segunda-feira, 1 de junho de 2015

Dorayakis (Bolinhos Japoneses) Recheados com Creme de Cacau e Abacate (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose)


Hoje estou em modo guest post para o Palavras que Enchem a Barriga - uma honra, portanto!

Um dos desenhos animados de que mais gostava quando era pequena era o Doraemon - o híbrido de gato e canguru com uma bolsa interminável cheia de inventos destinados a ajudar um miúdo nos propósitos mais fúteis de sempre mais adorável do mundo.
As raras aparições da irmã amarela do Doraemon faziam o meu dia, os aviões do Suneo que rapidamente eram destruídos pelo Gigante eram já um clássico... e, claro, os dorayakis, aqueles adoráveis bolinhos que o Doraemon devorava, tinham um aspeto delicioso.
Muito recentemente passei por um episódio do Doraemon na televisão, e a primeira coisa em que reparei foi nos dorayakis. Como é que não me tinha lembrado de cozinhar dorayakis? Afinal, agora sou uma mestre da cozinha (o que é que são esses risos condescendentes?! :P).
(Para ser honesta, a primeira coisa em que reparei na realidade foi que a música era diferente - para pior! - e que o programa era dobrado - o horror.)
No momento em que tive acesso à internet fui procurar receitas de dorayakis, uma vez que não fazia a mínima ideia de como fazer (até achava que eram feitos com chocolate) - e descobri uma coisa desastrosa engraçada: os dorayakis são uma sobremesa japonesa que basicamente consiste em duas panquecas recheadas com anko. O que é o anko? Pasta de feijão doce.
Panquecas com pasta de feijão. A isto se resumiam todas as aspirações da minha infância.
Por esta altura já se devem estar a aperceber da dimensão do problema.
Qual é o problema, Avelã? Ninguém te mandou comer panquecas com feijão, dizem vocês.
Pois.
Não só fui ao celeiro comprar o feijão específico como também estive a cozer feijão com passas durante duas horas e meia. No final recheei e montei as panquecas, rezei para que se tivessem magicamente transformado nos dorayakis que via o Doraemon comer e dei uma trinca. Não se tinham transformado, e o que senti foi uma pasta nojenta e granulosa com sabor a feijão sanduichada entre duas panquecas que ainda agora me dá vómitos só de pensar.
Não podia deixar a situação assim, com uma ideia de infância estilhaçada - e por isso comprei abacate e fiz uns dorayakis saudáveis, desta vez recheados com chocolate, que tenho a certeza que era o que tinham os do Doraemon (acreditem, eu conheço-o, ele não ia comer feijão com panquecas).
E ainda bem que o fiz, porque estes não só são mil vezes melhores como também não têm feijão.
(Isto é só vantagens.)






Dorayakis (Bolinhos Japoneses) Recheados com Creme de Cacau e Abacate  (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose)
Para cerca de 7 dorayakis
Adaptado daqui

Ingredientes:

Para as panquecas
[  4 ovos
[  100g de mel
[  100g de farinha de aveia (triturei aveia no moinho de café. Podem usar um processador ou até uma varinha mágica)
[  1 colher de chá de fermento
[  Água

Para o creme de chocolate e abacate
[  1/2 abacate maduro
[  25g de mel ou xarope de seiva de ácer
[  10g de cacau em pó
[  1 colher de sopa de óleo de coco derretido
[  1/4 colher de chá de extrato de baunilha

Preparação:

Para as panquecas
| Com uma batedeira elétrica, bater os ovos com o mel até ficarem espumosos (cerca de um minuto).
| Peneirar a farinha de aveia e o fermento para os ovos com mel e misturar.
| Refrigerar durante 15 minutos.
| Acrescentar uma ou duas colheres de sopa de água para que a mistura fique menos espessa (sem que fique excessivamente líquida).
| Fazer panquecas médias numa frigideira (se necessário podem passar um guardanapo com um pouco de óleo antes).

Para o creme de chocolate e abacate
| Triturar tudo (abacate, mel, cacau, óleo de coco e extrato de baunilha) muito bem com uma varinha mágica ou num processador/liquidificadora.

Montagem:
| Colocar no centro de uma panqueca uma colher do creme de chocolate e cobrir com outra panqueca. «Beliscar» as pontas das panquecas para fechar.



