Avançar para o conteúdo principal

Torta de Abóbora e Coco (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose)


Hoje deixo aqui a receita de uma torta que fiz no mês passado. Andava numa maré de receitas com abóbora, e ocorreu-me experimentar uma nova torta saudável - apesar de a minha relação com tortas ser o desastre que se sabe.
Acabou por ficar muito melhor do que estava à espera, tanto a nível de sabor como de aparência: esta é sem dúvida a torta mais bonita que fiz até agora. Já cheguei a fazer algumas não muito más (ler que não quebraram completamente e consegui disfarçar mais ou menos com um molho), mas nada próximo desta deusa das tortas (modéstia à parte).
Antes que acabe a época das abóboras, fica a receita para quem quiser fazer também :)







Torta de Abóbora e Coco (Saudável, Sem Glúten, Sem Lactose)
Adaptado daqui e daqui

Ingredientes:

Para a torta
[  6 ovos
[  50g de mel
[ 200g de puré de abóbora (cozi abóbora manteiga em água com canela, noz moscada e cravinho, escorri e triturei com a varinha mágica)
[  2 colheres de sopa de azeite
[  100g de polvilho doce
[  50g de farinha de amêndoa
[  Canela (a gosto)

Para o recheio
[  50g de coco ralado
[  75g de bebida de amêndoa em pó (da EU Nutrition; podem comprar aqui com 15% de desconto usando o cupão euavela15)
[  Água (a gosto)

Preparação:

Para a torta
| Separar as gemas das claras.
| Às gemas, adicionar o mel, o puré de abóbora e o azeite e bater bem com um fouet.
| Adicionar o polvilho, a farinha de amêndoa e a canela e voltar a bater até o preparado ficar homogéneo.
| Bater as claras em castelo. Adicioná-las aos poucos à mistura anterior, envolvendo-as cuidadosamente com uma espátula.
| Transferir a mistura para um tabuleiro (convém que seja bastante grande, porque se a torta ficar demasiado grossa é mais difícil de enrolar) forrado com papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 180 graus durante cerca de 25 minutos, ou até a torta estar cozida (podem fazer o teste do palito).

Para o recheio
| Enquanto a torta estiver no forno, preparar o recheio: colocar o coco ralado e a bebida de amêndoa em pó numa malga e juntar água aos poucos, até que se obtenha a textura desejada (não deve ficar demasiado líquida, para não escorrer).

Para a montagem
| Quando a torta sair do forno, retirá-la do tabuleiro (ainda com o papel vegetal) e colocá-la numa bancada. Espalhar por cima o recheio preparado. 
| Enrolá-la (ainda quente) com a ajuda do papel vegetal*. Podem ainda fazer uma cobertura; eu cobri com chocolate negro derretido.

*Eu consegui enrolar a torta bem assim, mas caso vejam que ela está demasiado colada ao papel vegetal podem, logo depois de a retirar do forno, virá-la sobre outra folha de papel de forma a ser possível retirar cuidadosamente a folha anterior.



A nível de beleza da torta as fotos falam por si, por isso não vou gabar mais a minha torta-perfeição (novamente, ignorem a falta de modéstia - já tive muitas desilusões com tortas, preciso de aproveitar o momento).
A textura e o sabor também ficaram mais do que aprovados. A parte do bolo ficou mesmo fofinha, acho que se nota nas fotos das fatias! E achei que o recheio de coco e amêndoa e a cobertura de chocolate negro, por não serem demasiado doces nem enjoativos, formaram um trio excecional com a torta em si.
Esta foi uma das minhas primeiras experiências com a bebida de amêndoa em pó da EU Nutrition e não podia ter corrido melhor. Quando pensei em fazer um recheio com ela + coco ralado e água assumi que seria necessário adoçar de alguma forma, mas após fazer a mistura e provar achei que estava ótima sem nada! Penso que, apesar de a bebida não ter açúcar adicionado, as amêndoas lhe dão um toque adocicado.
Claro que podem substituir o recheio (e também a cobertura) por outro à vossa escolha, embora nesse caso não seja garantido um resultado tão maravilhoso quanto este... :P 
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por uma fatia)
Energia: 178kcal
Proteínas: 4.8g
Hidratos de Carbono: 18.2g 
-       Dos quais açúcares: 5.8g
Lípidos: 9.3g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 3.6g
Fibra:  2.1g

