Avançar para o conteúdo principal

Pão de Microondas (Saudável, Sem Glúten/Lactose, Sem Açúcar/Gordura Adicionados, Integral)


Há uns tempos contei por aqui que tinha comprado uma máquina de waffles.
Antes de a comprar achava piada à ideia de poder fazer waffles por não os associar a nada caseiro - aqueles quadradinhos adoráveis davam a clara informação de que seria necessário ter uma máquina. E quando o Lidl colocou as 3 em 1 à venda decidi comprar uma.
Tivemos bons tempos juntas, eu e a máquina de waffles. A preparação do primeiro pequeno-almoço desde a aquisição da máquina (não será difícil adivinhar em que consistiu), com a mais clássica e simples receita. A confeção de waffles de queijo, adiada por semanas, a receita que me levou em grande parte a fazer a compra. A tentativa a medo de usar whey em waffles, seguida da prova de que waffles são a única coisa cozinhada em que a whey fica boa. A memorável vez em que fiz uns waffles caramelizados, tornando as placas na coisa mais difícil de lavar de sempre (até mais tarde... Suspense). Aquele dia em que eu levei a máquina a andar de baloiço, correr e apanhar flores em enormes campos verdes e pacíficos.
Foi sem dúvida uma boa era. E acabou.
Nas últimas utilizações foi especialmente difícil descolar os waffles da forma - e depois de negar os óbvios problemas de antiaderência entre nós, chegou A última utilização. A traumática vez em que os waffles colaram tanto que as placas tiveram de ficar de molho durante dias, com incansáveis mudanças de água, frequentes adições de água quente e leves escovadelas representativas da esperança. A lavagem foi por fim bem sucedida e as placas encontram-se agora limpas e dignas no armário onde residiam em vida estavam antes. Para nunca mais de lá saírem.
A parte boa é que a máquina tinha 3 funções e mantém duas. Acho que ninguém pode dizer que não foi uma boa compra quando faz padrões tostados desta qualidade...





Pão de Microondas (Saudável, Sem Glúten/Lactose, Sem Açúcar/Gordura Adicionados, Integral)
Adaptado daqui
Para 1 pão individual

Ingredientes:
[  1 ovo*
[  2 colheres de sopa mal cheias de aveia em flocos (ou farinha) (sem glúten para a versão sem glúten)
[  1 colher de chá de iogurte (sem lactose para a versão sem lactose)
[  1 colher de café de fermento

Preparação:
| Triturar todos os ingredientes com a varinha mágica (se a aveia estiver em farinha apenas precisam de bater).
| Colocar num recipiente e levar ao microondas durante cerca de 2 minutos na potência máxima, ou até estar cozido.
| Cortar em 2 fatias para rechear e, se desejado, torrar/tostar.

*Se desejado, passar a gema pela peneira para remover a película exterior e ficar com menos sabor a ovo, ainda que este não seja significativo ou desagradável independentemente disso.



Eu gosto muito disto para um lanche rápido. Não sendo exatamente igual a um pão comum, é muito mais rápido de fazer, igualmente versátil - na medida em que dá para rechear de várias maneiras -, fornece proteína, hidratos de carbono e gordura em proporções mais equilibradas e é muito bom. Gosto especialmente de o comer com queijo, embora elementos como orégãos ou presunto fiquem deliciosos também, e podem tostar na frigideira ou numa máquina própria tipo grill.
Poderão substituir a farinha por outra, como farinha integral ou farelo, embora a aveia seja a minha opção favorita. Também é óptimo para adiantar e torrar/aquecer na altura de comer, poupando tempo de azáfama matinal.
_________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por 1 dose)
Energia: 126kcal
Proteínas: 8.6g
Hidratos de Carbono: 10.9g
-       Dos quais açúcares: 0.9g
Lípidos: 5.3g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 1.5g
Fibra:  1.5g
Sódio: 66mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a cerca de 79g, 1 pão de microondas individual ou a totalidade da receita). Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. 
______________________________________________________________________

Comentários

  1. Fiquei curiosa com esse pão! :)
    Em relação à máquina, depois dessas lutas a comida nem devia saber bem, em todo o caso aconselho alguma espécies de terapia na vã tentativa de recuperar tão bela relação! :P
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  2. Gosto imenso de ler o que escreves, divirto-me sempre com as tuas palavras. Quanto ao pão é uma óptima sugestão para aqueles dias em que nos esquecemos de comprar pão e fizeste-me lembrar de um que costumava fazer com aveia também e farelo de trigo, uma autêntica "bomba intestinal", que recheada com queijo ou manteiga me sabia muito bem. Hei-de procurar a receita por entre os imensos papelinhos que aqui tenho.
    Ah, e fiz a tua mousse de manga ... fez sucesso por cá :)
    Gulosoqb

    ResponderEliminar
  3. Um pao muito "engraçado" e de certeza muito bom. Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Pão no mricroondas. Nunca experimentem mas gostei da ideia. Interessante.
    Tal como a Carla Ramalho escreveu, é muito divertida a escrever, é genuina. Gosto da maneira como descreve as situações.
    Bjinhos!!!

    Tânia Tiago
    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
  5. Uma vez mais, deliciei-me com o teu texto!
    Também comprei uma dessas maquinetas, mas ainda não a testei. Esse pãozinho tem muito boa cara.
    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Parece-me tão bem este pão Avelã! Vou experimentar um dia destes, mas irei fazer no forno...
    Excelente partilha querida! :)

    ResponderEliminar
  7. Olá querida!
    Gostei da história da máquina de waffles, rsrs.
    A receita do pão é show, além de prático e saudável fica com um aspecto delicioso!

    Bjs, ótima semana! ♥

    ResponderEliminar
  8. Mau, mau... Logo esta semana que a máquina dos waffles vem no folheto do lidl a bom preço, a maquineta simples e eu pensava em FINALMENTE comprá-la... Mas ainda bem que as outras 2 características da tua maquineta funcionam porque esse pão tem bom aspecto e gostei da sugestão do presunto :-) Adoro pão com queijo fresco e presunto... E estas coisas de poucos ingredientes, fáceis de preparar e saudáveis conquistam-me avelã :-) Beijinhos grandes e boa semana***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá avelã... Quanto à maquineta de waffles ainda não foi desta que a comprei. Mas eu venho é cá agradecer a dica do nestum de arroz. Eu costumo comprar nestum na mercearia onde só há o normal. Pego no pacote e vou à minha vidinha! Acreditas que eu nunca tinha reparado na imensidão de gamas que a marca tinha? Já comprei o de arroz e agora é ver se resulta... Da 1ª vez o marido já torceu o nariz, mas com insistência pode ser que pegue :-) Brigada! E esse bolo de fécula de batata para quando sai??? :-)

      Eliminar
  9. Que óptimo aspecto! É uma pena que tenha acontecido isso com a máquina :/

    MORNING DREAMS

    Sofia Silva, Beijos*

    ResponderEliminar
  10. Bom dia, Avelã!
    Sempre achei charmosos os waffles, mas assim como vc, quando o assunto é máquinas, fico desconfiada.
    Muitos eletrodomésticos são versáteis e ajudam na cozinha, mas a hora da limpeza é o pior. É o que mais vejo nos produtos anunciados pela Polishop. São maravilhosos, mas fico imaginando a limpeza de todas aquelas coisinhas "tão práticas" como colocam.

    Abração e ótimo dia.

    ResponderEliminar
  11. Humm!! Esses pães são perfeitos para qualquer hora do dia! bjss

    ResponderEliminar
  12. Nunca deixas de me surpreender com estas receitas alternativas. Deve ser muito bom!
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  13. Fui ao céu e voltei, com o aspeto magnífico desse pão :)
    Beijinho e bom fim de semana.

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Já fiz algumas vezes desse pão no microondas e gostei bastante, mas depois a preguiça foi mais forte e deixei de fazer, mas tenho de voltar a tentar.
    Quanto à máquina das Waffles, uma vez também a vi no folheto do Lidl, tinha as placas amovíveis para waffles, tostadeira, e grelhador, mas fui a 4 supermercados diferentes a não encontrei em nenhum, na altura fiquei com pena, mas se a tivesse comprado, se calhar acontecia-me a mesma coisa que a ti. :-)
    Beijos.
    Ana Silva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Ana Silva, gostava de experimentar esta receita. Quando fizeste o pão, fizeste em que recipiente? E tapas te? Obriga pela resposta 😉

      Eliminar
    2. Não sendo a pergunta dirigida a mim, penso que posso ajudar!

      Aconselho a utilização de um recipiente de vidro ou barro, já que o plástico não é o melhor para levar ao microondas (embora eu o faça num tupperware por vezes). Não é preciso tapar :)

      Beijinhos!

      Eliminar
  15. Tem um aspeto tão delicioso, esta tenho mesmo que experimentar!!!

    ResponderEliminar
  16. Gosto da ideia destes pães. Confesso que nunca fiz com medo de me desapontar, porque o cérebro é manhoso e associa a palavra pão àquele que estamos habituadas. Acho que tenho que o desafiar :D
    Um baraço
    Sara

    ResponderEliminar
  17. Adoro!!
    Adoro a tua simplicidade saudável!! :D
    Adoro e pronto!
    Beijinho e Boa Semana

    ResponderEliminar
  18. Olá Avelâ :)
    Sugestão agradável e tentadora.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  19. Adoro pão branquinho... muito mau, mas por esse prazer, TUDO ;-)
    Diferente este teu, vou com certeza experimentar, tenho tantas compotas em casa... já estou a imaginar e se estivesse em casa era JÁ!!!
    Beijinhos e até breve
    Cláudia

    ResponderEliminar
  20. Olá!
    Ai como eu conheço essa história! Também tenho uma máquina (mas a minha é mesmo só de waffles)e era sempre um desatino para limpar e para conseguir que elas se descolassem da forma, de tal maneira que foi para o armário e nunca mais de lá saiu! :)

    Esse pãozinho está mesmo apetitoso!
    Beijinhos
    www.petiscana.com

    ResponderEliminar
  21. Trazes sempre ideias que nunca tinha visto!
    Pão de microondas! Uma ideia sem dúvida interessante! Gosto dos ingredientes e adoro a tosta :)
    Quanto à máquina, temos que ser positivos, mantém as duas funções! E a outra, enquanto durou soube bem! (Acredito que a última utilização, como descreves, te tenha posto com os cabelos no ar! eheh)
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  22. Oi amiga!
    Ri muito da sua experiência e a fase final da MK de waffles. Amei também a receita do seu pão de micro, vou ter que experimentar!
    Bjsss amiga e um belo FDS p/vcs

    ResponderEliminar
  23. Estes pãezinhos tem tão bom aspeto :P costumo fazer bolos na caneca ... mas nunca que me passou pela cabeça fazer pão!! Excelente ideia :P Adorei!!!

    Beijinhos

    De aprendiz a chef

    ResponderEliminar
  24. Este pao é uma delicia! vou voltar a fazer sem duvida!

    ResponderEliminar
  25. Já tentei fazer este pão uma vez e não correu bem:(

    Fazes por quanto tempo no microondas?

    ResponderEliminar
  26. Que bom aspeto tem este pão! Será que posso substituir o fermento por bicarbonato de sódio? Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não são bem equivalentes, mas funciona - convém é usar menos quantidade, apenas uma pitada :)

      Eliminar
    2. Mas que bom :) , fiz há pouco acompanhei com banana e bebida de aveia com café ....foi muito mas muito bom .
      Vou fazer muitas mais vezes , obrigada.

      Eliminar
    3. Ainda bem que gostou! Essa refeição ficou a parecer um pequeno-almoço tradicional português tornado saudável :D
      Eu é que agradeço o comentário :)

      Eliminar
  27. Já andava a uns tempos a pensar fazer este pão de micro-ondas , finalmente hoje consegui fazer . Realmente é uma maravilha , eu sou bastante esquisita no que toca a comida , mas se gostei desta receita , vou gostar de fazer muitas outras :)

    ResponderEliminar
  28. Pão no micro-ondas nunca fiz, mas vou fazer um dia destes porque comprei um micro-ondas barato
    . Gostei da sua receita, interessante.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Bolo de Spéculoos

  Com quase dois meses de atraso, venho deixar a receita do bolo que fiz para o meu aniversário. Mais pequeno que o habitual, tendo em conta a situação pandémica na altura (nos últimos dois anos não tive muita sorte com o timing do meu dia de anos). Para compensar, fi-lo em modo *overdose de spéculoos*: spéculoos  alegram qualquer situação :D O recheio foi improvisado à última da hora: tinha planeado fazê-lo com natas batidas e creme de spéculoos, mas aqueci o creme para ficar mais fluido e a temperatura fez com que as natas coalhassem. Fiquei sem o único pacote de natas que tinha, mas felizmente sou  exagerada  precavida e tinha meia dúzia de frascos do creme de barrar.  Acabei por desenrascar um recheio misturando-o com o pudim de caramelo da Ehrmann como base, o que de resto prova a minha tese de que há poucas coisas que não se resolvam com um pudim de caramelo da Ehrmann :P Foi tudo pelo melhor, porque ficou delicioso! Deixo a receita para que possam experimentar :)  Bolo de Spécul

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát