domingo, 22 de novembro de 2015

Bolo de Leite Enqueijado

Aproxima-se a época de Natal. Claro que este julgamento é subjetivo - os supermercados e lojas já a declararam subtilmente dispondo chocolates e objetos natalícios nas montras / caixas registadoras (tão estratégico) desde o fim do Verão, mas acho que agora podemos dizer que estamos realmente perto.
A data perde um bocado a magia por inevitavelmente se repetir todos os anos - e se quando era pequena delirava com o dia em que fazia a árvore ou contava os enfeites nas casas durante as viagens de carro, agora já não se passa o mesmo.
Sendo honesta, o ritual torna-se deprimente de uma forma engraçada. Vai-se buscar a caixa verde, cheia de fita-cola e rasgões, a um armário poeirento e pouco usado (sinónimo de teias de aranha), arrasta-se-a até à sala e retira-se de lá os pedaços da árvore. Coloca-se a base já partida e depois os restantes elementos, separando os ramos com algum receio de tocar numa aranha que possa estar por lá. Partes do ramo já partidas dão um hilariante formato à árvore, que precisa de um jeitinho e mesmo assim acaba por ficar estranha e um bocado de lado.
Seguem-se as decorações: originais sapatos quadrados feitos a partir de pacotes de leite dos jardins de infância, bonequinhos que diminuem de número a cada ano e que são fruto dos delírios imaginativos dos inventores de presentes dos ovos kinder, sininhos e as tradicionais bolas. Todos estes estão já desgastados de tanto Natal, especialmente as bolas, cuja ligação ao lacinho para pendurar na árvore não é excelente, gerando ocasionais e irritantes barulhos de queda de decorações.
Ainda há os fios prateados e azuis que se espalham pela casa, devido à inconsequente aquisição de uma espécie de pêlo decorativo que se espalha como uma praga por todo o lado, mesmo tendo sido deitado ao lixo na sua maioria há meia dúzia de anos.
Não sejam condenadas ao esquecimento as luzes, com segmentos não funcionais, o Pai Natal numa cadeira que, quase já sem pilhas, canta como se estivesse bêbedo e assusta todas as crianças que por cá passam ou a rena de plástico, comprada aos vendedores na cidade e que se mexe e dá música mas já não tem uma perna, gerando um cenário bastante decadente cuja concretização máxima exigiria, de resto, apenas um letreiro de néon a piscar e uma banda de jazz num canto sujo.
Isto tudo poderia ser uma profunda forma de crítica ao consumismo da época, mas é apenas preguiça de comprar objetos novos (e vazios de significado, por isso desprezíveis, claro). Não sou uma daquelas pessoas odeia o Natal, pelo contrário; sou até fã, mas não tanto assim.
Para aumentar o grau de desnaturação natalícia, e apesar de gostar de fazer bolos, nunca fiz nem provei farófias, arroz doce ou sonhos, não gosto de aletria, mexidos ou bolo rei e nem sequer sou fã o tradicional prato de bacalhau e batatas.
Quando vi este bolo no blog Shizuka & Family soube que iria ser um sucesso quando o fizesse. Foi-o duas vezes, quantas o fiz em duas semanas. Vai, já foi decretado, estar presente na mesa de Natal. E, para além do mais, adicionei canela, o que significa que já não sou assim tão má nesta coisa das festividades... Certo?






Bolo de Leite Enqueijado
Adaptado daqui

Ingredientes:
[  1l de leite meio gordo ou gordo
[  1 pau de canela (ou casca de limão ou vagem de baunilha, o que preferirem para dar sabor, podem mesmo omitir)
[  300g de farinha
[  400g de açúcar
[  6 ovos

Preparação:
| Ferver o leite com o pau de canela.
| À parte, misturar a farinha com o açúcar. Adicionar os ovos e misturar novamente até a massa ficar espessa e homogénea.
| Adicionar, em fio, o leite (ainda quente), mexendo bem.
| Colocar a mistura numa forma de silicone ou numa forma de metal untada e polvilhada e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 1 hora e 30 minutos.



