Avançar para o conteúdo principal

Pão-de-Ló de Ovar (Húmido)

Quando estava viciada no fluff de claras acabava por utilizar com grande frequência meio litro de claras por dia. Não era só eu que comia, e como toda a gente adorava acabava sempre por fazer em maior quantidade (diga-se de passagem que nunca sobrava nada). Claro que utilizar esta quantidade de claras a partir de ovos inteiros seria impensável, portanto passava regularmente pelo Celeiro ou arranjava da Makro para reabastecer.
Entretanto a febre do fluff passou. Continuo a adorá-lo, mas já não uso meio litro de claras - e visto que no dia-a-dia como ou utilizo ovos inteiros, as idas ao Celeiro deixaram de precisar de ser tão regulares.
Agora apareceu a nova receita de crepioca, que leva 1 ovo e 1 clara. O padrão repete-se: não sou só eu que como, e como tal continuo a fazer em maior quantidade. E as gemas vão-se acumulando. 
Não tenho ido ao Celeiro e a quantidade que uso não justifica comprar uma embalagem de claras inteira, o que me deixa com imensos mini-recipientes com várias gemas no frigorífico e nenhum modo de as gastar.
É para isso que costuma servir este pão-de-ló, que apesar de pequeno gasta 9 gemas - a solução ideal para o meu problema com os ovos.
E convenhamos, ter este pão-de-ló húmido e delicioso é um bónus bastante agradável...




Pão-de-Ló de Ovar 
Adaptado daqui
Para 1 pão-de-ló pequeno

Ingredientes:
[  9 gemas
[  3 ovos
[  150g de açúcar
[  75g de farinha

Preparação:
| No recipiente de uma batedeira elétrica juntar as gemas, os ovos e o açúcar e bater durante 15 minutos. 
| Peneirar a farinha para a mistura anterior e incorporar suavemente com uma espátula até a massa ficar homogénea.
| Colocar numa forma forrada com papel vegetal e levar a forno pré-aquecido a 200 graus durante 20 minutos*, cobrindo com uma folha de papel de alumínio a meio se o topo estiver a ficar queimado.

*Como o pão-de-ló pode ser mais ou menos húmido o tempo no forno depende muito dos gostos de cada um. Eu prefiro que fique quase todo cozido com uma camada mais líquida por cima e deixo-o no forno sempre 20 minutos no mínimo, mas há quem goste dele mesmo muito húmido - nesse caso recomendo uns 10-15 minutos. Também depende do forno.




Já fiz esta receita bastantes (inúmeras!) vezes, mas como é difícil tirar fotos sendo ele húmido (a sério, não imaginam a tendência a parecer um flamingo frustrado) só estou a publicar a receita agora. O sabor é muito bom e a textura imensamente fofa e ligeiramente húmida, muito fresca, como a dos tradicionais. É mesmo delicioso e simples de fazer - nunca provei um pão-de-ló húmido que não este, por isso não posso comparar, mas posso dizer que este se aproxima da perfeição. Nunca pensei que fosse tão fácil obter aquele gosto e textura especiais dos que se compram em pastelarias conceituadas, mas é! 

Comentários

  1. Parece ter ficado perfeito, ficou fofo, com aquela "pelicula" por cim caracteristica desse pao de lo, com o interior humido, bem, so me faltava provar! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Hummm, mas parece mesmo delicioso, e o melhor é que além de delicioso a receita é bem fácil também.
    Bjsssss amiga

    ResponderEliminar
  3. Olá Avelã!!
    Os pães-de-ló daqui, comparados com os portugueses, são tão pobrezinhos!! rsrs
    Esse sim enche os olhos da gente, com essa umidade deliciosa!!!!
    Hmmmm...fiquei realmente com água na boca!!!
    Beijos mil e boa noite pra ti! =)
    www.deliciasdavodeo.com.br

    ResponderEliminar
  4. Que pena que ainda não dá para olhar para o ecran, meter a mão e trazer comigo essa fatia!

    ResponderEliminar
  5. Lindo!!!
    Costumo fazer o de alfeizerão. Adoro :)
    Mas são ambos muito bons.
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Vivo bem perto de Ovar e adoro esta iguaria. Principalmente daqueles que se comem à colher :p Cá em casa, feliz ou infelizmente, mais ninguém aprecia, além de mim e do meu irmão e nunca fiz esta receita. Mas pela altura do Natal ou Páscoa, a sogra querida envia-me sempre um que ela faz...é ver-me rapar o papel até não haver migalha :p

    ResponderEliminar
  7. Nunca provei esse, mas Deus, excelente aspecto, parabéns!
    E bem fácil de fazer. Qualquer dia arrisco =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  8. As fotos estão muito boas, gostei muito :)
    pão de ló é sempre bem vindo :D
    Como eu sou da team enqueijado acho que quando fizer vou deixar os 10 - 15 minutos :P
    Mas mesmo assim como tens aqui tem um aspecto divinal (eu tenho mesmo de deixar de vir comentar o teu blog de madrugada porque senão depois não consigo adormecer cheia de fome :D)!
    Este comentário vai mais curtindo porque estou mesmo mesmo a ficar sem bateria no pc e agora estou com preguiça e não me apetece ir buscar o carregador :DD
    Mas parabéns pela receita e pelo resultado que está muito bom!
    Beijinhos ;D

    ResponderEliminar
  9. Ai que bom aspeto, já comia!!!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  10. Pão de ló com creminho!! Tão bom!! Pena levar tantos ovos, mas os melhores bolos são assim :) beijinho

    ResponderEliminar
  11. Ola! Parabens pelo blog tem excelentes receitas, algumas ja testadas por mim :) Tenho la em casa uns ovinhos caseiros que julgo o seu destino será perfeito para um pao de lo e sem duvida este que aqui apresentas tem um aspecto maravilhoso! Tenho apenas uma duvidada, a farinha é com ou sem fermento? Obrigada....Muitos sucessos!!! Filipa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, ainda bem que gosta do blog :D
      A farinha é sem fermento. Caso venha mesmo a experimentar espero que goste!

      Eliminar
    2. Muito Grata pela dica! Experimentei e aprovei, ficou perfeito...Numa só palavra DIVINAL...Obrigada

      Eliminar
    3. Fico feliz por saber! Obrigada eu pelo comentário :D

      Eliminar
  12. Olá Avelã! Como forras a forma? Apenas com papel vegetal ou usas um pouco de manteiga? Eu tenho uma dúvida quanto ao papel vegetal: existe algum papel vegetal mais apropriado para a culinária? Porque o que tenho em casa é bastante fino e em certas receitas o resultado não é tão bom quanto desejaria.
    Esse pão-de-ló deixa qualquer um a salivar só de ver! Parece tão apetitoso! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Costumo forrar só mesmo com papel vegetal, há quem ponha manteiga para que este fique mais 'fixo' na forma mas acho desnecessário. Além disso, usando manteiga a forma fica toda gordurosa e difícil de limpar - e não queremos isso. :P
      Eu uso o papel de qualquer supermercado, mas é possível que o de algumas marcas seja mais fino... O que é que acontece, fica 'empapado'? É estranho, nunca tive nenhum problema com isso! Sugiro mesmo experimentar o de uma marca diferente, pode ser que notes alguma diferença :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito . Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Po