sábado, 27 de fevereiro de 2016

Bolo Alemão (Bolo de Fécula de Batata com recheio de Creme de Pasteleiro)


Como já disse, tenho uma tia especialmente versada nas artes de fazer sobremesas, com, como é óbvio, todos os benefícios que essa condição aporta - pudins perfeitos e infalíveis incluídos.
Quando pensava que a recriação de receitas de família tinha acabado (o pudim é a mais famosa e popular), começaram a chegar-me, distantes, relatos de um bolo alemão muito popular há umas décadas, feito pela mesma tia. Um bolo de várias camadas delicioso, especialmente fofo, feito com fécula de batata. Esses relatos, mal sabia eu, iriam lançar-me na segunda (e última... até agora. tan tan tan) procura por uma receita - Demanda por uma Sobremesa II: A Saga do Bolo Alemão, se preferirem. 
Não sei se a minha mãe e avó, que descreveram a receita, não foram propriamente fiéis ou rigorosas na descrição ou se a origem do nome 'Alemão' é interna, mas a tentativa de obter sugestões na internet foi infrutífera. Não encontrei nenhuma indicação de que um bolo com esse nome tivesse consensualmente fécula de batata ou um recheio em particular. 
Tentei averiguar mais. Perguntei sobre a cor do recheio, a textura, possíveis ingredientes e etc., mas as testemunhas revelaram-se inúteis (a sério, não se lembravam de rigorosamente nada!). Então, num beco sem saída, decidi fazer uma espécie de versão culinária de 'tratar os sintomas em vez da doença' - um bolo base com fécula de batata e recheio de creme de pasteleiro (que não era o original, mas pronto, toda a gente gosta de creme de pasteleiro e é nosso dever tirarmos vantagem disso). 
O procedimento revelou-se até bastante simples, e quando as pessoas provaram a opinião geral foi de clara aprovação. Mencionei então o facto de ser supostamente o bolo alemão da família, o que a maior parte das pessoas já sabia... Mas não uma delas, um terceiro conhecedor do bolo original. Questionado acerca da similaridade desta versão, respondeu e cito 'Qual, aquele às camadas? Era um bolo seco, barrado com manteiga. Este é muito melhor'.
E pronto, encerrou-se a questão do bolo alemão. Da melhor maneira, parece-me.







Bolo Alemão (Bolo de Fécula de Batata com recheio de Creme de Pasteleiro)
Creme de pasteleiro adaptado daqui
Bolo adaptado daqui

Ingredientes:

Para o creme de pasteleiro:
[  500ml de leite gordo ou meio gordo
[  1 colher de chá de extrato de baunilha (podem usar 1 vagem)
[  2 ovos
[  3 gemas
[  120g de açúcar
[  45g de amido de milho
[  40g de manteiga (sem sal, de preferência)

Para o bolo:
[  8 ovos
[  250g açúcar
[  150g de fécula de batata

Preparação:

Para o creme de pasteleiro:
| Ferver o leite com o extrato de baunilha e desligar o lume.
| À parte, misturar os ovos, as gemas, o açúcar e o amido de milho.
| Adicionar a mistura anterior ao leite (ainda no tacho), mexendo rapidamente.
| Levar de novo ao fogão, em lume baixo, mexendo sempre até a mistura engrossar (eu não gosto do creme muito espesso, especialmente neste bolo, mas depende da preferência).
| Adicionar a manteiga, misturando até que esta esteja derretida. Retirar o tacho do calor.
| Mexer até que fique cremoso (se tiver alguns grumos uns toques com a varinha mágica tornam-no logo homogéneo, não há problema), colocar num recipiente e cobrir com película aderente (a tocar na superfície do creme). Reservar no frio.

Para o bolo:
| Separar as gemas das claras.
| Utilizando uma batedeira elétrica, bater as gemas com o açúcar durante 15 minutos.
| Num outro recipiente, bater as claras em castelo, também com a batedeira elétrica (depois de lavar bem as pás).
| Adicionar as claras às gemas em pequenas quantidades de cada vez, envolvendo-as de forma delicada com uma espátula até que não restem mais.
| Peneirar poucas colheres de sopa de cada vez de fécula de batata para a mistura. Misturar bem e cuidadosamente a cada adição, ainda com a espátula e fazendo movimentos de baixo para cima, contemplando 'bolhas' de farinha e ar a que o preparado é particularmente propenso.
| Dividir a massa por duas formas redondas, de tamanho médio e forradas com papel vegetal e levá-las ao forno pré-aquecido a 180ºC, trocando os tabuleiros a meio do tempo (para que uma não coza mais que a outra, uma vez que estão em posições diferentes) e retirando após 20 a 30 minutos (quando estiverem cozidos).


Montagem:
| Colocar num prato grande uma das camadas bolo.
| Cobrir homogeneamente com cerca de 1/3 do creme de pasteleiro.
| Sobrepor a segunda camada de bolo, 'encaixando' na anterior, com o lado mais *esteticamente agradável* voltado para cima.
| Cobrir com o restante creme.



Este bolo, como seria de prever e a introdução indicia, foi aclamado pelos 'críticos'. Sempre que faço bolos com cobertura tipo 'frosting', em camadas e tipicamente americanos, acho que não valem o trabalho e que ficam um pouco enjoativos, sendo até a melhor parte o bolo e não o recheio, demasiado doce e sólido para que atinja uma consistência que o torne visivelmente aprazível, além de os elementos não combinarem bem.
Neste caso nada disso acontece: ambos se conjugam na perfeição - o bolo é fofo e de sabor simples, e o recheio tem uma textura suave e, perdoem o aparente pleonasmo (perceberiam o 'aparente' vendo algumas tentativas de creme de pasteleiro que já saíram da minha cozinha), cremoso, com tons deliciosos de baunilha.
Os ingredientes são todos elementares, e embora a preparação demore algum tempo é também ela muito simples. Já tinha feito há uns bons meses; entretanto fiz algumas modificações que tornaram o bolo ('bolo 2.0', se quiserem) bem melhor do que as 2 primeiras tentativas. Depois destes melhoramentos fiz duas vezes na mesma semana, obrigada pelo sucesso que não me permitiu tirar fotografias a fatias da primeira (estavam todas lindas de morrer, não sei como conseguem viver sem as ter visto :P), pelo que posso confirmar que é um sucesso infalível - mais especificamente, um sucesso infalível, fofo, docinho e muito delicioso :D

37 comentários:

  1. Pelo aspecto, deve ser mesmo uma delicia amiga...bem fofo e bem guloso q.b. bjokitas

    ResponderEliminar
  2. Outro dia estive para fazer essa receita do bolo. Mas andei, andei e acabei por escolher outra! Agora arrependo-me profundamente! Nem me tinha passado pela cabeça fazer creme, ia ser um bolo sem cremes e sem recheios, só com ovos, açucar e fécula! Preferi jogar pelo seguro, afinal o seguro morreu de velho! O que se esqueceram de dizer é que o seguro, apesar de ter morrido de velho, também teve muitas inseguranças! Mudei os planos e acabei por fazer outra coisa que nem de bolo devia ser chamado! Por isso da proxima vez não há como falhar e é este que vai sair! Com creme, ou não, logo se verá! Esse teu relato do bolo alemão faz-me lembrar o relato da minha mãe sobre o bolo francês que a minha tia fazia como ninguém! Bolo que tive a (in)felicidade de provar há uns anos e que, na minha modesta opinião, não é nada de especial! Sabes o que é que eu acho?! No tempo das nossas mães e das nossas avós não havia tanta variedade de doces como hoje em dia, por isso qualquer coisinha parecia uma maravilha! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Avelã, na história da minha vida figura um chamado Bolo Alemão, uma espécie de pão de ló recoberto de finas fatias de maçã caramelizadas por ação do calor do forno, oriunda do Livro de Pantagruel.
    Nada tem a ver com esta testada maravilha. Quero imenso experimentar. Ando , porém em comprovados exageros calóricos que exigem contenção. Para já guardo a recita. Que agradeço. Muito. Beijo

    ResponderEliminar
  4. Nunca tinha ouvido falar de bolo Alemão, mas claramente entre o bolo seco barrado com manteiga e este teu bolo, quero já uma fatia do teu, se faz favor! :D
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  5. Tem bom aspeto!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Um bolo fofo com um creme saboroso nunca deixa ninguém passar mal e é sempre sucesso garantido (e na minha opinião se for servido fresco ainda melhor). O teu está com um aspecto delicioso e podes me guardar uma fatia :D
    Beijinhos, se quiseres vem visitar-me em
    Gulosoqb.blogspot.pt
    Facebook.com/gulosoqb

    ResponderEliminar
  7. Um bolo com fécula de batata fica sempre muito fofinho, tipo pão-de-ló. Costumo fazer cá em casa. Para a próxima ponho este recheio. Deve combinar muito bem com o bolo.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  8. Eu adoraria pegar uma fatia dessa, Hum!
    Delícia!
    Bjss amiga

    ResponderEliminar
  9. Dos bolos mais simples e dos bolos que mais gosto, ficou com ótimo aspeto. Beijos

    ResponderEliminar
  10. Avelã,
    Bolo e cobertura perfeitos!
    A fécula de batata deixa os bolos super fofinhos, levo a receita, amei!

    Bjs ♥

    ResponderEliminar
  11. Olá Avelã :)
    Ficou divino! Já tão pouco se conféciona bolos com fécula de batata, que por vezes tenho dificuldade em encontrar e aí recorro ao Corte Inglês. Adorei a receita e o creme.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Ficou bem fofinho, tem todo o aspecto de se derreter na boca!
    Bjs
    Vanda

    ResponderEliminar
  13. parece ser uma delícia! Optima sugestão!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Querida, eu fico aqui me perguntando de onde vem esse talento todo que você tem em fazer e criar pratos que nos enchem os olhos eheheh Gostaria de ser sua vizinha...
    Beijo,
    Vandira

    ResponderEliminar
  15. Ficou com um aspecto delicioso!!!!!
    Bjs :)

    ResponderEliminar
  16. Este bolo está só de babar!! Fécula de batata deixa qualquer bolo super hiper mega fofo!!
    Está mesmo com um ar... hummmm! E claro, depois o creme, super guloso!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Que bolo fantástico. Humm... Até "cresce água na boca".
    Uma delicia!!

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. Bom dia, Avelã!
    Que bom que a sua versão se saiu melhor que o original! A aparência está muito boa.
    Quando era criança, a mãe fazia bolos que usavam fécula de batata na massa e ficavam muito saborosos. Já que eram todos recheados não se percebia a secura da massa.

    Abração esmagador e linda semana.

    ResponderEliminar
  19. Uau! Que aspecto tão fofinho o deste bolo!
    Fiquei literalmente a babar com essa cobertura a escorrer assim pelas bordas, hum! :)
    Beijinhos
    Ana Costa || www.petiscana.com

    ResponderEliminar
  20. Parece-me que é bem melhor que o às camadas barrado com manteiga :)
    Eheh!
    Ainda bem que o recriaste e que as testemunhas do antigo não souberam dizer-te como era na realidade!
    Saiu um bolo diferente e muito melhor!
    Adoro o bolo fofinho e com essa cobertura tentadora.
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  21. Bem que comia agora uma fatia desse bolo!!!

    Beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  22. Se o pudim da tua tia é muito bom, imagino o bolo que ela fazia :-) Esse bolo tem uma aspecto tão fofo, a massa parece nuvens, deve ser mesmo muito bom e o bolo só leva 3 ingredientes... Top!!! Simples mais simples não há :-) E esse creme de pasteleiro, embora mais demorado, tem um aspecto muito mais bonito que aqueles de compra cheios de corantes e afins... Ainda bem que publicaste a receita avelã. Maravilhoso.

    ResponderEliminar
  23. A minha mãe fala muito num bolo de fécula de batata que a minha avó fazia e era delicioso! Será o mesmo? Quando lá for, vou ver o livrinho que tem tudo apontado.
    Nunca provei um bolo com fécula...mas lá que tem bom aspecto tem!!! :)

    ResponderEliminar
  24. Mais uma vez arrancaste-me uma enorme gargalhada! Não sei se o teu bolo é igual ao original, mas lá que tem um aspecto delicioso ng pode negar! A essa receita de bolo que fazes eu chamo bolo de fécula. Tinha para lá apontado no caderno da avó. Normalmente faço em aniversários e dp recheio (mas n é com manteiga, credo! )
    beijinhos
    sara

    ResponderEliminar
  25. Eu adoroooooooo bolos de fécula, saborosos e tão fofos. E este está magnífico e bem guloso com esse creme... hummm ^_^
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  26. O bolo de fécula de batata traz-me grandes recordações! :-)
    Que boas sugestões por aqui.
    Beijinhos,
    Ana

    http://sopasamesa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  27. Faz tempo que não como bolo de fécula, é um dos bolos mais gostosos que já experimentei.

    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
  28. Está mesmo a pedir para ser trincado! :)

    ResponderEliminar
  29. descobri hoje o blog e parabéns, gostei muito! tens receitas muito boas fiquei fã e vou começar a seguir-te, beijinhos!

    ResponderEliminar
  30. Fiquei intrigada! Vou ver se encontro esse bolo, ainda que o teu já seja digno de legendárias demandas pelas futuras gerações na tua família ;)

    ResponderEliminar
  31. Eu não consigo. Assim não dá. Mais uma vez excelente aspecto.
    Tens mesmo aqui sempre receitas brutais =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  32. Este bolo deve estar um espanto. Já comi vários bolos com fécula de batata e sei que ficam muito fofos, mas eu nunca usei. Vou guardar a receita. Bjs

    ResponderEliminar
  33. Este é muito melhor :) acho que não é preciso dizer mais nada não é?
    Que bom, adoro este tipo de bolo!
    O que costumava fazer, era deste género super fofo, com o creme e com coco, uam maravilha. E o teu está essa maravilha de tão fofo.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  34. Deve ser muito bom este bolo, tenho que experimentar, beijinho

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...