Avançar para o conteúdo principal

Preparação de Refeições #16 - Bolinhos de Bacalhau e Arroz Salteado com Vegetais



Pensei em não preparar refeições para a semana que passou, visto que estou de férias - no entanto, como tenho de estudar dá-me imenso jeito ter pelo menos uma refeição por dia pronta, e acabei por fazê-lo na mesma. Não me arrependi, pelo contrário: deu imenso jeito ter a comida para aquecer, e acabei por poupar o tempo que passaria a pensar e preparar refeições individualmente.

Além disso, assim tive a oportunidade de preparar refeições algo natalícias, com bacalhau :P Não tinha propriamente esse objetivo, mas já andava com a ideia de fazer uns pastéis de bacalhau saudáveis há algum tempo e nesta altura há sempre bacalhau em promoção, por isso foi uma boa oportunidade para experimentar!

Versão pré-tupperwares, bastante mais charmosa
Embora tenha um sabor forte, não acho que as refeições semanais que já preparei com bacalhau tenham ficado mais enjoativas que as outras - pelo contrário, tanto as refeições desta semana como as de pataniscas com arroz de espinafres ficaram entre as minhas preferidas.

A propósito, criei um separador no blog com as sugestões que tenho deixado todos os domingos - podem vê-lo carregando aqui, ou no separador acima que diz ‘Preparação de Refeições’. Estão separadas em carne, peixe e vegetariano. Penso que assim será mais fácil aceder aos posts :)

Mas continuando...

Close-up dos bolinhos de bacalhau
Já publiquei a receita dos bolinhos (está aqui), porque foi mesmo um sucesso e tenho a certeza que vou fazer mais vezes.

A 'massa', antes de formar os pastéis
Como disse quando partilhei a receita, achei-a muito prática para preparar em grande quantidade, visto que é só colocar porções *mais ou menos* direitinhas de massa no tabuleiro e levar ao forno. Além disso, claro que não sendo fritos são uma melhor opção a nível nutricional, especialmente servindo eles para várias refeições seguidas (seria um pouco exagerado comer vários pastéis fritos todos os dias durante uma semana).

A nível de procedimento também são bastante simples; poderiam ser ainda mais se não tivesse feito o refogado (e juntasse o bacalhau cozido diretamente), mas não seriam tão bons e a minha avó deserdar-me-ia #weallloverefogados 

Antes de irem ao forno

Depois
Não menos importante:

Arroz salteado com vegetais
Não publiquei a receita num post separado porque achei que não valia a pena, sendo tão simples, mas ficou muito bom também, com um sabor oriental delicioso! Vou dizer rapidamente como fiz, para quem quiser saber.

Primeiro bati um ovo e mexi-o num pouco de azeite no wok, retirei-o e reservei-o numa malga. No mesmo wok coloquei cebola, cenoura e alho picados e salteei em azeite; passado algum tempo juntei pimentos (usei os mini coloridos do Lidl) às tiras e espargos aos pedaços e deixei saltear também. Depois juntei ervilhas (congeladas), e por fim arroz integral previamente cozido. Quando já estava tudo pronto adicionei o ovo previamente mexido e um pouco de molho de soja e molho de ostra e salteei mais um pouco :)

Não adicionei sal porque achei que os molhos eram o suficiente (embora apenas tenha usado uma colher de sopa de cada - não gosto de sabores muito fortes, especialmente sendo o arroz para tantos dias).

O arroz integral que usei foi este:



É pré-cozido, que é o único arroz integral que uso agora porque o normal demora séculos a cozer e não há paciência que aguente :P Além disso, este fica sempre soltinho:


Quando usava do 'não pré-cozido' muitas vezes ficava melado, mas com este não me acontece isso :) 

Adicionei-o ao salteado frio, porque o cozi previamente e deixei no frigorífico. Este tipo de salteado acaba por ser uma boa opção se são daquelas pessoas que têm sempre arroz cozido no frigorífico mas se fartam de comer sempre o mesmo :)

Quanto aos molhos que usei, foram estes:


Comprei ambos no E. Leclerc. Molho de soja no geral acho que toda a gente conhece, mas achei este particularmente bom a nível nutricional:



Normalmente os molhos de soja têm bastantes mais hidratos de carbono e açúcares, bem como, consequentemente, calorias. Este nesse aspeto é interessante! A nível de sabor também ficou aprovado - eu não costumo usar molho de soja, por isso não sou a melhor pessoa para avaliar, mas gostei :)

Quanto ao molho de ostra, não é tão bom a nível nutricional:



Já é bastante mais rico em calorias e açúcares, e a lista de ingredientes também é bem mais extensa. De qualquer modo, usei 1 colher de sopa para o salteado inteiro, que serviu para 5 refeições (para mim, e mais 5 para a minha irmã), por isso como podem ver a quantidade que ingeri por dia acabou por não ser nada de especial! E foi o suficiente para dar um sabor diferente/interessante ao arroz :)

E para terminar: *o prato*
Foi o meu almoço de quase todos os dias da semana que passou, e ficou sempre ótimo, mesmo aquecido :) Como disse, deu bastante jeito não ter de me preocupar a fazer o almoço ao longo da semana, e fiquei com mais tempo para procrastinar fazer bolos ver vídeos de prensas hidráulicas a esmagarem coisas tirar fotografias aos meus gatos em posições engraçadas estudar. ;)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark, as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback.
Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio.
Mesmo as panquecas de abóbora, uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião).
E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas.
Apenas as fiz hoje, mas tive de publicar rapidamen…

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito. Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Por muito…

Pudim Flan Proteico (Saudável, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Se antes tinha um ódio de estimação por gelatina, de tal forma que o cheiro me deixava enjoada (especialmente quando quente), num passado recente os meus gostos nesse campo deram uma volta de 180 graus. Isto ocorreu em grande parte devido às gomas de fruta caseiras, que faço várias vezes por semana e consumo diariamente. Até acertar com a receita tive algumas 'fornadas' sofríveis que, confesso, custaram a acabar - mas depois de chegar à fórmula ideal nunca mais olhei para trás, e ando há meses viciada nas minhas gominhas, sem sinal de mudança à vista :)  Desta forma, não é de estranhar que me veja encorajada a fazer mais experiências com gelatina entre os ingredientes. Ultimamente, e em particular depois do sucesso do leite creme proteico, andava com a ideia de fazer uma espécie de pudim flan instantâneo mesmo simples: apenas leite, whey e gelatina para solidificar. Se por um lado me parecia que uma ideia tão simples estava a pedir para ser testada, por outro custava-me acre…