Este bolo é perfeito para quem gostar de sobremesas deste tipo, densas e com um sabor leve (nem a canela nem o limão ou a baunilha são dominantes; é apenas um toque ligeiro que quebra o sabor do leite). Não é muito doce, lembra o género da pastelaria francesa, com aromas suaves e texturas ricas - a tarte de flan, o creme de pasteleiro de baunilha, os já portugueses pastéis de nata, entre outros. Não é propriamente um bolo dito 'normal', fofo e leve, encaixa-se melhor nesta categoria. A minha mãe é uma das pessoas que adoram bolos enqueijados - e, acreditem, por ela o bolo está mais que aprovado!
Fica semelhante, ainda e de certa forma, a uma queijada, cremoso mas consistente. 
É fantástico, fácil de fazer e delicioso de uma maneira bem particular. Em suma, o suficiente para ficar a dever à Shizuka a minha vida. 

38 comentários:

  1. Avelã, para ser abolutamente sincera, estou em plena contenção calórica, daí que, eu que não sou de bolos, passo!
    O que me deliciou foi a descrição dos preparativos natalícios, porque os teus berloques ainda estão piores que os meus, tirando a poeira e as aranhas que coincidem. Resolvi simplificar. Comprei um símbolo novo que vou mostrar e com ele despacho os enfeites.

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Gosto tanto desses bolos enqueijados! Gosto tanto que depois é dificil parar de comer! Mas este Natal (como em todos os outros) a minha tentaçao será sempre o bolo rei! A padaria perto de minha casa faz um maravilhoso! Ainda estes dias comentava com o meu marido que nunca mais vejo a hora de começarem a fazer (não sei bem como vou conjugar o bolo-rei com a minha dieta)! Quanto ao natal, adoro, adoro, adoro! Adoro os cheiros, os sabores, os sons! Gosto desde miuda e o encantamento nunca passou! Hoje fiz a arvore de natal. Nunca faço tão cedo, só a monto no dia 1 de Dezembro, mas hoje tive de ficar em casa porque a minha avo veio passar o dia connosco e aproveitei a presença dela para fazer a arvores para que ela tivesse oportunidade de a ver. Os miudos andaram a tarde toda em alvoroço, felizes da vida! E eu também! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Sao uma verdadeira gulodice estes golos, por isso também eu prefiro nao os ter em casa. Mas sao tão bons... Beijos

    ResponderEliminar
  4. Adoro essa textura!!!
    Ontem foi dia de ir à garagem buscar a caixa (já meia rasgada, cheia de fita-cola e poeira, lol) com as decorações de Natal :P
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Que bolo enqueijado fantástico!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  6. Olá Avelã!!
    Hmmmm...esse bolo ganhou toda a minha atenção!
    Olha, o Natal se aproxima mais uma vez...eu gosto da época que antecede, ver a cidade iluminada, as pessoas ficam diferentes...mas o dia em si acho extremamente deprimente...porque a publicidade vende como se fosse um dia mágico...mas a realidade não é bem assim...penso naqueles que não podem estar com a família, nos que estão pelos hospitais, aqueles que perderam alguém que amam...nos que não tem o que comer...
    Acho que fala-se muito nos enfeites e esquecem do real motivo desta data...
    Beijos e ótima semana pra ti! =)
    www.deliciasdavodeo.com.br

    ResponderEliminar
  7. Aiaiaiaiai que maravilha =D Faz-me lembrar a tarte de queijo que eu faço e adoroo!!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  8. Gosto muito de bolos densos, por isso nem imaginas o quanto me estou a salivar e a tentar controlar para não ir a correr experimentar esta maravilha ;)
    Beijinhos
    Cláudia
    http://vidadeprazeres.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. Ai ai ai avelã... Então onde anda esse espírito natalício? :-( Eu confesso que sempre gostei destas épocas: Natal, Ano-Novo, Páscoa... Pelo significado em si e pelo convívio familiar. Mas também acho que apela-se cada vez mais para o lado consumista desenfreado e isso deixa cair o bonito da época. Mas é assim em tudo, no dia dos namorados, no halloween, arranjam milhares de pretextos para se consumir desenfreadamente. Quanto a esse bolo parece-me uma ideia maravilhosa sendo eu uma apreciadora de bolos tipo queijada... Adoro :-) Vou fazer em casa!!! E sabes que mais vou fazer? Os teus bolinhos de ir ao microondas, finalmente encontrei uma forma igual à tua... Com a diferença na cor, que eu sou virada para as cores de menina popstar... Rosa choque eheheheh! Quando fizer dou feedback. Beijinhos e boa semana***

