Avançar para o conteúdo principal

Produtos #66 - Skyr da Siggi's


Como prometi na terça-feira, hoje venho deixar mais uma espécie de review de alguns produtos que experimentei - desta vez do sector dos lacticínios, o meu preferido (sim, eu tenho sectores de supermercado preferidos. Vão ter de viver com isso :P).

Admito que esta marca de skyr demorou a chamar a minha atenção. Nem tinha reparado que eram skyr até alguém deixar um comentário a referi-lo: quando passei por eles no supermercado assumi que fossem iogurtes como os da Pastoret, com uma textura mais líquida e um perfil nutricional não muito interessante. Penso que este engano se deveu às embalagens, com um design mais natural e wholesome do que o que é costume em iogurtes proteicos.

Mesmo depois de saber que eram skyr ainda demorei a comprar, em parte por as versões de sabor terem açúcar adicionado e em parte por quase só ter lido opiniões más sobre eles. Não é uma gama de iogurtes muito popular :P

No entanto, não conseguiria viver bem comigo mesma deixando toda uma gama de iogurtes proteicos por testar, por isso há umas semanas comprei para experimentar :)


Onde Comprar, Preço e Perfil Nutricional

Encontram estes produtos em supermercados, e estão frequentemente em promoção (especialmente no Pingo Doce e Continente). O preço por iogurte é 1,29€, mas facilmente os encontram com desconto a pouco menos de 1€. Mesmo assim, o preço é bastante elevado - é natural que um iogurte proteico seja mais caro que o habitual por implicar custos de produção superiores, mas ainda assim costumam ser mais baratos do que estes.

Estão disponíveis nos sabores natural, de morango e de mirtilo. Conforme já referi, os de sabor têm açúcar adicionado; não muito, porque a marca promete trazer para o mercado um iogurte menos doce do que o dos iogurtes comuns, mas algum. 

As tabelas nutricionais confirmam esta afirmação (vou deixar os rótulos de cada um mais abaixo): por 100g os skyr de mirtilo e morango têm pouco mais de 7g de açúcar, o que é pouco se considerarmos que os iogurtes já costumam ter perto de 4g de açúcar naturalmente presente. Ainda assim, parece-me desnecessário quando há opções tão boas sem qualquer adição de açúcar. Penso que a opção da marca se prende com a linha 'natural' que optaram por seguir, até porque o açúcar adicionado é de cana. No entanto, continua a ser açúcar; pessoalmente preferia que os produtos fossem adoçados com edulcorantes, que apesar da má fama são seguros nas doses habituais.

De qualquer forma, o perfil de macronutrientes não é desinteressante, com um baixo teor de gordura, bastante proteína e quantidade de hidratos de carbono e açúcar moderada. Os quarks de sabor da Lindahls ou do Lidl são claramente superiores, mas ainda assim estes skyr não me parecem uma má escolha.

Quanto ao sabor e textura, são realmente menos doces do que é habitual, e bastante densos, como é caraterístico dos skyr. Segue-se a minha opinião sobre cada sabor, por ordem de preferência:

1º - Natural



Como podem ver, esta versão tem um perfil nutricional excelente. A lista de ingredientes é também o mais simples possível, como de resto é costume em iogurtes naturais.



Este sabor surpreendeu-me pela positiva. Eu já adorava o skyr natural do Lidl, por exemplo, mas acho que ainda gostei mais deste! Tem uma textura muito densa na mesma, mas menos pastosa. Fez-me lembrar o iogurte grego 0% gordura da Fage, que também é incrível :) 

O sabor é azedinho, como eu gosto. Se preferem iogurtes naturais de sabor mais leve talvez não seja a melhor opção.

Claro que tinha de o experimentar com manteiga de amendoim < 3
Se me seguem nas redes sociais (e especialmente se vêem as stories que publico no Instagram) saberão que tenho uma *pequena obsessão* com iogurtes naturais densos cobertos de manteiga de amendoim. A combinação do iogurte fresco e azedo a contrastar com a manteiga de amendoim levemente doce fica maravilhosa, o que é que posso fazer - não fui eu que a fiz maravilhosa :P

Não surpreendentemente, ficou delicioso :)
A única queixa que tenho é que gosto de deixar a manteiga de amendoim para o fim, e como estas embalagens são altas é preciso fazer alguma ginástica e perder um pouco o amor à dignidade pessoal para conseguir. Mas nada que não se faça com boa vontade :P

2º - Mirtilo


Podem confirmar que, como referi, o teor de açúcar já é um pouco mais elevado


Não gostei de todo tanto destes como dos naturais. Não que sejam maus: a textura é na mesma muito densa (embora um pouco menos) e até mais cremosa, e o sabor é levezinho e agradável. No entanto, não são propriamente marcantes, e há muitos outros iogurtes proteicos que considero melhores.

O sabor a mirtilo não é muito forte, e o açúcar é apenas suficiente para cortar o travo azedo do iogurte. Acaba por ser um iogurte mais leve que o habitual; se costumam achar os iogurtes disponíveis no supermercado excessivamente doces ou enjoativos talvez seja uma boa opção para vocês. O mesmo se não gostam de caldas, que estes não têm, ou da textura pastosa dos skyr, porque apesar de densos estes são bastante cremosos.

Pessoalmente, fico-me antes pelo kvarg de stracciatella da Lindahls, que prefiro mil vezes - ou, se considerarem mais justo compará-los com iogurtes de fruta, os quarks de sabor do Lidl. Não achei que fosse tão azedo como algumas pessoas me disseram, mas acho este meio termo um pouco estranho: prefiro comer iogurtes naturais ou iogurtes adoçados que sejam realmente doces, esta ideia de os deixar a meio caminho não me impressionou :P


3º - Morango




A minha opinião em relação ao skyr de morango é praticamente a mesma que a em relação ao de mirtilo, com a agravante de que o de morango tem um aspeto e sabor ainda mais sem graça :P 

Podem ver na foto acima que a nível de aparência até se assemelha ao natural, distinguindo-se apenas um ou outro pedacinho de morango. Analogamente, o sabor é muito leve. Embora não seja mau e os pedacinhos resultem bem na textura, também não me convenceu completamente.


Em suma, não me parece que vá voltar a comprar nenhum a não ser o natural, de que realmente gostei muito. A nível de preço o skyr natural do Lidl vence, e como também adoro é o que continuo a comprar com mais frequência. Mas para variar um pouco de vez em quando o desta marca  parece-me bem :)

Comentários

  1. Acabo por ter "pena" é por serem tão caros...
    O meu marido de vez em quando compra uns de beber, socorro.... 1,5€ cada um!!

    Beijocas

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát