terça-feira, 17 de junho de 2014

Cinnamon Rolls (Rolinhos de Canela)


Em teoria é tremendamente bom fazer pão que levede.
O cheiro leve a álcool que lembra o pão quente.
Deixar levedar a massa com um pano limpo e seco por cima e após 1 hora ficar contente como se fosse a primeira vez, só  porque massa dobrou de volume.
Não confundir um saco de 10kg de farinha nos ingredientes com um pacote de 1kg e não acabar com 3 litros de papa salgada.
Amassar a massa numa superfície enfarinhada quando ela está perfeita e completamente não-pegajosa e nem sequer ter de esfregar os pedaços secos e nojentos de pão cru que se colam à bancada.
Ter a massa com a consistência perfeita, e não ter de tirar pedaços dela das mãos e sujar o lavatório todo. Nem as maçanetas das portas. Nem o saco de farinha.
Formar os pães direitinhos, deixá-los levedar num sítio quente (nesta altura arranja-se demais), onde vão crescer imenso e não ficar assapados.
Saborear o pão quentinho e perfeitamente descolável do papel vegetal.
Congelar os pães que sobraram e rezar para que acabem depressa, porque é quase uma tortura saber que se tem de gastar aquelas pedras baixinhas e mal amanhadas com um sabor estranho, amargo e manhoso .
Pronto, já tive más experiências com o pão caseiro.
Mas estes «rolos de canela» (português, porque é que às vezes és tão esquisito?) são o meu pão de sucesso. Tem uma massa agradável, são fáceis de amassar e, melhor do que tudo, ficam deliciosos.
Acho que fiquei com vontade de fazer pão...





Cinnamon Rolls (Rolinhos de Canela)
Adaptado daqui
Para 30 rolinhos (2 tabuleiros)

Ingredientes:

Para os rolinhos de canela:
[  240ml de água
[  2 colheres de chá bem cheias + 110g + 330g de açúcar
[  15g de fermento de padeiro seco
[  120ml de leite (de preferência gordo)
[  50g + 50g de margarina
[  1 pitada de sal fino
[  2 ovos L
[  200g + 400g + 200g de farinha (ou conforme necessário)
[  1 colher de sopa de óleo vegetal
[  2 colheres de chá de canela

Para a cobertura de queijo creme:
[  110g de queijo creme para barrar (à temperatura ambiente)
[  50g de margarina
[  1/2 colher de chá de extrato de baunilha
[  150g de açúcar em pó

Preparação:

Rolinhos de canela:
| Aquecer a água. Deve estar quente, mas a uma temperatura que permita manter um dedo mergulhado durante 10 segundos.
| Colocar num recipiente grande e juntar as 2 colheres de chá de açúcar e o fermento.
| Num tacho, colocar o leite e 50g de margarina e levar a lume brando até a manteiga derreter e a mistura estar quente (mas não muito quente). Retirar do lume.
| Adicionar, no tacho, 110g de açúcar e o sal.
| Transferir para o recipiente com o fermento, juntando também os ovos e 200g de farinha e misturar.
| Acrescentar 400g de farinha e incorporar. A massa deve ficar moldável (para amassar e, mais tarde, formar os rolos), mas não seca demais - eu precisei de juntar mais 200g de farinha, mas pode variar.
| Enfarinhar uma superfície e colocar nela a massa. Amassar durante cerca de 10 minutos; deve ficar elástico e macio. Eu vou acrescentando farinha na bancada até atingir o ponto que quero.
| Numa "bacia" grande e limpa, colocar o óleo. Rodá-la de forma a espalhar pela base e cantos o óleo.
| Pôr a massa trabalhada no recipiente untado, formando uma bola, e virá-la para que o óleo cubra toda a superfície.
| Tapar com um pano seco e deixar num sítio quente e sem correntes de ar* até dobrar de tamanho (cerca de 1 hora).
| Pressionar com as mãos para retirar parte do ar.
| Enfarinhar um balcão e, nele, dividir a massa em 2 porções.
| Estender cada uma das porções, formando retângulos com cerca de 46cm de comprimento e 23cm de largura.
| À parte, misturar o resto do açúcar (330g) com a canela.
| Untar dois tabuleiros (usei um quadrado com 25x25cm e um redondo com 24cm de diâmetro; com fundo amovível é mais prático).
| Derreter os restantes 50g de margarina e pincelar um dos retângulos com ela.
| Imediatamente após pincelar a massa, polvilhar com metade da mistura de açúcar (a margarina tem de estar quente, senão o açúcar não se "prende" bem).
| Enrolar o retângulo, de modo a formar um rolo com 46cm de comprimento. Selar bem o extremo a todo o comprimento do rolo, fundindo-o com este para que não se abra.
| Repetir o procedimento com o a outra metade da massa.
| Cortar cada rolo em cerca de 15 fatias com aproximadamente 3cm de espessura e dispô-las (deitadas, com a parte cortada para cima) nos 2 tabuleiros untados.
| Cobrir com um pano seco e deixar levedar durante mais 1 hora (deve dobrar de tamanho de novo), num local quente e sem correntes de ar*.
| Levar ao forno pré-aquecido a 180º graus durante aproximadamente 25 minutos (até estarem cozidos e dourados).