    ResponderEliminar
  10. Será que funciona com farinha de arroz?
    <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me parece que fique bem igual, mas não há nada como experimentar. Eu pessoalmente não aprecio a textura pastosa/granulosa que a farinha de arroz dá a alguns bolos, mas depende muito daquilo em que é realmente usado e do hábito... De qualquer forma este não é um bolo com uma textura 'melindrosa', por isso não poderia sair grande desastre :)

      Eliminar
  11. Olá Avelã!
    Gosto dessa textura parece um pudim!

    Beijos, ótima semana! ♥

    ResponderEliminar
  12. Amiga, adorei a receita, mas fiquei com uma dúvida:
    O leite é colocado na massa fervendo ou frio?
    Hummm, amei e quero fazer!
    Bjssss e uma semana de sucesso e abençoada p/vcs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda quente! O que faço normalmente é pôr o leite a ferver, fazer o resto e quando acabar (se o leite já tiver fervido) junto-o :) Já adiciono aos poucos para não cozer os ovos :)
      Se experimentares espero que gostes!

      Eliminar
  13. Eu sou o contrário de ti, adoro o natal. Os cheiros, os enfeites, as luzes, as músicas, depois a mesa recheada de coisas boas, o convívio familiar, as brincadeiras, tudo me deixa encantada nesta altura do ano. Mas confesso que detesto o consumismo que actualmente está associado e detesto que quando se aproxima a meia noite, já estão todos de volta da árvore à espera dos seus presentes. Por mim bania-se essa parte do natal (embora quando era miúda delirava com tudo isso desde a carta ao pai natal até à espera que ele me trouxesse o que pedi).
    Enfim, já estou a pensar no natal :) e esse bolo enqueijado parece-me bem delicioso, eu só o polvilhava com bastante canela e pronto, era fatia atrás de fatia :)
    Gulosoqb

    ResponderEliminar
  14. Adoro bolos assim. Que óptimo aspecto. Aprovado ;)

    Bjinhos
    Tânia Tiago
    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
  15. Olá Avelã: adorei o teu texto ( como sempre) e fizeste-me rir. Já o teu bolo parece muito saboroso. Ainda este domingo fiz um bolo semelhante ( em forma de quadrados) e também foi muito apreciado.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  16. Comecei-me a rir enquanto ia lendo, por cá passa-se um bocadinho do mesmo, até os segmentos das luzes não funcionais, mas apesar de tudo gosto do natal, de estar com quem gosto e comer coisas boas numa mesa cheia. Gosto dos cheiros do natal, a canela e outras coisas boas. Não sou muito fã dalguns doces de natal, mas de outros adoro!
    E como costumo trabalhar nesse dia, acabo por ter sempre pouco tempo para o natal, prefiro que a magia dele se espalhe noutros dias do ano.
    E gosto muito de bolos enqueijados, e a minha mãe também :) parece uma mega queijadinha bolo!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  17. Avelã estou de boca aberta!! Farófias, arroz doce ou sonhos e mesmo bolo rei.... uma vida sem provar?? Dá-me a tua morada, eu faço e envio-te, toda a gente devia provar uma vez na vida :)
    O bolo é diferente de todos os que já fiz... quase uma queijada não? Bom aspecto! Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  18. Bom dia, Avelã!
    Eu gosto dos ritos de Natal e acho que quando compartilhados com a família ficam muito mais divertidos, criam momentos inesquecíveis.

    Este bolo parece delicioso e de uma cremosidade convidativa. Como adoro canela, sou suspeita... mas fiquei com vontade de morder a telinha daqui.

    Abração e lindo dia.

    ResponderEliminar
  19. Eu gosto da parte do Natal à mesa com a família ou à conversa na sala! A parte dos shoppings era escusada! As prendas deviam sempre ser feitas por nós! :)
    Eu sou um bocadinho como a tua mãe, também gosto muito de bolos assim, enqueijados :)
    Ficou bem bonito o teu :)
    E com ligeiros sabores a coisas deliciosas, canela e limão hmmm :) Gosto gosto!
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  20. adoro essas texturas que esse bolo enqueijado tem, vou fazer certamente.


