Avançar para o conteúdo principal

Peanut Butter Cups Mini (Saudável, Vegan, Sem Glúten/Lacotse, Sem Açúcar Adicionado)


Eu tenho um problema com o que ponho no congelador. Não sei se vos acontece, mas é frequente congelar qualquer coisa - pão, bananas, algum bolo que tenha feito,... -, e depois das duas uma: ou eu me esqueço de que tenho os alimentos congelados, porque entre a arca e o mini-congelador que tenho o espaço é muito e cheio de ocultadores de visibilidade (favas do ano anterior, gelados pota que estava em promoção, frangos caseiros enormes que ocupam logo metade do espaço,...), ou não me esquecer, ir procurar determinado alimento e não o encontrar.
O primeiro caso nem é o que mais me preocupa, visto que as coisas têm bastante durabilidade quando congeladas (e até é um belo bónus encontrar queques soltos no dia de descongelar a arca), agora com o segundo a história é diferente. Desde há uns meses que estou convencida de que o desnaturado do meu congelador me roubou um pote de açaí, e pior - ainda com metade por gastar (vocês sabem por quanto aquilo vai nos dias de hoje).
Desta forma, acho que conseguem imaginar a minha reserva em fazer estes peanut butter cups - com chocolate 85% cacau e manteiga 100% amendoim, duas preciosidades - e guardá-los naquele Triângulo das Bermudas a que as pessoas chamam congelador. Porque o meu amor por manteiga de amendoim é mais forte do que o meu lado racional, fiz os cups de qualquer forma: por sorte, as minhas reservas mostraram-se infundadas, visto que os cups demoraram tão pouco a desaparecer quase por completo que não sobrou tempo ao eletrodoméstico mais malévolo de todos para os assaltar. Acho que o segredo está em só congelar coisas com manteiga de amendoim. ;)





Peanut Butter Cups Mini (Saudável, Vegan, Sem Glúten/Lacotse, Sem Açúcar Adicionado)
Para 25 cups (mini)

Ingredientes:
[  50g de manteiga de amendoim suave 100% amendoim*
[  1 pitada de sal (opcional)
[  1/2 colher de café de mel (é opcional; podem omitir - ou substituir por maple syrup, por exemplo, para a versão vegan. Assim como o sal serve apenas para dar aquele toque dos peanut butter cups mais clássicos, ligeiramente doces e salgados)
[  200g de chocolate negro (de preferência com uma alta percentagem de cacau - usei 85%. Certificado vegan, sem glúten ou sem lactose para estas versões)

Preparação:
| Misturar a manteiga de amendoim com o sal e o mel e levar ao congelador.
| Derreter 50g do chocolate no microondas em potência média, retirando para mexer frequentemente. | Cobrir com ele a base de 25 formas pequenas**.
|Quando o chocolate tiver solidificado e a manteiga de amendoim estiver suficientemente dura para se poder moldar, fazer bolinhas de manteiga de amendoim (molhar as mãos pode ajudar) e colocá-las por cima do chocolate (não as façam muito grandes, o chocolate que vão colocar por cima tem de envolver completamente a manteiga de amendoim e esta tem tendência a 'abater' um bocado). Levar as formas ao congelador para a manteiga de amendoim ficar bem sólida.
| Derreter o restante chocolate (150g) e colocá-lo em todos os cups de forma a cobrir a manteiga de amendoim. Levá-los novamente ao congelador e retirar apenas quando for altura de os consumir.

*Convém que seja uma manteiga de amendoim espessa, de modo a ser fácil de moldar. Usei a da EU Nutrition, que podem comprar aqui com desconto se usarem o código euavela15.
**Uso umas formas pequeninas douradas do Continente, se não encontrarem podem fazer em formas maiores e fazer peanut butter cups normais (não mini).



Eu já tinha feito uns peanut butter cups, mas não tão saudáveis/simples como estes. E estes não lhes ficaram a dever em nada! São uma adição deliciosa a tudo: gelados de fruta, iogurtes, nada (são ótimos mesmo comidos sozinhos :P)... E fazem-se num instante! Experimentem-nos e vejam se não tenho razão ;)
_________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por um cup)
Energia: 63kcal
Proteínas: 1.4g
Hidratos de Carbono: 3.2g 
-       Dos quais açúcares: 1.6g
Lípidos: 5g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 2.2g
Fibra:  1.1g
Sódio: 8mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 cup ou 1/25 da receita). O chocolate considerado foi o com 85% de cacau. Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. 
______________________________________________________________________

Comentários

  1. Por acaso não tenho esse problema com o congelador, mas tenho com o frigorífico! Tento sempre tê-lo arrumado e organizado, mas de vez em quando encontro lá coisas que nem me lembrava que existiam!
    Já fiz peanut butter cups saudáveis algumas vezes, digo sempre que não vou voltar a repetir mas caio sempre em tentação! God damnit! Boa Páscoa! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Oh pá, tu estragas-me a dieta ... é que destas coisinhas eu não consigo comer apenas 1 :D
    Boa Páscoa, beijinhos ...
    Guloso qb

    ResponderEliminar
  3. Não parecem muito complicados.
    Que bom aspeto :)

    ResponderEliminar
  4. Têm um óptimo aspecto, mas não comia logo assim pela manteiga de amendoim e depois pelo chocolate negro =P
    Mas estás lá =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Estão perfeitos, iguais aos originais ou até mais perfeitos. Eu adoro peanut butter cups e quando os vejo à venda muitas vezes não lhes resisto por isso esta tua ideia de os fazer em casa foi muito boa! :) Boa Páscoa! :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  6. Ficaram simplesmente PERFEITAS!!!!! Adorei a receita ou não fosse uma fã de manteiga de amendoim.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  7. Eu até evito comprar manteiga de amendoim porque chego a comer à colherada!! Adorooooooo...
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark , as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback . Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio . Mesmo as panquecas de abóbora , uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião). E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas. Apenas as fiz hoje, mas tive de p