Avançar para o conteúdo principal

Pudim de Café

Em determinado Natal a minha mãe decidiu fazer um bolo de bolacha. Eram lendários, os seus bolos de bolacha - segundo contam os rumores, incomparáveis a qualquer outra mera versão da sobremesa. Talvez por motivo de anos sem prática, o tal bolo levou uma quantidade exagerada de natas e eventualmente desabou, proporcionando nada elegantes ou sequer dignas colheradas retiradas sem misericórdia das pobres ruínas de um bolo semi-desmanchado. Que, diga-se a verdade, era bem bom.
Quem sabe por motivos inerciais, no ano seguinte deu-me para fazer cheesecake de mirtilo para o Natal. Toda a gente gostava de cheesecake, e assim sendo... Porque não? 'Porque depois tens de transportar o cheesecake de carro por zonas bastante acidentadas' (não passo o Natal em minha casa), poderá ter gritado alguma recôndita vozinha interior. Mas eu não prestei atenção.
Caso alguma vez pensem em fazer uma estupidez coisa destas, deixem-me ser a vossa recôndita vozinha interior - transportar um cheesecake de carro por zonas bastante acidentadas não é boa ideia. Especialmente se por alguma razão decidirem retirar os lados da forma de fundo amovível em que o fizeram e colocá-lo num prato escorregadio. Por muito estranho que pareça.
No ano seguinte (há dois anos) a coisa melhorou - fiz um pudim de café, bastante mais fácil de transportar. Ainda assim, é óbvio que não seria a mesma coisa se não aumentasse o nível de dificuldade, pelo que o desenformei antes de seguir viagem (em minha defesa, tinha de tirar fotografias porque pretendia publicar a receita em breve, coisa que pelos vistos não aconteceu). Entretanto já dominei a arte de reenformar pudins, bastante exigente em termos de competências mas por sinal útil para quem tem blogs de culinária. O pudim foi um sucesso, apesar das reticentes reações iniciais ('pudim de café? Isso é tipo... Um pudim que tem café?'), mas isso não o impediu de cair no esquecimento. 
A partir daí nunca mais o fiz. Embora repetisse regularmente a receita de pudim de ovos e bebesse café, não voltei a juntar os dois elementos tão cedo - até à passagem de ano do ano passado, quiçá entrando na vibe das reuniões devido a outras anunciadas (Guns n' Roses anyone?), quando os juntei novamente (sou o Steven Tyler dos pudins de café). E aqui está a prova.






Pudim de Café
Adaptado daqui

Ingredientes:

Para o caramelo:
[  200g de açúcar

Para o pudim:
[  625ml de leite
[  1 colher de sopa bem cheia de café solúvel
[  7 ovos
[  200g de açúcar
[  1 colher de sopa de farinha

Preparação:

Para o caramelo:
| Peneirar o açúcar para um tacho, fazendo uma camada uniforme.
| Levar a lume médio-baixo até que o açúcar nos cantos comece a derreter.
| Com uma colher de pau, ir puxando o caramelo dos cantos para o centro.
| Assim que esteja tudo líquido e no tom de caramelo desejado, colocar na forma (verter para a saliênca central) e rodá-la de forma a cobrir toda a superfície.

Para o pudim:
| Aquecer o leite. 
| Colocar o café em pó numa malga à parte e juntar um pouco do leite quente, mexendo bem para dissolver. Adicionar ao restante leite.
| Misturar o açúcar com a farinha num recipiente grande. Acrescentar os ovos e bater para incorporar.
| Juntar o leite, mexendo sempre. 
| Colocar na forma caramelizada e levar ao lume em banho maria (num tacho grande com água até cerca de  metade da altura) durante 50 minutos ou mais (até estar cozido).
| Deixar arrefecer completamente antes de desenformar. 



Já disse que foi um sucesso, não já? Fica uma óptima sobremesa - fresca, ideal para o Verão e muito agradável. A textura consistente e cremosa do pudim combina lindamente com o sabor a café, que fica sempre delicioso em doces. Além disso, é muito simples de preparar e pode ser feita com antecedência, tendo ainda eficácia garantida com o 'público' - típico de pudins. Este e o normal são já marcos por aqui ;) 

Comentários

  1. gosto muito de pudim de café! a minha avó fazia um delicioso mas já nao como há anos! um dia destes tenho de ver se peço a receita à minha mom e tentar fazer ;)
    beijinho!

    the-not-so-girlygirl.blospot.com

    ResponderEliminar
  2. Meu Deus! Morri e fui para o céu?! Esse pudim está maravilhoso! E eu que não posso comer uma fatia! Não posso por isso vou sem dúvida fazer um só para mim! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Adorei a sugestão, ficou com uma cor linda e seguramente bem delicioso.
    Bom feriado.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  4. Boa! Pudim de ovos + café!!!
    Quando tiver um ataque de fome de pudim testarei!
    Melhor que o pudim só o texto!
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Tem muito bom aspeto...eu não gosto de pudim, mas a minha mãe adora. Tenho que lhe mostrar a receita!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Hum ...que delicia deve ter ficado! Pudim e café...tão bom!
    Obrigada pelas partilhas fantásticas! Gostei de cá vir!
    Nina
    www.facebook.com/cantinhodapartilha

    ResponderEliminar
  7. Não sou muito fã de pudim mas esse tem um aspecto para lá de bom =)

    ResponderEliminar
  8. Eu adoro pudins! Confesso!
    E esse não devia durar muito tempo :)
    Beijinho!
    Feliz Semana 🌷

    ResponderEliminar
  9. Oi amiga!
    Como boa brasileira sou fã de carteirinha de café kkkk
    Amei a sua receita e já salvei!
    Bjssss e uma semana abençoada p/vcs

    ResponderEliminar
  10. Pudim é um dos meus doces favoritos. Este está ma-ra-vi-lho-so!! Ai se o apanhasse...
    Vou guardar esta receita, tenho mesmo de fazer.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Avelã,
    Adoro seus textos e receitas!
    Esse pudim ficou maravilhoso, eu adoraria prová-lo!

    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Duas coisas que não gosto. Pudim e café =P

    Mas tem bom aspecto! Perfeitinho =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  13. Nunca fiz um pudim porque não aprecio mas o meu namorado e família adoram, acho que esta é uma boa receita para experimentar :p além disso, adoro café ;)

    ResponderEliminar
  14. Isso de transportar sobremesas é realmente uma grande aventura! Quanto a desenformar e voltar a enformar pudins, és agora a minha heroína! :p
    Pudim de café só pode ser perfeito, tenho que dar a receita à minha mãe que adora café: :D
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  15. Que aspecto delicioso, pudim de café nunca comi mas já ficou marcado para ser o próximo :)
    Beijinhos ...
    Guloso qb

    ResponderEliminar
  16. Uau... Que pudim apetitoso. Comia já, já uma fatia ;)
    Beijinhos

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  17. O transporte de sobremesas é algo complicado... E sim, essa de levar pudins desenformados já experimentei e não correu nada bem, nunca mais arrisquei. Levo na forma e desenformo no próprio sítio e rezo a todos os santinhos para que aquilo saia bem em plena frente de todas as pessoas :-) Pudim de café é mesmooooo bom, ou não fosse eu uma verdadeiramente apreciadora de pudim. Tenho que experimentar esta versão... Parece-me mesmo bem :-) Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá avelã. Pudim experimentado e aprovado :-) Depois vês lá no sítio do costume como ficou. Beijinhos

      Eliminar
  18. Pois em nada me assustou o ingrediente "café". Amo!!! De paixão!!! Tudo que leva café tem lugar garantido no meu paladar e bolos, pudins, bolachas, cremes... hummm....
    rsrs agora fiquei imaginando o cheesecake (que aliás, deu água na boca) sendo transportado e a luta para mantê-lo inteiro rsrs. Acho que no seu lugar, além de desenformá-lo no local, ainda levaria minha câmera para fotografar lá mesmo rsrs.
    E por falar nisso, parabéns pelas fotos. Estão lindas e o pudim, irresistível (estou com vontade!!!).
    Abração esmagador e feliz semana.

    ResponderEliminar
  19. Adorei! Ficou com um aspecto de babar...
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  20. Mas que belo pudim!!! Babei :P
    Está lindo :)
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  21. Ahah!
    Imagino o transporte desse cheesecake! Já me fartei de rir aqui a imaginar a viagem! :)
    Mas apesar de todo desmanchado como o bolo de bolacha aposto que estava maravilhoso.
    O pudim parece ser óptimo! Para os amantes de café deve ser uma perdição :)
    E ficou tão direitinho!!!
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  22. Que lindo!! E com certeza saboroso. Receitinha anotada.

    BJs

    Tânia Caamrgo

    ResponderEliminar
  23. Olá Avelã,
    Delicioso seu pudim! Adoro :P

    ResponderEliminar
  24. Isto não se faz. Estou cheia de fome e ver uma coisas destas! :D
    Um beijinho,
    Sarinha.
    No Conforto da Minha Cozinha

    ResponderEliminar
  25. O teu pudim de café está lindo e bem apetitoso. Bjs

    ResponderEliminar
  26. Aqui está algo que nunca experimentei. Deve ficar uma delícia!

    ResponderEliminar
  27. Olá Avelã! :D
    O pudim tem mesmo bom aspeto, acredito que tenha feito sucesso! :P
    Os jordan's são realmente um bocado caros, na loja dietética comprei uma embalagem de 500gr para experimentar e custou 7 euros. Depois no Jumbo de Aveiro custava 4 e tal, quando regressei à terrinha e fui ao continente já encontrei lá a 3 e tal... Mas são mesmo muito bom, a excelente alternativa para os cereais de chocolate que costumava comer antes e não eram nada saudáveis...
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  28. Vou dar a receita à minha mãe, para experimentar!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark , as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback . Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio . Mesmo as panquecas de abóbora , uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião). E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas. Apenas as fiz hoje, mas tive de p