    O Cantinho dos Gulosos

    ResponderEliminar
  21. Se á receita doce que adoro é queijadas de leite faz me lembrar a minha infância:)

    Tenho a minha receita de queijadas de leite á anos e só uso aquela porque adoro ! É muito parecida á tua:) o asto da tua deixoume a babar comia já uma fatia, envias me ;)?

    beijinho grande

    ResponderEliminar
  22. Gosto de bolos enqueijados sim senhora! Costumo encontrá-los em tamanhos mais reduzidos mas olha que se me encontrasse com este teu bolinho não lhe dizia que não!
    Um beijo grande para ti Avelã!

    ResponderEliminar
  23. Essa receita parece-me muitíssimo bem!

    Beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  24. Tem um aspecto maravilhoso!!

    segui!

    beijnho,

    McTBeauty
    http://mctbeauty.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  25. Hummmm acho que gostaria.
    Nunca fiz desse. Mas adoro bolos e no Natal faço um especial.
    Seguindo você.
    joturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderEliminar
  26. Sabes Avelã. Eu acho que nesta altura do ano vou começar a comprar online. :)
    Está tudo cheio de chocolates a piscar-me os olhos. É horrível!
    Passando ao teu bolo. Comia-o todo. Adoro bolos assim. Tipo queijadas. E gosto deles frescos! ;)
    Beijinhos
    Sarinha.
    No Conforto da Minha Cozinha

    ResponderEliminar
  27. Este bolo tem mesmo um aspeto fantástico, isto dos teus posts são mesmo uma tentação enorme. olha sou sincera e tenho que te dizer que não ando lá muito inspirada para o natal.

    ResponderEliminar
  28. Adoro bolos com textura enqueijada, tenho inclusivemente no blogue a receita de um bolo assim :P

    Amo aquela textura mais húmida que fica... este ficou com excelente aspeto.
    Beijinhos

    http://deaprendizachef.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  29. Que lindo ficou..
    este natal não sei o que fazer.. estou com uma grande branca..
    beijinho grande

    ResponderEliminar
  30. Aiiii tanto açúcar meu Deus... Não pode ser nada =P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  31. Gostei de ler o teu texto e tenho de concordar que à medida que os anos passam o natal perde um pouco o seu encanto, mas sabe sempre bem ter aquela noite especial (ainda que se repita todos os anos) em que podemos entrar no verdadeiro espírito natalício, que espero nunca perder por completo! Para mim essa noite é jantarada e filmes à lareira, não se podia querer melhor! ;)
    Beijinhos*
    Já comecei a seguir o blog<3 Faz uma visita pelo meu se quiseres, espero que também gostes ;)

    http://nuancesbyritadias.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  32. Adorei a receita deste teu bolo porque adoro queijadas e este tem mesmo a minha cara (salvo seja hehe).... No entanto, eu sou o oposto, para mim o Natal é mágico, está no meu coração e não nas lojas ou nas decorações, muitas pessoas até se chegam a sentir-se culpadas se não lhe derem valor por ser a suposta celebração do nascimento de Jesus mas a verdade é que o Natal é a adaptação do yule, uma celebração pagã que o cristianismo adoptou, só este pequeno facto já o torna ainda mais especial. Muitos são aqueles que dizem, há e tal... o Natal devia ser o ano inteiro, se sentem isso é porque esses mais críticos só se lembram de partilhar amor porque lhes é imposto pela época do Natal que só é hipócrita se cada um de nós também o for... enfim, eu pequena elfa natalícia imploro que não caiam na rotina vivam esta época com coração cheio, nesta época em que os dias são mais escuros e mais curtos é importante que enchamos os corações de luz e amor :D

    ResponderEliminar
  33. Eu adoro este tipo de bolos *.* tenho que fazer.

    ResponderEliminar
  34. Uma amiga minha fazia um bolo deste género que era de comer e chorar por mais.
    Não sabes o que me ri com a tua introdução sobre o Natal! he he he
    Eu também não gosto de bolo rei. ;)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...