Avançar para o conteúdo principal

Preparação de Refeições #45 - Feijoada de Feijão Preto com Frango e Arroz Basmati com Grelos e Nabiças



Hoje venho partilhar o último post de preparação de refeições dos próximos tempos - vou de férias durante duas semanas a partir do dia 16, e não vou manter esta parte da rotina. É organização demais para as férias :P Quando regressar volto a fazer e partilhar as meal preps do costume, é claro :)

Mas antes disso, ainda deixo esta sugestão - uma despedida temporária em grande, com um dos meus pratos preferidos :D

(Ou pelo menos passou a ser um dos meus pratos preferidos esta semana :P)

Tachos, para variar :P
A estrela da semana: uma espécie de feijoada à brasileira :)
Eu adoro feijoada com feijão preto, mas não gosto dos enchidos e carne de porco que se costuma usar. De vez em quando como, quando não sou eu que faço, mas quando sou eu prefiro fazer de forma diferente.

Esta é a minha versão, inspirada na minha avó: em vez de outros tipos de carne coloco peito de frango cozido e desfiado. Acreditem que fica uma delícia :D

O modo de preparação foi o do costume: piquei cebola, pimentos e alho e coloquei tudo num tacho. Adicionei um fio de azeite e levei a refogar a lume médio. Quando a cebola estava translúcida juntei um tomate em pedaços e um pouco de água de cozer o feijão. Deixei cozinhar bem e triturei com a varinha mágica. Temperei com sal, louro e cominhos e juntei peito de frango previamente cozido e desfiado. Pouco depois adicionei o feijão já cozido e deixei ferver novamente :)

Ficou tão boa < 3

Acreditem que o sabor não fica nada atrás do da tradicional. E o frango desfiado fica mesmo muito bom :D

Quanto ao arroz...

Já se sabe que couves são vida. ;)
A ideia inicialmente era só usar nabiças, mas quando fui ao Continente comprá-las só havia dois molhos em não-ótimo-estado. Ainda trouxe umas sacas de nabiças baby, mas continuou a parecer-me pouco - não gosto de misérias no que toca a couves, ou se faz uma dose digna de respeito ou nem vale a pena :P

Acabei por adicionar alguns grelos, gentilmente cedidos pela minha avó, que tem sempre grelos cozidos no congelador (#lifegoals). Ficaram ótimos :D

Para o preparar: primeiro cozi as nabiças em água com sal (os grelos já estavam cozidos, foi só descongelar). Coloquei azeite e alguns dentes de alho picados num tacho e levei a lume baixo. Quando o alho estava dourado adicionei o arroz basmati (previamente demolhado e escorrido) e deixei refogar um pouco. Juntei as nabiças e os grelos cozidos e salteei uns minutos. Depois adicionei água e sal a olho, tampei e deixei cozinhar. Quando o arroz estava quase cozido desliguei o lume e deixei o tacho tampado para acabar de cozer com o vapor :)

E esta é a história do melhor arroz de sempre < 3
Eu adoro arroz e tudo o que sejam couves, por isso era previsível que fosse adorar este acompanhamento :P Ficou mesmo bom, soltinho e com um sabor maravilhoso a alho :D

Almoços da semana :)
Como disse, foi uma ótima despedida das refeições semanais. Gostei mesmo deste prato e acabava sempre o almoço a pensar para mim mesma que tinha de fazer isto mais vezes :P

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát