Avançar para o conteúdo principal

Produtos #22 - Aveia da EU Nutrition (Chocolate, Brownie e Bolacha Maria - a que sabe a Cerelac!)


Para inverter a tendência de começar os posts com blocos de texto :P
Já falei aqui várias vezes, bem como no facebook e instagram, sobre o meu sabor preferido de aveia até agora, bolacha maria. Tive a oportunidade de a provar a propósito da minha parceria com a EU Nutrition e esta passou a ser a minha aveia de eleição. Usei-a para fazer, entre outras coisas, o bolinho acima, cuja receita podem ver aqui. Hoje decidi deixar-vos uma opinião mais detalhada sobre cada um dos sabores de aveia da marca que experimentei :)

Podem ver todas as variedades disponíveis, ingredientes/informação nutricional associados a cada uma e eventualmente encomendá-las na página do produto (devido à parceria, como sabem, podem obter 10% de desconto no site usando o código EUAVELA10 - tudo sobre o site e encomendas neste post).

Por ordem: brownie, bolacha maria e chocolate
Relativamente aos ingredientes e a se esta é ou não saudável (ou inserível num estilo saudável), falei sobre isso neste outro post sobre aveia com sabor e a minha opinião mantém-se ( = este post tem menos parte chata e mais fotos de comida, tudo o que vocês alguma vez desejaram).

Eu experimentei até agora 3 dos 4 sabores disponíveis, os que mostro na imagem acima. Não quero descriminar nenhum sabor de aveia, mas o que falta é o de morango e tenho histórico de odiar coisas com sabor a morango, especialmente quentes (tipo papas). Ainda assim ando a ver se ganho coragem para experimentar, pode ser que em iogurte fique agradável (continuem a ler, logo percebem a referência) :P

Perguntam-me muitas vezes se a aveia com sabor não é enjoativa ou o que fazer para a tornar menos doce. A verdade é que eu não uso grande quantidade nas minhas papas, como sabem, por isso nunca ficam excessivamente doces. Se a usarem em maior quantidade noutras receitas isso pode acontecer, mas há uma solução infalível - usar uma parte de farinha sem sabor (de aveia ou outra). É o que eu faço normalmente quando a utilizo em bolos, fica a dica. ;)

Todas as farinhas são muito finas (caraterística ótima para um produto deste género) e versáteis. Vou mostrar-vos algumas coisas que fiz com cada um dos sabores, começando, claro, com o meu preferido:

Bolacha Maria


Acho que a este ponto já sabem que o meu uso favorito para esta aveia são as papas, mas nunca é demais lembrar. De cada vez que as faço penso no quão ignorante era quando disse que a aveia de panettone sabia a cerelac - esta bate-a aos pontos. O sabor é muito reconfortante e o cheiro é fantástico! Quando 'fria' (misturada com iogurte, por exemplo) lembra realmente bolacha, o que é sempre bom ;)

Quem ficou com vontade de comer papas de aveia?

A determinado ponto o chocolate negro que pus nas papas entusiasmou-se com as fotos e começou a armar-se

Não digam que não viram :P
A receita que uso normalmente para as papas é esta. Ultimamente tenho feito uma versão muito parecida no microondas, mas depois publico a receita! ;)

Mesmo sendo este o meu uso preferido, não pensem que é a única utilização desta aveia, porque estariam muito enganados.

Mesmo muito enganados, diz assertivamente o bolo de bolacha saudável :P
E eu concordo pelo arroz doce, já que ele é comida e seria infantil sugerir que a comida tem opiniões ;)

Lamento se depois do bolo de bolacha e do arroz doce esperavam algo mais elaborado, mas é só aveia com iogurte...
...Que, para compensar, é uma delícia ;)

Não tenho tido paciência para fazer panquecas, crepes ou bolos, mas são também ótimas receitas para usar esta farinha (até porque assim não é preciso triturar os flocos e sujar o processador, o que, como todos sabemos, é a definição de felicidade).

Chocolate

Os sabores brownie e chocolate estão muito próximos, mas são até menos parecidos do que estava à espera. Ainda não estou bem decidida relativamente ao meu preferido entre os dois, mas estou inclinada para a versão de chocolate, a que provei mais recentemente.

Não sei porque é que os miúdos americanos ainda andam com sacos de farinha banais e sem graça para treinar a parentalidade :P
Como disse, experimentei-a há pouco, por isso não fiz grandes experiências com ela. A que fiz foi tão básica e previsível quanto possível:

Iogurte com aveia de chocolate, framboesas e coco, ou "como ter imaginação"
Em minha defesa, esta combinação é mesmo agradável. Estava tão enganada quando achava que misturar farinha com iogurte era estranho! Como disse acima, as farinhas da EU (só para os amigos :P) são ainda mais finas do que o costume, pelo que se algumas vezes o iogurte com aveia da Max Protein ainda ficava com alguns "grumos" - bem como as papas -, com esta não fica de todo.

