Avançar para o conteúdo principal

Papas de Weetabix (Saudável, Sem Gordura/Açúcar Adicionado, Sem Lactose, Vegan)


Antes de provar papas de aveia pela primeira vez achava o conceito um pouco estranho. A palavra 'papas', como é óbvio, não ajudava, e na altura nem sequer estava muito familiarizada com a aveia de todo. Quando decidi experimentar, procurei receitas na internet e escolhi uma à sorte - usei casca de limão e um pau de canela, ingredientes que são recorrentes na maior parte das versões mas que entretanto deixei de usar.
A partir daí deu-se o encantamento clássico de quem prova uma receita tão boa, que me fez preparar papas de aveia praticamente todos os dias ao pequeno-almoço. Desenvolvi um conjunto considerável de receitas, e eventualmente cheguei ao pensamento que obrigatoriamente se seguia: 'se resulta com aveia, deve resultar com outros cereais... Certo?'.
A maior parte das experiências revelaram uma resposta positiva, e com o entusiasmo comecei a variar imenso o estilo de papas. Experimentei papas de centeio, de espelta e de trigo integral, apreciando bastante todas... Até às de trigo sarraceno.
Talvez tenha usado água a menos para o cereal, usado flocos demasiado finos ou deixado engrossar exageradamente. De qualquer forma, as causas de tão horrível resultado não me preocuparam - as papas ficaram tão más que fiquei traumatizada, e por aí ficaram os meus experimentos no reino das papas. Até chegarem estas.
O passo óbvio a seguir a cobrir os cereais da marca com leite e levá-los ao microondas era fazer papas, não podia negá-lo. Este facto inquestionável aliou-se ao esquecimento parcial do incidente com trigo sarraceno para me fazer experimentar estas papas: e valeu totalmente a pena.






Papas de Weetabix (Saudável, Sem Gordura/Açúcar Adicionado, Sem Lactose, Vegan)
Para 1 pessoa

Ingredientes:
[  2 barrinhas de Weetabix (sem sabor)
[  200ml de leite (pode ser vegetal, para a versão vegan, ou sem lactose, para a versão sem lactose)*

Preparação:
| Desfazer grosseiramente os cereais para uma malga e cobrir com o leite.
| Levar a mistura ao microondas durante 2 a 3 minutos, até ficar com uma cor acastanhada/dourada.

*Recomendo usar uma mistura de leite e café, as papas ficam mesmo boas!



Esta receita é tão básica que mal se encaixa na designação, mas garanto-vos: quando têm de madrugar e qualquer minuto a mais a dormir é bem-vindo umas papas reconfortantes e rápidas são o pequeno-almoço ideal. 
Gosto muito e cada vez mais de Weetabix: é versátil, é delicioso e o rótulo não despoleta um AVC (ao contrário do de grande parte dos seus concorrentes diretos). Estas papas têm a medida perfeita, e além de serem cremosas e aconchegantes são personalizáveis: cacau, coco, café, especiarias, fruta ou frutos secos são apenas exemplos de entre a imensidade de experimentações possíveis em que o denominador comum é o quão boas são. 
(E são bastaaante boas.)
_________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por 1 dose)
Energia: 200kcal
Proteínas: 11.1g
Hidratos de Carbono: 26.4g 
-       Dos quais açúcares: 2.9g
Lípidos: 4.4g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 0.8g
Fibra:  5.0g
Sódio: 130mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a cerca de 200g, 1 dose ou a totalidade da receita). Foi calculada com leite de soja não adoçado da marca Alpro. Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. 
______________________________________________________________________

Comentários

  1. Que engraçada, pensei que mais ninguém comia weetabix sem ser o meu pai!!! Questionei-me várias vezes como eles mantinham aquilo na prateleira do super mercado. Pelo que vejo afinal o pai tem mais uma colega ;)
    Só para dar ideia: ele costuma juntar às papas os belos corn flakes. Diz que dá o toque crocante. eheheehe, beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Outro dia passou-me pela cabeça fazer! Mas depois desisti! Agora depois de ver essas percebo que podia ter seguido em frente! Vou experimentar mas nas minhas vou juntar mel ou fruta! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Avelã querida,
    Só de não levar gorduras e ser saudável, com certeza fa a alegria de muitos
    paladares!

    Beijos, ótimo fim de semana! ♥

    ResponderEliminar
  4. Como me sabia bem agora essa tacinha :)
    Beijinhos e bom fim de semana ...
    Guloso qb

    ResponderEliminar
  5. Adoro papas! Mais uma excelente sugestão!
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Essas papas parecem estar muito boas, vou ter de experimentar!! Beijinho

    ResponderEliminar
  7. Há tanto tempo que não como Weetabix! E adoro (= Tenho que experimentar isto!

    ResponderEliminar
  8. Confesso que só provei weetabix uma vez, achei que aquilo parecia palha e nunca mais lhes dei outra oportunidade. Agora ao olhar para as tuas papas e diversas sugestões de ingredientes a adicionar, estou tentada a dar-lhes uma nova oportunidade! :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  9. Não me safava com esse tipo de comida.
    Bom domingo!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  10. Parece que vieram a calhar com o meu post eheh! Nunca experimentei deste tipo, aliás só experimentei mesmo aquelas da Pura Vida da marca Pingo Doce e como disse não fiquei super fã delas sem qualquer toque de nada, só com água. Mas acho que vou testar com leite em vez de água, para ti resultou.

    Giveaway de um colar de 2 camadas com a Born Pretty ♥

    ResponderEliminar
  11. Sou como tu, só a palavra "papas" me incomoda. Traumas de infância, seguramente! Acho que jamais vencerei o trauma que se situa mais ou menos, ao nível da lampreia - nhaaaaac!!!!
    Passo!
    Sorry!
    Por mim o tal weetabix falia num instante!
    Boa semana.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Nunca tinha ouvido falar de tal coisa. O bom da blogoesfera é que uma pessoa só não aprende se não quiser:)

    http://todasreceitasbimby.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Ficou bom? Weetabix não me convence... :P
    Mas bom aspeto, lá isso tem!
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Olá avelã. Papas de aveia nunca fizeram parte da minha infância e é recente a minha paixão por elas, mas é uma paixão grande :-) Tanto que foi capaz de destronar o nestum que comia de vez em quando... Gosto das clássicas, feitas no fogão e com a típica casca de limão a canela. No entanto as tuas de banana são extremamente fofas e viciantes :-)
    Este post é capaz de me fazer olhar para as weetabix e as várias coisas que se podem fazer com elas, coisa que confesso nunca me despertou atenção nenhuma... Se bem que já fizeste umas panquecas e elas também tinham mesmo bom aspecto, se bem me lembro da imagem da torre!!! E como é de tão fácil confecção, com jeitinho acabo por me convencer. A experimentar! Beijinhos avelã.

    ResponderEliminar
  15. Nunca provei weetabix , mas o resultado final ficou com um aspecto delicioso!
    As papas de aveia nunca foram o meu forte até saborear em condições :) Parece esquisito mas é verdade, agora não passo sem elas :D
    Vai se lá perceber!!!!
    Beijinho e Boa Semana 🌷
    Cláudia L.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito . Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Po