sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Bolo Rainha

Há uns anos viciei nas músicas dos Queen, algum tempo depois de comprar o meu primeiro MP4 (ainda vive) e começar a ligar mais à música no geral. Conhecia os títulos mais famosos da banda, claro (não há ouvido pelo qual a We Will Rock You e a We Are The Champions não tenham passado), mas nunca tinha explorado outros. 
Depois entusiasmei-me, com direito a tudo o que alguém aficcionado pela banda faz: elaborei a minha própria interpretação detalhada da Bohemian Rhapsody, vi várias vezes o concerto de Montreal que está sempre a passar num canal recôndito da Meo, tentei explorar e interessar-me pela carreira a solo do Freddie Mercury e do Brian May (não consegui), apercebi-me de que a banda piorou imenso na transição dos anos 70 para os anos 80, perguntei-me porque é que a The March of The Black Queen era tão subvalorizada, vi com entusiasmo o episódio do Family Guy dedicado ao álbum A Night at The Opera, fiquei a par de toda a história com o manager Norman Sheffield através de todas as músicas de ódio escritas contra ele e até escolhi as minhas preferidas entre estas últimas (são a Flick of The Wrist e a Death on Two Legs, já agora).
Eventualmente o entusiasmo desvaneceu, e a falta de espaço no meu MP4 (já sabem que é velhinho) levou-me até a apagar grande parte das músicas da banda (eram perto de cem e não me orgulho disso). Passei para uma fase de desvalorizar os Queen (talvez o símbolo horrendo e o efeito dos anos 80 nas músicas tenham ajudado), enquanto, claro, viciava noutras bandas em jeito de substituição.
Entretanto recuperei algum do entusiasmo e atingi alguma estabilidade na minha relação com a banda: não acho que seja genial ou que mereça o título de melhor banda de sempre, mas as músicas (pelo menos as pré-1980) conseguem ter melodias fantásticas - e não há quem não adore o resultado da influência do gospel.
Como se isto não chegasse, há este bolo rainha: não há homónimo de um bolo assim que não seja merecedor da minha admiração :)





Bolo Rainha
Adaptado daqui

Ingredientes:
[  150ml de leite
[  70g de manteiga
[  Raspa de 1 limão
[  Raspa de 1 laranja
[  70g de açúcar
[  3 gemas
[  10g de fermento de padeiro seco
[  25ml de sumo de laranja
[  40ml de vinho do Porto
[  400g de farinha (branca e sem fermento)
[  1 pitada de sal
[  100g de pinhões
[  100g de nozes
[  100g de amêndoas
[  Frutos secos (para a decoração)
[  1 gema diluída com uma colher de sopa de água (para a decoração)
[  Geleia (para a decoração)
[  Açúcar em pó (para a decoração)

Preparação:
| Colocar o leite e a manteiga num recipiente grande e levá-lo ao microondas até que a manteiga derreta e a mistura fique quente ao toque (sem queimar).
| Mexendo sempre com um fouet (ou um garfo), juntar ao leite com manteiga a raspa de limão e de laranja, o açúcar, as gemas, o fermento de padeiro, o sumo de laranja e o vinho do Porto.
| Juntar a farinha aos poucos e a pitada de sal. Assim que o preparado comece a ficar menos pegajoso e mais moldável (se necessário podem juntar mais farinha), transferi-lo para uma bancada enfarinhada e amassá-la durante 10 minutos.
| Formar uma bola com a massa e colocá-la num recipiente limpo. Cobrir o recipiente com um pano e deixar levedar num sítio quente (costumo colocar no forno pré-aquecido a 50 graus e desligado) durante 3 horas.
| Findo este tempo, amassar a massa durante mais 5 minutos e por fim envolver nesta os frutos secos partidos grosseiramente. Formar uma coroa/rosca e transferi-la para um tabuleiro forrado com papel vegetal, colocando uma lata (também forrada com papel vegetal; qualquer lata redonda de conservas serve) no centro para que o buraco central não 'feche' com o crescimento da massa.
| Decorar o bolo com frutos secos, cobri-lo com um pano e levá-lo a levedar mais 2 horas num local quente (coloquei novamente no forno pré-aquecido a 50 graus e desligado).
| Ao fim das duas horas, pincelar o bolo com a gema diluída com água e levá-lo ao forno pré-aquecido a 180 graus durante cerca de 25 minutos, ou até que cresça e fique cozido dourado.
| Pincelar o bolo com geleia (para que fique brilhante) e polvilhá-lo com açúcar em pó assim que este saia do forno.

(Ainda não há fotos de fatias porque também foram todas com o incidente do iPad. Quando fizer de novo publico.)