Caso não tenham acreditado, iogurte com aveia de chocolate a sambar na cara das inimigas (quem mais adora a expressão?) :P
Isto faz sempre com que me pergunte porque é que não existem mais iogurtes de chocolate nos supermercados - a combinação é tão boa! Mas pronto, enquanto pudermos misturar iogurte com aveia de sabor já não estamos mal. ;)

É difícil explicar sabores, mas tentando fazer os possíveis posso mencionar que esta aveia me lembrou um bocadinho de achocolatado em pó (tipo nesquik). É menos enjoativa/doce, claro, mas aquele toque a nostalgia da infância está lá :P

Quando experimentar este sabor em papas sou capaz de editar este post para dar o feedback (se me lembrar - já devo ter dito isto em imensos outros posts, deixando-vos expectantes com a ânsia de uma atualização, só para depois me esquecer de o fazer. Desculpem-me :P). Como sabem, a minha preferência para papas recai sobre sabores sem chocolate (e que se assemelhem a cerelac - é verdade, agora a aveia de bolacha maria permite-me estes padrões de exigência, sou uma pessoa mudada), mas de vez em quando gosto de fazer umas papas mais 'explosão de chocolate'. Parece-me que este sabor servirá bem para isso :)

Edição: Afinal sempre me lembrei de cá vir. Fica a foto:


Acho que é bastante autoexplicativa, mas pronto, tem de ter a minha opinião acoplada. :P Achei que o sabor resultou mesmo bem em papas. Estas ficaram menos intensas no bom sentido, conseguindo ainda assim cumprir o tal propósito de serem uma explosão de chocolate (especialmente porque coloquei chocolate por cima). De todos os sabores com cacau que já experimentei é o que acho que fica melhor nesta receita :)

Brownie


Com a farinha de brownie já fiz coisas um bocadinho mais elaboradas do que aveia com iogurte. É ótima para receitas como bolos ou panquecas porque dá aquele ar de sobremesa decadente que, não vamos mentir, agrada a toda a gente.

Não se pode mentir em relação a isso olhando estes muffins nos olhos, pois não? ;)
Os queques que vos mostro em particular foram um sucesso, tanto entre quem os provou como entre quem os viu nas redes sociais (lamento estar sempre a 'ougar-vos', pessoal). É na verdade ótimo que me tenha lembrado de ir buscar esta foto, porque a associei à receita e à necessidade de a publicar, uma vez que a tenho de molho desde o início de Novembro do ano passado (aaah, passagens de ano. Fazem qualquer período temporal parecer mais dramático, não é?). Não se preocupem - não deve demorar muito.

Se demorar, ficam desde já compensados com uma foto de quark com aveia de brownie e manteiga de amendoim, porque este post não está suficientemente saturado em iogurte nem nada

E papas de aveia de brownie - aproveitem a vista, porque tive de revirar todas as framboesas congeladas para que não ficassem com ar de quem esteve na arca frigorífica no Ártico
Diria que este sabor é um pouco mais intenso e mais doce que o de chocolate, o que está em concordância com a imagem mental que temos de um brownie, certo? Não me obriguem a fazer-vos olhar nos olhos dos muffins outra vez.

tl;dr - Os sabores são todos uma delícia, aveia com iogurte é a combinação perfeita e os muffins saudáveis certos para vocês têm um olhar que nunca serão capazes de ignorar (nunca pensei que os meus posts fossem tão vazios de conteúdo :P).

Comentários

  1. Que receitas bem apetitosas! Excelentes dicas!
    Algumas delas... são irresistíveis :P

    De aprendiz a chef

    ResponderEliminar
  2. Olha só te digo, vou encomendar a de bolacha Maria e a de chocolate porque já não aguento mais com a curiosidade! =P
    É que depois tem tudo tão bom aspecto.. Isso é photoshop lol

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Avelã, querida, tenho estado adoentada... Agarra numa lacheira e vem cá trazer uma de cada dessas sugestões! Sabia-me tão bem! beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Ai que bom aspeto que tem 🙈
    Eu vou ter mesmo de aprender contigo a fazer estas coisinhas 😉
    Ainda por cima comer sem culpas 👍

    ResponderEliminar
  5. Ah ah ah, adorei o braço nas papas! :p
    Também já me assumo como fã da farinha de aveia com sabor a bolacha Maria, mas por agora ainda só a comi misturada com iogurte natural, e fica uma maravilha! :D
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  6. Gosto muito de aveia a com sabor a bolacha maria vai ser a minha proxima compra.

    ResponderEliminar
  7. Não conhecia (mais uma vez) estes produtos e fiquei bastante curiosa sobre eles. Ficou tudo com excelente aspeto. Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Bom dia, Avelã!
    Gosto muito de aveia, mas não tive oportunidade de experimentar nenhum desses sabores e sempre fico curiosa ao ler seus posts com eles.
    Os pratos apresentados, dão água na boca, todos parecem muito apetitosos.

    Abraços e feliz dia.

    ResponderEliminar
  9. Só me deu vontade de saborear cada um destes.
    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
  10. Ainda não conheç a aveia com sabores,mas quando encontrar hei de experimentar.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Papas de Aveia com Claras (com aveia de sabor) (Saudável, Sem Lactose*, Sem Açúcar/Gordura Adicionados)

Já ouvi relatos mirabolantes de desastres na cozinha. Mesmo sendo óbvio que esta é basicamente um aglomerado de aparelhos potencialmente perigosos, continua a surpreender a quantidade de histórias incríveis que sobre ela há: seja sobre panelas de pressão a explodir ou desastres no fogão que originam mini incêndios, praticamente toda a gente tem algumas histórias para contar nesta divisão. Considerando isto, acho que até tenho tido alguma sorte. Tirando os óbvios e nada originais cortes e queimaduras, não me aconteceu nada de especial. A menos que consideremos... O incidente do gelado frito . Tudo começou com um inocente pedido de gelado frito para sobremesa num restaurante chinês. Tinha começado há pouco a cozinhar mais sobremesas, apenas com bolos simples, e decidi depois replicar a receita em casa, o que requeria um tacho de óleo a ferver e a necessidade de colocar e retirar rapidamente bolas de gelado deste para que não derretessem - nada fora do comum até aqui, portanto. Po