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 fatia  ou 1/12 da receita). Não inclui a cobertura de chocolate. Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. 
____________________________________________________________________________

Comentários

  1. Jesus que bom aspecto!

    Olha, tenho a dizer que experimentei hoje a tua queijada com quark e até eu comi! Muito boa. Apesar de eu ter alterado lá uma coisita =P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Essa torta é a perfeição das tortas, tão linda e perfeita que até estou aqui a babar-me! :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  3. Que bela torta.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.com/2019/01/farrapo-velho-minha-moda.html

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Produtos #91 - Pudins Proteicos do Lidl (Baunilha/Chocolate)

Hoje o post é sobre a febre do momento: os pudins proteicos do Lidl :P Para quem não está a par, há algumas semanas começaram a aparecer nos supermercados portugueses da cadeia Lidl uns pudins proteicos muito parecidos aos da Ehrmann. Estão disponíveis em duas versões: baunilha e chocolate . Cada pudim ( 200g ) tem cerca de 150kcal e 20g de proteína e custa 0.99€ . Não têm açúcar adicionado , e são isentos de lactose e de glúten .  Por vezes recebo comentários a referir que o teor de açúcar não é nulo (4g/100g) , mas é importante referir que este açúcar é naturalmente presente . Os iogurtes naturais não adoçados têm uma quantidade de açúcar semelhante. Outro ponto importante a referir é que a proteína também vem do leite , que é uma fonte de qualidade (por ser completa, ao contrário por exemplo do colagénio ou glúten). Antes que fiquem excessivamente entusiasmados, devo dizer que encontrá-los não é tarefa fácil: a procura anda ao nível dos skyr na altura em que foram lançados (

Produtos #69 - Pudins Proteicos da Ehrmann (Caramelo, Baunilha, Chocolate e Chocolate-Coco)

Hoje o post é sobre os famosos pudins proteicos da Ehrmann. Sempre que partilho fotos deles recebo perguntas, é infalível - seja acerca do rótulo, do preço, do sabor, dos locais de compra,... Desta forma, achei que o melhor seria escrever um post sobre eles e acabar com as dúvidas de uma vez por todas :) Começo pelas informações básicas: Locais de Compra Para já, os pudins estão disponíveis em poucas superfícies comerciais: fisicamente apenas os encontram nas lojas  Auchan e Primebody Nutrishop (há três, todas em Lisboa). Podem ainda encomendar online pelos respetivos sites, auchan.pt e primebodynutrishop.com . A cadeia Auchan só faz envios para algumas partes do território nacional, mas a Primebody envia para todo o país. Se optarem por encomendar pelo Auchan , os portes ficam a 5,90€ ; que eu saiba são fixos (acho que não há nenhum valor a partir do qual o envio seja grátis). No site da Primebody os portes ficam a 3,99€ , e são grátis para encomendas a part

Madalenas Sem Açúcar

Tenho a tradição de testar uma receita nova de cada vez que recebo ou compro uma nova forma. Por vezes as ideias são muitas e não é fácil escolher, mas quando a My Tup Love  me enviou esta forma não houve sequer um momento de indecisão: forma de madalenas pede madalenas :D  Juntei o útil e agradável, e usei na receita a recentemente lançada aveia de custard. O seu aroma docinho a lembrar bolos com limão não podia ser mais adequado para o efeito :)  Madalenas Sem Açúcar Para 6 madalenas Ingredientes : [  1 ovo [  50g de quark natural [  25ml de leite [  75g de farinha de aveia com sabor (usei a de custard da EU Nutrition , que tem um saborzinho a limão fantástico; podem encomendar com 15% de desconto usando o cupão euavela15 no site) [  1 colher de café de fermento Preparação : | Bater o ovo com o quark durante dois ou três minutos. | Baixar a velocidade para o mínimo e adicionar o leite, batendo apenas até este estar incorporado.  | Juntar a farinha e o fermento envolver com uma espát