Avançar para o conteúdo principal

Pão-de-Ló de Ovar (Húmido)

Quando estava viciada no fluff de claras acabava por utilizar com grande frequência meio litro de claras por dia. Não era só eu que comia, e como toda a gente adorava acabava sempre por fazer em maior quantidade (diga-se de passagem que nunca sobrava nada). Claro que utilizar esta quantidade de claras a partir de ovos inteiros seria impensável, portanto passava regularmente pelo Celeiro ou arranjava da Makro para reabastecer.
Entretanto a febre do fluff passou. Continuo a adorá-lo, mas já não uso meio litro de claras - e visto que no dia-a-dia como ou utilizo ovos inteiros, as idas ao Celeiro deixaram de precisar de ser tão regulares.
Agora apareceu a nova receita de crepioca, que leva 1 ovo e 1 clara. O padrão repete-se: não sou só eu que como, e como tal continuo a fazer em maior quantidade. E as gemas vão-se acumulando. 
Não tenho ido ao Celeiro e a quantidade que uso não justifica comprar uma embalagem de claras inteira, o que me deixa com imensos mini-recipientes com várias gemas no frigorífico e nenhum modo de as gastar.
É para isso que costuma servir este pão-de-ló, que apesar de pequeno gasta 9 gemas - a solução ideal para o meu problema com os ovos.
E convenhamos, ter este pão-de-ló húmido e delicioso é um bónus bastante agradável...




Pão-de-Ló de Ovar 
Adaptado daqui
Para 1 pão-de-ló pequeno

Ingredientes:
[  9 gemas
[  3 ovos
[  150g de açúcar
[  75g de farinha

Preparação:
| No recipiente de uma batedeira elétrica juntar as gemas, os ovos e o açúcar e bater durante 15 minutos. 
| Peneirar a farinha para a mistura anterior e incorporar suavemente com uma espátula até a massa ficar homogénea.
| Colocar numa forma forrada com papel vegetal e levar a forno pré-aquecido a 200 graus durante 20 minutos*, cobrindo com uma folha de papel de alumínio a meio se o topo estiver a ficar queimado.

*Como o pão-de-ló pode ser mais ou menos húmido o tempo no forno depende muito dos gostos de cada um. Eu prefiro que fique quase todo cozido com uma camada mais líquida por cima e deixo-o no forno sempre 20 minutos no mínimo, mas há quem goste dele mesmo muito húmido - nesse caso recomendo uns 10-15 minutos. Também depende do forno.




Já fiz esta receita bastantes (inúmeras!) vezes, mas como é difícil tirar fotos sendo ele húmido (a sério, não imaginam a tendência a parecer um flamingo frustrado) só estou a publicar a receita agora. O sabor é muito bom e a textura imensamente fofa e ligeiramente húmida, muito fresca, como a dos tradicionais. É mesmo delicioso e simples de fazer - nunca provei um pão-de-ló húmido que não este, por isso não posso comparar, mas posso dizer que este se aproxima da perfeição. Nunca pensei que fosse tão fácil obter aquele gosto e textura especiais dos que se compram em pastelarias conceituadas, mas é! 

Comentários

  1. Parece ter ficado perfeito, ficou fofo, com aquela "pelicula" por cim caracteristica desse pao de lo, com o interior humido, bem, so me faltava provar! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Hummm, mas parece mesmo delicioso, e o melhor é que além de delicioso a receita é bem fácil também.
    Bjsssss amiga

    ResponderEliminar
  3. Olá Avelã!!
    Os pães-de-ló daqui, comparados com os portugueses, são tão pobrezinhos!! rsrs
    Esse sim enche os olhos da gente, com essa umidade deliciosa!!!!
    Hmmmm...fiquei realmente com água na boca!!!
    Beijos mil e boa noite pra ti! =)
    www.deliciasdavodeo.com.br

    ResponderEliminar
  4. Que pena que ainda não dá para olhar para o ecran, meter a mão e trazer comigo essa fatia!

    ResponderEliminar
  5. Lindo!!!
    Costumo fazer o de alfeizerão. Adoro :)
    Mas são ambos muito bons.
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Vivo bem perto de Ovar e adoro esta iguaria. Principalmente daqueles que se comem à colher :p Cá em casa, feliz ou infelizmente, mais ninguém aprecia, além de mim e do meu irmão e nunca fiz esta receita. Mas pela altura do Natal ou Páscoa, a sogra querida envia-me sempre um que ela faz...é ver-me rapar o papel até não haver migalha :p

    ResponderEliminar
  7. Nunca provei esse, mas Deus, excelente aspecto, parabéns!
    E bem fácil de fazer. Qualquer dia arrisco =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  8. As fotos estão muito boas, gostei muito :)
    pão de ló é sempre bem vindo :D
    Como eu sou da team enqueijado acho que quando fizer vou deixar os 10 - 15 minutos :P
    Mas mesmo assim como tens aqui tem um aspecto divinal (eu tenho mesmo de deixar de vir comentar o teu blog de madrugada porque senão depois não consigo adormecer cheia de fome :D)!
    Este comentário vai mais curtindo porque estou mesmo mesmo a ficar sem bateria no pc e agora estou com preguiça e não me apetece ir buscar o carregador :DD
    Mas parabéns pela receita e pelo resultado que está muito bom!
    Beijinhos ;D

    ResponderEliminar
  9. Ai que bom aspeto, já comia!!!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  10. Pão de ló com creminho!! Tão bom!! Pena levar tantos ovos, mas os melhores bolos são assim :) beijinho

    ResponderEliminar
  11. Ola! Parabens pelo blog tem excelentes receitas, algumas ja testadas por mim :) Tenho la em casa uns ovinhos caseiros que julgo o seu destino será perfeito para um pao de lo e sem duvida este que aqui apresentas tem um aspecto maravilhoso! Tenho apenas uma duvidada, a farinha é com ou sem fermento? Obrigada....Muitos sucessos!!! Filipa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, ainda bem que gosta do blog :D
      A farinha é sem fermento. Caso venha mesmo a experimentar espero que goste!

      Eliminar
    2. Muito Grata pela dica! Experimentei e aprovei, ficou perfeito...Numa só palavra DIVINAL...Obrigada

      Eliminar
    3. Fico feliz por saber! Obrigada eu pelo comentário :D

      Eliminar
  12. Olá Avelã! Como forras a forma? Apenas com papel vegetal ou usas um pouco de manteiga? Eu tenho uma dúvida quanto ao papel vegetal: existe algum papel vegetal mais apropriado para a culinária? Porque o que tenho em casa é bastante fino e em certas receitas o resultado não é tão bom quanto desejaria.
    Esse pão-de-ló deixa qualquer um a salivar só de ver! Parece tão apetitoso! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Costumo forrar só mesmo com papel vegetal, há quem ponha manteiga para que este fique mais 'fixo' na forma mas acho desnecessário. Além disso, usando manteiga a forma fica toda gordurosa e difícil de limpar - e não queremos isso. :P
      Eu uso o papel de qualquer supermercado, mas é possível que o de algumas marcas seja mais fino... O que é que acontece, fica 'empapado'? É estranho, nunca tive nenhum problema com isso! Sugiro mesmo experimentar o de uma marca diferente, pode ser que notes alguma diferença :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

As Panquecas Perfeitas! (Saudável, Sem Gordura Adicionada, Sem Glúten)

Desde que tenho o blog já experimentei muitas receitas de panquecas, e já publiquei várias delas. Algumas foram particularmente bem-sucedidas: as de aveia com quark , as de weetabix e as de coco já foram feitas (e aprovadas) por muita gente que me veio dar o seu feedback . Outras tornaram-se em clássicos por aqui, e foram repetidas imensas vezes por mim desde que as publiquei; é o caso das panquecas com aveia de sabor e das de aveia e centeio . Mesmo as panquecas de abóbora , uma das últimas receitas que publiquei, foram bastante apreciadas (por mim e por quem já experimentou e partilhou a sua opinião). E gostei bastante de todas estas receitas, até porque só publico no blog coisas de que tenha gostado realmente. Mas, as receitas antigas que me desculpem, hoje não venho partilhar uma receita de panquecas 'boa', nem sequer muito boa. Hoje venho partilhar A receita, capaz de revolucionar por completo a forma como vêem as panquecas. Apenas as fiz hoje, mas tive de p