Avançar para o conteúdo principal

Papas de Aveia no Microondas (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose, Vegan)


Acho que não seria exagero dizer que já fiz papas de aveia no microondas mais de 100 vezes. Após uma fase de histeria em que madrugava para as cozinhar no fogão, passei a fazê-las no microondas até me fartar.
Depois passei a comer panquecas integrais todos os dias.
Depois iogurte com fruta e aveia.
Depois fartei-me.
Neste ponto voltei às papas de aveia no microondas, mas fiquei extremamente desiludida. Já não me lembrava bem de como era, mas pensava que era melhor. Flocos meio crus, muito leite. Sem a textura cremosa de que gosto tanto.
Após alguma resignação (que implicou voltar aos tachos, diga-se de passagem) voltei a tentar atingir o meu objetivo: AS papas de aveia de microondas. Consegui algumas receitas de que gostei: com banana esmagada e cacau, com claras de ovo e outras. Mas o que eu queria era uma receita prática que soubesse a aveia, simplesmente.
 Mais tempo no microondas, menos tempo no microondas, aveia de marcas diferentes, quantidades de leite muito diferentes, panos, tapar e outras técnicas às vezes idiotas não deram grande resultado.
Até agora.





Papas de Aveia no Microondas (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose, Vegan)
para 1 dose

Ingredientes:

[  50g de flocos de aveia integral (recomendo grossos)
[ 180ml de leite (de vaca ou vegetal, mas sem um sabor muito forte. Podem pôr mais ou menos conforme o gosto.)
[ Toppings/Adições a gosto (fruta fresca, fruta desidratada, frutos secos, cacau, coco ralado, chocolate, manteiga de amendoim,...) (opcional)

Preparação:

| Colocar numa malga a aveia (e outros ingredientes secos para dar sabor, se desejado, como cacau) e cobrir com o leite.
| Levar ao microondas a 50% da potência máxima durante aproximadamente 7 minutos, ou até que a aveia suba até ao topo da malga (quase a transbordar).
| Mexer bem e adicionar mais leite, se necessário.
| Cobrir com os toppings.


Acho que o que realmente faz diferença é a potência do microondas; no entanto, os outros passos continuam a ser importantes e eu gosto mais do resultado final com eles.

O tempo em que está no microondas é maior do que o normal, mas compensa: entretanto dá para fazer outras coisas e só suja uma malga à mesma. No total, fazer as papas de aveia demora uns 10 minutos, o que continua a ser bastante bom, até porque grande parte do tempo é inativo.
Já fiz isto umas 50 vezes (e não é uma expressão!) e ficou sempre delicioso. Fiquei muito contente com a descoberta: a textura é a ideal, cremosa e levemente espumosa, a aveia fica bem cozinhada e o leite parece um creme! Às vezes ainda faço no fogão, mas não tanto desde que descobri esta pólvora. Não lhe fica atrás, mas compensa variar às vezes e também é muito boa. É mais para quando há mais tempo...
Quanto às papas de aveia com claras a situação é diferente: ainda não as consegui fazer no microondas (apesar de já ter tentado cerca de 10 vezes - este post é muito rico em estimativas, eu sei...) e são maravilhosas, portanto continuo a fazer...
Isto tem sido o meu pequeno-almoço ultimamente, e vale sempre a pena!

P.S.: Por favor ignorem a parte de eu ter 3 posts dedicado à minha relação com papas de aveia.

_________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por uma dose (equivalente à receita) de 225g)
Energia: 247kcal 
Proteínas: 11.4g
Hidratos de Carbono: 36.7g
-       Dos quais açúcares: 8.7g
Lípidos: 6.4g
-          Dos quais hidrogenados0g
Fibra: 4.1g
Sódio: 89mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 dose ou a totalidade da receita). Para ser sem glúten, a aveia deverá ser certificada como tal. Para ser sem lactose ou vegan, o leite deverá ser vegetal. O leite poderá ser substituído por água, mas só para alguém que tolere, porque fica muito menos cremoso e com menos sabor. Está sujeita a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverá apresentar valores próximos do valor real.
_________________________________________________________________________



Comentários

  1. hallo!
    Eu faço sempre as papas de aveia no micro e ficam sempre muitooo cremosas. Também é verdade que muitas vezes "explodem" e fica o mircroondas sujo. Lol...o truque é: enquanto vou ao wc e arranjar-me, meto-as em agua a ferver (Muito pouca) para amolecerem...depois volto a por pouca agua e microondas com elas...aos poucos adiciono leite e sempre a irem novamente ao quente...lol...por isso nos dias que me distraio..pufff...

    As tuas trufas de chocolate e manteiga de amendoim estão me no goto!
    Diz-me uma coisa, percebes tanto de comida, exercicios, nunca tiveste um blog direccionado não só a comida mas ao teu diário de bordo/dicas de comida ?

    ResponderEliminar
  2. Ficaram com um aspeto mesmo cremoso, a tua persistência deu resultado! :)

    ResponderEliminar
  3. Quando faço ficam sempre bem. Na panela é muito giro, mas de manha nao tenho tempo, nao tenho mesmo :( Depois tenho de lavar aquilo ahahaha naaah deixo isso p quando tiver tempo.
    Eu faço no micro e depois trituro c a varinha :P


    http://raparigamoderna.wordpress.com/2013/08/14/basicos-papas-de-aveia-c-agua/
    http://raparigamoderna.wordpress.com/2013/06/30/como-faco-as-minhas-p-de-aveia-oatmeal/

    ResponderEliminar
  4. Mau maaaaau! Entao fizeste anos e nao disseste nada?????? Aiiii marota!
    PARABENSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS E MUITAS FELICIDADES AVELA :)

    ResponderEliminar
  5. Tenho um medo terrível de fazer as papas de aveia no microondas, só de pensar no serviço que vou ter de limpar caso aquilo corra mal, tira-me logo a vontade de as fazer lá :p
    Ficaram com um aspecto bem cremoso! Por norma nunca faço só com leite e aveia, tenho de acrescentar mais alguma coisa, nem que seja canela. Outra coisa que me habituei a fazer foi a misturar sempre água e leite, reparei que assim a textura fica mais ao meu agrado :)

    De qualquer maneira, com as papas de aveia não há como não gostar eheh
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  6. Gosto de te ler :)
    E gosto do teu gosto por manteiga de amendoim e papas de aveia!
    Aquelas com claras ainda as hei-de fazer, fiquei curiosa.
    E eu adoro papas de aveia, não sei fazer estimativa de quantas vezes fiz, mas foi sempre ao lume.
    A ver se experimento assim.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Olá...

    Mau... Estas papas de aveia andam-me entaladas, tanta gente a comer papas de aveia de 1001 formas que está-me cá a parecer que vou experimentar! Mas explodir no microondas? Elucidem-me assim como se não percebesse nada de papas de aveia (que é de todo verdade) :-)
    Beijinhos

    P.S) Avelã, vai-me por favor ao meu post das maças assadas (quando puderes) que pedi-te uma explicaçãozinha dos quadrados de maçã com canela no microondas :-)
    É que quero experimentar!!!

    ResponderEliminar
  8. uhhhhhhhh! xD
    nas primeiras linhas identifiquei-me logo HAHAHAH só que eu faço as papas de aveia no fogão, assim tenho a textura que quero, tbm estou na fase novamente das papas de aveia, mas não tarda nada vou passar outra vez para as panquecas xD
    Boaa semanaa :D

    ResponderEliminar
  9. Também faço no microondas e ficam sempre cremosas! Tem é de se estar sempre de olho na papa para não vir ao de cima eheh :)

    ResponderEliminar
  10. embora já as tenha testado no microondas, e até tenha feito um post sobre isso, eu gosto mesmo é de as fazer no fogão! secalhar não fui tão persistente como tu e por não ter acertado com a consistência cremosa como eu gosto, acabei por desistr :P

    ResponderEliminar
  11. Obrigada pela dica, também andei com o mesmo problema até que desisti.

    viagemdoceviagem@blogspot.com

    ResponderEliminar
  12. Adorei o teu blog ;) Obrigado pela partilha das tuas receitas super saudáveis ;)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  13. Eu cozo-as primeiro com água no micro-ondas (pouca água) e depois junto um iogurte e gosto muito!Fiquei curiosa com as tuas panquecas...

    ResponderEliminar
  14. Eu deixo no frigorífico a aveia, a chia e o leite a noite toda e depois de manha e só aquecer. Fica a dica.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark , as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback . Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio . Mesmo as panquecas de abóbora , uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião). E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas. Apenas as fiz hoje, mas tive de p

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito . Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Po

Pudim Flan Proteico (Saudável, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Se antes tinha um ódio de estimação por gelatina, de tal forma que o cheiro me deixava enjoada (especialmente quando quente), num passado recente os meus gostos nesse campo deram uma volta de 180 graus. Isto ocorreu em grande parte devido às gomas de fruta caseiras , que faço várias vezes por semana e consumo diariamente. Até acertar com a receita tive algumas 'fornadas' sofríveis que, confesso, custaram a acabar - mas depois de chegar à fórmula ideal nunca mais olhei para trás, e ando há meses viciada nas minhas gominhas, sem sinal de mudança à vista :)  Desta forma, não é de estranhar que me veja encorajada a fazer mais experiências com gelatina entre os ingredientes. Ultimamente, e em particular depois do sucesso do leite creme proteico , andava com a ideia de fazer uma espécie de pudim flan instantâneo mesmo simples: apenas leite, whey e gelatina para solidificar. Se por um lado me parecia que uma ideia tão simples estava a pedir para ser testada, por outro custa