Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2014

Gelado de Banana (Saudável, Sem Lactose, Sem Glúten, Vegan, Sem Gordura Adicionada, Sem Açúcar Adicionado)

Quando era pequena achava-me bastante certa de que maracujá era a minha fruta preferida. Preferia-o a outras frutas, também por raramente o comer. Um dia comprei uma arremessa de laranjas de meio quilo  grandes, sumarentas e deliciosas, que me fizeram mudar definitivamente  para o clube da laranja. Avizinharam-se uns tempos difíceis para o complexo eu-laranja, em que todas as laranjas saiam secas e nojentas e, apesar de agora já ter laranjas boas, a memória dos tempos tristes da nossa relação aliou-se fortemente ao facto de estas novas laranjas não serem tão boas , e assim se alcançou o fim de um capítulo bonito, apesar de triste. Romeu e Julieta, o que é que é isso? Seguiu-se depois a descoberta da combinação iogurte alpro soya natural + maçã Granny Smith (obrigatoriamente, as outras são farelentas e desenxabidas). E este delicioso conjunto forçou-me a incluí-lo todos os dias no pequeno-almoço, onde mergulho a maçã inteira num pote de meio litro de iogurte (pronto, talvez não

Pepitas de Manteiga de Amendoim (Vegan, Sem Lactose)

Há todo o tipo de viciados em fãs incondicionais de chocolate, o que se nota bastante em Portugal, onde a manteiga de amendoim é extremamente subvalorizada. Particularmente, nunca fui grande fã de chocolate, apesar de não dizer que não gosto ou que é sobrevalorizado , mas é . Além disso, há que relembrar que o chocolate 99% cacau, ainda que frágil, anda numa luta corpo-a-corpo renhida com a manteiga de amendoim (e estes dois anormais andam a sujar-me a cozinha toda com esta idiotice, que irritante). De vez em quando até se conciliam e fazem uns peanut butter cups ou peanut butter chocolate [inserir nome aqui], mas até ganharem totalmente a minha atenção continuam a guerrilhar como duas criancinhas. E de vez em quando, na eventualidade de uma vitória da manteiga de amendoim, é bom relembrar as caraterísticas deliciosas do chocolate 99% cacau. Podes ter ganhado uma batalha, manteiga de amendoim. Mas não ganhaste a guerra. (Fria. Senão o chocolate derrete.)

Cinnamon Rolls (Rolinhos de Canela)

Em teoria é tremendamente bom fazer pão que levede. O cheiro leve a álcool que lembra o pão quente. Deixar levedar a massa com um pano limpo e seco por cima e após 1 hora ficar contente como se fosse a primeira vez, só  porque massa dobrou de volume. Não confundir um saco de 10kg de farinha nos ingredientes com um pacote de 1kg e não acabar com 3 litros de papa salgada. Amassar a massa numa superfície enfarinhada quando ela está perfeita e completamente não-pegajosa e nem sequer ter de esfregar os pedaços secos e nojentos de pão cru que se colam à bancada. Ter a massa com a consistência perfeita, e não ter de tirar pedaços dela das mãos e sujar o lavatório todo. Nem as maçanetas das portas. Nem o saco de farinha. Formar os pães direitinhos, deixá-los levedar num sítio quente (nesta altura arranja-se demais), onde vão crescer imenso e não ficar assapados. Saborear o pão quentinho e perfeitamente descolável do papel vegetal. Congelar os pães que sobraram e rezar para

Manteiga de Sementes de Girassol (Saudável, Sem Glúten, Vegan, Sem Lactose, Sem Adição de Açúcares)

Para desanuviar do tema «Manteiga de Amendoim», que vem à baila de cada vez que eu  penso  escrevo sobre manteigas de oleaginosas, vou-me esforçar por fazer um pequeno relato da minha relação com as «pipas». Eu adoro pipas; para além de me lembrarem das férias (que é quando as como, e onde existem as melhores), passadas e futuras, há alguma coisa em descascar comer pipas e jogar às cartas que grita «Verãããão!»  (baixinho, que se não os vizinhos resmungam...). Ficar com os dedos inchados e salgados de tanto descascar enquanto se acaba por comer 10g de pipas pode parecer chato, mas é extremamente divertido,  garanto-vos...  E as «Sementes de Girassol»  (pipas, modernices!)  sabem mil vezes melhor se forem descascadas à mão... A sério! (E ainda há quem as decida estragar e caramelizá-las, blasfémia!) Claro que ninguém é masoquista para estar a descascar imensas pipas e fazer manteiga com elas, mas esta manteiga é simplesmente o sabor das pipas (descascadas á mão!) em forma de p

Crepes de Polvilho Doce (Crepioca) (Saudável, Sem Glúten, Sem Açúcar Adicionado, Sem Gordura Adicionada, Sem Lactose)

Como é possível reparar pelas receitas que já tenho por aqui, eu complico sempre as coisas. «Olha um bife recheado tão simples de fazer! Vou passar o refogado para fazer um molho, e talvez um bocado de molho de tomate... pimentos também não faziam mal... se calhar um molho de tomate também dava uma corzinha... e sumo de limão, se calhar...» «Olha estes queques tão simples! E rápidos de fazer. Deixa-me só usar três tipos de farinhas diferentes... Uma colherzinha de gérmen de trigo também ia, não? E talvez umas sementes... Ok, dez tipos diferentes de sementes, sim, parece-me mesmo bem!» «Que granola tão porreira! Vou fazer esta receita. Deixa-me só munir-me de todos os tipos de frutos secos, sementes, cereais (e até umas passas!) que tenho na despensa e deitar um bocadinho de cada.» «Hum, apetece-me panquecas. Vou fazer umas agora para o pequeno-almoço, quentinhas, já que também é hora de almoço  tarde e não vou almoçar. Estou mesmo cheia de fome, por isso esta receita rápida

Éclairs de Café com Cobertura de Chocolate

Há sempre aqueles bolos de tradição. Aqueles bonitos que se estendem ao longo de prateleiras frigoríficas, com cremes amarelinhos e açúcar em pó. Aqueles que estão tão enraizados nas memórias de cada um e na tradição que é demasiado arriscado tentar replicar, porque ganha a certeza de que é impossível sair assim... Porque há tantas variações, tantas receitas, que é difícil acertar. Porque os sites que têm as fotografias mais apetitosas são duvidosos. (É uma pena quebrar o romantismo, mas é um fator determinante.) Ainda é pior quando são coisas assim. Um bolo pode sair mais denso mas comestível, mais doce mas tolerável... Mas quando há características essenciais, nomeadamente, sei lá, no caso de um bolo totalmente hipotético que tem de de crescer e ficar oco, e se lê sobre como um monte de gente não teve sucesso a fazer... Acho que foi só por teimosia que fui para a cozinha e me aventurei numa das 20 receitas que tinha guardado. Ainda assim, tinha a certeza de que ia ter de aprim