Avançar para o conteúdo principal

Bolo de Spéculoos

 
Com quase dois meses de atraso, venho deixar a receita do bolo que fiz para o meu aniversário. Mais pequeno que o habitual, tendo em conta a situação pandémica na altura (nos últimos dois anos não tive muita sorte com o timing do meu dia de anos). Para compensar, fi-lo em modo *overdose de spéculoos*: spéculoos  alegram qualquer situação :D
O recheio foi improvisado à última da hora: tinha planeado fazê-lo com natas batidas e creme de spéculoos, mas aqueci o creme para ficar mais fluido e a temperatura fez com que as natas coalhassem. Fiquei sem o único pacote de natas que tinha, mas felizmente sou exagerada precavida e tinha meia dúzia de frascos do creme de barrar. Acabei por desenrascar um recheio misturando-o com o pudim de caramelo da Ehrmann como base, o que de resto prova a minha tese de que há poucas coisas que não se resolvam com um pudim de caramelo da Ehrmann :P
Foi tudo pelo melhor, porque ficou delicioso! Deixo a receita para que possam experimentar :) 





Bolo de Spéculoos
Adaptado daqui

Ingredientes:

Para o bolo
[  200g de creme de spéculoos (vejam a nota)
[  110ml de óleo vegetal
[  150g de açúcar
[  4 ovos
[  240g de farinha de trigo
[  1 colher de chá mal cheia de fermento

Para o recheio
[ 1 pudim proteico de caramelo (à temperatura ambiente; costumo encomendar na Primebody. O cupão cremedeavelas dá-vos 5% de desconto no site)
[  100g de creme de spéculoos 

Para a cobertura
[  100g de creme de spéculoos
[  3 bolachas spéculoos esmigalhadas

Preparação:

Para o bolo
| Bater o creme de spéculoos (200g) com o óleo vegetal e o açúcar durante cerca de 5 minutos, até que a cor aclare e o volume aumente.
| Acrescentar os ovos um a um, batendo a cada adição.
| Juntar a farinha e o fermento e incorporar com uma espátula.
| Colocar a massa em duas formas pequenas (usei umas com 17cm de diâmetro) untadas e enfarinhadas, ou forradas com papel vegetal.
| Levar ao forno pré-aquecido a 170 graus durante cerca de 40 minutos (podem fazer o teste do palito).
| Deixar os bolos arrefecer completamente sobre uma grade.

Para o recheio
| Aquecer o creme de spéculoos (100g) em banho-maria, para derreter e ficar com uma consistência fluida.
| Colocar o pudim num recipiente pequeno e mexer bem.
| Juntar o creme de spéculoos ao pudim, pouco a pouco e mexendo bem.

Para a montagem
| Colocar um dos bolos num prato. Se necessário, cortar o topo para ficar liso.
| Espalhar o recheio (pudim + creme de spéculoos) sobre o bolo.
| Colocar o outro bolo sobre o recheio. Se este não estiver consistente o suficiente para aguentar o peso, podem levar o primeiro bolo coberto com o recheio ao frigorífico antes de terminar a montagem.
| Cobrir com o creme de spéculoos (100g), novamente aquecido para dar para espalhar. Polvilhar com as bolachas esmigalhadas.

Nota: O creme que usei é um creme de barrar inspirado nas spéculoos, umas bolachas caramelizadas com especiarias tradicionais da Holanda (entre outros países). Eu usei um da Penotti, que comprei na Good After e há à venda nalgumas lojas Auchan; também há um da marca Lotus que está por vezes disponível na Flavers, na Glood ou nos supermercados Apolónia. O Lidl também costuma ter uns da marca Favorina pela altura do Natal. Eu usei a versão cremosa, mas a crocante deve resultar igualmente bem. 
Quanto às bolachas em si, existem na maioria dos supermercados - no Continente e Pingo Doce há da marca Lotus, no E. Leclerc, Auchan e Intermarché de marca branca, e o Aldi e o Lidl também costumam ter das marcas deles pela altura do Natal.



Ficou delicioso! Denso, mas fofinho e saboroso. O bolo em si não é tão doce quanto possa parecer, por isso equilibra a doçura do recheio e da cobertura e impede que o conjunto se torne enjoativo :)
Se são fãs de spéculoos, vale a pena experimentar! Também podem trocar o tema, usando por exemplo Nutella ou manteiga de amendoim em vez do creme de spéculoos em todas as componentes (bolo, recheio, cobertura). É fácil personalizar ao vosso gosto :D 

Comentários

  1. Um bolinho de abrir o apetite. :)
    Nunca provei creme de spéculoos. Fiquei curiosa. Sabe a bolacha?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se conhece as bolachas spéculoos, mas o sabor do creme é mesmo muito parecido! Sabe a bolachas caramelizadas com especiarias (gengibre, canela, noz-moscada,...). Lembra o Natal, é muito bom :D

      Eliminar
    2. Obrigada, vou experimentar.
      Com gengibre, canela e noz-moscada gosto de certeza.
      Realmente faz lembrar bolachinhas natalícias.
      Excelentes dicas neste blog, sempre com produtos “diferentes”. ;)

      Eliminar
    3. Vale a pena dar-lhes uma oportunidade!

      Obrigada - fico contente por saber que gosta das sugestões :D

      Eliminar
  2. Fã de spéculoos, aqui!
    Obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát