Avançar para o conteúdo principal

Produtos #39 - Skyr do Continente


Há uns tempos foram lançados estes iogurtes skyr da marca própria do Continente e pensei que tinham potencial - além de serem mais baratos do que os de marcas como a Arla, estão disponíveis em vários sabores e os de fruta não têm muito açúcar (embora seja questionável se os adoçantes são uma melhor opção).

Quando fui ao Continente trouxe um de cada sabor para experimentar (e vários dos naturais), mas... Confesso que não fiquei fã de nenhum :P


Foi a primeira vez que um skyr não me agradou (embora, claro, goste sempre de uns mais do que de outros). A textura é estranha, não é propriamente cremosa nem tão densa como é costume... E o sabor também não é nada de especial, nem sequer o dos naturais.

De qualquer maneira, aqui fica o meu ranking dos sabores. Como é óbvio, podem comprar os iogurtes no Continente. Estão disponíveis em embalages de 150g, que custam 0,59 ou 079€ (respetivamente os naturais e os de fruta), e de 500g, que custam 1,59 ou 1,69€ (idem). 

Como já mencionei, os de fruta são adoçados com edulcorantes - ainda assim, têm um bocadinho mais de hidratos e açúcar que os do Lidl (e menos de proteína). A lista de ingredientes inclui espessantes, corantes, amido de milho,... De qualquer modo, já se sabe que a versão natural é sempre preferível!

Vou deixar abaixo as listas de ingredientes e tabelas nutricionais associadas a todas as versões (exceto uma porque me esqueci).

1º - Natural



Eu sei que sou monótona na escolha de primeiros lugares, mas não é culpa minha que os iogurtes naturais sejam deliciosos.

...Ou não tão deliciosos quanto isso, neste caso - mas pelo menos um bocadinho mais que as suas contrapartes de sabor. ;)

Na foto até parece cremoso, mas dá-me sempre a sensação de que é granulado, não sei explicar. Provem e digam-me se é só impressão minha (mas comprem só um, pelo sim pelo não) :P



2º - Mirtilo



Embora tenha a mesma textura estranha dos outros todos, a calda tem um sabor agradável e não é demasiado espessa, por isso tem esse aspeto a seu favor.



3º - Pêssego e Maracujá


Neste a calda já tem um sabor mais apagado, e também me pareceu um bocado menos líquida, o que acaba por realçar a textura estranha (sim, ganho uma moeda de cada vez que digo 'textura estranha').


4º - Morango



Talvez seja por ter comprado um pacote grande, que em vez de ter calda tem o iogurte já com sabor a morango, mas achei este sabor particularmente mau. Tem um gosto enjoativo e artificial - e não preciso de descrever a textura, pois não? :P


E pronto, esta é a minha opinião sobre os skyr do Continente. Sinceramente não penso voltar a comprar (até porque entretanto descobri os da Ehrmann, que em jeito de compensação são só a melhor coisa de sempre). E vocês? Já provaram? Digam-me o que acharam :)

Comentários

  1. Também já provei os do continente e não gostei (não provei todos os sabores). Beijinho :)

    ResponderEliminar
  2. Aonde se pode encontrar os iogurtes da ehrmann?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei que há (pelo menos) no E. Leclerc, no Continente e no Intermarché! Mas o natural para já ainda só vi no Continente :)

      Eliminar
  3. Eu provei mas como não conheço os outros iogurtes proteicos de outras marcas não posso comparar.
    Achei que não tinham um sabor lá muito agradável mas como já disse não conheço os outros.
    Não fiquei fã e se é isso os iogurtes skyrs...

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/10/salmao-com-salada-mista-e-ananas.html

    ResponderEliminar
  4. Não conheço nenhuns, nem os outros nem estes do Continente. Mas de aspeto até não parecem maus! Mas lá está, só provando e como nunca provei nenhum nada posso dizer! beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark , as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback . Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio . Mesmo as panquecas de abóbora , uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião). E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas. Apenas as fiz hoje, mas tive de p