* Deixo levedar no forno desligado pré-aquecido a 50ºC.

Cobertura de queijo-creme:
| Com uma batedeira elétrica, bater o queijo creme até que esteja leve e cremoso.
| Acrescentar a margarina e a baunilha, continuando a bater.
| Peneirar para a mistura o açúcar em pó e bater mais um pouco, até que o creme tenha a consistência desejada (deve estar cremoso, sem grumos).
| Distribuir uniformemente por todos os rolos, cobrindo-os ainda quentes e nos tabuleiros.




Recebi críticas muito positivas! 
A cobertura é teoricamente dispensável, mas aconselho imenso . Ficava sempre reticente quanto a usar queijo em sobremesas (e até perguntei a várias pessoas se tinham a certeza de que era mesmo queijo e não um qualquer não vendido cá) antes de experimentar cheesecake ou isto, mas fiquei maravilhada com esta cobertura: cremosa, levemente pegajosa e sem saber a queijo. Pensei que fosse mais líquida, mas a textura um pouco espessa ficou deliciosa... É um complemento perfeito para estes rolinhos! É doce, mas não demais, e não é enjoativa porque é apenas a cobertura.
O «recheio» de canela é surpreendentemente bom para uma coisa tão simples, com aquele granulado do açúcar meio derretido e o aroma a canela enriquecidos por alguma manteiga. Lembra-me a cobertura de açúcar das bolas de Berlim na praia...
Os rolinhos em si também estavam muito bons: fofos, leves, a saber a canela mas não demais...
A combinação dos 3... é perfeita! Nunca pensei que estes bolinhos que estavam na minha lista há tanto tempo pudessem ser tão bons (a sério, não conseguia ver o que os tornava tão especiais). Definitivamente, a repetir!

16 comentários:

  1. Oh meu deus, baba! E a cobertura de queijo creme é óptima, fiz para um bolo e fica óptimo!
    Pão é coisa que deixo para os profissionais, cinjo-me às restantes aventuras culinárias ;)

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha de "rolos" ( realmente em português o nome não tem grande piada,rsrs) !!! O cheirinho a canela é sempre tão bom e com a cobertura de queijo, devem ficar deliciosos!! Tão bom quando as nossas aventuras culinárias dão certo, não é? Ficaram lindos mesmo!!
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  3. Gosto tanto Avelã, mas muitas vezes recheio com creme de avelãs, aqui somos muito gulosos.
    Tenho a minha receita de eleição e faço-a vezes sem conta e ficam sempre bem.
    Lindos estes e com essa cobertura devem ser ainda mais apetecíveis, perfeitos para um lanche.

