domingo, 30 de setembro de 2018

Preparação de Refeições #4 - Estufado de Lentilhas com Tofu e Arroz Thai de Cenoura



Leram bem - esta é a segunda semana consecutiva em que publico um post sobre preparação de refeições, batendo assim em grande o recorde de frequência de publicação na rubrica que era uma vez por ano.

Na semana passada o estufado de grão-de-bico acabou por se revelar muito prático; assim sendo, decidi repetir a estratégia de preparar refeições adiantadas esta semana. O prato eleito desta vez foi um estufado de lentilhas com tofu, que fiz pela primeira vez algo à sorte e resultou muito bem! Provavelmente lembram-se dele, uma vez que publiquei a receita na última quarta-feira, poucos dias depois de o fazer. Também a receita de arroz foi publicada esta semana, embora seja tão simples que quase não merece o título de receita :P

Os tachões de comida, dispostos de forma bastante harmoniosa. ;)
O estufado é um prato interessante para comer aquecido, tanto porque fica idêntico a quando está fresco como porque é bastante completo: já tem uma boa dose de vegetais incorporados (brócolos e repolho, à parte dos pimentos e cebola do refogado), é relativamente rico em proteína (que vem principalmente do tofu e das lentilhas) e tem também hidratos de carbono (das lentilhas e dos vegetais). Tem ainda o azeite como fonte de gordura, claro :)


Como referi quando publiquei a receita, usei estas lentilhas tricolor da Origens Bio
Claro que podem usar só um tipo, mas não fica tão variado nem tem tanta piada :P Além disso, já referi que como tenho uma parceria com a marca podem encomendar este e outros produtos com 10% de desconto, bastando para isso utilizar o cupão cremedeavelas.

O arroz também é ótimo para preparar antecipadamente e guardar no frigorífico; mesmo que não preparem qualquer outra coisa, um acompanhamento pronto a aquecer é meio caminho andado para ter uma refeição feita. Além disso, também fica ótimo quando aquecido, e dura bastante tempo no frigorífico :)


Depois de soltar com um garfo < 3
Talvez estejam a pensar que o post é um bocado inútil, porque partilhei a receita de ambos os componentes desta preparação de refeições ainda esta semana, mas como não gosto de comer sempre a mesma coisa acompanhei o estufado de maneira diferente em duas ocasiões. Assim sendo, achei que valia a pena partilhar, nem que seja para mostrar que preparar uma refeição em doses grandes não implica comer sempre o mesmo prato :)

Primeiro mostro, claro, 'o clássico'...

Com arroz, acompanhamento que usei em 2 (de 4) dias que comi o estufado :)
 E agora uma alternativa, que fiz para um outro almoço e achei muito boa:

Estufado + trigo sarraceno cozido
Sei que pode parecer estranho, porque não é um acompanhamento comum - pelo menos não tanto como massa e arroz, ou mesmo couscous, quinoa, etc. Eu própria nunca tinha comido trigo sarraceno desta forma. No entanto, fiquei muito fã, seja pela simplicidade seja pelo sabor!

O que usei era também da Origens Bio (perdoem a repetição, mas eles têm uma gama muito interessantes de produtos deste género)

Informação nutricional e instruções de preparação
Como podem ver, para o preparar basta cozê-lo durante 10-15 minutos em água com sal - por isso mesmo se não prepararem com antecedência é uma sugestão prática e que fica pronta num instante.

O sabor não é muito forte, mas é agradável - lembra um bocado o sabor de alguns frutos secos! A textura também é boa, nem demasiado mole nem demasiado dura :)

Quanto à outra sugestão, aqui vai:

Com salsichas de tofu e sementes de abóbora

Juro que sabe melhor do que parece :P
Antes de mais, reparem que as salsichas são um produto bastante processado. Não é por serem de tofu que são melhores, pelo contrário: os produtos vegetarianos prontos a consumir têm por norma mais aditivos do que as versões com carne. Podem ser inseridos numa alimentação saudável, como qualquer outro alimento, mas sugiro que moderem o consumo :)

Agora sobre o prato: eu prometo que normalmente nem sou pessoa de fazer misteladas assim, mas tinha umas salsichas destas para usar e pareceu-me ser uma boa combinação :P Cortei-as em rodelas e dourei-as numa frigideira antes de adicionar ao estufado (que aqueci previamente), cobri tudo com sementes de abóbora e pronto, ficou uma refeição muito agradável!