Eu, rodeada de dorayakis com feijão.
Quando a Joana do blog «Palavras que Enchem a Barriga» (quem é que eu quero enganar, acho que toda a gente conhece o blog lendário) me convidou a participar na semana da obesidade infantil lembrei-me logo disto. E de mais 10 coisas. Escolhi esta, o que tem de significar alguma coisa, certo? O momento da derradeira decisão foi quando perguntei ao meu irmão se queria que eu fizesse dorayakis e ele ficou extremamente entusiasmado. 
(Ignoremos o pormenor de ele ter ficado traumatizado com os de feijão.)
Quanto ao veredicto: eu sei que digo sempre isto, mas... MELHOR. Coisa. De sempre. Ficam absolutamente fenomenais! E não, não sabe a abacate, de todo (gosto tão mais de abacate do que de feijão!). Sabe a delicioso. Sim, sabe bastante a delicioso. Há tempos comprei dorayakis da Panrico - uma raridade que nunca mais localizei em loja alguma. Eram fofos, as panquecas levemente esponjosas e o creme de chocolate suave e perfeito. Eu nem estava à espera de todo, mas estes são iguaizinhos. As panquecas são diferentes das normais, fofas mas consistentes, uma casinha perfeita para um recheio super cremoso de chocolate docinho. Tenho a certeza de que nenhuma criança iria recusar estas belezas. 
Pode não parecer muito prático para fazer ao pequeno-almoço, mas feitos com antecedência aguentam bem - eu fechei numa caixa hermética para alimentos e duraram uns dias (não muitos porque acabaram logo). 
_________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por 1 dorayaki)
Energia: 162kcal
Proteínas: 4.9g
Hidratos de Carbono: 23.6g
-       Dos quais açúcares: 13.2g
Lípidos: 6.3g
-          Dos quais hidrogenados: 0g
-     Dos quais saturados: 2.0g
Fibra: 2.5g
Sódio: 34mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 70g, 1 dose, um dorayaki ou 1/7 da receita). Está sujeita a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverá apresentar valores próximos do valor real. 
_________________________________________________________________________

47 comentários:

  1. Tenho de experimentar!!! Parecem deliciosos ;)

    Beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. O que me ri com o teu post, não há direito de destruirem as nossas aspirações de criança!
    Aposto que assim ficaram deliciosos, de repente quando olhei fez-me pensar nos donuts recheados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estive quase quase a fazer uma petição para porem uma notinha nos créditos finais, um «disclaimer» a garantir que aquilo não é nada feijão. E para voltarem ao espanhol. E à música «original». Sou uma inconformista ;)
      ...E as pessoas ainda falam da «Martine»! Prioridades, enfim :P
      Nunca comi donuts recheados :P Não sei exactamente qual é o aspecto (na capa estão sempre inteirinhos!), mas vou tomar isso como um elogio :D
      Obrigada e beijinhos :)

      Eliminar
  3. "O que é o anko? Pasta de feijão doce" devias ter visto a minha cara nesse momento! Foi de puro: NÃOOOO??? sempre pensei que era chocolate (alías como toda gente pensa), sempre que via esses bonecos apetecia-me tanto comer aquilo mas não sabia o que era, mas devia ser muitoooo bom porque ele comia-os e não era poucos hahaha, adorava adoraaava ver isso de manhã no sofa quando não tinha nada para fazer, agora tenho tenho muito para estudar mas ja não vejo o dorameon, vejo blogs e outras coisas que me fazem lembrar o gato azul sem orelhas, e a irma dele super fofa! Uma vez fui ao youtube ver o "fim" do dorameon e não gostei mas pronto hahahaha :p
    Fiquei com ideias em mente para fazer isso, opá é que tem mesmo um aspecto brutal, alias eu tenho um monte de receitas tuas para fazer! Devo fazer na epoca de exames que é a fase em que me inspiro mais para cozinhar :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, acho que toda a gente pensa que é chocolate. Deve ser uma resposta psicológica para nos proteger :P
      NÃO babar por Dorayakis ao ver o Doraemon é que era impossível :P e em modo montanha ficam especialmente apetitosos!
      A irmã dele (pensei durante imenso tempo que era namorada :P imagina só um BEBÉ DORAEMON!) era adorável, eu ansiava pelos episódios em que ela aparecia :D
      Agora que li o teu comentário lembrei-me de haver um vermelho, fui pesquisar e há um «aparato» que consiste num monte de Mini-Doras, que sãão MINI DORAEMONS DE IMENSAS CORES :D a minha vida acabou de mudar ;)
      Maneiras de adiar o que se tem de fazer arranjam-se sempre :P não é nada difícil, por acaso. Nem que fosse ver o Doraemon agora :P
      Tens épocas de exames produtivas! Realmente um dorayaki parece um óptimo combustível de exame :D

      Eliminar
  4. Qual a marca da farinha de aveia que usou? É garantidamente aveia sem glúten?
    Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não sou intolerante ao glúten, por isso quando uso aveia (é raro) não me preocupo com a contaminação cruzada. Normalmente uso a do Lidl (mais barata) ou da Salutem (melhor). Mas no Celeiro há sem glúten mesmo :)

      Eliminar
  5. Eu não sabia que era com feijão, também sempre pensei que era com chocolate! Mas espera... A música já não é em espanhol? :O Lá se foi mais uma memória de infância :(

    Convenceste-me com isto, tenho mesmo que experimentar :D De certeza que não sabe a abacate? Olha que eu tenho o teu trauma com o feijão, mas com abacate :P

    Muito obrigada pela participação :D Está bestial :D :D :D :D

    Beijinhos :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nope :P em compensação, tem uma parte que fica mesmo no ouvido. «Na imaginaÇÃÃO» :D não é tão boa com a espanhola, mas até é gira :)
      Não, não sabe a abacate :) usa maduro, verde é sempre estranho. garanto que o sabor não se nota nadinha, e eu normalmente sou meio enjoada com ingredientes estranhos em doces :P
      Obrigada eu :D Beijinhos :D

      Eliminar
  6. Esses bolinhos ficaram com bom aspecto. Substituia o mel por adoçante natural.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/06/dia-um-na-cozinha-e-uns-cupcakes-de.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fiquei curiosa: o que é um «adoçante natural» e de que forma o mel não o é? :P
      Obrigada e beijinhos :D

      Eliminar
  7. Deve ser optimo!!!!! O aspecto é mesmo delicioso! E só de pensar nessa parte do feijão, blhacc! Mas no final tudo resultou e ficaram lindos e fofos ;D
    The Girl In Jeans * Facebook * Instagram * Google+

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Modéstia à parte, é. :P
      Obrigada :D sim, acho que a onomatopeia descreve bem a experiência. D:
      Beijinhos :)

      Eliminar
  8. Eu via o Doraemon mas nunca gostei particularmente! Naquele tempo tinha apenas 2 canais de televisão e tinha que me sujeitar ao que havia! Não me recordo de o ver comer os dorayakis embora o nome não me seja estranho (sempre alguma coisa eu retive)! Mas parece-me muito bem e acho que os meus filhotes iam gostar! Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não gostavas do Doraemon? Como é possível?!
      Nem é preciso chegar aos canais, o tempo (há anos-luz) em que não havia gravações e se corria para o sofá com medo de perder o episódio do dia! E eu a pensar que só as avós é que alguma vez têm passados desfasados da realidade actual :P
      Dorayakis são a parte mais importante. Eu se fosse a ti ia ver as séries todas para ver se entendia a essência da coisa. :D
      Acho que qualquer miúdo gostava, ESPECIALMENTE se são fãs do Doraemon. Espero que não saiam à mãe nisso ;) hahaha

      Eliminar
    2. Lamento desiludir-te mas saem à mãe!!!! Tanto é que cá em casa só vêem Disney Junior! Mesmo assim vou fazer esses dorayakis pois tenho a certeza que eles vão gostar! Eles adoram tudo o que leva chocolate (então o mais velho é viciado)! Quem sabe comendo um dorayaki não se apaixonam também pelo Doraemon! We never know!

      Eliminar
  9. Parecem aquelas panquecas do Bollycao =P

    Só pela parte do abacate não gosto mas ficaram com um aspecto excelente =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E havia uns da mesma marca tipo isto! Com chocolate também, claro. Da fase oriental da Panrico... Eram bons :) estes são parecidos.
      Não sabe a abacate! Mas se não gostas vou tentar NÃO te impingir declarações sobre o quanto não sabe a abacate (esta não conta!).
      Beijinhos :)

      Eliminar
  10. Sei bem o que é ver o Doraemon e babar pelos dorayakis, por isso é que quando fui ao Japão foi das primeiras coisas a comprar no supermercado. Comprei a versão original (com pasta de feijão) e embora tenha conseguido comer também não fiquei fã. Vou experimentar esta receita com chocolate! Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério? Eu ainda pensei «se calhar isto tem de ser feito mesmo nas pastelarias japonesas, tanta fama há-de ter alguma razão» (um bocado como o creme de pasteleiro mágico português cuja receita nunca ninguém avistou), mas depois pensei que... Hm, é pasta de feijão.
      (Até é reconfortante saber que é horrível em todo o lado :P)
      É giro que vendam no supermercado, pelo menos! Devem ficar engraçados embalados :P
      Já vi algumas versões diferentes pela internet (tipo chá verde - o outro sabor aparentemente amado pelos japoneses :P)... Tinha outros sabores? Que giro :D
      Depois diz qualquer coisa então :D espero que gostes!
      Beijinhos :)

      Eliminar
  11. Ainda mais do que as tuas receitas, são os teus posts que me deliciam!! Impossível não rir. Pasta nojenta de feijão??? Ahahah. Mas, no fim e com abacate , estas panquecas resultaram maravilhosas! Aposto que o Doraemon ( o que eu vi desta série,graças ao meu filho que era fã ) as ia devorar todas.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Mas garanto que «pasta nojenta de feijão» não tem piada nenhuma. Muito menos ao vivo! ;)
      Acho que vou convidar o Doraemon a visitar-me, então :D
      Beijinhos :)

      Eliminar
  12. Olá, Avelãzinha!

    Diz-me lá onde é que vou arranjar óleo de côco - podes rir à vontade!:) - e...?
    ... e não dá uma enorme trabalheira? Não? Tens a certeza? Tenho que experimentar, quem é que resiste a esse aspecto guloso?!
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu comprei o óleo de coco na Myprotein, mas também há no celeiro :)
      A trabalheira é equiparável a fazer panquecas e um molho para elas, porque isto são 2 panquecas recheadas :P As panquecas são bem simples e o recheio também é muito rápido (é só triturar tudo), por isso acho que tenho a certeza, sim. :D

      Eliminar
  13. Olá Avelã,
    Só quem nasceu e cresceu no Japão é que consegue gostar de ano, devem ter uma mutação genética para gostarem dessa mistela! O pior é que quase todos os doces japoneses são recheados com isso...
    Gostei do post, só sugeria que, dado o comentário acima, não fosse identificado como sem glúten se a aveia usada não é isenta, pois pode levar um celíaco menos informado em erro- ou então sugerires usar a aveia da marca Bauckhof à venda no Celeiro (publicidade à parte, claro).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, deve ser uma questão de hábito. Também já vi mil receitas japonesas com anko... Inicialmente pensei que fosse defeito do meu, mas pelo que já ouvi a maior parte das pessoas não japonesas que provam não ficam fãs...
      Essa da mutação foi mazinha :P
      Eu quando coloco «sem glúten» quero dizer que os ingredientes utilizados não contêm (naturalmente) glúten, ou seja, que os dorayakis são passíveis de serem consumidos por celíacos. Não acho que faça muito sentido não utilizar a designação por causa de contaminaçoes – porque nesse caso teria de referir que a varinha mágica ou o recipiente não poderiam ter contido produtos possuidores de glúten, que a frigideira não poderia ter sido utilizada para fazer panquecas com trigo, que o abacate não poderia ser cortado com a faca do pão ou que a ghee não poderia ter estado em contacto com uma faca de barrar tostas.
      Além disto, não vejo de que forma o facto de eu não utilizar aveia sem glúten vá alterar o facto de os bolinhos terem ou não esta proteína – depende da marca que cada um usa, e não da minha.
      Percebo o teu ponto de vista – até porque a aveia que está à venda está muito frequentemente contaminada – mas acho que continua a fazer um certo sentido atribuir-lhe esta designação.
      De qualquer maneira, vou adicionar uma nota na informação nutricional acerca disso. Até costumo pôr, mas desta vez passou-me.
      Obrigada pela opinião e pelo comentário :)

      Eliminar
  14. Hahaha! Avelã a tua boa disposição é contagiante!
    Estou contigo, pasta de feijão como recheio não é de todo algo apetecível :)
    Ficaram perfeitinhos, mesmo parecidos ao do desenho animado.

