Avançar para o conteúdo principal

Produtos #84 - Iogurtes Proteicos (Sólidos e Líquidos) da Yopro

Hoje venho falar de uma marca que, não tendo propriamente entrado no mercado com um estrondo, tem vindo a ganhar território ao ponto de ser a única a fazer competição à Lindahls (da Nestlé) no campo dos iogurtes proteicos em Portugal (fora marcas brancas): a Yopro (da Danone).
A
Muito graças aos dois lançamentos mais recentes: iogurtes sólidos com sabro a banana & manteiga de amendoim e baunilha, que, estes sim (ao contrário dos sabores originais), levantaram ondas :P
 

Como nesta altura toda a gente sabe, os iogurtes da marca estão à venda nos supermercados do costume: Continente, Pingo Doce, Auchan, E. Leclerc,...


Os iogurtes sólidos têm 160g cada um e custam normalmente 1.10€, mas estão frequentemente em promoção a 0.88€. Estão disponíveis em 3 sabores: baunilha, banana & manteiga de amendoim e mirtilo. A informação nutricional difere um pouco de sabor para sabor, mas em geral um iogurte tem perto de 90kcal e 15g de proteína. Não têm adição de açúcar, pelo que os hidratos de carbono rondam os 6g no total (quase tudo açúcares naturalmente presentes, do leite); e são magros, por isso a gordura ronda os 0g. Vou deixar fotos dos rótulos de todos os sabores abaixo, mas pelo que referi já se pode concluir que são iogurtes proteicos de qualidade, com um perfil nutricional exemplar.


Quanto aos iogurtes líquidos, cada embalagem contém 300g e custa normalmente 1.99€, mas estão frequentemente em promoção a 1.54€. Estão disponíveis em 5 sabores: morango & framboesa, café, limão & menta, caramelo e baunilha & bolacha. Cada garrafinha ronda as 180kcal e tem perto de 25g de proteína. Novamente, não têm açúcar adicionado e são magros; os hidratos de carbono andam à volta dos 16g (praticamente só açúcares do leite) e a gordura de 1g. Também vou deixar alguns rótulos exemplificativos abaixo. Devo referir que muita gente acha que os iogurtes líquidos têm açúcar adicionado devido ao teor de açúcar por embalagem, mas não é verdade; por serem menos fermentados que os sólidos, estes têm mais açúcar naturalmente presente por 100g, e o facto de as embalagens serem grandes faz com que a diferença pareça ainda maior.


Quanto a alergénios, já me disseram que a marca garante que todos os produtos da Yopro são isentos de lactose, mas nunca vi essa informação escrita nas embalagens. Parece-me plausível, até porque um símbolo 'sem lactose' está associado a toda a gama no site oficial. Nos iogurtes líquidos há um aviso acerca de vestígios abaixo da lista de ingredientes (mas em quantidades abaixo 0.01%), mas nunca vi nenhuma menção ao teor de lactose nos sólidos. Relativamente ao glúten, é referido na embalagem que os iogurtes líquidos podem conter cereais com glúten, mas mais uma vez nenhuma informação aparece no caso dos sólidos.


A nível de sabor/textura, em geral diria que se nota que é uma gama com qualidade. Adoro a consistência dos sólidos: é densa mas tem uma certa leveza, que assim como no caso dos iogurtes '+ Proteína' da Corpos Danone (talvez por serem da mesma marca mãe :P) me lembra uma espécie de mousse cremosa com bolhinhas de ar. O sabor costuma ser docinho e agradável - diria que mais docinho que os da Lindahls, e mais agradável que os da Lindahls :P Sei que as opiniões diferem, mas os da Lindahls parecem-me ter um sabor mais ténue e vagamente artificial, com um aftertaste muito caraterístico devido aos aromas ou adoçantes utilizados. Apesar de gostar de alguns sabores da marca, acho que muitos ficam aquém; não acho que o de framboesa, por exemplo, tenha um sabor autêntico a fruta. Em contraste, o de mirtilo da Yopro tem um sabor intenso e natural a mirtilo. Quanto aos líquidos, novamente tendo a preferi-los ao da Lindahls, mas estes por causa da consistência: os da Yopro são mais fluidos e cremosos, por isso acho que se bebem mais facilmente. No entanto, um ponto negativo é que têm em pano de fundo um sabor bastante forte a iogurte, que parece ofuscar o aroma principal; tanto que acabo por achar vários aromas (caramelo e café, por exemplo) mais parecidos do que deveriam ser, por terem em comum um travo notório a iogurte mais forte que o do próprio caramelo ou café. Nesse aspeto, acho que os iogurtes líquidos proteicos da Corpos Danone estão mais bem conseguidos.


Sem mais demoras, segue o meu ranking dos sabores, começando pelos sólidos (os melhores, claro :P):


1º - Baunilha




Não é segredo para ninguém que adoro baunilha, e ser deste aroma é sempre um bom indicador de que um iogurte me agradará. O quark de baunilha do Lidl é o meu iogurte proteico favorito de todo o sempre - e também gosto bastante do da Lindahls, embora não o coma muitas vezes por ser (na minha opinião) pior que o do Lidl, além de ser mais caro e só vir em baldes :P


Assim sendo, seria de prever que ia adorar este, e confirmou-se. É bastante distinto de qualquer outro iogurte proteico ou quark de baunilha anteriormente presente no mercado, porque o sabor não vem de um aroma comercial a baunilha, mas sim das sementes da vagem. Isto confere-lhe um aroma mais delicado e natural, ainda que leve. É doce, talvez acima da média para o tipo de iogurte, mas não achei que fosse exagerado. A textura, como referi a propósito da gama em geral, lembra a de uma mousse levezinha; o resultado é um iogurte suave, autêntico e nada enjoativo. É-me difícil compará-lo com os quarks que referi, porque é um tipo de iogurte de baunilha completamente diferente.


