Avançar para o conteúdo principal

Produtos #75 - Chocolate 95% Cacau do Lidl (J.D. Gross)



Já sabem que sou fã de chocolates com uma percentagem de cacau próxima de 100% - um dos primeiros posts que partilhei nesta rubrica de produtos foi precisamente uma comparação entre os dois que conhecia na altura, da Lindt e da Vivani (ambos com 99%).

Não há muitas marcas que vendam chocolates deste género - presumo que por ser uma daquelas coisas que se ama ou se odeia, mas normalmente se odeia mesmo :P

Ainda assim, nos últimos tempos tem havido evoluções significativas neste campo. Entretanto já experimentei o 98% da Ethiquable, e mais recentemente comprei (mas ainda não provei) dois outros 99%: o da Jubileu e o da Hacendado (Mercadona). 

Mas o desenvolvimento mais importante foi mesmo o lançamento do 95% por parte do Lidl, sabidamente o rei dos supermercados. Adoro os produtos deles no geral e a gama de chocolates negros em particular, por isso é claro que fiquei toda contente quando vi esta novidade por lá.

Entretanto tornou-se no meu preferido entre os 4 de mais alta percentagem que já provei, e passei a não comprar mais nenhum - por isso lembrei-me que podia fazer um pequeno post sobre ele, para o dar a conhecer a quem ainda não tinha reparado na novidade. É um chocolate que merece sem dúvida a exposição :D

O preço é bem razoável para um produto algo excêntrico: 1.79€ por embalagem (125g), grande melhoria face ao da Lindt, por exemplo, que custa 3.79€ por 50g (!).

Deixo uma foto do rótulo:


Como seria de esperar, tem poucos ingredientes. Acho curioso que tenha cacau magro em pó, é uma ideia estranha incluí-lo num chocolate tão rico em cacau, que tendencialmente tem mais gordura - mas como a nível de sabor não parece ter impacto negativo consigo tolerar bem esta frescura :P

Tem também açúcar, mas muito pouco - garanto que não é de todo doce, como aliás se pode prever pelo facto de que este está presente numa percentagem inferior a 5% (e num total de apenas 2.3g por 100g).

O perfil de macronutrientes é o esperado - é principalmente fonte de gordura e tem bastante gordura saturada, proveniente do cacau.


Na foto acima podem ver os quadrados - são bem grandes, cada um com 12.5g. Têm um formato agradável; eu pelo menos gosto particularmente dos quadrados da J.D. Gross, com as bordas mais altas. Os chocolates 98% ou 99% da Lindt, Vivani e Ethiquable têm espessura homogénea e não acho tão aprazível :P


A textura é ótima: muito suave e derrete-se na boca. De todos os que referi este é de longe o que tem uma textura mais macia.

O sabor é bem intenso e amargo, sem ser frutado - o que me agrada, porque não sou fã do sabor adocicado de algumas variedades de cacau.


Basicamente, é perfeito :P Como referi, passou a ser o meu preferido de longe, tanto que deixei de comprar os outros. Se também são fãs de chocolate bem amargo, sugiro vivamente que experimentem - a relação qualidade/preço é imbatível :)

Em breve provo os do Mercadona e da Jubileu e digo o que achei. Espero que tenham gostado do post :D

Comentários

  1. Esses também foram os que me fizeram render às altas percentagens de cacau.
    Entretanto já experimentei os do Aldi ("primo" do Lidl) e também são muito bons e, antes desta fase, rondavam os 1,59€. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já ouvi falar muito bem da gama de chocolates do Aldi, infelizmente não posso investigá-la como deve ser porque não há nenhum aqui perto :P Mas uma altura passei por lá e trouxe o de 85%, que de facto é muito bom - ficou aprovado :) Quando abrir um aqui provo os restantes, obrigada pela dica :D

      Eliminar
  2. Pois pois, mas levam açúcar. O correcto seria 0% de açúcar ou variantes do mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não concordo que seja 'o correto' nem acho relevante... Têm <5% de açúcar, por quadrado serão umas décimas de grama :P Não é uma questão binária, está / não está. A dose importa :)

      Eliminar
    2. Claro. Então e quem comer ou quiser comer um inteiro num só dia? E quem for diabético? Acho que sim, a mínima percentagem de açúcar importa sim. Mas isso é só a minha opinião :)

      Eliminar
    3. Se alguém vai comer 125g de chocolate, o problema vai decerto além dos 5g de açúcar que a tablete inteira tem :P Também não diria que é saudável ou equilibrado comer 125g de frutos secos, embora sejam uma fonte de gordura muito boa e não tenham açúcar adicionado.
      Quanto aos diabéticos, frequentemente até vejo ser-lhes recomendado chocolate amargo ou meio-amargo, sem referência à percentagem. Duvido seriamente que entre estes 95% com um bocadinho de açúcar e os 99% sem açúcar, a diferença de impacto na glicemia seja significativa...

      Eliminar
  3. Vim ter a este post pois fiz uma pesquisa depois de provar o 95% do Lidl e quase me saltou todo o almoço que acabei de comer!... É tão forte que fiquei curioso se o chocolate é sequer comestível eu é que não estou habituado... Depois de quase 3 décadas apercebi-me que não gosto de chocolate, mas sim de açúcar com chocolate 😅.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haha, é normal, quase toda a gente tem essa reação ao provar :P Os chocolates 99% da Lindt até têm 'instruções' para ir habituando o paladar a percentagens progressivamente mais altas!

      Claro que há quem nunca se habitue, é como em tudo, há quem goste e há quem não goste. Eu pessoalmente gosto muito, mas também gosto de chocolate de leite ou até branco, dependendo do caso :D

      Mas devo também referir que há chocolates com percentagens semelhantes a este do Lidl que são menos fortes. Por exemplo, o 100% da Regina e o 99% do Froiz são bastante mais doces! :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát