Avançar para o conteúdo principal

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)


Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas.
Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark, as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback.
Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio.
Mesmo as panquecas de abóbora, uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião).
E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas.
Apenas as fiz hoje, mas tive de publicar rapidamente a receita porque sei que vocês precisam dela nas vossas vidas. Acreditem, mesmo que não achem que precisam, eu garanto-vos - precisam. Por isso façam, e agradeçam-me depois. ;)





Panquecas de Queijo Fresco (com Claras) (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)
Adaptado daqui
Para cerca de 14 panquecas

Ingredientes:
[  200ml de claras de ovo (cerca de 6 claras)
[  80g de farinha de aveia (certificada sem glúten para a versão sem glúten)
[  3 queijos frescos médios (de 62.5g cada um)
[  1 colher de chá de mel (cerca de 10g; podem aumentar se quiserem as panquecas mais doces, ou omitir caso contrário)
[  25ml de leite (usei magro, mas pode ser qualquer um)
[  1 colher de chá de fermento em pó

Preparação:
| Triturar bem todos os ingredientes (claras, farinha de aveia, queijo fresco, mel, leite e fermento em pó).
| Aquecer uma frigideira antiaderente no fogão a lume baixo. Quando estiver quente, colocar nela porções de massa (usando uma colher de sopa, por exemplo).
| Quando as bordas começarem a ter um aspeto cozinhado, virar as panquecas cuidadosamente com uma espátula. Deixar cozinhar do outro lado.
| Repetir o procedimento até acabar a massa.



Não sei se dá para reparar, mas fiquei mesmo assoberbada com esta receita de panquecas. Os ingredientes são tão simples que vendo apenas a receita 'ninguém dava nadas por elas', mas acreditem em mim quando digo que são a melhor coisa que comi nos últimos tempos! Não sabem a 'integral' nem têm uma textura nada pesada, pelo contrário: são ligeiramente húmidas e surpreendentemente fofas. Como a massa é espessa as panquecas ficam altas, o que ainda torna a textura ainda melhor!
O sabor é ótimo também, leve e muito viciante. Não sabem a aveia nem nada do género - se as provasse sem saber diria que eram panquecas tradicionais, feitas com açúcar e farinha branca (mas melhores :P).
A sério,  façam-nas. Têm todo um fim-de-semana pela frente, e acreditem - o melhor uso que podem possivelmente dar-lhe é experimentar as melhores panquecas das vossas vidas. ;)
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por uma panqueca)
Energia: 38kcal 
Proteínas: 3.8g 
Hidratos de Carbono: 4.3g 
-       Dos quais açúcares: 0.8g 
Lípidos: 0.5g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 0.1g 
Fibra:  0.6g 

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 panqueca ou 1/14 da receita). Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. 
____________________________________________________________________________

Comentários

  1. Eu amo panqueca! Estas parecem deliciosas!

    nicenessbeauty.com

    ResponderEliminar
  2. De aspecto estão brutais.
    De consistência, devem ficar mesmo leves, muito bom =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. ficaram lindas!

    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.com/2019/02/robalo-grelhado-com-legumes-vapor.html

    ResponderEliminar
  4. Que deliciosas panquecas.....a fazer...bjs

    ResponderEliminar
  5. Bom dia
    Aconselha substituir os queijos frescos por Quark? Se sim, mantenho a quantidade?
    Muito obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia!

      Sim, diria que o ideal será usar o mesmo peso de quark. No entanto, sendo este mais líquido, a massa não ficará tão consistente - talvez seja melhor omitir o leite, e ainda assim penso que a textura não será a mesma. Em consequência, talvez as panquecas fiquem um pouco mais baixinhas, mas tenho a certeza de que ficarão boas na mesma. Se possível, recomendo usar um quark bem espesso - o do Aldi, por exemplo, parece-me particularmente adequado :)

      Em alternativa, tenho esta receita com queijo quark: http://cremedeavelas.blogspot.com/2017/02/panquecas-de-aveia-com-queijo-quark.html

      Se optar por essa, as panquecas ficarão mais parecidas com as originais, cujas fotos estão no post. Mas continuarão a ser mais fininhas do que estas com queijo fresco, como acho que dá para perceber pelas fotos!

      Caso experimente alguma das sugestões, espero que goste :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Bolo de Spéculoos

  Com quase dois meses de atraso, venho deixar a receita do bolo que fiz para o meu aniversário. Mais pequeno que o habitual, tendo em conta a situação pandémica na altura (nos últimos dois anos não tive muita sorte com o timing do meu dia de anos). Para compensar, fi-lo em modo *overdose de spéculoos*: spéculoos  alegram qualquer situação :D O recheio foi improvisado à última da hora: tinha planeado fazê-lo com natas batidas e creme de spéculoos, mas aqueci o creme para ficar mais fluido e a temperatura fez com que as natas coalhassem. Fiquei sem o único pacote de natas que tinha, mas felizmente sou  exagerada  precavida e tinha meia dúzia de frascos do creme de barrar.  Acabei por desenrascar um recheio misturando-o com o pudim de caramelo da Ehrmann como base, o que de resto prova a minha tese de que há poucas coisas que não se resolvam com um pudim de caramelo da Ehrmann :P Foi tudo pelo melhor, porque ficou delicioso! Deixo a receita para que possam experimentar :)  Bolo de Spécul

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát