quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Pizza (Saudável, Sem Glúten, Sem Gordura Adicionada)

Apesar de ser uma das refeições preferidas da maior parte das pessoas, até recentemente nunca fiz uma 'verdadeira' versão saudável de pizza. Tenho duas receitas no blog, mas são de pizzas com base de crepioca (uma com queijo e outra com pimentos) - acho-as muito boas, mas são mais para quem prefere pizzas fininhas e crocantes, e o procedimento em si é completamente diferente do de uma pizza normal. De resto, quando quero fazer uma pizza mais saudável recorro aos preparados da EU Nutrition, que são bastante práticos, têm listas de ingredientes ótimas e ficam deliciosos.
No entanto, no outro dia deparei-me com uma receita de pizza no blog Temperos da Argas que me deixou com imensa vontade de experimentar - parecia ter uma textura ótima, mesmo caraterística das pizzas 'normais', o procedimento era bem simples e os ingredientes eram daqueles que tenho sempre por casa. 
Acabei por lhe dar uma oportunidade, e agora posso orgulhosamente dizer que não só já fiz uma verdadeira versão saudável de pizza, como também esta é só a melhor coisa de sempre.
Guardem as couves-flores - esta é A pizza saudável por direito.




A base antes de ir ao forno :)


Pizza (Saudável, Sem Glúten, Sem Gordura Adicionada)
Adaptado daqui
Para uma pizza média

Ingredientes:
[  100g de sementes de girassol
[  100g de polvilho doce ou azedo
[  5g de fermento de padeiro em pó
[  Sal (a gosto)
[  100ml de água
[  Molho de tomate (a gosto)
[  100g de queijo ralado (ou a gosto; usei mozzarella)
[  Toppings à escolha (cogumelos, pimentos, azeitonas,...)

Preparação:
| Num processador ou liquidificadora, triturar as sementes de girassol até ficarem em pó.
| Num recipiente grande, colocar as sementes trituradas e ainda o polvilho, o fermento de padeiro, o sal e a água. Misturar tudo com um garfo até que o preparado fique homogéneo.
| Deixar a massa levedar cerca de 1 hora.
| Após esta levedar, transferir a massa para um tabuleiro de forno forrado com papel vegetal e polvilhado com polvilho ou outra farinha a gosto.
| Utilizando as mãos ou um rolo da massa também polvilhados com polvilho, esticar a massa de forma a que fique com o formato de uma base de pizza (a pizza não deve colar-se às mãos nem ao papel vegetal; se estiver demasiado pegajosa podem juntar um pouco mais de polvilho).
| Levar a base ao forno pré-aquecido a 220 graus durante cerca de 3 minutos, para que coza ligeiramente.
| Retirar e cobrir com o molho de tomate, o queijo e os toppings escolhidos.
| Levar novamente ao forno (à mesma temperatura) durante cerca de 15 minutos, até que o queijo fique levemente dourado.



Acho que o meu entusiasmo ficou bem claro na introdução, mas não custa nada reforçar: façam esta pizza urgentemente. A massa é fofa e ligeiramente elástica, com aquele sabor caraterístico da pizza (tudo isto é algo surpreendente, visto que nem sequer tem glúten - intolerantes e celíacos, experimentem porque não se vão arrepender!).
Eu só sei que vou precisar de repetir em breve... :P
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por 1 fatia)
Energia: 163kcal
Proteínas: 6.2g
Hidratos de Carbono: 15.3g 
-       Dos quais açúcares: 0.7g
Lípidos: 9.1g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 2.4g
Fibra:  1.4g
Sódio:  198mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 fatia ou 1/8 da receita). Inclui o molho de tomate o queijo, mas não os restantes toppings, que dependem das escolhas de cada um. Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. 
____________________________________________________________________________

3 comentários:

  1. Já ia uma fatia =)
    Ou ela toda =P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Ficaram com um excelente aspecto,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  3. Tenho que comprar as sementes para experimentar, pois sem dúvida que tem um aspecto muito tentador! :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...