domingo, 16 de junho de 2019

Preparação de Refeições #41 - Feijoada Branca Vegan com Arroz Negro



Para não variar, hoje partilho convosco as refeições que fiz para a semana. Esta rubrica tem sido presença assídua por aqui, apesar de ultimamente não atualizar o blog com frequência: o tempo nas últimas semanas não abundou. No entanto, já estou de férias (*foguetes celebratórios*), por isso conto publicar mais conteúdo nos próximos tempos - isso e atualizar o índice de receitas, coisa que tenho vindo a adiar há meses :P

Voltando ao assunto, para a semana que passou fiz uma feijoada de feijão branco com vegetais e seitan, acompanhada de arroz negro cozido.

Comida de tacho, para não variar :P

Mas já se sabe que refogados são imbatíveis :D
Preparei a feijoada mais ou menos como a tradicional, mas não usei carne ou enchidos. Comecei por fazer um refogado com cebola, pimentos e alho, depois juntei tomate, deixei cozinhar bem e triturei tudo. Devolvi ao tacho, temperei (com sal, cominhos, pimenta branca, orégãos, manjericão, salsa e louro) e quando começou a ferver juntei os ingredientes restantes: seitan, brócolos, cenoura, espinafres e feijão branco cozido, por esta ordem (os primeiros demoram mais a cozer).

Nada de novo, mas recebo inevitavelmente perguntas e não me sinto no direito de negar a ninguém o conhecimento de como fazer uma feijoada simples e deliciosa :P

O seitan que usei foi este:


É o que costumo encontrar com melhor preço (não tenho a certeza de quanto custa, mas anda perto de 2€ por embalagem de 250g), e por norma compro no Pingo Doce.

O rótulo
Pessoalmente acho que o seitan fica muito bem neste prato, até me lembra vagamente a dobrada que se costuma usar em feijoada deste tipo (mas melhor, até porque não sou a maior fã de dobrada :P). E embora o seitan tenha um sabor particular, quando usado em comida com molhos fica bem mais neutro, porque absorve muito os sabores :)

Os vegetais também ficaram ótimos! E tornam a feijoada muito mais alegre, o que é sempre agradável :D


Quanto ao acompanhamento...
...Como na semana anterior tinha usado arroz nesta quis variar um bocadinho, pelo que usei um arroz mais exótico. O escolhido foi este, da caçarola:


Já tinha provado há uns tempos, mas não usava há alguns anos. A forma de preparação é semelhante ao habitual. 

Como costumo fazer com a maior parte dos outros tipos de arroz, demolhei-o durante cerca de 12 horas e escorri bem a água na hora de o preparar. Nessa altura dourei alguns dentes de alho picados num pouco de azeite, aos quais juntei depois o arroz escorrido. Deixei o arroz ganhar o aroma do alho, adicionei a água (e sal) e a seguir foi só tampar e esperar que cozesse :)

Demora um pouco mais a cozer do que o arroz basmati ou branco, embora menos no caso de ter sido demolhado: por volta de 25 minutos. Quanto à água, usei cerca de 500ml para 250g de arroz, mas como este é bastante durinho não é preciso grande cuidado - se usarem água a mais podem simplesmente escorrer e ele fica soltinho na mesma :P

Mal me lembrava do sabor deste arroz, e fiquei positivamente surpreendida. É bastante aromático, e tem um sabor agradável que lembra levemente frutos secos. A textura é semelhante à do arroz integral, e portanto um pouco mais dura que a do arroz branco, o que também me agradou (gosto deste tipo de grãos mais chewy)!

Achei que combinava na perfeição com a feijoada :)

O prato :D
Mais uma vez, a comida ficou deliciosa e bem reconfortante - aspeto importante quando estamos em Junho e a temperatura não sobe dos vinte e poucos graus :P

2 comentários:

  1. Acho que nunca comi esse arroz, tenho que pesquisar bem isso =P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Tantas sugestões deliciosas!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...