Avançar para o conteúdo principal

Preparação de Refeições #59 - Massa Proteica com Grão-de-Bico e Nabiças



O tempo continua a pedir comidas reconfortantes, e eu continuo a obedecer à minha maneira - desta vez através uma massa com grão-de-bico e couvinhas :P

Fui sem dúvida muito feliz comendo isto ao almoço esta semana toda. ;)
Algumas pessoas perguntaram como fiz, mas é a mesma história do costume - de resto idêntica à de muitos pratos tradicionais, para variar. A única diferença foi que usei 'massa proteica' em vez da massa tradicional:

É da EU Nutrition, e se quiserem encomendar o meu cupão, euavela15, dá-vos desconto e ofertas
Fica já aqui um disclaimer: não tenho nenhum problema em consumir massa de trigo, porque não tenho medo de hidratos de carbono nem tenho problemas com o glúten (e caso tivesse a emenda seria pior que o soneto, porque a proteína principal desta massa é o glúten mesmo :P).

Usei esta opção, não só porque gosto de experimentar coisas novas, mas também porque a ideia era o prato ser vegan. Faço questão de consumir proteína suficiente a todas as refeições, e a utilização desta massa permitiu-me não adicionar uma fonte à parte (caso usasse a tradicional acrescentaria por exemplo seitan, soja ou tofu para ajudar nesse aspeto). 

De resto, não será a fonte proteica de maior qualidade, mas também não fica atrás do seitan, por exemplo.

Quanto à preparação da massa, fica aqui uma descrição breve para os interessados:

No dia anterior cozi grão-de-bico (previamente demolhado) em água com sal e reservei esta água.

No próprio dia fiz o refogado do costume (com azeite, alho, cebola, pimentos e tomate). Deixei cozinhar bem, triturei e juntei a água de cozer o grão-de-bico. 

Ajustei o sal, deixei ferver e adicionei nabiças (usei baby). Esperei que o preparado voltasse a ferver e juntei a massa. Quando esta estava quase cozida acrescentei o grão-de-bico e pronto :)

Ficou deliciosa :D
Haverá algum prato mais reconfortante que este? < 3
O macarrão proteico ficou sem dúvida aprovado - já o tinha usado numa ou outra receita, mas acho que esta foi aquela em que ficou melhor até agora. A textura é durinha como eu gosto, e o sabor lembra um pouco seitan (mas é menos forte). Com o molho fica maravilhosa :D

Isto foi o que preparei para os almoços; para os jantares fiz mais dois pratos. Começando pelo de peixe/moluscos:

Pota à lagareiro com batatas a murro e couve-galega :)

Adoro isto :D 
Pareceu-me boa ideia fazer um prato de forno, porque como cozinho tudo ao mesmo tempo o fogão acaba sempre por estar excessivamente populado :P Assim sendo, optei por cozer logo de início a pota e algumas batatas, e deixar tudo a assar enquanto fazia os restantes pratos.

A receita é muito básica, mas encontram-na aqui

Para preparar a couve apenas a salteei em alho e azeite :)

Esta é sem dúvida uma das minhas refeições preferidas :D
O outro prato para os jantares foi de carne, e ficou escolhido no momento em que a minha mãe me trouxe uma série de pencas caseiras :P

Ter penca e não fazer feijoada vermelha é punível por lei, como toda a gente sabe. ;)

Outro dos meus pratos preferidos :D Sim, eu tenho gostos saloios. Processem-me :P
Para facilitar o processo, fiz refogado a mais, de modo a este chegar para a massa dos almoços e para a feijoada. Depois de o triturar dividi-o pelos dois tachos, e ao da feijoada juntei as folhas de couve e deixei-as cozer no refogado (juntei um pouco de água quente porque eram imensas :P). Quando a penca estava quase pronta adicionei peito de frango cozido e desfiado e feijão vermelho cozido (cozi ambos em água com sal no dia anterior). Ajustei o sal, temperei com cominhos et voilà :)

Como não me apeteceu fazer arroz (já mencionei que costumo ter o fogão demasiado ocupado?) optei por um acompanhamento mais simples. E não é um acompanhamento mais simples qualquer, é o acompanhamento mais simples da história de todos os acompanhamentos simples alguma vez inventados, mais conhecido por...

Couscous < 3
Caso ainda não conheçam, não sabem o que estão a perder. Para o preparar basta temperar com sal, cobrir com água a ferver e deixar repousar uns minutos. Não é preciso levá-lo ao fogão, nem ao forno, nem fazer peregrinações a Fátima (esta foi uma indireta para o arroz integral, que só lá vai mesmo com intervenção divina) - só mesmo cobrir com água quente e esperar.

Neste caso usei o da EU Nutrition, recente adição à gama de biológicos da marca que já referi aqui. Ao contrário de tudo o resto, preparei sempre o couscous na hora de jantar - sendo tão simples não achei que valesse a pena estar a fazê-lo antecipadamente. Quanto à preparação, segui essencialmente as instruções da embalagem; apenas usei um pouco menos de água (usei 70ml para 40g).

É um ótimo acompanhamento para a feijoada :D
Assim foram as refeições desta semana. Como sempre, foram uma ajuda preciosa na organização do tempo. Espero que tenham gostado das sugestões!

Comentários

  1. Que excelentes sugestões!
    Uma excelente e feliz semana!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  2. Até fiquei com fome só de olhar para estas imagens!

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark , as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback . Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio . Mesmo as panquecas de abóbora , uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião). E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas. Apenas as fiz hoje, mas tive de p