Já agora, as sementes de abóbora são, adivinhem... Da Origens Bio. Eu própria não tinha reparado na quantidade de produtos da marca que usei esta semana até escrever o post, desculpem lá a publicidade exagerada :P

E pronto, era só isto que queria partilhar - para post exageradamente longo já chegou o de ontem. Espero que estejam a achar estas sugestões úteis, ou pelo menos interessantes! :)

sábado, 29 de setembro de 2018

Disneyland Paris - Poupar na Alimentação (& reviews de restaurantes)


Acho que é do conhecimento geral que a comida no resort da Disneyland Paris é bastante dispendiosa - e se por um lado comprar bolachas ridiculamente caras com a cara do Mickey faz parte, por outro há pequenas coisas que, envolvendo muito pouco esforço, podem diminuir bastante o custo de uma visita aos parques. Assim sendo, decidi fazer este post com algumas dicas para quem estiver interessado em poupar na alimentação, e que permitirão diminuir os vossos gastos em lanches e refeições :) No fim das dicas partilho ainda fotos de todas as refeições que fiz por lá, com opiniões acerca dos restaurantes onde comi, para o caso de estarem à procura de ideias! 

Gomas mais caras que já comprei na minha vida :P
- Transportar sempre uma garrafa de água reutilizável
Não é só a comida que é bastante cara na Disneyland, mas felizmente há vários bebedouros nos parques. Desta forma, se levarem uma garrafa convosco podem enchê-la quando passarem por um, evitando ter de perder o amor a mais de 3€ de cada vez que tiverem sede :P Claro que também podem levar várias garrafas já cheias, mas é uma ideia pior em todos os aspetos - tem um impacto negativo no ambiente, é mais peso para carregar e quando beberem não estará tão fresca.
Em adição a poupar em bebidas ao longo do dia, se não fizerem questão de beber outra coisa às refeições ter sempre uma garrafa com água também pode ajudar-vos a poupar nestas (vejam o 6º ponto).

- Levar lanches/bebidas para os parques
É permitido entrar nos parques com comida (em quantidades razoáveis), e aconselho-vos a fazê-lo - eu levei algumas barrinhas e bolachas proteicas, fruta desidratada e frutos secos. Desta forma, se tiverem fome entre refeições não precisam de comprar comida nas lojas, o que é ótimo porque os preços da fruta, bolachas e etc. conseguem ser ainda mais exagerado do que o preço das refeições em si. Tenham em consideração que podem ter mais fome do que o costume, uma vez que muito provavelmente vão andar bastante. Em adição a isso, os dias são longos, e provavelmente quererão jantar cedo, de forma a poderem depois ir guardar lugar para o espetáculo da noite. Eu fi-lo, o que me levou a ter fome à noite nos dois dias em que dormi lá. A comida que levei acabou por se revelar muito útil :)

Banca de batidos de fruta - não se deixem levar pelo aspeto adorável, tudo o que vende é extremamente caro :P

Os snacks que levei (claro que não eram só para mim :P)
- Considerar uma visita ao centro comercial Val d'Europe
Esta dica está fortemente relacionada com a anterior. A verdade é que muita gente que vai aos parques nem sequer é de França, e por isso a comida que pode levar está sujeita a grandes limitações - tanto em tamanho, principalmente no caso de quem viaja de avião, como em qualidade, porque obviamente não é prático levar alimentos perecíveis em grandes viagens. Para quem viaja de avião há também a limitação dos líquidos, que não permite levar sumos ou coisas como purés de fruta (que são bastante práticos para as crianças comerem nos parques).
Havendo estes constrangimentos, considerem ir comprar aquilo de que necessitam ao centro comercial Val d'Europe, que fica a apenas uma paragem de distância (cerca de 3 minutos) do resort através do comboio RER (a estação Val d'Europe é pertíssimo do centro comercial, e a estação Marne-la-Vallée é mesmo à entrada dos parques). O centro comercial tem um supermercado Auchan, no qual poderão adquirir comida e bebidas a um preço muito mais baixo do que nos parques. Se não fizerem questão de comer refeições quentes podem também comprar sandes (pré-preparadas ou feitas por vocês, comprando lá pão + o recheio que quiserem), por exemplo, e cortar drasticamente o custo de algumas refeições.
Claro que se ficarem alojados em zonas residenciais e não nos hotéis do resort este ponto não se aplica: nesse caso podem simplesmente preparar aquilo que quiserem e levar.

- Preferir restaurantes de serviço ao balcão
Há dois tipos 'principais' de restaurantes; os de serviço ao balcão e os de serviço de mesa. Acho que os nomes são bastante esclarecedores, mas caso restem dúvidas no primeiro caso esperam numa fila e levam o tabuleiro para a mesa e no segundo são servidos por membros do staff enquanto estão sentados :P Como seria de esperar, os de serviço ao balcão ficam bem mais em conta. Há ainda algumas 'bancas' de serviço rápido que não têm sítio para sentar - vendem cachorros, sandes, etc. - e também ficam baratas (mas baratas em padrões da Disneyland, não fiquem demasiado entusiasmados!). Não são uma má opção, uma vez que há muitos sítios onde se podem sentar nos parques. À falta de melhor há a opção de se sentarem no chão, não é preciso terem vergonha - lembro que quase toda a gente que lá está andou o dia todo e está morta de cansaço, provavelmente não serão os únicos ;)
Além de ser mais barato, este tipo de restaurantes é de serviço bastante mais rápido do que os de mesa, e penso que o objetivo de quem vai à Disneyland será desfrutar dos parques, não ter ótimas experiências gastronómicas - de qualquer forma, apesar de eu não ter ido a nenhum restaurante de mesa, já reparei que a esmagadora maioria das pessoas que vai acha que não vale a pena. Isto é agravado pelo facto de se estar em Paris, onde por preços comparáveis se come muito melhor. A comida é um dos pontos fracos do resort, e no geral mesmo quem está disposto a pagar mais acaba por ter uma experiência bastante má a esse nível, embora haja algumas excepções. Um ponto relevante a favor de alguns dos restaurantes mais caros é a decoração, que é frequentemente bem interessante - isto é particularmente notável nalguns restaurantes, como o 'Bistrot chez Rémy', incluído na mini terra do Ratatui (parque Walt Disney Studios), e o 'Walt's - An american Restaurant'. Não jantei lá, mas vi imensas fotos e reviews, por isso sou praticamente perita! :P Adicionalmente, a comida servida por esses dois estabelecimentos até tem boa reputação. Notem no entanto que também os restaurantes de serviço ao balcão são (por norma) bem giros!


Exemplo de um restaurante com serviço de mesa (de notar que este em particular fica fora dos parques, na Disney Village)
- Procurar os restaurantes mais acessíveis de antemão
Claro que se o objetivo é encontrar restaurantes mais em conta convém ter uma noção de onde eles estão, uma vez que o resort não é propriamente pequeno. Há sempre panfletos à entrada dos parques que incluem, entre outras informações, listas de restaurantes - no entanto, esta não é a melhor fonte de informação, uma vez que as listas são incompletas. Para planearem esse aspeto aconselho a lista de restaurantes do site da Disneyland, onde podem ver os restaurantes por categorias (por tipo de serviço, por intervalo de preço, por tipo de comida,...) e consultar os menus.
Já dentro dos parques, penso que a melhor opção para vos dar uma ideia de quais são as opções de restaurante que têm por perto será a app oficial da Disneyland.
Os horários de abertura dos serviços de restauração são bastante erráticos, e poderão frequentemente descobrir que um restaurante no qual planeavam jantar só abriu para almoço, ou não abriu sequer nesse dia. Geralmente, os visitantes têm muitas queixas em relação a isso - a partir de uma certa hora torna-se difícil encontrar sítios que sirvam jantares. Um recurso útil é este site, que publica com antecedência os horários diários de todos os restaurantes dos parques.

- Optar por refeições 'à la carte'
Nos restaurantes a que fui (de balcão) reparei que era muito comum haver menus com uma quantidade bastante grande de comida: a maior parte inclui bebida, um prato generoso (por vezes com salada à parte) e uma sobremesa (normalmente um gelado ou iogurte). Pode haver a tentação de optar por um menu porque a relação preço/quantidade parece compensar, mas façam-no apenas se realmente vão comer tudo - eu optei sempre por pratos individuais - com exceção dos menus de criança, mas já lá vamos - e fiquei sempre satisfeita. Quanto à bebida, se como eu preferirem beber água mais vale fazer uso da supramencionada garrafa reutilizável. No entanto, se vão comprar uma bebida, por vezes compensa optar por um menu completo, ainda que dispensem o resto dos itens que o integram. Alguns menus são compostos apenas por prato + bebida, mas só estão disponíveis para alguns pratos da carta.
Optar por um prato só em vez de menu pode poupar-vos 5€ ou mais por refeição!

