Avançar para o conteúdo principal

Pudim Flan Proteico (Saudável, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)


Se antes tinha um ódio de estimação por gelatina, de tal forma que o cheiro me deixava enjoada (especialmente quando quente), num passado recente os meus gostos nesse campo deram uma volta de 180 graus.
Isto ocorreu em grande parte devido às gomas de fruta caseiras, que faço várias vezes por semana e consumo diariamente. Até acertar com a receita tive algumas 'fornadas' sofríveis que, confesso, custaram a acabar - mas depois de chegar à fórmula ideal nunca mais olhei para trás, e ando há meses viciada nas minhas gominhas, sem sinal de mudança à vista :) 
Desta forma, não é de estranhar que me veja encorajada a fazer mais experiências com gelatina entre os ingredientes. Ultimamente, e em particular depois do sucesso do leite creme proteico, andava com a ideia de fazer uma espécie de pudim flan instantâneo mesmo simples: apenas leite, whey e gelatina para solidificar.
Se por um lado me parecia que uma ideia tão simples estava a pedir para ser testada, por outro custava-me acreditar que uma coisa tão básica pudesse resultar tão bem. Afinal, quão bom podia ser um batido de whey gelificado? :P
Mas penso que já estão a imaginar o desenrolar da história: subestimei o potencial do batido gelificado. Experimentei hoje e só vos digo, não sei como é que não experimentei isto mais cedo - é uma das melhores, mais simples e mais interessantes receitas que fiz até hoje. E porque o tempo perdido já foi mais que suficiente, partilho-a hoje convosco, para que possam aproveitar tal maravilha ao máximo. E acreditem, querem definitivamente aproveitá-la :D





Pudim Flan Proteico (Saudável, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Ingredientes:
[  150ml de leite magro
[  20g de whey (usei e recomendo a de gelado baunilha da EU Nutrition, que tem um sabor particularmente adequado! Se quiserem encomendar, o cupão euavela15 dá-vos 15% de desconto e ofertas, tanto nos sacos de 500g como nos potes de 2kg. Os potes de 2kg costumam ter ofertas acumuláveis com o cupão :))
[  6g de gelatina neutra em pó*

Preparação:
| Aquecer o leite até ficar bem quente (sem ferver).
| Juntar a gelatina em pó aos poucos, batendo bem com uma vara de arames até esta estar dissolvida.
| Acrescentar a whey e bater novamente.
| Colocar a mistura numa forma pequena**. Se quiserem dar um toque especial e fazer com que desenforme mais facilmente, podem espalhar um pouco de caramelo líquido no fundo antes. Uns gramas chegam e dão logo outro toque ao pudim!
| Levar ao frigorífico até solidificar (demora pelo menos algumas horas).
| Desenformar para um prato e preservar no frio (ou comer logo, que é o mais sensato :P).

*Podem também usar gelatina neutra em folha, adaptando o procedimento. O peso deverá ser o mesmo; 6g corresponde habitualmente a cerca de uma folha de gelatina, mas depende da marca (podem ser até necessárias duas). Para dissolver, em primeiro lugar é necessário demolhá-la(s) em água fria de acordo com as instruções da embalagem - por norma 10-15 minutos são suficientes. Após este tempo, espremam bem a gelatina, coloquem num recipiente, e juntem-lhe em fio o leite bem quente (em vez do contrário como no caso da gelatina em pó), mexendo sempre para que derreta. Depois basta incorporar a whey como na versão acima: acrescentá-la e bater :)  
**Usei uma caneca de plástico da Tupperware que achei bem prática! A forma é particularmente adequada para um pudim, e desenformou muito bem :) Recebi-a da My Tup Love; podem encomendar na página de Facebook ou na conta de Instagram.



Podem, como eu à partida, questionar uma receita tão simples, mas vale mesmo a pena! É um pudim excecional - e acreditem que eu, enquanto fã número 1 de pudim, não digo isto com leveza :P
Fica bem cremoso, com uma textura que lembra os flans de pacote. Tem o sabor leve do leite, com o toque docinho e abaunilhado da whey, que é delicioso e autêntico (sem chegar a ser demasiado doce nem enjoativo).
Cobri-o com um pouco de caramelo líquido, porque pudim sem caramelo não é um verdadeiro pudim, e ficou ainda mais incrível :D
Tendo em conta que se prepara tão rapidamente e tem um perfil de macronutrientes quase bom demais para ser verdade, sem dúvida que vai ser regularmente repetido por aqui. Experimentem também e digam-me o que acharam!
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por um pudim)
Energia: 151kcal 
Proteínas: 27.4g 
Hidratos de Carbono: 8.5g 
-       Dos quais açúcares: 8.0g 
Lípidos: 0.8g
-          Dos quais hidrogenados: 0g
-     Dos quais saturados: 0.3g 
Fibra:  0.0g 

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a um pudim como o das fotos ou a totalidade da receita)Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. As doses consideradas são meramente exemplificativas; as porções reais devem ser adaptadas por cada um às suas necessidades pessoais.
____________________________________________________________________________

Comentários

  1. Bom aspecto! =)
    Ver se faço, tenho proteína em casa, de baunilha :P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Deu vontade de provar!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  3. Que bom aspeto.
    Tenho mesmo de ver se compro esses produtos para testar as tuas receitas e começar a fazer uma alimentação mais saudável.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.com/2020/03/creme-de-abobora-apimentado.html

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark , as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback . Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio . Mesmo as panquecas de abóbora , uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião). E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas. Apenas as fiz hoje, mas tive de p