    Beijinhos*
    Ana Filipa Costa - Petiscana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :D mas não é boa disposição, acho que é alegria por já não ter aquelas coisas nojentas com feijão à frente. Acho que esse futuro pendente andava a assombrar-me :P
      Esse é um grande elogio :D
      Beijinhos :)

      Eliminar
  15. Que deliciosos! Eu cá sentava-me já no sofá a recordar tempos em que via o doraemon e levava os bolinhos para acompanhar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Belíssima ideia! Eu gostava era de me sentar numa montanha deles A VER O DORAEMON. Ficam tão giros empilhados :P

      Eliminar
  16. Ahh que saudades que tenho do Doraemon no seu estado puro, nada daquelas dobagens que me traumatizaram! Um dia destes estava com a minha afilhada e passei se não me engano pelo canal panda e estava a dar o Doraemon e eu toda contente lá lhe vendi o Doraemon como o melhor desenho animado do mundo, mas apanhei uma desilusão quando vi que era dobrado... um horror! Ela adorou e adorou ainda mais porque percebeu de onde é que vinha o nome dos meus gatos: Shizuka e Nobita :P
    Quanto aos dorayakis vou de certeza experimentar, a tua versão claro, nada com feijão (que vou fingir que não li nada sobre feijão e vou continuar a pensar que o que o Doraemon come são os teus dorayakis) :)

    ResponderEliminar
  17. Espero que tenhas noção que destruíste a minha infância no momento em que revelaste que os dorayakis eram recheados a feijão =P Juro que fiquei mal disposta só de tentar imaginar o horror de sabor disso!!! Esses com chocolate e abacate têm beeeem melhor aspecto e aposto que sabor também =P

    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpa lá ;)
      Imagina COMÊ-LOS. Tem pena de mim ;)
      Siiim, o sabor não se compara :D
      Beijinhos :)

      Eliminar
  18. Ora bolas, tinha feito um comentário gigante ontem e cheira-me que não o devo ter enviado :P
    Mas resumindo: nunca imaginei que os dorayakis eram com feijão! Vou fingir que não li nada disso e que são feitos tal e qual como os teus :)
    A dobragem do Doraemon é uma valente asneira, acho que só vi um episódio e apaguei-o logo da minha memória porque só me quero lembrar da versão que via. Quando era mais novinha fartava-me de ver o Doraemon, ainda me lembro que nas férias grandes todos os dias via até às 13h (acabava mesmo a tempo da hora de almoço). Só assim por acaso a minha gata chama-se Shizuka e o meu gato Nobita e quando me perguntam onde raio fui eu buscar estes nomes fico logo escandalizada :P
    Em relação aos dorayakis vou ver se arranjo tempo para experimentar este fim de semana porque parecem para lá de deliciosos ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enviaste! Desculpa, eu é que costumo «guardar» os comentários por publicar para me lembrar de responder e/ou seguir o blog... E às vezes não tenho oportunidade e «atraso-me», aprisiono os comentários durante para aí 1 semana :P
      Ignorar a parte do feijão parece-me uma óptima estratégia! Estou a sentir-me uma destruidora de sonhos :P
      Parece sempre um sacrilégio quando fazem essas coisas. Claro que para os miúdos que vêem agora vai ser uma experiência igualmente enriquecedora (:P), mas para quem via o «antigo» é um enorme escândalo! Ouvir em português faz doer o coração ;) estou a ver que há imensas fãs incondicionais do Doraemon :D
      Que belos nomes para gatos :D achei imensa piada depois de ler o teu «nome» também :P
      Se experimentares diz qualquer coisa! Ficam muito bons, prometo :D

      Eliminar
    2. Olá! Não há problema ihih assim fico com 2 comentários :D
      É uma boa técnica para não deixar escapar nada, e vê pelo lado positivo a prisão dos comentários, é sinal que tens muitos fans!
      Sim, basicamente destruíste a maior parte da minha infância, eu sou a mulher que sou hoje porque sempre pensei que o doraemon comia chocolate embrulhado em panquecas. Agora tudo mudou (estou a lutar para conseguir esquecer o feijão, juro que estou ihih).
      Já experimentei o recheio, mas não tive tempo de fazer as panquecas e montar os dorayakis... O recheio desapareceu num ápice. Tinha feito um bolo de oreo e juntou-se a fome á vontade de comer. Resultado: o recheio nunca conheceu o seu verdadeiro propósito. Para a próxima completo a receita, prometo! Fecho a cozinha ás 7 chaves e só deixo alguém entrar quando os dorayakis estiverem prontinhos! :D

      Eliminar
    3. Concordo, toda a minha identidade colapsou no momento em que descobri. Devia ter posto um aviso no início do post, do género 'Esta publicação pode ter conteúdo chocante. A autora não se responsabiliza por danos morais ou psicológicos.' :P
      Ainda bem que gostaste do recheio! Eu acho muito prático, já fiz várias vezes mesmo para comer à colher :P Esse bolo de oreo soa mesmo bem :D

      Eliminar
    4. Para a próxima já sabes, quando se tratar de assuntos sensíveis aviso logo no inicio ihih
      O bolo de oreo foi uma estreia, fiz domingo e ontem acabaram com a ultima fatia, por isso acho que saiu bem :) Entretanto ponho no blog :)

      Eliminar
  19. Eu já tinha visto isto no instagram e ficou logo buéééééé entusiasmada. Mas ainda não tinha tido tempo de comentar aqui.
    Adorava o doraemon. Tenho tantas saudades dele!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Agora os bolinhos serem recheados com feijão é que me parece uma coisa do outro mundo.
    Acho que esta tua versão é quase de ir ao céu e voltar. Como é que o Doraemon comia aqueles bolos de feijão de empreitada. hehee :p
    Adorei e acho que vou fazer porque ficaram mesmo com óptimo aspecto! ;)
    Beijinho*
    Sarinha,
    www.noconfortodaminhacozinha.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes sempre matar as saudades no Panda ou Cartoon :P ou no Youtube, que assim encontras o espanhol (se bem que acho que o do Cartoon ainda se mantém, só não tenho a certeza... Pelo menos a música sim!) ;)
      Exactamente, como é que ele aguentava comer tanta pasta de feijão? A sério, é que aquilo é horrível :P ainda tenho pesadelos com a massa avermelhada nojenta e com textura de feijão. :P
      Faz :D
      Beijinhos :)

      Eliminar
  20. O que eu me ri agora com essa imagem do doraemon!!! :D
    Também não sabia que eram recheados com feijão... :P
    Os teus ficaram maravilhosos e bem gulosos!!! Comia já dois, eheheheheh.
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  21. Um recheio enganador e uma proposta irrecusável. Que aspeto tao bom.... Que gulosos. Já comia. Bjs

    ResponderEliminar
  22. A saga das panquecas com feijão pode ser uma experiência traumática, mas ainda bem que conduziram a este sucesso gastronómico!
    Beijo

    ResponderEliminar
  23. Hola guapa..te acabo de conocer¿quieres que nos sigamos por GFC? me encantaría,te espero en:http://sonymingoss.blogspot.com.es/
    Besos!

    ResponderEliminar
  24. Adoreiii o post! Também via (vejo!!!) o Doraemon e ficava a pensar naqueles bolinhos!!!

    Quanto à pasta de feijão doce também já tive uma experiência de partir o coração... costumo fazer compras num supermercado chinês e eles têm uma secção enorme de doces, com aquelas cores e embalagens meio manhosas mas que me deixam sempre com alguma curiosidade. No outro dia decidi trazer um género de bolinhos para experimentar.... desilusão das desilusões! Nada doces e com um sabor tãoo bleccc . Nunca mais me aventurei nessa secção! Eram bolinhos de pasta de feijão :'(

    O Doraemon com toda a certeza que não alinha nestas cenas da pasta de feijão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Toda a gente via o Doraemon, acho que é a conclusão que se pode retirar deste post :D
      Achei piada à tua experiência :P eu sei, sou cruel!
      Os embrulhos, desenhos animados e letras que parecem graffiti com aquele toque japonês são sempre apelativos de uma forma estranha :P estou mesmo a ver as embalagens todas coloridas! Imagino o horror que foi... :P
      É, eu bem lá no fundo também confio no Doramon :D

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...