    beijos

    ResponderEliminar
  4. Ahahaha AVELAAAA! Es pior do que euuuu, eu quando fazia isso, metia pouco recheio por cima. Meu deus! Que fome. Com doce de leite tambem já fiz.. meu deus! D+ mesmo! Olhaaa eu fiz pao caseiro esta semana para a minha mae, ficou bue fixe. lol vou adicionar no post para veres :D ihihi

    ResponderEliminar
  5. Aiiii....não posso ver estas coisas, que bom aspecto! E os bolos favoritos são os que levam canela ehehe...há um bolo que adoro, tipico da terra da minha avó que é a boleima....leva canela e açúcar amarelo, tens de fazer!!!
    Quanto ao último post no meu blog: eu não tenho nenhuma forma de barro, faço o pão de ló numa forma normal e com papel vegetal...fica o bolo enrroladinho no papel vegetal! A receita que tenho é húmido, claro que depende se abusas na farinha e principalmente no forno. Bater pão de ló à mãe é uma loucura :p o truque, para mim, está no tempo de batedeira.
    Eu bato no máximo durante uns 25 minutos para ficar bem fofo caso não fique húmido!
    A receita depois dou-te!


    Beijossssssssss

    ResponderEliminar
  6. Olá avelã...

    Ora bem, nem sei por onde comece... É que o aspecto das fotos deixam-me desconcertada :-)

    Olha, quanto às aventuras do pão eu juro que ando no vai e não vai de me aventurar... Ainda p'ra mais o meu marido também quer participar (sendo ele um antigo padeiro) mas agora depois do teu relato deixou-me um pouquinho apreensiva...

    Agora estes rolinhos de canela têm um aspecto mesmo muito bom...
    Estes sim acho que me atrevo a experimentar :-)

    Beijinhos grandes***
    joana

    ResponderEliminar
  7. Ai o que eu me revi neste post, a parte da bancada, dos puxadores das portas, sou igual! E quando depois de tudo limpo, olhas para o chão "oh não, aqui também???!!", mas vale o esforço!
    Aqui há imenso cinnamon-rolls, acreditas que nunca provei?! Talvez por não gostar de coberturas e afins, mas qualquer dia tenho mesmo que provar, fizeste-me crescer água na boca e de que maneira!!

    ResponderEliminar
  8. OLha, eu pelo contrário adoro fazer pão! Mesmo quando fico com as mãos todas coladas (e etc.) ! Não há nada melhor do que o meu pão feito em casa - modéstia à parte! :-D

    ResponderEliminar
  9. Eu gosto muito de fazer pão!
    Claro que por vezes há más experiências, mas uma pessoa vai apanhando o jeito eheh, mesmo que fiquemos cobertas de farinha :)
    E rolinhos de canela, adoro!! Deliciosos, fofos e o aroma a canela, é perfeito.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  10. o forno cá de casa estragou-se :( eu que fica toda "on fire!" para fazer altas receitas no forno :( vou ter que esperar que o meu pai o arranje haha xD
    nunca comi nem nunca fiz os "rolos de canela", mas espero faze-los este verão, assim como outras receitas tuas :p

    ResponderEliminar
  11. Adoro fazer pão e faço bastantes vezes mas nunca faço pão doce, tenho de experimentar esta versão que me parece muito agradável
    Beijokas

    ResponderEliminar
  12. Tou mesmo mesmo a imaginar acontecer-me isso tudo um dia que faça pão eheh mas sem ser o da pizza ainda não me aventurei para esses lados!
    Rolinhos de canela são uma das coisas que quero experimentar, os teus ficaram bem bonitos :)

    beijinho*

    ResponderEliminar
  13. Tenho dezenas de receitas destes rolinhos para fazer e ainda não ganhei coragem. Levo mais esta que só por ser em português vai ter o destaque de ser a primeira a experimentar.

    ResponderEliminar
  14. Várias receitas aqui que me deixaram com vontade de experimentar!
    Ainda não conhecia o blog, adorei.

    ResponderEliminar
  15. Babei com estes rolinhos :)
    Adoro queijo creme :P
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...