Avançar para o conteúdo principal

Preparação de Refeições #14 - Rolo de Peru e Vegetais Assados com Trigo Sarraceno



Mais um post de preparação de refeições :) Depois de tantos já nem sei bem o que dizer para introduzir, mas constatar o óbvio resulta sempre :P

Novamente, já ficaram com uma ideia do que fiz para esta semana na quarta-feira, quando publiquei a receita do rolo de peru. Hoje venho partilhar a fotografia dos tupperwares da praxe, algumas fotos do procedimento e o modo de preparação dos vegetais :)

Tudo pronto para ir ao forno
Pensei em fazer qualquer coisa com carne para esta semana, porque não fazia há algum tempo, mas ainda tive de pensar um bocado porque não sou muito boa a inventar receitas com carne. Quando muito costumo fazer um bife grelhado :P

Depois lembrei-me dos rolos de peru; como disse, estive à procura de *inspiração*, e quando vi os recheados com ovo foi amor à primeira vista. Ainda me lembrei de colocar espinafres no meio, para dar mais cor :)

Ficaram mesmo bons!
Foi mais fácil de fazer do que esperava, e ainda superou expectativas tanto a nível de sabor como de aparência :)

Antes de enrolar
Caso nunca tenham feito, experimentem. Se mesmo eu, que sou um desastre a enrolar coisas (é um defeito um pouco específico, mas adequado - sou uma destruidora de tortas profissional :P), consegui, vocês também conseguem :)

Já todos enrolados, e no tabuleiro

Com mostarda por cima

Queijo, claaaro :D

Quando saíram do forno < 3
A mostarda que usei
 Já tinha referido no post da receita que a mostarda era do E. Leclerc, e que tinha uma lista de ingredientes interessante. Podem confirmar:


A nível de sabor e textura achei muito boa! Não coloquei muita para não ficar enjoativo, mas dá um toque agradável :)

Os vegetais :)
Desta vez assei brócolos e feijão verde. Antes embirrava um bocadinho com o feijão verde, mas ultimamente ando fã!

Depois de saírem do forno e misturados com o trigo sarraceno
Mais alguém fica triste por os vegetais ficarem com uma cor muito mais feia depois de irem ao forno? :P

Para preparar esta parte, apenas levei os vegetais ao forno (temperados com azeite, sal, manjericão e orégãos) e quando estavam prontos retirei-os e misturei o trigo sarraceno cozido.

Como tinha cozido o trigo sarraceno no dia anterior (e por isso estava frio), depois de o juntar ao tabuleiro levei-o mais uns minutos ao forno para aquecer. Isto porque, para além de estar a adiantar as refeições dos dias seguintes, a comida também me serviu de jantar naquele dia - caso apenas estejam a preparar para os dias seguintes, claro que podem misturar o trigo sarraceno cozido frio com os vegetais e colocar diretamente em tupperwares.

O trigo sarraceno que usei
É um produto da Origens Bio; a marca ofereceu-me e tenho gostado de usar, até porque nunca tinha experimentado antes. É interessante para variar dos mesmos acompanhamentos de sempre, e assim como o millet fica muito bem misturado com vegetais assados!

Caso queiram adquirir o produto, podem fazê-lo no site com 10% de desconto se usarem o meu cupão, cremedeavelas. Para preparar, é só mesmo cozer com o dobro do volume em água (temperada com sal). Fica pronto em 10-15 minutos :)

Tudo pronto, para finalizar o post

E o exemplo de um prato :)
Algumas pessoas perguntara-me se os ovos não se estragariam ao longo da semana. Por acaso desta vez acabei a comida mais cedo, na quinta-feira, mas ainda assim foram uns 3 dias e não se estragou nada. Pelo que eu vi, as recomendações de limite de consumo para ovos cozidos e sem casca no frigorífico rondam os 5 dias, que ainda é um prazo aceitável para quem prepara refeições para 5 dias úteis, por exemplo!

E é isto. Espero que tenham gostado da sugestão :)

Comentários

  1. Que maravilha!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  2. Que maravilhosas sugestões!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Bolo de Spéculoos

  Com quase dois meses de atraso, venho deixar a receita do bolo que fiz para o meu aniversário. Mais pequeno que o habitual, tendo em conta a situação pandémica na altura (nos últimos dois anos não tive muita sorte com o timing do meu dia de anos). Para compensar, fi-lo em modo *overdose de spéculoos*: spéculoos  alegram qualquer situação :D O recheio foi improvisado à última da hora: tinha planeado fazê-lo com natas batidas e creme de spéculoos, mas aqueci o creme para ficar mais fluido e a temperatura fez com que as natas coalhassem. Fiquei sem o único pacote de natas que tinha, mas felizmente sou  exagerada  precavida e tinha meia dúzia de frascos do creme de barrar.  Acabei por desenrascar um recheio misturando-o com o pudim de caramelo da Ehrmann como base, o que de resto prova a minha tese de que há poucas coisas que não se resolvam com um pudim de caramelo da Ehrmann :P Foi tudo pelo melhor, porque ficou delicioso! Deixo a receita para que possam experimentar :)  Bolo de Spécul

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát