Avançar para o conteúdo principal

Muffins de Framboesa Integrais (Saudável, Sem Lactose)


Já lá vão uns meses desde que comprei forminhas de silicone para muffins. Comprei-as devido uma razão altamente persuasiva, e quando fui ao hipermercado (com imensas receitas de muffins na cabeça) fiquei um pouco desiludida - apenas havia formas retangulares. O meu sonho de muffins altinhhos (caraterística imprescindível nos muffins) e redondos ficou adiado.
Depois de percorrer 4 hipermercados, tive de ir a outro país para comprar formas redondas! (não fui lá de propósito, juro!)
Mesmo com as formas redondas, fiz vários muffins não apresentáveis, muffins que foram para o lixo e muffins mais ou menos, fui pesquisar dicas com o intuito de conseguir o «domed top» perfeito e fiz mais muffins que foram para o lixo. Bastante investigação e algumas fornadas de muffins depois, consegui fazer muffins decentes. 
Por alguma razão, mesmo com formas normais, a massa dá-me sempre para mais muffins do que era suposto. Agora que eles saem bem até é bom, certo?
Estes muffins não são altos (como todos os que aparecem em receitas e que eu invejo imenso), mas foram talvez os primeiros muffins que fiz e gostei realmente. Usei os dois  tipos de forminhas, e afinal ficaram igualmente bons...
Ok, talvez eu tenha embirrado com elas.









Muffins de Framboesa ( Saudável, Sem Lactose)
Adaptado daqui
Para 16 muffins

Ingredientes:

[ 100g de farinha de trigo
[  50g de farinha de espelta
[  50g de farinha de centeio
[  50g de farinha de aveia
[  50g de farinha de trigo integral
[  Três colheres de chá de fermento
[  1 pitada de sal
[  1 ovo L
[  120g de açúcar
[  240ml de leite de soja (ou leite normal)
[  2 colheres de sopa de óleo
[  1 colher de sopa de iogurte natural (pode ser de soja)
[  48 framboesas congeladas

Preparação:

| Preparar as formas de muffins.
| Misturar as farinhas e o sal. Peneirar 3 vezes.
| À parte, bater o ovo, o açúcar, o leite, o iogurte e o óleo, batendo bem acada adição.
| Juntar às farinhas o fermento.
| Juntar as duas misturas e envolver delicadamente com uma colher só até estarem homogeneizadas.
| Dividir por formas de muffins e colocar 3 framboesas em cada uma.
| Levar ao forno pré-aquecido a 220 graus, baixando a temperatura para 170 graus após 7 minutos e até cozer.

   Como já disse na introdução, estes foram dos primeiros muffins de que eu gostei. Na altura ainda não tinha um tabuleiro para muffins, por isso não ficaram altinhos como provavelmente ficariam se tivessem sido feitos neste. Apesar de a receita original mencionar como produto final 12 muffins, a mim a receita deu para 16, não faço ideia porquê... talvez as minhas formas sejam mais pequenas.


_________________________________________________________________________
Informação Nutricional 
Energia: 142 kcal
Proteínas: 3.66g
Hidratos de Carbono: 28.1g
-       Dos quais açúcares: 10.2g
Lípidos: 2.5g
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
Fibra: 4.8g
Sódio: 25mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a um muffin). Está sujeita a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverá apresentar valores próximos do valor real.
_________________________________________________________________________

Comentários

  1. Humm muffins de framboesa são os meus preferidos :)

    Por acaso a mim é ao contrário, a massa dá-me sempre para menos (e eu juro que não vou comendo à colher :P)

    Com ou sem o topo altinho aposto que ficam deliciosos!

    beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Olá! Vim visitar-te e dei logo de caras com estes belos bolinhos! Adoro framboesas e a mistura de farinhas deve resultar muito bem. Beijinhos e parabéns pelo blogue!

    ResponderEliminar
  3. Ai que liiindo!!!! Preciso fazer essa receita!!! Boa semana! Blog lindo

    ResponderEliminar
  4. Estas aventuras culinárias são tão boas de partilhar! Quando embirro com algo na cozinha, também é um verdadeiro sarilho.
    Podem não estar como os idealizaste mas estou bem apetitosos. Gostei da imensa variedade de farinhas que usaste :)

    ResponderEliminar
  5. Olá avelãs
    Eu por acaso muito raramente faço muffins, mas estes estão bem bonitos e devem ser uma delicia
    Beijokas

    ResponderEliminar
  6. Agora fizeste-me lembrar os primeiro muffins que fiz, todos agarrados à forma e sem massa por dentro :p
    Estes de facto ficaram mesmo bonitos, parecem até aquele que se compram mas claro, muito mais saudáveis :p

    ResponderEliminar
  7. Olá,
    Descobri o teu blog não sei bem como mas, adorei estes muffins e outras coisinhas doces que tens por aqui.
    Bjs, Susana

    ResponderEliminar
  8. Olá Avelã...

    Isto das receitas sem lactose agradam-me :-)
    Porque eu tenho uma certa intolerância à lactose por isso vou estar atenta às tuas receitas e pôr à prova algumas :-)

    Beijinhos*
    joana

    ResponderEliminar
  9. Bom dia, Avelã!
    Hoje vim voar numa postagem antiga.
    Também adoro muffins e assim como vc sou doida pela forma que os deixa redondinhos e altos. Preciso comprar aquela assadeira que tem lugar para 6, 12... é meu sonho.
    A receita parece gostosa, ainda mais sendo integrais...

    Abraços esmagadores.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito . Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Po