Avançar para o conteúdo principal

Preparação de Refeições #60 - Quinoa com Frango, Feijão Frade e Espinafres



Para variar um pouco dos pratos tradicionais dos últimos tempos, esta semana fiz uma coisa mais moderna para os almoços da semana: quinoa :)

Ainda hesitei antes de me decidir por isto, porque não costumo ser a maior fã de quinoa e tinha receio de enjoar. Mas não tive grande tempo para pensar no que fazer, e a ideia de preparar um prato pouco imaginativo com quinoa e mais um par de ingredientes revelou-se particularmente tentadora :P

De qualquer modo, os meus receios eram infundados - não só adorei os almoços, como me convenceram a fazer quinoa mais vezes no futuro!

Eu sei, eu sei, não tem o melhor aspeto. Mas juro que estava delicioso :P
O método de preparação não foi diferente do costume: comecei por fazer um refogado (azeite, alho, cebola, pimentos e tomate, cozinhar bem e triturar). Depois temperei com sal e juntei (por esta ordem) peito de frango em pedaços, quinoa, espinafres, cogumelos e feijão frade. Nada mais simples :)

A quinoa que usei foi esta, da EU Nutrition. O cupão euavela15 dá-vos desconto e ofertas no site!
Tão simples e tão bom :D

Fiquei mesmo fã :)
Com o refogado a quinoa ficou mesmo saborosa, e achei a textura muito agradável - lembra arroz/massa frescos, de certa forma, mas numa modalidade diferente :P

Para os jantares voltei a fazer dois pratos para alternar. O vegan foi bem básico:

Tofu e batata-doce assados com sopa

Viciada nesta dupla < 3
Tenho recebido muitas perguntas sobre como faço a batata-doce, mas o procedimento é absurdamente básico - apenas lavo bem, corto em rodelas e levo ao forno. Antecipando possíveis dúvidas: não, não descasco, nem tempero com sal, nem adiciono azeite. Só uma folha de papel vegetal para não sujar o tabuleiro, e as rodelas de batata.

Não tem mesmo nada que saber - se parece demasiado simples é porque é. Nem sequer conto o tempo, simplesmente vou abrindo o forno e vendo se as rodelas estão prontas (normalmente viro-as a meio para ficarem douradas dos dois lados, mas nem isso é absolutamente necessário). Costumo colocar o forno a 200 graus, mas desde que não usem uma temperatura exageradamente alta ou baixa qualquer uma serve. A espessura das fatias é aleatória, se não altamente variável - mesmo dentro de uma mesma rodela - porque não tenho paciência para cortar tudo direitinho :P

De resto, ficam muito boas - estas que usei eram caseiras, o que ajuda, mas acho as batatas-doces em geral bastante saborosas, de tal forma que métodos de preparação simples são os que as servem melhor. De vez em quando preciso de opções de comida fria, e acho que a batata-doce assim feita fica ótima mesmo sem ser aquecida (apesar de normalmente a levar ao microondas antes de comer) :)

Ignorem o aspeto de tronco de árvore, mais uma vez prometo que o sabor compensa :P

O tofu foi assado também!
Mais simples que a batata só mesmo o tofu - apenas cortei em fatias e levei ao forno. Também com papel vegetal, e também virando a meio para dourar dos dois lados - e também sem sal, nem azeite, nem nada que não ele próprio. Uso o tofu fumado do Lidl, que é de longe o meu preferido.

Para terminar estas refeições extremamente complicadas: sopa.
 A sopa foi, para variar, super original - apenas usei couve-flor e cenoura. Aqui já acrescentei sal, vá :P

Por muito básica que seja, acreditem que é uma das minhas refeições preferidas!

O outro prato: pescada estufada com favas, cenoura e batata

Mais um prato não convencionalmente apetecível que eu adoro :P 
Apesar de não ser tão básico como o tofu com batata-doce, também preparei o peixe muito rapidamente, porque fiz refogado a mais para a quinoa. Depois foi só cozer nele as batatas, o peixe, as favas e a cenoura (por esta ordem). Mais uma vez, temperei apenas com sal :)

Parece uma mixórdia, mas é delicioso e muito reconfortante :D

Talvez as sugestões desta semana não sejam as mais apelativas, mas não julguem o livro pela capa - foi mais uma semana em que só comi pratinhos deliciosos e bem ao meu gosto :)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát