se sabem do meu histórico com feijões azuki (envolve toda uma infância construída sobre falsas premissas, muito dramático) vão perceber a minha necessidade de fazer alguma coisa de jeito com eles, só para dizer que não fui vencida por uns feijões quaisquer :P
Na verdade a feijoada revelou-se uma boa surpresa. Os feijões não queimaram (tenho padrões baixos, eu sei), e por isso fiquei com uma comida deliciosa para comer ao longo da semana. Foi boa ideia arriscar, portanto não arrisquei nada, comprei feijão vermelho enlatado por segurança.
Visto que algumas pessoas me pediram a receita, aqui vai :)





Feijoada de Feijão Azuki Vegan (Saudável, Sem Lactose)
Para cerca de 4 doses

Ingredientes:
[  1 cebola grande
[  3 dentes de alho
[  1/2 pimento vermelho
[  Azeite (a gosto)
[  1 tomate
[  3 colheres de sopa de polpa de tomate
[  Sal (a gosto)
[  Cominhos (a gosto)
[  Pimenta branca (a gosto)
[  250g de brócolos
[  150g de seitan
[  100g de chouriço vegetal (usei um da marca 'Veg in', que comprei no Pingo Doce; podem omitir)
[  100g de feijão azuki cozido (pesado em cru)*
[  300g de repolho

Preparação:
| Picar a cebola, os dentes de alho e o pimento vermelho e colocar num tacho. Adicionar um fio de azeite e levar a refogar a lume médio.
| Picar grosseiramente os tomates. Juntar ao refogado, juntamente com a polpa de tomate, assim que a cebola começar a ficar translúcida.
| Deixar cozinhar bem, adicionando se necessário água quente (ou água de cozer o feijão, se tiverem). Transferir o conteúdo do tacho para o copo de um processador ou varinha mágica e triturar.
| Devolver a mistura ao tacho, colocar de novo ao lume e temperar com sal, cominhos e pimenta branca. Juntar mais água quente (para cozer os brócolos).
| Picar finamente os brócolos e adicioná-los ao tacho assim que o seu conteúdo começar a ferver.
| Cortar o seitan e o chouriço vegetal em cubos. Adicioná-los ao tacho cerca de 5 minutos depois dos brócolos.
| Cortar o repolho em tiras. Adicioná-lo ao tacho quando os brócolos estiverem quase cozinhados (novamente, pode ser necessário adicionar água).
| Deixar o repolho cozinhar ligeiramente (eu gosto dele crocante, por isso não deixo quase tempo nenhum) e adicionar por fim o feijão cozido. Envolver tudo.

*Usei este, da Origens Bio; podem encomendar com 10% de desconto usando o meu cupão, cremedeavelas. É seco, pelo que o demolhei de um dia para o outro e o cozi na panela de pressão. Podem substituir por outro, claro, embora fique diferente.



Como disse, a feijoada ficou deliciosa! Eu adoro feijoada com mais couves e carne (seitan, neste caso) do que feijão, acho que se nota pela quantidade de feijão em relação aos outros ingredientes :P Caso prefiram, podem aumentar a quantidade de feijão para o dobro ou mais (ou reduzir o resto, em alternativa).
Houve uma altura em que eu odiava seitan, até porque tive uma experiência que me deixou à beira do vómito, mas ultimamente ando muito fã! Não sei se é do modo de preparação ou do hábito, mas nesta feijoada, por exemplo, achei que ficou mesmo bom :)
Caso não gostem, podem omitir ou substituir por outra fonte de proteína (por exemplo tofu, ou até carne, se não pretendem que seja vegan).
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por uma dose)
Energia: 266kcal
Proteínas: 22.3g
Hidratos de Carbono: 30.2g 
-       Dos quais açúcares: 5.7g
Lípidos: 7.4g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 5.5g
Fibra:  9.6g
Sódio:  984mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1/4 da receita da receita). Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. As doses consideradas são meramente exemplificativas; as porções reais devem ser adaptadas por cada um às suas necessidades pessoais.
____________________________________________________________________________

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Receitas Testadas da Semana #85


Aqui está mais um post dominado pelo bolinho de cenoura no microondas com 3 ingredientes, que já foi testado 75 (75!) vezes. E acho que foi aprovado em todas - deve bater algum tipo de recorde, certo? :D
Não é a única receita, havendo mais uns bolinhos interessantes. Espreitem, experimentem também e contem-me como correram as vossas experiências (através do facebook ou instagram) :)













































domingo, 25 de novembro de 2018

Preparação de Refeições #12 - Pescada Panada no Forno e Courgettes Recheadas



Partilho convosco hoje mais uma sugestão de preparação de refeições. Desta vez usei peixe: na semana anterior a esta, sem nada de especial em mente, vi que a pescada estava em promoção no Lidl. Como quase nunca uso peixe nas refeições da semana, decidi juntar o útil ao agradável :)

Também estava sem ideias para os acompanhamentos, como já disse aqui - quando tenho tempo até tenho listas de coisas que quero fazer, quando não tenho é preciso forçar a imaginação :P Acabei por fazer uma coisa até bastante diferente do costume, as courgettes recheadas. A nível de macronutrientes são um complemento interessante para o peixe, com alguns hidratos de carbono e gordura. Além disso foram uma opção prática por serem também preparadas no forno e fornecerem vegetais às refeições, não sendo assim necessário prepará-los em separado (como seria o caso se fizesse por exemplo arroz ou massa). 

Como ambas as receitas eram novas e merecedoras de publicações só para elas, já as partilhei durante a semana, por isso este vai ser um daqueles posts em que basicamente mostro algumas fotos da preparação e tento descrever o quão boas as coisas estavam :P

Tabuleiros já com tudo pronto, antes de transferir para recipientes herméticos

A preparação do peixe
Como disse, comprei a pescada em promoção no Lidl, congelada e ao quilo. A promoção não era nada de especial, mas já era um produto relativamente acessível e por isso o preço foi simpático - 5€ e pouco o quilo, se não me engano. Mas já sabem que encontram em todos os supermercados, e mesmo a de marcas mais caras (como a Pescanova e a Iglo) está frequentemente em promoção. Nestas coisas às vezes nota-se bem a qualidade, por isso se preferirem os medalhões de marcas deste género sugiro que estejam atentos aos folhetos - pelo menos a metade do preço compram facilmente :)

Mas por acaso achei esta do Lidl muito boa!
Comprei-a na semana anterior e, para descongelar, apenas a coloquei num recipiente no frigorífico de um dia para o outro. É por isso que adoro produtos congelados, não obrigam uma pessoa a comprar tudo à última da hora, estão sempre lá para quando é preciso :P

A mistura que usei para panar


Esta parte foi muito simples de preparar; usei apenas cereais, queijo, azeite, manjericão e sal. Caso queiram saber mais detalhes ou quantidades, espreitem a receita do peixe, que publiquei ontem.

Visto que algumas pessoas manifestaram curiosidade nas redes sociais, deixo aqui a foto dos cereais:


Fazem parte da nova gama de cereais de pequeno-almoço biológicos da EU Nutrition. Como eu sou uma insurgente usei-os para outras refeições :P

Como referi na receita, podem comprá-los com desconto e ofertas no site da marca ao usar o meu cupão, euavela15. Normalmente o desconto é de 15%, mas a propósito da Black Friday subiu para 25% apenas até ao final do dia de hoje - e se fizerem encomendas acima de 25€ ainda recebem um xarope de canela e uma toalha de oferta, por isso se estavam a planear encomendar alguma coisa aproveitem :)

Deixo a foto promocional, com condições
Também referi na receita que podiam trocar por outros cereais, desde que não fossem açucarados. É claro que aqui nem sequer é só uma questão de ser ou não saudável, é mesmo por peixe com crosta doce ficar muito estranho :P Mas sugiro vivamente que sejam cereais deste género, de pequeno-almoço, e não cereais menos processados como aveia em flocos. Caso contrário o resultado não será o mesmo, a textura fica completamente diferente! Estes são crocantes e resultam muito bem :)

Antes de ir ao forno

Depois
Visto que a mistura de cereais rende bastante, ainda coloquei uma quantidade generosa por cima no fim, e acho que o resultado ficou ótimo. Faz lembrar comidas do género de bacalhau com broa, e além de delicioso é uma ótima comida de conforto :)

Caso ainda não tenham percebido que ficou delicioso :P
Optei por fazer quadradinhos por achar mais piada e se tornar mais fácil dividir por várias refeições, mas claro que podem fazer pedaços maiores ou panar os medalhões inteiros (ou até filetes).

Passando para a courgette:

Acabada de sair do forno :)

A receita está aqui; publiquei-a também há pouco tempo. Foi mais simples do que estava à espera! Deixo algumas fotos do procedimento, para terem uma ideia mais visual:


Depois de as lavar bem, cortar a meio e retirar o interior
Neste passo, admito que o meu scoop de gelados me facilitou bastante a vida. Não sei se teria conseguido apenas com uma faca - no mínimo ficavam bem menos direitinhas :P

O recheio
A receita do recheio está, é claro, incluída no post que já referi. Mas é mesmo simples, apenas um refogado básico ao qual juntei vegetais, quinoa e queijo. Faz-se muito rapidamente e fica delicioso :)

Courgettes, já com o recheio mas antes de irem ao forno

Pós-forno

Com queijo :)
Como descrevi na receita, levei as courgettes já com o recheio ao forno durante cerca de 30 minutos antes de colocar o queijo, para que estas cozessem; depois retirei-as, coloquei o queijo e regressaram ao forno durante mais uns 10 minutos, apenas para este derreter. 

Ficaram uma delícia :D
Esta receita surpreendeu-me pela positiva, o sabor ficou mesmo agradável :) E o peixe também estava perfeito, por isso podemos dizer que foi uma preparação de refeições de sucesso. Valeu a pena arriscar fazer receitas novas em quantidades gigantes :P

O prato que comi cinco vezes ao longo da semana, praticamente sem variações
E não, não enjoei - mais uma vez, estava tudo delicioso até ao último dia e não me importava de prolongar os restos a esta semana, até porque assim não tinha de fazer mais amanhã :P

E pronto, eu avisei logo no início que o post ia só ser eu a falar do quão boa estava a comida desta semana, por isso se leram até aqui e agora sentem que acabaram de perder longos minutos do vosso tempo a ler um post praticamente vazio de conteúdo a culpa é completamente vossa... ;)

De resto, espero que tenham gostado de mais uma sugestão para preparação de refeições! Às vezes penso que a maior parte das pessoas considera estes posts desinteressantes, mas como algumas ainda vão fazendo refeições inspiradas nas minhas e dizendo que gostam de acompanhar o 'meal prep' acho que vou continuar. Entrentanto vão deixando feedback, por aqui ou pelas redes sociais, para eu saber o que é que vocês acham :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...