Lembra o interior dos gelados Magnum, e é particularmente bom depois de ser colocado no congelador durante meia horinha - fica a dica :)


2º - Mirtilo





Embora seja menos chamativo, também adoro este. Tem mirtilos 'a sério', não só aroma - e nota-se, porque sabe mesmo a mirtilos, com direito a pedacinhos do fruto pelo meio do iogurte e tudo.


O sabor é docinho e bastante natural, e a textura densa mas leve como no resto da gama. Aproxima-se do meu ideal para um iogurte de mirtilo :)


3º - Banana e Manteiga de Amendoim





Enquanto boa pessoa obcecada por manteiga de amendoim que sou, devo dizer que me entristece ter de colocar este iogurte em último lugar. Mas não me culpem: foi a Yopro que a tal me obrigou.

Porque ainda não ultrapassei a desilusão e falar sobre o assunto ainda me é doloroso, vou ser curta e breve: o iogurte não sabe a manteiga de amendoim

Sabe só a banana, e apesar de não ser mau para um iogurte de banana, não é esse o sabor prometido. De resto, não tem aquele aroma infantil e docinho a banana que costuma encontrar-se em gomas, rebuçados e iogurtes, mas uma versão um pouco dissimulada que lembra puré de banana (até tem algumas semelhanças com banana verde).

A textura é semelhante à do resto da gama, com alguns pedaços de fruta (que também não são maravilhosos, às vezes lembram os fios das cascas das bananas).

Apesar do fracasso, dediquei-me a melhorá-lo de duas maneiras diferentes, que, diga-se de passagem, resultaram lindamente e deviam levar à minha contratação como consultora de desenvolvimento de produto da Yopro:
A mais óbvia: acrescentar manteiga de amendoim. O meu lema de vida é 'se falta manteiga de amendoim, junta manteiga de amendoim, e falta sempre manteiga de amendoim'. ;)

Com bolacha maria e sumo de laranja. Devo dizer que acho que esta opção ainda supera a anterior! Lembra-me de uns potes de fruta de banana, laranja e bolacha que adoro para os bebés :P


Epitáfio do Natural: À Memória Do Que Já Não Está Entre Nós





Pois é, eu tenho um arquivo de fotos que nunca mais acaba boa memória e ainda me lembro da existência deste, por muito que a Danone insista em retirar iogurtes do mercado de fininho a ver se ninguém repara (como já acontece com os '+ proteína' natural e de morango, bem como... A gama inteira dos Danio! Alguém se lembra do #xeidafome? Porque eu sim. A Danone é que não, pelos vistos :P).

Decidi deixar aqui uma menção a honrar o desaparecido. Era um iogurte natural agradável, embora não particularmente digno de nota. Julgo que desapareceu com a renovação da marca que trouxe os dois novos sabores e alterou o formato (em vez de dois iogurtes 'colados' passaram a vender-se individualmente).

Passemos agora aos líquidos:

1º - Limão e Menta

Provei este sabor quando estava de férias em Espanha, ainda não tinha ele chegado ao mercado - tanto que não tenho fotos do interior. Mas devo dizer que me surpreendeu: é um sabor delicioso e bem fresquinho, tudo o que se quer num iogurte líquido! 

Acho que é aquele em que o aroma em si se destaca mais do sabor a iogurte, pois tem um travo bastante forte a limão. Não acho que saiba a menta, de todo - o que me agrada, porque ao contrário de manteiga de amendoim odeio menta. Por isso aqui considero o facto de só saber a um dos aromas (limão) um ponto positivo. Desavergonhadamente parcial, eu sei :P

A consistência é ótima, cremosa mas suficientemente líquida para não ficar metade no pacote.

2º - Caramelo




Este sabor tinha tudo para ser o melhor da gama, mas o travo forte a iogurte ofusca o aroma a caramelo e acaba por deixar o resultado pior do que deveria ser. O sabor a caramelo é agradável, mas na minha opinião não se destaca.

Estava à espera de melhor, mas ainda assim é agradável, e novamente adorei a textura. Podia ter um tom mais dourado, para fazer alusão ao caramelo.

3º - Café



Mais uma vez, este era um sabor cheio de potencial, mas achei que não vivia à altura da expectativa porque sabe principalmente a iogurte - tanto que, como referi no início do post, acaba por se afigurar bastante parecido ao de caramelo.

A combinação do aroma a iogurte com aroma a café não deixa de ser interessante, mas preferia que o café se destacasse. Novamente, seria bom se a cor fosse adequada ao sabor - qual a ideia de fazer com que um iogurte de café seja branco? Ainda que pareça que não faz diferença, acho que uma cor acastanhada daria a ilusão de ter um sabor mais forte a café.

4º - Baunilha e Bolacha





Este sabor é agradável, mas nada de excecional. Sabe a baunilha, com um travo a bolacha levezinho. É bom, mas não se distingue de tantos outros à venda atualmente. Embora deva admitir que o aroma a iogurte combina melhor com um sabor leve, como baunilha e bolacha, do que com sabores mais fortes, como caramelo ou café!

Talvez tenham reparado que falta o de morango e framboesa - não tenho fotos dele, e honestamente nem sei se alguma vez o provei. Se provei, então não é digno de nota porque nem me lembro de o fazer; se não provei, então acredito que não seja digno de nota na mesma, porque é um iogurte líquido de frutos vermelhos no meio de 290821798 outros iogurtes líquidos de frutos vermelhos no mercado :P

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark , as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback . Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio . Mesmo as panquecas de abóbora , uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião). E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas. Apenas as fiz hoje, mas tive de p