- Considerar optar por um menu infantil
Pode parecer estranho, mas os menus infantis podem ser uma opção bastante boa para os adultos também. No geral incluem um prato (mais pequeno), salada à parte, bebida e sobremesa (normalmente há várias opções, que quase sempre incluem puré de fruta, iogurte, um bolo de chocolate e um gelado pequeno). Vejam em cada caso se acham que as quantidades se adequam a vocês; eu fiz uma refeição de menu infantil, que foi pizza. Veio com salada à parte, uma garrafa de água e um pacote de puré de maçã. Achei-a bastante boa, e para mim foi suficiente. Mais um ponto a favor (o principal): a pizza tinha a forma do Mickey. Só por isso já valeu a pena escolher esse menu :D
Relativamente a ser ou não permitido, não tive qualquer problema quando pedi menu infantil para mim, embora mencionem um intervalo de idades no menu (3 a 11 anos). Poderiam implicar com a idade, mas de qualquer maneira eu convencê-los-ia logo com uma referência à minha criança interior :P

Agora partindo para as opiniões acerca de restaurantes. Como já referi, apenas fui a restaurantes com serviço de balcão, e pedi sempre pratos individuais. Para terem uma noção, paguei entre 7€ e 12€ por refeição; parece-me um preço aceitável considerando o contexto.

Vou partilhar fotos daquilo que pedi em cada um dos restaurantes a que fui (e também da decoração, que costuma ser adorável), assim como opiniões sobre a comida. Deixarei ainda um link para o menu de cada restaurante, para o caso de quererem espreitar as opções e preços :)

(Os menus do site da Disney são um bocado manhosos, e às vezes os pdfs não carregam. Normalmente se insistirem acaba por resultar, mas em alternativa podem consultar os menus neste site - alguns podem estar desatualizados, mas nada de dramático!)

Hakuna Matata (menu aqui)

Este foi o primeiro a que fui!



Quão adoráveis são estas cadeiras para crianças? :D

A minha escolha - salada vegetariana

O meu irmão pediu frango panado com batatas fritas
Como podem ter adivinhado pela quantidade de fotos que tirei, adorei a decoração! Se não repararam nos sinais, este é um restaurante temático do Timon & Pumba; achei o tema bem executado :)

A minha salada tinha ananás, feijão vermelho, batata-doce, amendoins torrados, pepino, tomate, pimentos e cebola. Achei-a bastante fresca e agradável. Tendo custado 6,99€, penso que foi o almoço mais barato que fiz por lá! Também provei um bocado do frango e das batatas e eram ambos bons, especialmente as batatas. Eram de milho, o que quer que isso signifique - só sei que eram deliciosas :P

Claro que a minha opinião pode estar ligeiramente toldada pelo facto de, como já referi, estar sem comer há imenso tempo na altura deste primeiro almoço, mas fiquei fã do restaurante :)

Em relação ao tempo de espera, o serviço foi bastante rápido, mas fui lá fora das horas de maior movimento (já passava das 14h).

Colonel Hathi's Advanced Pizza Outpost (menu aqui)


Quão adorável é a caixa da pizza?
Mais adorável só o que estava dentro: pizza em forma de Mickeeey \o/
Este é o tal menu infantil que pedi. Ficou por 8,99€ e trouxe tudo o que está na foto: pizza, água, salada e compota de maçã para sobremesa (havia outras alternativas para prato principal, bebida, acompanhamento e sobremesa; podem ver quais no menu). Como podem ver, a relação preço/quantidade compensa, e eu acabei por ficar bastante satisfeita!

Além disso, a pizza nos menus não-infantis é em forma de estrela - e penso que sabem que a vossa vida não estará completa até comerem uma pizza com o formato da cara do Mickey :P

A decoração é inspirada no 'Livro da Selva' e também é bem gira, embora tenha achado mais piada à do Timon & Pumba :)

Achei que demorou um bocado mais do que os outros restaurantes a que fui. Também fui ao jantar, que é quando há mais gente, mas ainda assim pareceu-me que o serviço era menos eficaz!

Earl of Sandwich
 (menu aqui)


Sandes + Menu Infantil de Pizza + Batatas à parte

A minha sandes, de chipotle, frango e abacate

Pizza que veio no menu infantil

Estas batatas também eram agradáveis :)
O Earl of Sandwich é fora dos parques, na Disney Village. Se passarem o dia inteiro no Disneyland Park pode ser inconveniente deslocarem-se até lá, mas até tem uma localização prática se estiverem por exemplo no Walt Disney Studios de manhã e no Disneyland Park de tarde, visto que fica relativamente perto da entrada dos dois e vão ter de sair de qualquer maneira. Eu fui lá duas vezes: nessa situação e no último dia, visto que fica perto da estação de comboios onde apanhei o RER logo a seguir.

Na primeira vez a minha opção foi a sandes de chipotle, frango e abacate que já mostrei na figura. Era deliciosa! Inicialmente pensei que o sabor (ou falta dele :P) do abacate pudesse ficar algo estranho no meio da sandes, até porque não sou a maior fã, mas não foi o caso. A sandes tinha um sabor bastante leve e agradável :)

O preço foi acessível: 6,95€ pela sandes, e 7,50€ pelo menu infatil (que incluiu a pizza, o sumo e a salada de frutas da foto; além da pizza havia a opção de escolher uma sandes, massa ou cachorro). Se optarem pelo menu, que além da sandes traz uma bebida e batatas fritas de pacote ou um brownie de sobremesa, ficará por 11,50€. Também há várias opções de saladas e wraps, todos por 7,95€ :)

Como é uma cadeia não associada à Disney não tem decoração temática, mas não deixa de ter um edifício giro - e podem ficar ao ar livre no terraço, embora não recomende porque quando estive lá andavam sempre abelhas a pairar e eu tenho medo :P

O serviço é bastante rápido, até porque tem aquele sistema de ter um disco que vibra quando o pedido está pronto, o que agiliza o processo.

2ª vez, logo antes de ir embora (snif)
'The Earl's Club'

'The Original 1962'

E a escolha do meu irmão, entrecosto com molho barbecue
Eu comi metade de cada uma das sandes acima (dividi com a minha irmã). Eram ambas bastante boas, mas mais enjoativas do que a anterior, que penso que foi a minha preferida de entre as três!

Quanto ao entrecosto, não é recomendado :P O meu irmão ficou a babar por ele da primeira vez que fomos lá (porque faz parte do menu de jantar e era hora de almoço), pelo que o pediu quando voltamos. Acabou por não gostar nada, e eu provei e também achei desagradável: o molho era estranhamente doce e enjoativo. Eu sei que o molho barbecue costuma ser algo doce, mas mesmo o meu irmão que é obcecado por ele não gostou. Fiquem-se pelas sandes :P

Toad Hall (menu aqui)


Menu infantil + fish & chips + hambúrguer vegetariano com salada

O peixe era delicioso, embora as batatas não fossem grande coisa!

Também fiquei fã do hambúrguer vegetariano :)
Eu dividi o hambúrguer e o peixe com a minha irmã e gostei de ambos. O peixe ficou por 9,99€ (e podia-se adicionar um segundo pedaço de peixe por 1€ extra, o que me parece razoável), assim como o hambúrguer vegetariano; o menu infantil ficou por 8,99€. A salada de acompanhamento que vêem na foto do tabuleiro é igual às servidas em todos os restaurantes, e no fim já estava algo enjoada do molho para temperar com que vêm (num pacotinho de aspeto algo duvidoso :P).

Este restaurante é bastante bonito, especialmente por fora! E achei o serviço rápido - no entanto, mais uma vez, não fui a uma hora muito concorrida.

Fuente del Oro (menu aqui)




Fajitas, 'loaded fries' e menu infantil (nuggets e arroz)

As batatas tinham feijão feijão vermelho, legumes, queijo cheddar e guacamole. Eram tãão boas!

A minha fajita :) As fotos estão um bocado más porque estava escuro, perdoem-me :P
Não me lembro bem dos preços e no menu não aparecem as opções 'à la carte', mas sei que as fajitas custaram cerca de 11€ e as batatas menos, por volta dos 10€. Ambas são bem guarnecidas; as fajitas vêm com 3 wraps + 3 pedaços de frango com pimentos e cebola + vegetais salteados (ou arroz mexicano) como acompanhamento, e a dose das batatas também é generosa. Achei as batatas com queijo e guacamole maravilhosas, mas talvez pareçam um acompanhamento mais do que uma refeição completa; para mim isso não foi um problema porque eu e a minha irmã dividimos as fajitas e as batatas :)

O menu infantil custou 8,99€, e para além do nuggets e do arroz veio com um sumo e uma embalagem de puré de maçã. A dose não é muito grande, mas o meu irmão gostou dos nuggets!

O ambiente também é giro, e o serviço foi muito rápido - um dos mais eficientes que encontrei.

Starbucks

Nos dois dias em que acordei lá tomei o pequeno-almoço no Starbucks, que ficava no meu hotel (o Cheyenne - também há um no Santa Fe). Não será a opção mais económica, mas queria beber um café quente e comer alguma coisa substancial, por isso ficar-me por umas bolachas ou uma barra das que levei não me pareceu uma opção muito tentadora :P

1º dia: panquecas, pain au chocolat, iogurte, sumo de frutos vermelhos, caramel macchiato e latte com leite de amêndoa
Como sempre, o que aparece na foto foi para dividir por três. Eu comi uma panqueca e 1/2 iogurte, e provei o macchiato e o latte. As panquecas eram muito boas, bem fofinhas! Também gostei das bebidas, principalmente do latte - achei o macchiato um bocado enjoativo.

2º dia: cinnamon roll, croissant, cheesecake de frutos vermelhos, sumo de maçã e dois lattes com leite de coco
Desta vez comi metade do cinnamon roll e metade do cheesecake, e bebi um dos lattes. Os bolos eram bastante bons!


Achei o latte novamente muito agradável. Pedi sempre sem açúcar, mas eles continuam a ser bastante doces (imagino que seja do leite, que já é adoçado). Ainda assim, não eram enjoativos, e sabia muito bem beber um café quentinho de manhã :)

Terminei assim as refeições completas, mas ainda tenho algumas fotos de comida/restaurantes/banquinhas demasiado giras para não verem a luz do dia, por isso aqui vão algumas fotos soltas :P

Gelataria mesmo fofa :D

Gelados - 1 de pistáchio e cheesecake e 1 de caramelo e café
Os gelados eram cremosos, mas alguns sabores não eram particularmente agradáveis (o de pistáchio e o de café). Além disso, decidi ir a esta gelataria pelo aspeto adorável e demorei i-m-e-n-s-o tempo a sair lá - só não desisti por ter investido demasiado tempo naquilo :P Nem sequer estava assim tanta fila, ou não teria ido para lá em primeiro lugar, mas cada pessoa demorava séculos a ser servida (e o staff resumia-se a uma pessoa). Valeu pela bolacha com a cara do Mickey :P

Bolinho de amêndoas com a forma do Mickey \o/

Quão adorável é isto? :D

Marshmallow & bolacha com a forma do Mickey :D
Estes três doces foram comprados na Boardwalk Candy Palace, na Main Street USA - se, como eu, têm como objetivo comer o máximo de coisas com a forma do Mickey possível, têm mesmo de passar por lá! Estes eram vendidos à unidade, mas havia também pacotes de bolachas com a forma do Mickey, bem como muitos outros doces temáticos - ótimas prendinhas para oferecer :) Nas lojas adjacentes, podem comprar desde roupa a artigos de cozinha. Claro que não voltei sem trazer uma forma com caras do Mickey comigo... :P

Banca adorável da Coca Cola :D

Coca-Cola de cereja. Era agradável!

Café super fofo. Estava fechado, mas pudemos entrar e sentar-nos nas mesas!

Compramos uns bolinhos na 'Cookie Kitchen', que ficava no mesmo sítio (embora o balcão fosse do lado de fora), e ficamos lá a lanchar :)

Bolo mesmo fofo em forma de estrela (não é nenhum Mickey, mas pronto) :P

Mini beignets recheados com Nutella <3

Eram deliciosos :D
Acho que vou ficar por aqui: a quantidade de fotos já está absurdamente grande. Enfim, perdoem-me, é o entusiasmo a falar :P
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...