domingo, 3 de novembro de 2019

Preparação de Refeições #57 - Chili de Peru com Vegetais com Bulgur



Como sempre, hoje venho partilhar convosco as refeições que preparei para comer na semana passada. Mais uma vez, preparei 5 almoços e um total de 6 jantares. Quem me segue há mais tempo sabe que comecei por fazer apenas 5 doses de um prato para os almoços - preparar os jantares antecipadamente é moda mais recente :P

No entanto, tenho seguido este sistema - todas as semanas preparo 5 almoços, e vou rodando o tipo (carne, peixe ou vegetariano). Para os jantares faço 3 doses de 2 outros pratos dos tipos que sobram (por exemplo, neste caso fiz 5 almoços de carne, por isso fiz 3 jantes vegan + 3 jantares de peixe).

Tenho-me dado muito bem com este sistema. Adoro a comida que faço e acabo por variar mais do que se cozinhasse a comida em cada dia, porque penso antecipadamente no que vou fazer e tento mudar sempre as fontes de proteína, os acompanhamentos e os vegetais que uso :)

Desta vez para os almoços saiu esta dupla:

Chili de carne com vegetais variados & bulgur cozido :)

Alguma vez viram chili mais colorido? :D
Normalmente não coloco vegetais no chili (fora dos clássicos - cebola e pimentos), mas desta vez não me apetecia fazer vegetais à parte e decidi juntar ao tacho um bocadinho de todos os que me apareceram à frente :P

Deixo o procedimento:

Previamente, demolhar feijão vermelho e cozê-lo em água com sal (em alternativa, podem usar feijão de lata). Reservar o feijão e a água.

Picar cebola, alho e pimentos e colocar num tacho. Adicionar um fio de azeite e levar ao lume. 

Quando a cebola estiver translúcida, adicionar peito de peru picado e misturar bem. 

Esperar que a carne coza e então adicionar puré de tomate e um pouco da água de cozer o feijão (para cozer os vegetais). Temperar com sal, manjericão, orégãos, salsa, paprika e pimentão-doce.

Adicionar vegetais a gosto; eu coloquei ervilhas, brócolos, espargos e milho, por esta ordem (os que demoram mais tempo a cozer primeiro). Juntar também o feijão previamente cozido.

E pronto, nada mais fácil :D

Mas juro que fica meeesmo bom!

Acompanhamento: bulgur < 3
Falei do bulgur no post de ontem. É um dos produtos da nova gama biológica da EU Nutrition (lembro que o cupão euavela15 vos dá desconto e ofertas em todo o site!).

A única vez que preparei bulgur antes desta semana foi nuns outros almoços semanais, em que fiz bulgur salteado com vegetais como acompanhamento. Tinha comprado numa semana oriental do Lidl, porque antes nunca tinha visto, e quando partilhei nas stories tive a caixa de mensagens inundada de gente a dizer que era maravilhoso - daí arriscar logo a fazer para cinco vezes :P

E a verdade é que não desiludiu: ficou soltinho, era delicioso e convenceu-me completamente. No entanto, visto que é difícil de encontrar e por norma o preço é excessivamente alto, não voltei a fazer... Até agora :D

Contemplem o melhor acompanhamento da história dos acompanhamentos < 3
Das novas adições à gama biológica é capaz de ser a minha preferida (o que é dizer muito, visto que já provei as chips de banana e de coco e são mesmo muito boas!). De certeza que vou começar a fazer com mais frequência!

Para o preparar apenas coloquei num tacho com sal e o dobro do volume de água fria. Depois levei a lume médio até a água começar a ferver, e nessa altura tampei, baixei o lume para o mínimo e deixei cozer durante cerca de 12 minutos (na embalagem diz 15, mas no meu caso não foi preciso tanto). Depois de tirar do lume ainda deixei o bulgur tampado uns minutos, porque me parece que isso o ajuda a ficar mais soltinho - mas não é indispensável :)


Soltinho, eu bem digo :D
Ficou um prato mesmo agradável :)
Apesar de ser menos comum que o arroz, o bulgur acompanha muito bem pratos com molho! Absorve o molho sem ficar empapado. Tanto assim como sozinho é uma delícia, estou mesmo fã - acho que se nota :P

Para os jantares fiz o seguinte:

3 doses de feijoada de tofu

Com a indispensável couve galega a acompanhar. ;)

E 3 doses de pescada estufada com puré de abóbora e batata

Começando pela feijoada 
O procedimento não foi nada de novo:

No dia anterior cozi feijão preto previamente demolhado em água com sal e reservei o feijão e a água (mais uma vez, podem usar de lata).

Piquei cebola, alhos e pimento e levei a refogar num fio de azeite. Quando a cebola estava translúcida juntei tomate picado. Deixei cozinhar bem e triturei com a varinha mágica.

Devolvi ao lume, esperei que fervesse e juntei tofu fumado em cubos. Um pouco depois adicionei o feijão cozido e parte da água. Não adicionei sal porque tanto o tofu como o feijão estavam temperados. Depois foi só mexer de vez em quando e esperar que apurasse :)

Sei que há quem não faça refogado para este tipo de feijoada, mas eu acho que fica bastante melhor assim - o molho fica mais cremoso e também prefiro o sabor. De qualquer maneira precisava do refogado para o peixe, pelo que foi só fazer a mais :)


O meu acompanhamento para feijoada à brasileira é sempre este :P
Há muita gente nas redes sociais que fica surpreendida por me ver a comer couve galega assim, mas eu adoro! Compro aqueles pacotes para caldo verde e depois salteio em alho e azeite. Mais rápido não há, e fica sempre uma delícia :)


Em 3 dos dias da semana este foi o meu jantar :D
Gosto mesmo desta dupla, é provavelmente um dos meus pratos favoritos (mas vá, admito que adoro tudo o que faço para a semana, caso contrário não fazia :P).

Os restantes jantares foram com o peixe estufado & o puré de abóbora e batata :)

Este puré ficou incrível!
Descobri recentemente os purés - antes tinha a mania que não gostava muito, confesso :P

Mas há pouco comecei a fazer o de batata e couve-flor e fiquei fã, por isso esta semana decidi fazer uma versão de abóbora. É um acompanhamento reconfortante e uma boa forma de incluir vegetais na alimentação :)

Para o preparar apenas cozi abóbora e batata em água com sal, escorri e triturei com a varinha mágica. No fim temperei com noz moscada e pimenta branca. É costume levar-se o puré ao lume para engrossar, mas eu não tenho paciência e gosto da textura assim, por isso saltei essa parte :P

Usei abóbora hokkaido, daí a cor tão forte. Tem um sabor adocicado, mas não em exagero (também não gosto de comida doce :P). E a cor é linda!

Quanto à pescada...
Esta foi a parte mais fácil - fiz refogado a mais, para dar não só para a feijoada como também para o peixe. Tirei metade para cada tacho, juntei sal a um deles e cozi aí o peixe. No fim coloquei umas folhinhas de salsa :)

Ficou mesmo reconfortante :D
Acho que nunca comi um puré tão cremoso, parecia cetim :P E o sabor estava muito agradável. Gosto de misturar batata com outros vegetais, porque atenua o sabor e dá mais consistência :)

Assim foi mais uma semana de refeições! Espero que tenham gostado, para a semana há mais :)

1 comentário:

  1. Adoro chili,...já me deu água na boca!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...