Avançar para o conteúdo principal

Barrinhas de Cereais (Saudável, Sem Lactose)


Uma segunda receita de barrinhas de cereais, eu sei - isto vindo de quem há uns meses nunca tinha publicado uma receita deste género é algo inesperado. O que é que se pode fazer quando se é uma caixinha de surpresas, certo? :P
Desde que a EU Nutrition lançou a nova gama cereais que andava para fazer uma receita deste género com os cereais de mel (que são tipo cheerios, como dá para ver nas fotos). Acho sempre que os cheerios têm um ar adoravelmente festivo, e estes em especial são grandes e perfeitinhos; uns verdadeiros cereais-modelo, portanto. ;)
Sendo uma receita que não precisa de ir ao forno, não só é mais fácil de preparar como preserva a textura crocante dos cereais - e acreditem em mim quando digo que a dupla de texturas (a da parte tipo caramelo e a dos cereais) é qualquer coisa que merece mesmo ser preservada!




Barrinhas de Cereais (Saudável, Sem Lactose)
Adaptado daqui
Para 14 barrinhas

Ingredientes:
[  50g de cereais tipo cheerios (usei estes da EU nutrition; o cupão euavela15 dá-vos desconto + ofertas em encomendas no site)
[  120g de manteiga de amendoim suave (usei a da EU Nutrition; cupão euavela15,... já sabem a história :P)
[  120g de mel
[  2 colheres de sopa de leite (usei magro, mas pode ser qualquer um - incluindo vegetal, para a versão sem lactose)

Preparação:
| Colocar os cereais num recipiente médio e reservar.
| Num tacho pequeno, colocar a manteiga de amendoim e o mel.
| Levar a mistura ao fogão a lume médio/baixo, mexendo sempre, durante cerca de 5 minutos (no fim já deve começar a ferver).
| Retirar do fogão e adicionar o leite, mexendo vigorosamente.
| Juntar este preparado aos cereais e misturar bem. Colocar a mistura numa forma retangular pequena forrada com papel vegetal e levá-la ao frigorífico para solidificar (vejam abaixo mais detalhes sobre a conservação).
| Algumas horas depois, quando este tiver solidificado, cortar o preparado em barrinhas ou quadrados. Como disse, guardei no frigorífico, num recipiente hermético.



Quanto à preservação - eu coloquei as barras no frigorífico para solidificarem e depois também as guardei lá (num recipiente hermético), porque as fiz para comer em casa. Penso que nestas condições aguentam bem uma semana ou mais, mas não deu para testar porque desapareceram rápido :P 
Caso queiram usá-las como snack 'transportável', podem deixá-las solidificar à temperatura ambiente e embrulhá-las em película aderente (ou papel de prata) depois de cortar - não testei, mas parece-me que ficariam suficientemente sólidas e aguentariam uns dias. No entanto, mesmo embrulhadas em película aconselho-vos a guardarem as barrinhas num recipiente hermético, e apenas as tirar de lá quando saírem de casa, por exemplo.
Agora ao nível do sabor, não costumo usar negrito mas acho que se justifica o uso neste caso: as barrinhas ficaram maravilhosas (ainda fui mais além - negrito e itálico, só para verem o quanto gostei desta receita!). Eu não sou muito pessoa de barras de cereais (comia muitas em crianças, se calhar enjoei permanentemente :P), mas estas são mesmo um vício! A combinação de manteiga de amendoim com mel é incrível, e a dupla desse sabor e da textura tipo caramelo com pedacinhos crocantes (=cereais) pelo meio é ainda melhor. Para quem não gosta de mel, não usem essa desculpa - eu também não sou fã e não acho que se note o sabor, apenas dá um toque doce que, caso não tenha referido, combina na perfeição com a manteiga de amendoim... ;)
Claro que a nível de macronutrientes não é um snack fenomenal - tem pouca proteína e bastantes hidratos e gordura. No entanto, não é pior do que, por exemplo, uma barra de cereais de supermercado - e estas têm a vantagem de os ingredientes serem pouco processados, e de serem muito melhores (alerta subjetividade) :P
De resto, uma barrinha acaba por não ter grande representatividade na alimentação: se combinada com alimentos mais 'ricos' e adaptada às vossas necessidades, esta receita pode perfeitamente fazer parte de uma alimentação saudável (pelo menos na minha visão) :)
Desculpem lá o textão, uma pessoa entusiasma-se a falar de barras de cereais deliciosas e depois é isto :P
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por uma barrinha)
Energia: 92kcal
Proteínas: 3.0g
Hidratos de Carbono: 11.3g 
-       Dos quais açúcares: 8.3g
Lípidos: 4.4g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 0.8g
Fibra:  0.9g
Sódio:  20mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 barrinha ou 1/14 da receita). Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real.
____________________________________________________________________________

Comentários

  1. Opá tão giras =)
    Sim, a comida para mim também é gira e fofa =P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha e parece ser super fácil de fazer!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark, as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback.
Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio.
Mesmo as panquecas de abóbora, uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião).
E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas.
Apenas as fiz hoje, mas tive de publicar rapidamen…

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito. Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Por muito…

Pudim Flan Proteico (Saudável, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Se antes tinha um ódio de estimação por gelatina, de tal forma que o cheiro me deixava enjoada (especialmente quando quente), num passado recente os meus gostos nesse campo deram uma volta de 180 graus. Isto ocorreu em grande parte devido às gomas de fruta caseiras, que faço várias vezes por semana e consumo diariamente. Até acertar com a receita tive algumas 'fornadas' sofríveis que, confesso, custaram a acabar - mas depois de chegar à fórmula ideal nunca mais olhei para trás, e ando há meses viciada nas minhas gominhas, sem sinal de mudança à vista :)  Desta forma, não é de estranhar que me veja encorajada a fazer mais experiências com gelatina entre os ingredientes. Ultimamente, e em particular depois do sucesso do leite creme proteico, andava com a ideia de fazer uma espécie de pudim flan instantâneo mesmo simples: apenas leite, whey e gelatina para solidificar. Se por um lado me parecia que uma ideia tão simples estava a pedir para ser testada, por outro custava-me acre…