Avançar para o conteúdo principal

Tofu com Broa (Saudável, Vegan, Sem Lactose)

Hoje é a minha vez de participar no desafio A Preparar o Natal. A minha participação no desafio antecessor (Na Mesa de Natal não Pode Faltar, do ano passado) foi uma sobremesa, que como sabem é mais a minha praia - nessa altura a receita que partilhei foi a de um arroz doce saudável.
Este ano calhou-me um tema diferente: sugestões para o jantar/almoço de Natal. Ocorreu-me fazer uma versão vegan de um dos pratos tradicionais da época, invariavelmente feitos com bacalhau, usando tofu para substituir o peixe - à semelhança do ano passado, em que partilhei uma receita de roupa velha vegan.
Não é questão de tornar o prato mais saudável, porque se o é ou não com estas alterações é questionável. Acho que fazer reinvenções vegan de pratos tradicionais é uma boa forma de provar às pessoas mais reticentes que é possível fazer uma refeição deliciosa sem carne, peixe, ovos ou produtos lácteos. Por vezes ficamos demasiado presos a rótulos - não ser vegan ou vegetariano não implica que não se possa reduzir o consumo de produtos animais, há várias opções válidas entre o oito e o oitenta. Por isso experimentem este tofu com broa e digam-me se é mesmo imprescindível ter bacalhau no almoço/jantar de Natal :)






Tofu com Broa (Saudável, Vegan, Sem Lactose)
Para 4 pessoas

Ingredientes:
[  400g de tofu (usei fumado, mas natural também serve)
[  Sumo de limão
[  Sal
[  Manjericão 
[  Louro (em pó)
[  Pimenta Branca
[  Salsa
[  1 cebola
[  2 dentes de alho
[  Azeite 
[  100g de alho francês
[  1 cenoura ralada
[  200g de broa

Preparação:
| Pelo menos umas horas antes de começar a cozinhar (também podem fazer de véspera), cortar o tofu em pedaços e temperar com sumo de limão, sal, manjericão, louro, pimenta branca e salsa. 
| Na altura de cozinhar, picar a cebola e os dentes de alho e refogar ambos em azeite (usei um wok, mas também podem usar um tacho ou frigideira).
| Quando a cebola estiver translúcida, adicionar o alho francês cortado às tiras e deixar amolecer.
| Esmagar o tofu com um garfo e adicionar ao wok. Saltear durante uns minutos.
| Juntar a cenoura ralada e deixar cozinhar mais um pouco.
| Transferir o preparado para um tabuleiro que possa ir ao forno.
| Colocar a broa no copo de um processador, juntamente com um pouco de salsa e duas colheres de sopa de azeite. Triturar tudo a uma velocidade elevada durante alguns segundos, de forma a que a broa fique em pedaços pequenos.
| Cobrir o preparado com tofu, no tabuleiro, com esta mistura.
| Levar ao forno pré-aquecido a 200 graus até que a broa fique tostada.


Bem, entre tofu salteado com vegetais e uma cobertura de broa crocante, acho que não resta muito a dizer... :D
É um prato fenomenal, muito reconfortante e natalício, ainda que lhe falte o omnipresente bacalhau. Sendo à base de tofu, não é propriamente semelhante ao habitual bacalhau com broa - mas refeições vegetarianas deliciosas valem por si só, não precisam de copiar 'ninguém' :P
Também se come muito bem aquecido, o que é sempre uma vantagem!
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por uma dose)
Energia: 378kcal
Proteínas: 15.6g
Hidratos de Carbono: 30.5g 
-       Dos quais açúcares: 6.3g
Lípidos: 23.5g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 3.7g
Fibra:  5.7g
Sódio: 304mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 dose ou 1/4 da receita). Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. 
____________________________________________________________________________

Comentários

  1. Fiquei curiosa com o sabor,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito desta tua sugestão e tenho ali um tofu para gastar por isso talvez experimente esta tua receita! :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  3. Ai, com o fumado deve ser bem bom =D

    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Ainda não provei tofu, ando algo reticente em experimentar porque fiquei com a ideia na cabeça de que não iria gostar. Agora apresentas assim um prato com tão bom aspecto e uma pessoa fica com vontade de provar ^_^
    Beijinhos
    Carla
    Blog Guloso qb ... Carla Ramalho

    ResponderEliminar
  5. Estava muito curiosa por esta partilha! Muito obrigada por teres participado :):)

    Um beijinho grande
    Ana

    ResponderEliminar
  6. "Twists" vegan a receitas tradicionais é algo que também faço aqui por casa ocasionalmente.
    Esta tua sugestão é uma delícia! Adorei :)
    Beijinhos
    www.petiscana.com

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito . Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Po