Avançar para o conteúdo principal

Bolo de Spéculoos

 
Com quase dois meses de atraso, venho deixar a receita do bolo que fiz para o meu aniversário. Mais pequeno que o habitual, tendo em conta a situação pandémica na altura (nos últimos dois anos não tive muita sorte com o timing do meu dia de anos). Para compensar, fi-lo em modo *overdose de spéculoos*: spéculoos  alegram qualquer situação :D
O recheio foi improvisado à última da hora: tinha planeado fazê-lo com natas batidas e creme de spéculoos, mas aqueci o creme para ficar mais fluido e a temperatura fez com que as natas coalhassem. Fiquei sem o único pacote de natas que tinha, mas felizmente sou exagerada precavida e tinha meia dúzia de frascos do creme de barrar. Acabei por desenrascar um recheio misturando-o com o pudim de caramelo da Ehrmann como base, o que de resto prova a minha tese de que há poucas coisas que não se resolvam com um pudim de caramelo da Ehrmann :P
Foi tudo pelo melhor, porque ficou delicioso! Deixo a receita para que possam experimentar :) 





Bolo de Spéculoos
Adaptado daqui

Ingredientes:

Para o bolo
[  200g de creme de spéculoos (vejam a nota)
[  110ml de óleo vegetal
[  150g de açúcar
[  4 ovos
[  240g de farinha de trigo
[  1 colher de chá mal cheia de fermento

Para o recheio
[ 1 pudim proteico de caramelo (à temperatura ambiente; costumo encomendar na Primebody. O cupão cremedeavelas dá-vos 5% de desconto no site)
[  100g de creme de spéculoos 

Para a cobertura
[  100g de creme de spéculoos
[  3 bolachas spéculoos esmigalhadas

Preparação:

Para o bolo
| Bater o creme de spéculoos (200g) com o óleo vegetal e o açúcar durante cerca de 5 minutos, até que a cor aclare e o volume aumente.
| Acrescentar os ovos um a um, batendo a cada adição.
| Juntar a farinha e o fermento e incorporar com uma espátula.
| Colocar a massa em duas formas pequenas (usei umas com 17cm de diâmetro) untadas e enfarinhadas, ou forradas com papel vegetal.
| Levar ao forno pré-aquecido a 170 graus durante cerca de 40 minutos (podem fazer o teste do palito).
| Deixar os bolos arrefecer completamente sobre uma grade.

Para o recheio
| Aquecer o creme de spéculoos (100g) em banho-maria, para derreter e ficar com uma consistência fluida.
| Colocar o pudim num recipiente pequeno e mexer bem.
| Juntar o creme de spéculoos ao pudim, pouco a pouco e mexendo bem.

Para a montagem
| Colocar um dos bolos num prato. Se necessário, cortar o topo para ficar liso.
| Espalhar o recheio (pudim + creme de spéculoos) sobre o bolo.
| Colocar o outro bolo sobre o recheio. Se este não estiver consistente o suficiente para aguentar o peso, podem levar o primeiro bolo coberto com o recheio ao frigorífico antes de terminar a montagem.
| Cobrir com o creme de spéculoos (100g), novamente aquecido para dar para espalhar. Polvilhar com as bolachas esmigalhadas.

Nota: O creme que usei é um creme de barrar inspirado nas spéculoos, umas bolachas caramelizadas com especiarias tradicionais da Holanda (entre outros países). Eu usei um da Penotti, que comprei na Good After e há à venda nalgumas lojas Auchan; também há um da marca Lotus que está por vezes disponível na Flavers, na Glood ou nos supermercados Apolónia. O Lidl também costuma ter uns da marca Favorina pela altura do Natal. Eu usei a versão cremosa, mas a crocante deve resultar igualmente bem. 
Quanto às bolachas em si, existem na maioria dos supermercados - no Continente e Pingo Doce há da marca Lotus, no E. Leclerc, Auchan e Intermarché de marca branca, e o Aldi e o Lidl também costumam ter das marcas deles pela altura do Natal.



Ficou delicioso! Denso, mas fofinho e saboroso. O bolo em si não é tão doce quanto possa parecer, por isso equilibra a doçura do recheio e da cobertura e impede que o conjunto se torne enjoativo :)
Se são fãs de spéculoos, vale a pena experimentar! Também podem trocar o tema, usando por exemplo Nutella ou manteiga de amendoim em vez do creme de spéculoos em todas as componentes (bolo, recheio, cobertura). É fácil personalizar ao vosso gosto :D 

Comentários

  1. Um bolinho de abrir o apetite. :)
    Nunca provei creme de spéculoos. Fiquei curiosa. Sabe a bolacha?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se conhece as bolachas spéculoos, mas o sabor do creme é mesmo muito parecido! Sabe a bolachas caramelizadas com especiarias (gengibre, canela, noz-moscada,...). Lembra o Natal, é muito bom :D

      Eliminar
    2. Obrigada, vou experimentar.
      Com gengibre, canela e noz-moscada gosto de certeza.
      Realmente faz lembrar bolachinhas natalícias.
      Excelentes dicas neste blog, sempre com produtos “diferentes”. ;)

      Eliminar
    3. Vale a pena dar-lhes uma oportunidade!

      Obrigada - fico contente por saber que gosta das sugestões :D

      Eliminar
  2. Fã de spéculoos, aqui!
    Obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark , as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback . Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio . Mesmo as panquecas de abóbora , uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião). E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas. Apenas as fiz hoje, mas tive de p