Este bolo foi um tremendo sucesso! Apesar de o bolo rei tradicional ser apreciado por muita gente, este é (para mim) muito melhor: primeiro porque frutos cristalizados são horríveis, e depois porque fica meeesmo fofinho! Com imensos frutos secos pelo meio fica estupidamente delicioso. É daquelas receitas tradicionais que nunca se pensa que vão dar resultados tão bons como os das pastelarias já versadas nesta arte, mas acreditem em mim, vai - claro, uma fatia ainda quentinha convencer-vos-á muito melhor do que eu. E digam lá que não é um bolo majestoso :P 

22 comentários:

  1. Também gosto muito de Queen, as músicas são óptimas e a voz dele era majestosa, mas não chego aos teus pés em relação ao conhecimento! :P O teu bolo rainha está de babar, que óptimo aspecto. Eu não gosto de bolo rei (odeio frutas cristalizadas) mas adoro bolo rainha. :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  2. Minha querida! É majestoso sim senhora! Muito mais bonito do que alguns que vemos em pastelarias. Eu prefiro o Rei, confesso, mas o rainha também é muito bom! E esse deve mesmo ser fenomenal! Quem me dera poder comer uma fatia! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Ora bem que bolinho incrível!! Estou mesmo muito tentada a experimentar este pedaço de mau caminho, sim senhora! Ora então seguem perguntas pertinentes:
    Que tipo de geleia usas?
    O fermento seco de padeiro é aquele que são tipo bolinhas? :P (sou bué experiente eu. nota-se!)

    Obrigada ^^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá (e desculpa pela demora na resposta)!

      Costumo usar geleia de marmelo, que é a mais comum. A que uso é bastante líquida, mas se for um pouco mais consistente podes colocar uns segundos no microondas para ser mais fácil espalhar :) Na falta de geleia mel também serve!

      O fermento é esse mesmo, vem numas saquetas e é vendido por várias marcas (condi, fermipan, vahiné...). Às vezes também lhe chamam fermento biológico!

      Haha, até os melhores tem dúvidas! Beijinhos :)

      Eliminar
  4. Boa noite. Adoro o seu blog :). Já experimentei algumas das suas receitas. O bolo de amêndoa saudável é um dos meus favoritos e tem sido o meu grande aliado no pequeno-almoço. Como sou intolerante à lactose e ao glúten, gostaria de saber se já experimentou fazer o bolo rainha com farinhas sem glúten. Muito obrigada pela partilha de receitas e experiências.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia :D

      Agradeço imenso as palavras, fiquei tão contente! Relativamente ao bolo rainha, já cheguei a tentar fazê-lo com uma mistura de farinhas (espelta, centeio, aveia,...) mas nunca retirei o trigo por completo :/ Qualquer dia vou ver se experimento, se correr bem digo qualquer coisa...

      Beijinhos!

      Eliminar
    2. Bom dia! Muito obrigada pela resposta.
      Fico a aguardar ansiosamente :)
      Beijinhos
      Ana Vicente

      Eliminar
  5. O que me agrada em bandas como a do Queen é que conseguiram fazer musicas que atravessam gerações e conseguem continuar a despertar interesse. :)
    Esse bolinho está lindo! Já cheira a Natal! :)
    Beijinhos
    www.petiscana.com

    ResponderEliminar
  6. Ai que bom aspeto...quero experimentar!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  7. Está muito bonito o bolo e o natal é tempo de paz;)

    ResponderEliminar
  8. Adoro, adoro, adoro!
    Comi o ano passado um com doce de gila... Ai Jesus.

    Se tiver tempo é um must do! =D

    Beijocas

    ResponderEliminar
  9. Ai Jesus... este bolo rainha ficou cá com um aspecto!! De babar!!
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Ficou lindíssimo!!! <3
    Beijinho

    Blogue Recanto com Tempero

    ResponderEliminar
  11. Contrariamente à Elisabete eu gosto mais do bolo rainha eheheh Talvez porque prefiro bolos sem as típicas frutas cristalizadas. O teu bolo rainha ficou fantástico, foi algo que nunca me lembrei de fazer, mas vendo a tua receita fiquei com imensa curiosidade!!

    De aprendiz a chef

    ResponderEliminar
  12. Ainda hoje é das minhas bandas de eleição e ouço o saudoso Freddie muitas vezes. Achei piada à introdução para este fabuloso bolo. Ao contrário de ti, adoro fruta cristalizada. O bolo de Natal típico dos Açores é feito com ela. No entanto este bolo rainha deve ser também delicioso. pois também gosto muito de frutos secos.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  13. Você tem bom gosto querida, eu tbm adoro as músicas do Queen!
    Esse bolo é rico e com certeza só pode ter ficado delicioso!

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
  14. O teu bolo rainha está lindo, eu cá não sou esquisita e gosto da família real toda, não discrimino ninguém :D :D :D
    Embora tenha cá em casa uma receita que sai todos os anos, gostei da tua lista de ingredientes e se me garantes que é mesmo fofinho, vou aventurar-me com este no natal ;)

    ResponderEliminar
  15. Adoro bolo rainha...mais até do que bolo rei.

    Vou registar a tua receita.

    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  16. Eu cresci com os Queen pq eram a banda favorita da minha tia que ainda tem os álbuns todos em vinil! Gostei deste bolo, eu como adoro fruta cristalizadas nunca me virei para o bolo rainha, mas o teu parece uma delicia!

    ResponderEliminar
  17. Que bom aspecto :)
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...